segunda-feira, 27 de abril de 2015

Asfora afirma que vai continuar se defendendo na justiça e garante que será candidato em 2016


O ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora, afirmou que entrou com um recurso para tentar se livrar da condenação de três anos de reclusão e multa por suposto crime de falsidade ideológica, imposta contra ele pela Terceira Turma do Tribunal Regional Federal. As afirmações foram feitas durante participação no programa do correligionário político, Carga Pesada, na Rádio Polo FM, na tarde do último sábado (25).

Asfora garantiu que vai disputar novamente a Prefeitura de Brejo da Madre de Deus na eleição de 2016.

Roberto Asfora explicou que a condenação se deu devido a mudança de endereço de uma empresa de combustíveis, a qual ele não seria mais sócio desde o ano de 2011. A mudança foi feita por um sócio e uma juíza federal de Nova Friburgo, Rio de Janeiro, entendeu que o ato seria uma fraude.

Em sua página no Facebook o ex-prefeito tranquilizou os eleitores: “Venho aqui dizer ao meu povo, fiquem tranquilo, estou respondendo isso, tem a defesa aqui (Recife) e lá (Brasília)”.

Durante a entrevista ao correligionário Carga Pesada, Asfora aproveitou para alfinetar os adversários, especialmente o vereador Bolão que divulgou os detalhes da condenação na sessão da Câmara. Asfora chegou a chamar o vereador de “bêbado arrogante”.

“Política é uma coisa e canalhice e outra”, disse Roberto.

Asfora citou também os escândalos envolvendo o ex-deputado Pedro Correia, apoiador do grupo político do atual Dr. Edson, lembrando que foram apreendidos comprovantes de compra de votos durante as investigações da Operação Lava Jato.

“O que eu não posso é permitir que joguem meu nome na lama como se eu fosse um Zé Ninguém, uma pessoa que não representasse nada para as pessoas de bem de Brejo da Madre de Deus”, afirmou Roberto.

Fonte Blog Ney Lima 




A namoradinha da cidade

Polícia apreende pacotes de cigarros contrabandeados em Santa Cruz do Capibaribe


Fotos: Thonny Hill.

Na manhã desta segunda-feira (27), policiais militares realizaram uma apreensão de cigarros contrabandeados e falsificados.

A operação aconteceu em uma bomboniere localizada na Rua Amaro Severino, bairro Centro. De acordo com as informações, denúncias anônimas levaram os policiais até o estabelecimento e lá foram apreendidos 46 pacotes fechados de cigarros de várias marcas, cada um contendo 20 maços, além de maços já separados para venda.

Os proprietários do estabelecimento, um homem identificado por Luiz Pereira da Silva e uma mulher, que não teve o nome informado, foram detidos e conduzidos até a delegacia de Santa Cruz do Capibaribe.

.

Por ser um crime de contrabando, o caso foi conduzido até a delegacia da Polícia Federal, na cidade de Caruaru.

Blog Jataúba News. 



Vista-se bem com a..