sexta-feira, 7 de agosto de 2015

"Todos os partidos hoje estão manchados" Diz Fernando Aragão sobre sua possível filiação ao PT


O líder da oposição na Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Fernando Aragão (sem partido), concedeu entrevista ao radialista Alberes Xavier que apresenta o programa Cidade em Foco transmitido simultaneamente pelas rádios Farol FM e Filadélfia FM.

Na oportunidade o Parlamentar falou sobre a sua história, bem como honestidade na política, já que com mais de 30 anos de vida pública, Aragão não tem nada que possa desabonar sua conduta na condição de político.

Indagado sobre uma suposta pesquisa que teria realizado com o interesse de aferir a atual situação política, o vereador Fernando foi enfático e negou a existência de tal levantamento.

“A gente vem caminhando muito, discutindo com a população aquilo que pretendemos fazer... Eu não fiz pesquisas até porque acho que a melhor pesquisa vem da rua, com nós mesmo, caminhando”.

Sobre as críticas feitas pelo prefeito Edson Vieira (PSDB) contra a presidente Dilma Rousseff (PT), o Líder da Oposição entrou em defesa questionando o que adversário tem feito por Santa Cruz do Capibaribe.

“Fica a grande pergunta, porque ele não faz alguma coisa em prol de Santa Cruz do Capibaribe? Porque ao invés dele ter tantas pessoas que são pagas pelo município e às vezes não pisa nem na Prefeitura, porque ele não demite? Porque não se coloca apenas o necessário para se trabalhar e fazer uma boa administração, mas que respeite de fato o teto para não precisar burlar nada”.

“Se ele quiser criticar de fato a presidente Dilma, ele deixe de pagar 270 mil reais a uma banda de fora para vim cantar uma hora e meia e ir embora. Mas na hora que se precisa investir 170 mil em um Raio-X para a cidade, não se encontra dinheiro”, disparou.

Fernando também tocou no assunto envolvendo a KMC Locadora de Veículos, denunciada juntamente com o prefeito no escândalo que ficou conhecido como a ‘Farra das Locações’.

“A KMC está aí, sendo denunciada com o prefeito e algumas pessoas, foram onze os denunciados, e tem que devolver quase R$ 1,7 milhões, caso o Juiz acate. Tem aquelas coisas como flores que foram compradas com valores abusivos e tantas outras como bolos, tudo isso para se arrancar dinheiro da Prefeitura, para puder burlar a lei e fazer as coisas que não era necessário se fazer”.

Aragão também na entrevista defendeu o modelo de segurança pública do governo do ex-prefeito José Augusto Maia (PROS), destacando que Zé foi reconhecido a nível nacional.
Sobre sua possível filiação ao Partido dos Trabalhadores, Fernando Aragão disse que tem conversado com o senador Humberto Costa (PT) e que as articulações estão bastante adiantadas.

“Todos os partidos hoje estão manchados, acho que o único partido que até agora ainda não se descobriu nada, chamasse PSOL porque é um partido dissidente mesmo daquele mais radical”, opinou.

O Vereador ainda fez questão de destacar a possibilidade de contar com o apoio do vice-prefeito Dimas Dantas (PP) em uma futura candidatura a prefeito da Capital da Moda.

“Ele disse que não vota no atual prefeito e nem em um candidato indicado por Zé Augusto, mas que teria de fato a possibilidade de discutir com Fernando Aragão. Aí dizem: ‘há, mas Dimas é polêmico’, pois é, porque Dimas é polêmico, porque diz a verdade”.


Do: Blog Agreste Notícia



Atende em Santa Cruz e região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário