terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Mulher é esfaqueada em possível vingança relacionada a outro crime de morte em Taquaritinga, diz policial civil


No começo da tarde desta terça-feira (03) foram divulgadas novas informações sobre um caso que ganha tons macabros, graças as pessoas envolvidas. O caso é relacionado a um crime de morte acontecido em 31 de dezembro de 2016, no distrito de Pão de Açúcar, de Taquaritinga do Norte, crime este que vitimou a jovem Maria Vanessa da Silva (21 anos).

De acordo com as informações, uma mulher identificada por Renata Mavi de Lima (de 29 anos, foto acima) deu entrada na UPA 24h de Santa Cruz do Capibaribe, na manhã de hoje, após ter sido ferida a facadas.

De acordo com o policial civil Jucelino, que esteve na ocorrência, Renata (que seguia com a mãe para um posto de saúde, também no distrito de Pão de Açúcar) foi esfaqueada por um homem identificado até o momento como “Vando”, que seria irmão da jovem assassinada na data citada após a mesma tentar separar uma briga.

Vando teria chamado Renata para uma conversa e está, ao se aproximar de Vando (ignorando os alertas da mãe para que ela não fosse), foi então esfaqueada, sem qualquer discussão.

De acordo com o policial, Renata foi esfaqueada em um possível ato de vingança por parte de Vando, que seria irmão da jovem que fora assassinada em 31 de dezembro. Ainda segundo o policial, Renata seria irmã do principal suspeito de ter esfaqueado Maria Vanessa (clique na imagem e releia a matéria do caso).


Renata foi socorrida por populares e trazida, em um Toyota de lotação, até a UPA, de onde foi transferida para o Hospital Regional do Agreste, na cidade de Caruaru. Seu quadro é considerado grave.

De acordo com a mãe da vítima, Vando teria dito que mataria Renata, ela e também uma pessoa de nome “Ricardo”, que seria o suposto autor do assassinato de Maria Vanessa.

Vando, de acordo com o policial, já tem passagens pela polícia sendo que, quando adolescente, teria praticado um latrocínio (roubo seguido de morte).

Blog do Ney Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário