terça-feira, 13 de setembro de 2016

Caruaru; Tony cai 4 pontos, Raquel perde três e Lessa sobe cinco



O candidato do PMDB a prefeito de Caruaru, Tony Gel, caiu 4,7 pontos percentuais em relação ao levantamento de julho, mas continua na liderança em nova pesquisa do Instituto Opinião. Recuou de 30,7% para 26%. Já o candidato do PR, delegado Erick Lessa, aparece em ascensão. Cresceu 4,8 pontos percentuais, saindo de 13,8% para 18,8%, mantendo-se em segundo lugar. Raquel Lyra, do PSDB, também caiu 3,1 pontos. Estava com 17,3% e agora aparece com 14,2%. Jorge Gomes, do PSB, apoiado pelo prefeito José Queiroz (PDT), caiu 0,2 pontos percentuais, recuando de 7,6% para 7,4%.

Entre os nanicos, Rivaldo Soares, do PHS, caiu de 3,3% para 1,2%, Eduardo Guerra, do Psol, ficou com 0,6% e Professor Jefferson, do PCB, 0,2%. Brancos e nulos eram 14,7% e caíram para 13,2%, enquanto os indecisos subiram de 12,2% para 18,4%. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar do nome do candidato sem o auxílio do disco contendo os nomes de todos os candidatos, Gel lidera com 23,3%, Lessa vem em segundo com 16,2%, Raquel tem 12%, Jorge Gomes 7,2%, Rivaldo 0,6%, Eduardo 0,2% e Professor Jefferson 0,2%. Brancos e nulos somam 12,4% e indecisos sobem para 28%.

No quesito rejeição, Tony Gel aparece no topo da lista. Entre os entrevistados, 24,2% disseram que não votariam nele de jeito nenhum, seguido de Jorge Gomes, que aparece com 14,2% e Rivaldo Soares, com 10%. Em seguida vem Raquel, com 5,8%, Eduardo Guerra com 2,6% e Lessa, 2,4%. Professor Jefferson é o último, com 1,6%. Dos entrevistados, 11,2% disseram que rejeitam todos e 28% afirmaram que não rejeitam nenhum dos candidatos.

As entrevistas foram realizadas nos bairros Agamenon Magalhães, Alto do Moura, Boa Vista I e II, Cachoeira Seca, Caiucá, Cedro, Centenário, Cidade Alta, Cidade Jardim, Divinópolis, Indianópolis, Inocoop, Jardim Panorama, João Mota, José Carlos de Oliveira, Juá, Kennedy, Lajes, Loteamento José Liberato, Luiz Gonzaga, Maria Auxiliadora, Maurício de Nassau, Monte Bom Jesus, Murici, Nossa Senhora das Dores, Nova Caruaru, Petrópolis, Rafael, Rendeiras, Riachão, Salgado, Santa Rosa, São Francisco, São João da Escócia, Terra Vermelha, Universitário, Vassoural e Vila Padre Inácio.

Com 500 questionários aplicados, o levantamento foi a campos nos dias 10 e 11 de setembro. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A pesquisa está registrada sob o protocolo PE-03265/2016.

Estratificando a pesquisa, o candidato Tony Gel aparece melhor situado entre os eleitores com grau de instrução até a 5ª série (43,8%), entre os eleitores com renda familiar até dois salários (29,1%) e entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (43,1%). Por sexo, 27,1% dos seus eleitores são mulheres e 24,7% são homens.

O candidato Erick Lessa tem suas melhores taxas de intenção de voto entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (30,9%), entre os eleitores com grau de ensino superior (28,9%) e entre os eleitores com renda familiar entre dois e cinco salários (25,5%). Por sexo, 20,6% dos seus eleitores são homens e 17,3% são mulheres.

Raquel Lyra, por fim, aparece melhor situada entre os eleitores com renda familiar acima de cinco salários (20,9%), entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (19,8%) e entre os eleitores com grau de instrução da 6ª a 9ª séries (16%). Por sexo, 17% dos seus eleitores são masculinos e 11,9% são femininos.

Avaliação de Queiroz

O prefeito José Queiroz (PDT) continua com uma avaliação de gestão dividindo a opinião pública de Caruaru. Para 46,6% dos entrevistados sua administração é aprovada e para 40,2%, desaprovada. Entre os entrevistados, 13,2% não soubera responder ou se negaram a responder. O Governo Paulo Câmara tem 51,4% de desaprovação e 27% de aprovação, enquanto o Governo Temer tem 55,4% de desaprovação e 14,4% de aprovação. 


Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário