segunda-feira, 4 de julho de 2016

Frio e calculista – Assassino confesso de criança de 03 anos dá sua versão do crime que repercutiu no Estado “Não era nada para aquela criança, mas para a avó dela”


Fotos: Arquivo

Em entrevista concedida ao repórter policial Fernando Lagosta, José Antônio dos Santos Irmão (51 anos), acusado de ser o autor da morte brutal da criança Ashley Yasmin Ferreira (03 anos), deu sua versão para o caso.

A tragédia aconteceu em 26 de julho, mais precisamente em um sítio na zona rural de Taquaritinga do Norte quando ele, armado com uma faca, feriu o idoso José Gomes Ferreira (80 anos, bisavô da criança), a ex-companheira Maria do Carmo Gomes Ferreira (51 anos, avó da criança) e, em seguida, matou a criança com uma facada no pescoço, quando ela ainda dormia.


A prisão do assassino aconteceu no último sábado (02), graças a uma denúncia anônima. Ele foi localizado em uma casa de taipa localizada no Sítio Barreiras, também zona rural de Taquaritinga do Norte.

Além desses crimes, ele já foi condenado a 18 anos de prisão pela morte da ex-mulher, crime ocorrido em 2011 na cidade de Caruaru, mas continuava solto.

Durante a entrevista, concedida ao repórter policial Fernando Lagosta, o assassino confesso citou que estaria arrependido pela morte da criança, mas que o alvo principal seria, de fato, a ex-companheira Maria do Carmo Gomes Ferreira (51 anos, avó da criança).

A motivação teria sido uma suposta mudança de comportamento por parte da ex-companheira, após o mesmo ter sido condenado pela morte da ex-mulher. Além disso, ele revela detalhes, na sua versão, do crime que chocou o agreste.

O que chama a atenção é a forma fria e calculista de como ele relata os fatos que antecederam a tragédia familiar. 

Blog do Ney Lima 


Aqui seu sorriso tem valor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário