segunda-feira, 27 de julho de 2015

Disque Denúncia aumenta recompensa por informações que levem a prisão de assassino de conselheiros tutelares em Poção


O Disque Denúncia Pernambuco aumentou para R$ 3 mil o valor da recompensa para quem tiver informações sobre a localização de Wellington Silvestre dos Santos, também conhecido como “Chaves”.

Ele é suspeito de ter sido o executor da morte de três conselheiros tutelares e uma mulher de 62 anos, em fevereiro, em Poção. O município fica a 240 Km do Recife, no Agreste pernambucano.

As vítimas foram assassinadas em um carro do Conselho Tutelar de Poção, enquanto levavam uma criança de 3 anos, a única sobrevivente da chacina. O veículo havia saído do município de Arcoverde, no Sertão, local onde morava a avó paterna da menina.

“Esperamos contar com o apoio da população no fornecimento de informações sobre a localização do suspeito. Por isso, estamos aumentando a recompensa, que antes era de até R$ 2 mil. Após a conclusão do inquérito, as atenções se voltaram para a localização do foragido. É um estímulo a mais para contribuir com a prisão de todos os envolvidos”, explica o coordenador do Disque Denúncia Agreste, Alexandre César.


Foto do suspeito aparece em destaque na página do serviço policial - Foto: Reprodução

Quem tiver informações sobre o caso pode telefonar para 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte, ou (81) 3719-4545, no interior do Estado.

Também é possível repassar informações através do site da central www.disquedenunciape.com.br, que permite o envio de fotos e vídeos. O serviço funciona durante 24h, todos os dias da semana. O anonimato é garantido.

Blog Ney Lima 



Atende em Santa Cruz e região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário