sexta-feira, 29 de abril de 2016

Quatro mortes por H1N1 confirmadas em Pernambuco


Cresceu o número de pernambucanos vítimas do H1N1. Segundo o Boletim Estadual da Influenza, divulgado nesta quinta-feira pela Secretaria Estadual de Saúde, quatro óbitos foram confirmados no estado e outros 16 estão sendo investigados pelos municípios. 

As mortes aconteceram no Recife e as vítimas eram estavam na faixa etária entre 10 e 19 anos, de 40 a 49 anos e duas delas na faixa etária de 50 a 59. Os outros óbitos estão sendo investigados e podem ter sido provocados por diversos vírus, segundo a SES. 

Um dos óbitos confirmados é o da criança pernambucana de um ano que há 11 meses estava em São Paulo, no Sudeste do país, em tratamento para outro problema de saúde. 

Outros sete óbitos tiveram a investigação encerrada com SRAG não especificada e 2 foram descartados para influenza, parainfluenza, adenovírus e VSR. 

No Brasil, a vigilância da influenza no Brasil é composta pela vigilância obrigatória em todos os municípios da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG – casos com agravamento que precisam de internação) e pela vigilância sentinela (amostragem) de Síndrome Gripal (SG – casos leves, analisados para diagnosticar os vírus em circulação no Estado).

Com informações do DIARIO DE PE -

Nenhum comentário:

Postar um comentário