quarta-feira, 8 de junho de 2016

Mamão falou de ações movidas contra radialista, conselheira tutelar e um popular.


A novela que se deflagrou nos últimos dias entre o pré-candidato a prefeito Fábio Mamão, versos Ruy Siqueira, Iremaia e Augusto, teve mais um capítulo escrito, desta feita a vez foi do "Líder" político Mamão. Depois da polêmica nos grupos de Whatsaap, também como no programa " Debate Livre" da Jataúba FM, Mamão falou exclusivo com o blog Jataúba News e deu a sua versão sobre o caso. 

Confira o que falou Mamão: 

"Eu procurei me defender pelo meio legal que é a justiça, e procurei mostrar o contrário do que falam de mim, que eu sou uma pessoa violenta, que eu bato nas pessoas. A má imagem que tentaram fazer de minha pessoa, é totalmente o oposto do que disseram". 

JN: Iremaia? 

Mamão: "Com relação a menina Iremaia, eu não entendo porque ela fez aquilo, eu não falei nada de ninguém, a entrevista que concedi a Rádio eu não falei de ninguém. O conteúdo da entrevista eu não defamei imagem de ninguém, então eu não entendi porque esta atitude desta jovem, jogar um áudio em um determinado grupo de Whatsaap, não sei se é para denigrir minha imagem, mais eu entrego nas mãos de Deus. Agora que eu não entrei com ela na justiça não, não entrei com nenhuma ação contra ela, apenas estamos pedindo uma explicação perante a justiça, para que ela que ela se explique porquê ela disse aquilo, só isso, não tem nenhuma questão de processo que esteja tramitando na cidade com relação a moça".

JN: Augusto? 

Mamão: "Com relação a Augusto, é a mesma questão da menina (Iremaia), só que ele é afirmativo. Uma calúnia que ele joga no zap falando que eu dei uma pisa em Inácio de Ze de Ananias e Antônio Pretinho. Se ele não vota em nosso grupo eu respeito a posição dele, isso é normal é natural. Agora jogar este tipo de comentário, Qual é o objetivo dele? Denigri minha imagem? Porque? Eu nunca fiz mal a ele! Por isso eu vou dizer mais uma vez, eu procurei os meios legais que é a justiça, agora cabe a ele se retratar desta mentira que foi abordada por ele no grupo de Whatsaap, e mais, eu terei como testemunhas o próprio Inácio e Antônio Pretinho, que foram citados no áudio que hoje se encontra em poder da justiça". 

Ruy Siqueira? 

Mamão: "O radialista, em fevereiro anunciou no programa "Debate Livre" e foi afirmativo que eu tinha contratado uma pesquisa, e eu não contratei pesquisa coisa nenhuma, porquê eu não contratei? Porquê eu tinha combinado com o deputado Diogo Moraes que a pesquisa só seria feita entre Abril e Maio. Esta é a primeira questão que eu observei no áudio que mostra quando Marquinho Aragão pergunta ao rapaz lá, (se referindo a Ruy) Será que foi Mamão que fez a pesquisa? Ele dusse sim, qual era a intenção dele (Ruy) na época, falando que eu deveria ter colocado o nome de Chico de Irineu na pesquisa, como eu iria colocar se eu não mandei fazer nenhuma pesquisa, como é que eu vou fazer uma pesquisa e colocar o nome do meu vice Ze de Heleno, se o nome dele é Antônio de Heleno. A outra questão, foi sobre a entrevista que eu concedi a Comunidade FM, durante a entrevista o rapaz me perguntou (locutor da comunidade fm): Mamão você acha que é possível o prefeito está por trás disso? Eu respondi que na política tudo é possível, eu acho que sim é possível, é possível ele tá por trás disso. E eu até citei, o prefeito lá em época de eleição é capaz de tudo, ele vai pra briga, ele é capaz de tudo pra não perder uma eleição. Nem o próprio prefeito eu defamei, acho isso um merito dele, de fazer qualquer coisa de lutar para ganhar uma eleição. Já o cidadão o radialista (Ruy Siqueira), disse que eu falei na entrevista que o prefeito tava bancando a campanha do pré-candidato Chico, eu até digo, eu não posso ser afirmativo, eu acho que é possível sim. Peguei a entrevista que eu dei na rádio, e a gravação com a voz do radialista, entreguei na justiça, agora cabe a ele se explicar. Eu tenho que me defender, criticar é uma coisa, agora mentir não. Jogar mentira contra mim e me jogar contra a população eu não aceito, e o meio que eu achei legal, o meio correto foi procurar a justiça". Pontuou Mamão.


Collar Blog Jataúba News


Nenhum comentário:

Postar um comentário