quarta-feira, 7 de outubro de 2015

SOS: Caso ZIKA OU CHICUNGUNYA, virou epidemia em Jataúba


O Brasil está enfrentado uma das maiores epidemias de dengue da história, e há muitas dúvidas de como combater o Aedes aegypti, causador da doença. O calor e as chuvas, somados à falta de cuidado das pessoas ao manter recipientes com água parada dentro de casa, são a combinação perfeita para a dispersão do mosquito que vem como transmissor da CHIKUNGUNYA E ZIKA. Nos últimos meses, o país passou a registrar casos de duas “primas” da dengue. Elas atendem pelos nomes exóticos de chikungunya e zika, são transmitidas pelo mesmo mosquito e têm alguns sintomas semelhantes. 


Diante da atual situação epidemiológica de Dengue e Chikungunya no estado de Pernambuco sabe-se que até a semana (SE) 37 foram notificados no Estado de Pernambuco 103.982 casos de dengue distribuídos em 185 municípios, representando um aumento de 553,40% em relação ao mesmo período de 2014. Foram confirmados 53 casos de Cikungunya (Informes Epidemiológicos anexos). Mediante a essa situação todos os município estão elaborando um plano de contingência diferenciado voltado ao combate a de Dengue, Chikungunya e Zika vírus. 


Desde Maio de 2015 o município de JATAÚBA vem apresentando pacientes com sintomas bem parecidos como o da ZIKA OU CHICUNGUNYA, porém em setembro o número de pacientes apresentando os mesmo sintomas aumentou, o que chamou atenção da secretaria de saúde, médicos e população em geral que procuraram respostas para essa virose onde duas delas são: a falta de larvicida para o combate as larvas do Aedes, que vem sendo disponibilizada pelo estado em quantidade inferior e, recentemente não estão disponibilizando, e em nota falam que não tem previsão de quando o larvicida será disponibilizado novamente, a outra é que devido a proximidade com os pólos comerciais onde muitos dos munícipes frequentam e trabalham nesses pólos onde existe uma grande concentração de pessoas de outros estados principalmente das localidades que tiveram os primeiros casos das doenças notificados. 


Cabe-se ressaltar que no estado de Pernambuco foram poucos casos confirmados da doença, uma vez que não está disponível a sorologia em nosso estado. Baseado nessa situação a secretaria de saúde desenvolveu um plano de ação para bloqueio e combate a essa virose que acomete a grande parte da população de Jataúba, e devido a crise que o país e estados e municípios enfrentam vem se agravar bastante. O objetivo central do plano de enfretamento a essa virose seráapoio de todos: estado, prefeitura municipal, Secretarias municipais, vereadores, professores, alunos, associações igrejas e demais autores sociais no combate a essa virose pois sabemos que não podemos cruzar os braços e precisamos lutar juntos em pró do bem comum.


Informações da Secretária Anne Gabrielle/Blog Jataúba News


Vereador que apoia este trabalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário