quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Edison Tavares denuncia sucateamento de veículos da Prefeitura de Toritama


Foto - Divulgação

O prefeito de Toritama Edílson Tavares (PV) denunciou, através de sua assessoria de comunicação, o sucateamento da frota de veículos alugados à prefeitura do município. De acordo com nota enviada aos meios de comunicação, é possível perceber a depredação dos transportes, principalmente os que prestam serviços aos alunos para os colégios municipais.

Foto - Divulgação

Em nota, o prefeito destaca que os mesmo foram alvos de vandalismo, poucos dias após a virada de ano e relata o furto de peças e a substituição de peças boas por velhas. Para ele, o registro fará parte de um relatório que será levado ao conhecimento da população sobre os desmandos da cidade.

Foto - Divulgação

“Ao receber as chaves das garagens, a nova gestão realizou um registro fotográfico dos veículos para fundamentar um relatório sobre o estado de sucateamento da frota. 
Um veículo Picape Montana, que estava na garagem do município que fica localizada na garagem da Vila Canaã, foi depredada covardemente nos últimos dias de 2016. Os vidros foram quebrados e a lataria foi amassada por pedradas, e o que é pior: essa Montana não pertence ao município, trata-se de um veículo que foi alugado, e agora a prefeitura vai ter que arcar com os custos da depredação.
Um dos ônibus da frota escolar foi encontrado com quase todas as cadeiras rasgadas. Os motores de uma ambulância e de um ônibus desapareceram, os pneus dos caminhões que o município recebeu do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento – do Governo Federal, provavelmente foram trocados por outros completamente desgastados. Alguns veículos do município com menos de seis anos de uso, já não podem mais funcionar em razão da falta de peças que foram furtadas, incluindo os faróis.
Nesse início de gestão a Prefeitura de Toritama vive um momento de reorganização administrativa e de seu patrimônio e deve passar alguns meses atendendo a população com algumas limitações”.






Fonte Blog do Bruno Muniz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário