terça-feira, 11 de outubro de 2016

Adolescente de 17 anos confessa tentativa de homicídio em Santa Cruz, diz Polícia


Pedra usada no crime e corrente da vítima. Foto: Fernando Lagosta.

Foi apresentado, no início da tarde desta terça-feira (11), na Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, um menor de 17 anos, acusado de tentar matar Janaelson Barboza da Silva (20 anos). O caso aconteceu na tarde dessa segunda-feira (10), na conhecida favela do papelão, próximo ao Santo Agostinho.

De acordo com informações da polícia, ele confessa o crime, e diz que se arrepende de não ter matado o desafeto. Ainda segundo a polícia, ele assegura que executará o Janaelson da próxima vez que lhe encontrar.

Ele foi pego no Bairro Santo Agostinho, pela equipe liderada pelo oficial de operações, Tenente Olivaldo, e diz ter cometido o crime com uma pedra, apresentada na delegacia.

Durante a ação criminosa, dois disparos foram ouvidos por moradores da localidade.

De acordo com o menor, a vítima já teria lhe batido em duas oportunidades, na terceira tentativa, disse que resolveu se vingar.

Ele teria confessado ainda que, após o crime, foi beber ‘para comemorar’ o ato.

Um cordão, também apresentado na DP, era da vítima que foi levado pelo menor, como troféu.

O adolescente, da cidade de Campina Grande-PB, ainda afirmou que sete pessoas de sua família já foram vítimas de assassinatos no estado paraibano.

Blog do Ney Lima 


Seu Gás acabou ligue (81) 8131-7065

Nenhum comentário:

Postar um comentário