terça-feira, 15 de março de 2016

Pedro Corrêa, que citou Aécio, fecha acordo de delação


O ex-deputado do PP Pedro Corrêa assinou na sexta-feira (11) um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.

A colaboração inclui mais de cem nomes de políticos, entre eles o o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ministro Jaques Wagner, segundo a Folha.

O acordo, porém, ainda não foi homologado pelo Superior Tribunal Federal. 

Preso em Curitiba, Corrêa foi condenado a 20 anos de prisão sob acusação de corrupção e lavagem de dinheiro no esquema da Petrobras. A sentença aponta recebimento de R$ 11,7 milhões em propina. O ex-deputado federal por Pernambuco já havia sido condenado a sete anos de prisão no processo do mensalão.

247 notícias



Tudo para o seu bebê

Nenhum comentário:

Postar um comentário