quarta-feira, 1 de julho de 2015

Facebook pode rastrear usuários através do avatar com filtro arco-íris


Cerca de 26 milhões de pessoas mudaram a cor de suas fotos de perfil desde a última sexta-feira (26) para apoiar a união homoafetiva nos EUA. A iniciativa promovida pelo Facebook, no entanto, está causando polêmica por ser apontada como uma ação usada para gerar dados para algum experimento da empresa de Mark Zuckerberg.

O avatar colorido foi desenvolvido por estagiários do Facebook e foi lançada para o público geral depois de ser amplamente adotada por funcionários da empresa. O que está sendo questionado vai além do real apoio à acusa LGBT assumida pelo Facebook ; refere-se ao objetivo real da ação, que é apontado como” isca” para a venda de anúncios futuros.

Segundo revistas e especialistas em redes sociais, a polêmica é válida pois quando a ação foi lançada não foi revelado que os dados seriam armazenados para experiemntso futuros.

Não é novidade que o Facebook monitora os dados de todos os usuários da rede social, porém a clareza das informações e questões de invasão de privacidade diante de ações como essa põem em cheque a credibilidade e real intenção das ações motivadas em redes sociais.

Fonte O Povo Online 



Jataúba tem o melhor sorvete da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário