quinta-feira, 20 de março de 2014

João Fernando propõe comissão especial para discutir crise do setor energético do país



O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, João Fernando Coutinho, do PSB, voltou, nesta terça (18 de março), a criticar o Governo Federal pela falta de planejamento no sistema elétrico. O deputado apresentou requerimento para criação de uma Comissão Especial visando debater a situação do setor. O socialista frisou que o objetivo é inserir Pernambuco no debate.

João Fernando Coutinho afirmou que o segmento se encontra estagnado, e citou os apagões que ocorreram no Brasil e, em especial, no Nordeste, nos últimos anos. Ele comentou que os empresários já pensam, inclusive, em reduzir a carga horária e dar férias coletivas aos funcionários, diminuindo a produção. 

Segundo o parlamentar, o setor energético é prioridade para qualquer país e o Brasil, com um território privilegiado e alternativas de energia, negligencia a questão, preferindo conviver com os apagões. 

Em aparte, Tony Gel, do PMDB, frisou que, por falta de planejamento, os investimentos no setor elétrico não acompanham o ritmo de crescimento. Para Diogo Moraes, do PSB, sem matrizes energéticas eficientes não se pode pensar em novas indústrias. O deputado ressaltou o alto preço da energia devido ao acionamento das usinas termelétricas. 

Segundo Odacy Amorim, do PT, o Brasil tem grande potencial energético, mas deixou de investir por muitas décadas, sendo importante discutir o assunto de forma equilibrada.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário