quarta-feira, 31 de julho de 2013

Santa Cruz apaga impressão negativa goleia e volta ao G4

Santa Cruz goleia lanterna e volta ao G4

Uma goleada para restaurar a paz no Arruda. Na noite desta quarta-feira (31), contra o Rio Branco/AC, pela sétima rodada do Grupo A da Série C, a equipe Tricolor não tomou conhecimento do adversário e venceu por 4x0, gol de Renan Fonseca, Renatinho, Dênis Marques e Natan. Após um desastre diante do torcedor, no último domingo (28), os jogadores coral fizeram a sua parte e recolocaram o Tricolor no G4.

Com o resultado, o Mais Querido está na terceira colocação, com 13 pontos ganhos.

O TIME: Depois de relutar, o técnico Sandro Baborsa, após a derrota por 2x0 para o Baraúnas, o técnico Sando Barbosa promoveu quatro alterações no time. Renatinho, Ramirez, Dedé e Natan foram as novidades.

Com outra formação tática, no esquema 4-5-1, a equipe foi escalada com: Tiago Cardoso, Nininho, Renan Fonseca, Leandro Souza e Renatinho; Ramirez, Dedé, Júnior Xuxa, Natan e Raul; Dênis Marques.

O JOGO: Para apagar a má impressão deixada no último, a equipe Tricolor entrou em campo mãos do que na obrigação de vencer o último colocado da chave. Remodelado, o time tinha a obrigação de apresentar um bom futebol e, pelo que demonstrou nos primeiros minutos de jogo, não fugiu da responsabilidade.

A quatro novidades escalada pelo técnico Sandro Barbosa mostraram a que veio e o Tricolor parecia outro em relação à atuação desastrosa do último domingo. Dentre os novatos, o volante Dedé se destacou, organizando o meio de campo na marcação e aprimorando a construção de jogada.

Atuando com três meias, o time elevou a produtividade, sendo muito incisivo para o adversário, que dificilmente dava mais do que três toques na bola. Com vontade de vencer, não demorou para a equipe Tricolor abrir o placar. Aos 20 minutos, após cobrança de escanteio de Júnior Xuxa, Renan Fonseca, da marca do pênalti, meteu a cabeça na bola e ela morreu no fundo do gol.

Sem ameaça do adversário, o Santa Cruz seguiu determinado para construir um bom resultado. Valorizando a posse, trabalhando bem a bola e dominando o Rio Branco, a Cobrar Coral não encontrou dificuldades para dar outro bote.

Aos 35 minutos, depois de um bate-rebate na área da equipe do Rio Branco, o Santa Cruz teve um escanteio a seu favor. Júnior Xuxa cobrou, a bola sobrou para Renatinho, do bico esquerdo da área, e o Xodó da Torcida Tricolor acertou um belo chute na meta do goleiro Gustavo.

Tirando um enorme peso das costas, os jogadores Corais foram para o intervalo aliviados, cientes de que estavam fazendo aquilo que deles se espera, dominando o adversário dentro do Arruda.

SEGUNDO TEMPO – Para a segunda etapa, diante das deficiências do adversário, o time Coral tinha como meta manter a volúpia para conquistar um resultado expressivo e voltar ao G4, de preferência na terceira posição, com uma vitória sobre o Rio Branco por seis gols de diferença.

Com isso em mente, o Santa colocou logo uma bola na trave no primeiro minuto da etapa final, com Júnior Xuxa, em cobrança de escanteio. Por pouco não foi gol olímpico. Pouco tempo depois, aos 3 minutos, Natan foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. A cobrança ficou por conta de Dênis Marques, e o artilheiro pôs fim ao jejum pessoal de gols. 3x0 para balançar o torcedor presente no Arruda.

Relaxado, o Santa Cruz ficou absolutamente à vontade em campo. Como jogo era para fazer saldo, não demorou muito para a equipe tricolor chegar ao quarto gol. Após boa jogada individual, o meia Natan não encontrou problemas para conferir. E a torcida vibrou.

Goleando, o Tricolor precisava de mais três gols para retornar ao G4 na terceira posição. Indo em busca do placar, o Santa Cruz apresentou um volume de jogo incomum, rendendo o adversário. Mas, talvez por excesso de confiança, a equipe tricolor não conseguiu ampliar a vantagem.

Na cabeça dos atletas e do torcedor, o que importava é que nem de longe a impressão negativa do último jogo voltou a se repetir. Perante a Torcida, o Tricolor reagiu e segue firme na Série C.




Fonte: Agência CoralNET de Notícias

Manifestantes ocupam Prefeitura de Petrolina




Após reunião com MPPE, grupo fará assembleia para decidir permanência (Foto: Janko Moura/Divulgação)

Integrantes do movimento “O Vale Acordou” ocupou, nesta terça-feira (30), mais uma vez, a sede da Prefeitura Municipal de Petrolina. De acordo com o Blog de Jairo Britto, a decisão de retornar à Prefeitura se deu após uma ação dos guardas municipais que teriam levado vários objetos pessoais e documentos de pessoas ligadas ao grupo durante a madrugada.

Em uma nova reunião, realizada na tarde desta terça-feira, com o representante do Ministério Público de Pernambuco, da prefeitura e da Polícia Militar, os integrantes do movimento tomaram conhecimento de que os objetos confiscados durante a ação dos guardas municipais estão no MPPE. O grupo deve deixar a sede da Prefeitura em instantes, após ter recebido os documentos recolhidos pelos guardas municipais.

    Bolsa Família terá boa gestão premiada

    Agência Brasil (Brasília) – O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) vai premiar as boas práticas de gestão do programa Bolsa Família. O Prêmio Rosani Cunha: Edição Especial – Bolsa Família 10 Anos abre as inscrições nesta quinta-feira (1º) pela internet. As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de agosto. Podem participar gestores municipais, estaduais e do Distrito Federal. O projeto inscrito deve ter pelo menos quatro meses de implementação.

    Serão selecionados 12 projetos. Os relatos serão disponibilizados em versão digital e impressa. “O objetivo é dar visibilidade e compartilhar as boas práticas, para que elas sejam difundidas no país”, explica a secretária adjunta nacional de Renda de Cidadania do MDS, Letícia Bartholo.

    Esta é a segunda edição do prêmio, a primeira ocorreu em 2009. O primeiro lugar foi ocupado pela prefeitura de Pão de Açúcar (AL), com um programa de construção de cisternas e placas de armazenamento de água. Com uma tecnologia chamada cisterna de placas, que armazenavam 16 mil litros cada, o programa atendia, na ocasião, a cerca de 4,5 mil pessoas.

    Neste ano, o prêmio será dividido em três categorias: busca ativa para cadastramento e atualização cadastral, incluindo identificação de grupos populacionais tradicionais e específicos; ações articuladas do Plano Brasil Sem Miséria voltadas à inclusão produtiva das famílias beneficiárias do Bolsa Família; e gestão de condicionalidades e acompanhamento familiar intersetorial (assistência social, saúde e educação).

    Os vencedores receberão um certificado de reconhecimento pela contribuição aos objetivos do Bolsa Família. Dentre os premiados, os responsáveis por três projetos municipais e uma estadual vão viajar para conhecer um programa de transferência de renda na América Latina.

    O Bolsa Família é o carro-chefe dos programas de transferência de renda no Brasil. Uma das principais características é a gestão descentralizada e compartilhada entre a União, estados, Distrito Federal e municípios.

    Em dez anos, “o programa amadureceu muito rápido”, avalia Letícia. A secretária adjunta acrescenta, no entanto, que não é porque o programa está consolidado que deve deixar de ser aprimorado. Um dos pontos, segundo ela, que requer atenção é a comunicação com os beneficiados. “É importante escutar quem está recebendo o benefício, isso faz parte do princípio democrático da participação na construção da política pública”, diz.

    O MDS têm buscado melhorar a comunicação direta com os beneficiários principalmente depois do boato sobre o fim do Bolsa Família, que levou a uma corrida aos caixas bancários este ano.

    Entre os pontos positivos, Letícia destaca o impacto do programa na educação. Segundo dados do MDS, os estudantes beneficiados pelo Bolsa Família em algumas regiões do país têm rendimento melhor do que a média brasileira. Além disso, por exigir uma frequência mínima nas aulas, os estudantes estão faltando menos.

    “O programa atende a milhões de famílias brasileiras. Isso requer evoluções e passa por desafios importantes”, constata a secretária. “Divulgar as boas práticas é a principal contribuição do prêmio”, disse.

      Primeiro casamento homoafetivo é realizado em Santa Cruz do Capibaribe

        



      Na tarde desta terça-feira (30) o blog do Ney Lima registrou, com exclusividade, o primeiro casamento civil homoafetivo realizado em Santa Cruz do Capibaribe, que uniu duas mulheres.

      Os rostos das cônjuges não serão mostrados, já que elas se mostraram cautelosas a como outros meios de comunicação irão tratar sobre o acontecimento, mas não tiveram nenhum receio em revelar suas identidades como forma de estimular pessoas do mesmo sexo a terem a mesma iniciativa pioneira.

      O casamento de Silvana Viturino da Silva e Valdene Eleine de Lima Araújo foi realizado pelo Juiz da primeira vara cível Dr. Tito Lívio, sendo acompanhado também pelas testemunhas da união, os pais das cônjuges e também por amigos e familiares.

       

      No início da cerimônia, Dr. Tito fez seu discurso enfatizando a importância da união matrimonial, da transformação necessária da sociedade brasileira no que diz respeito à estrutura familiar e também sobre os direitos e deveres casamento, do ponto de vista Jurídico e da Constituição.

      “Todos são iguais perante a Lei, que não pode negar o direito ao casamento daqueles que se amam. A orientação sexual não pode ser um pretexto para se impedir a formação de uma família. Vocês são pioneiras assim como eu, que também sou pioneiro em estar realizando esta cerimônia aqui em Santa Cruz (…). O importante é o amor, é o gostar, é o querer estar junto e isto a Lei não pode negar”, frisou o Juiz.



      Adoção de uma criança será o próximo passo do casal





      Juiz falou sobre a importância da atitude pioneira em Santa Cruz do Capibaribe.
      Antes da cerimônia, Silvana e Valdene relataram que já tem um relacionamento de quatro anos e que o casamento, além de oficializar a união perante a Lei, é uma das etapas para a construção de uma família completa, graças a adoção de uma menina, onde elas relataram que o processo já está bem encaminhado.

      Cerimônia irá incentivar casais homoafetivos a buscar o casamento civil no município, espera Dr. Tito


      Em entrevista concedida ao blog, Dr. Tito falou sobre a importância da cerimônia, que mostra que agora casais homo afetivos em Santa Cruz do Capibaribe já podem solicitar a oficialização da união não somente de maneira estável, mas sim através do casamento civil com os mesmos procedimentos adotados por casais heterossexuais, inclusive na adoção de crianças.

      Outro ponto ressaltado pelo Juiz é o preconceito que ainda existe em vários setores da sociedade quanto a este tipo de união, onde falou a importância da mesma a aceitar as mudanças, no tocante a convivência harmônica entre as pessoas.

      Fonte ney lima 

      Manifestantes seminus quebram santos católicos em Copacabana


      Enquanto o papa prossegue sua visita ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, um grupo de cerca de 500 pessoas começaram no posto 5 da Praia de Copacabana um protesto denominado “Marcha das Vadias”. A partir das 14h30, passaram a deslocar-se pelas ruas do Rio de Janeiro com faixas e cartazes, além de palavras de ordem pintadas pelo corpo e seios à mostra.

      Algumas das mensagens empunhadas por elas diziam: “Chupai-vos uns aos outros”, “Tirem seus rosários dos nossos ovários”, ”Meu útero é laico” e diversas frases antirreligiosas.

      O tema deste ano é “Quebre o silêncio”, para incentivar mulheres a denunciar os crimes de violência doméstica. Elas dizem que sua luta inclui temas como o fim da violência sexual e de gênero, a descriminalização e legalização do aborto, a regulamentação da prostituição e contra o Estatuto do Nascituro, também conhecido como “bolsa-estupro”. Outro aspecto do protesto é a indignação contra o uso de dinheiro público na recepção do papa.



      Logo no início da passeata jogaram ao chão dezenas de crucifixos e imagens de santos. Posteriormente, quebraram imagens de Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Fátima. A atitude chocou os fiéis que estavam na Praia de Copacabana. Inevitavelmente acabaram encontrando ao longo do trajeto diferentes grupos de fieis católicos que estão na cidade para os eventos da Jornada. Vaias e agressões verbais foram trocadas, mas sem registro de violência.

      Uma das organizadoras da Marcha é Rogéria Peixinho, ativista da Associação de Mulheres Brasileiras. Foi ao protesto vestida de freira. Para ela, a chegada do pontífice teve como “contraponto a livre manifestação de uma outra juventude”, na rua, “protestando contra a opressão e o controle da vida e da sexualidade das mulheres”.

      “A presença do papa e os recursos públicos alocados para a visita de um líder espiritual colocam em xeque a laicidade do Estado. (…) Esse tema está dentro dos eixos da marcha, assim como o direito ao corpo, as denúncias sobre os casos de estupro que estão aumentando principalmente no Rio, e a formulação de políticas públicas de proteção às mulheres”, explicou ela ao UOL.

      Questionada sobre a fantasia, respondeu: “A roupa de freira, como eu já me vesti outras vezes, é um símbolo de questionamento sobre a posição da igreja contra o aborto. Muitas mulheres engravidam dentro dos conventos e, muitas vezes, são obrigadas a abortar. A gente já vem colocando esse tema nas marchas há algum tempo”.



      Curiosamente, o grupo “Católicas pelo Direito de Decidir, também acompanha a marcha. Uma das líderes desse grupo, Valéria Marques, afirmou que ‘sente pena de uma mulher que oprime o próprio gênero’ e que sua organização defende que as mulheres possam “decidir o que fazer com o próprio corpo, incluindo a legalização do aborto”.

      Mobilizadas pelo Facebook, mais de 6 mil confirmaram presença, o que indica que mais pessoas devem se juntar à Marcha até o final do dia. Existe a promessa de um “topless coletivo” e um “beijaço gay” para as 19 horas, mesmo horário que deve começar a Vigília, principal o evento da Jornada neste sábado, na praia de Copacabana.

      "Vou ser o primeiro prefeito da história do Brejo a dar posse ao meu adversário" disse Hilário Paulo





      O Prefeito Interino de Brejo da Madre de Deus Hilário Paulo, começou na manhã desta terça-feira visitar os prédios públicos e fotografa-los para comprovação de integridade do patrimônio público. O prefeito também está fazendo um mutirão para entregar o município limpo ao novo prefeito que tomará posse amanhã.


      Hilário afirmou ao nosso blog que ele mesmo vai dar posse de prefeito a Roberto Asfora. “Amanhã no começo da noite volto assumir a presidência da Câmara de Vereadores e como gestor daquela casa, irei passar o cargo de prefeito a Roberto Asfora. Saio de cabeça erguida, pois não me sinto um derrotado, fui um vencedor que fiquei a frente da prefeitura por pouco tempo e não tive chances de fazer tudo que queria, mas outra oportunidade virá e farei tudo aquilo que não pude fazer” Disse Hilário que vai divulgar uma lista de recursos que vai deixar para a nova gestão.


      Sobre o concurso público Hilário disse que Homologou na última sexta-feira e que possivelmente estará publicando o edital no Diário Oficial. “Estou tentando arrumar dinheiro para pagar a publicação do edital, é quase 43 mil reais que gasta para fazer esta publicação. Vamos ver se amanhã teremos como publicar” Finalizou Hilário prometendo votar nos projetos que venham a favoreçam o município.

      Fim dos tempos: Disney vai apresenta dupla homossexual em série para crianças!

       

      A antiga estrela de Hannah Montana, Miley Cyrus, elogiou publicamente a decisão do canal do rato Mickey no Twitter: "Isto é verdade?! Só posso defender a Disney ao dar este passo. Eles controlam muito o que as crianças pensam… Isto é inspirador."

      O Disney Channel vai apresentar um casal de lésbicas, com filhos, num episódio da série "Boa Sorte, Charlie". O programa deverá ir para o ar em 2014, ano em que a popular sitcom infantil chegará ao fim.

      O casal protagonista, Amy e Bob Duncan (Leigh-Allyn Baker e Eric Allan Kramer), vão orgnaizar uma tarde de jogos infantis para a filha Charlie (Mia Talerico) brincar com os seus novos amigos. E será aí que os pais da personagem titular irão descobrir que uma das crianças tem duas mães.

      "Esta storyline foi escrita sob a supervisão de uma consultora de desenvolvimento infantil", revelou fonte oficial do canal. "Tal como grande parte da programação do Disney Channel, esta narrativa foi desenvolvida no sentido de ser relevante para as famílias de todo o mundo, reflectindo temas de diversidade e inclusão social."

      "Boa sorte, Charlie" estreou no Disney Channel norte-americano a 4 de Abril de 2010, tornando-se um sucesso instantâneo de audiências. As aventuras de Charlie e da sua família disfuncional chegaram a ultrapassar a famosa "regra dos 65 episódios" do canal: a maior parte dos programas de ficção da Disney chega ao fim no 65.º episódio. "Boa sorte, Charlie" quebrou esta tradição e vai terminar com quase 100 episódios exibidos.
      Fonte: Blog Julio Severo

      Justiça tira vereador de Caruaru da cadeia




      Do Blog de Wagner Gil


      O desembargador Nivaldo Mulatinho, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, concedeu nesta terça-feira (30) habeas corpus ao vereador Jajá (PPS). Ele foi preso na semana passada acusado de comprar um veículo roubado.

      O fato ocorreu no último dia 22 de julho, quando o juiz da 2ª Vara Criminal de Caruaru, Pierre Souto Maior, determinou a prisão preventiva do parlamentar.

      Segundo investigações da Polícia Civil, Jajá teria adquirido um Citroën C4 clonado. O vereador acabou sendo encaminhado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Ele ficou em cela especial.

      terça-feira, 30 de julho de 2013

      Aécio precisa de Eduardo, diz presidente do PSB-SP

       

      É na bancada ruralista da Câmara que o DEM começa a abandonar o tucano Aécio Neves, para aderir à candidatura do socialista Eduardo Campos, avalia Leonel Rocha, na revista ÉPOCA. Diz o colunista que, na semana passada, o líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado, fechou acordo com o empresário goiano Vanderlan Cardoso, do PSB. Um disputará o governo de Goiás e o outro concorrerá ao Senado. As pesquisas locais definirão quem concorre a quê .

      Por sua vez, o presidente do PSB paulista, Márcio França, verbaliza a estratégia traçada pelo PSB do governador Eduardo Campos, tomando por base uma ação conjunta com o senador mineiro Aécio Neves, pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PSDB, diz Julianna Granjeia, no blog Poder Online.

      “São Paulo tem uma dificuldade grande de votar em mineiro. Quando JK foi candidato, ele ficou em terceiro em São Paulo. Ao mesmo tempo, o (senador mineiro) Aécio (Neves) poderia ser preocupação na disputa. Mas é preciso lembrar que Aécio também depende da candidatura do Eduardo, que é positiva para ele, já nosso voto é mais da esquerda, temos uma ligação histórica com o PT”, afirma França.

      DIVIDINDO O BOLO

      O partido divide o país em quatro grandes blocos para calcular votos: Nordeste, Rio de Janeiro e Minas Gerais, São Paulo e o outro com os demais Estados, cada bloco com aproximadamente 30 milhões de eleitores cada. A chave para o desfecho da disputa, diz ele, está em São Paulo, Estado governado pelo tucano Geraldo Alckmin. “O bloco do Nordeste daria Eduardo, Rio e Minas seria do Aécio, o resto do país daria empate e São Paulo é a única dúvida”, especula o deputado.

      Esse vale a pena ler e refletir..

      Nasce um novo líder mundial
      Eis um Papa simples, humilde, simpático e solidário. Um líder com a envergadura moral que está ausente nas grandes personalidades mundiais.
      Um exemplo deles é Nelson Mandela, mas este está fora do poder. Agonizando. Obama, a grande esperança norte americana, envolvido em espionar a vida alheia. Os outros, são vítimas das primaveras e dos outonos.
      Carismático, o Papa Francisco pregou  a radicalização da mudança nos costumes e convocou os jovens para uma nova revolução. Condenou  o provisório  e o dinheiro como objetivo máximo de vida. Declarou que adora nos jovens a  inquietação e o  inconformismo com a realidade.
      Sem escamotear para vieses ideológicos, defendeu a cultura do diálogo acima de qualquer confronto. Convocou todas as religiões para ajudar o próximo, seja no combate a fome, ao desemprego e nas melhorias na educação e na saúde.
      Max Weber num de seus escritos ao analisar o sermão da montanha, abordava que havia dois tipos de discursos: o discurso de convicção e  de exaltação da fé e o discurso de realidade.
      Enquanto Bento XVI encenava o discurso de convicção, o Papa Francisco  encerra o discurso de realidade e de comprometimento  com a mudança.
      Um Papa que desafia o compromisso evangelizador e a burocracia da Cúria Romana.
      Recomenda que os olhares se voltem menos para os dogmas do passado e para as utopias fantasiosas do futuro. Mirem no presente com responsabilidade sobre a realidade. A íntegra deste artigo, de autoria do professor e pensador Carlos Alberto Fernandes, você confere no menu Opinião. Vale a pena!
      Fonte blog magno martins 

      segunda-feira, 29 de julho de 2013

      Até 2014, Brasil terá 60 mil escolas públicas integrais


      Agência Brasil (Brasília) – Mais de 49,3 mil escolas públicas em todo o país têm atividades em período integral. A expectativa é que até o ano que vem sejam 60 mil. No turno complementar, além de acompanhamento pedagógico obrigatório com aulas de reforço escolar em matemática, português, ciências e uma língua estrangeira, os alunos podem praticar esportes e participar de atividades culturais, que ajudam a melhorar a disciplina e a concentração.

      “Nossa prioridade tem sido as escolas onde estão as crianças mais pobres, que são aquelas que recebem o Bolsa Família”, disse hoje (29) Dilma Rousseff, durante o programa Café com a Presidenta.

      Segundo ela, a educação em dois turnos é importante para o aluno, para a família do aluno e para todo o país, pois o modelo ajuda no aprendizado de crianças e adolescentes. “Nenhum país do mundo chegou a se transformar em uma nação desenvolvida sem que as crianças tenham dois turnos na escola, nos colégios”, ressaltou.

      Estudantes de 19,7 mil escolas rurais também participam do programa de ensino em dois turnos. Nessas escolas, além das atividades oferecidas nas demais escolas, os alunos ainda têm aulas ligadas à realidade do campo e da agricultura.

      Só este ano, o governo federal já investiu R$ 1,8 bilhão no programa de educação integral. A maior parte dos recursos é repassada diretamente para a escola contratar monitores e professores, comprar material e preparar os espaços para receber as crianças nas atividades do chamado contraturno. O Ministério da Educação também repassa às prefeituras recursos para garantir alimentação de quem fica o dia todo na escola.

        PPS emite nota sobre fim da fusão com PMN




        Legenda lamenta final da parceria (Foto: Reprodução/Internet)

        Após o PMN desistir oficialmente de esperar pelo PPS para a realização de uma fusão entre os dois partidos, os pós comunistas emitiram uma nota pública lamentando a decisão da sigla-irmã. No texto, assinado pelo deputado federal Roberto Freire, no entanto, o PPS insisti que a Mobilização Democrática (MD) será um movimento que permanecerá na pauta da agremiação, com o objetivo de “resgatar” uma esquerda diferente da encabeçada pelo PT nos últimos anos.

        Segue, abaixo, a íntegra da nota do PPS:

        Rumo ao XVIII Congresso Nacional do PPS

        Nós, do Partido Popular Socialista (PPS), lamentamos a decisão tomada pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN), anunciada no último domingo (28) em uma convenção nacional extraordinária, de não dar continuidade ao processo de fusão entre os dois partidos que daria origem a uma nova agremiação partidária, a Mobilização Democrática (MD).

        Respeitamos a decisão soberana do PMN, mas reiteramos que a fusão entre os dois partidos, aprovada em Congresso Extraordinário do PPS realizado em abril deste ano, representaria, em nosso entendimento, o surgimento de uma nova formação política que possibilitaria um maior protagonismo da oposição ao atual governo e revigoraria a própria democracia brasileira.

        A mobilização democrática do PPS não cessará e, ao contrário, se intensificará. O PPS segue seu caminho e permanece firme na luta por uma esquerda democrática forte e por uma oposição firme ao governo Lula-Dilma.

        A Executiva Nacional do PPS, com base na Resolução Orgânica nº 002/2013, já havia dado início aos preparativos para os Congressos Municipais, Estaduais e Nacional do partido, originalmente programados para este ano de 2013. Desta forma, convocamos todos os nossos militantes a participarem dessa jornada em todo o país.

        O PPS não abrirá mão de seu histórico compromisso com uma sociedade mais justa e igualitária e continuará somando esforços no sentido de construir uma real alternativa ao projeto de poder instalado no governo federal há uma década.

        Vamos à luta, sempre norteados por valores que fazem do PPS um digno representante da esquerda democrática brasileira.

        Rumo ao XVIII Congresso Nacional do PPS 2013!

        Roberto Freire
        Presidente Nacional do PPS

          Cédulas de R$ 2 e de R$ 5 terão camada contra sujeira

          Agência Brasil (Brasília) – As novas cédulas de R$ 2 e de R$ 5, que entraram em circulação hoje (29), terão uma camada protetora contra sujeira, disse o diretor de Administração do Banco Central (BC), Altamir Lopes. No solenidade de lançamento das cédulas, ele explicou que a proteção tem como objetivo impedir o desgaste rápido das cédulas, que são as mais manuseadas, por serem de baixo valor.

          As cédulas de R$ 2 e de R$ 5 concluem o lançamento da nova família de notas do real. De acordo com Lopes, a substituição das cédulas antigas está mais adiantada nas notas de maior valor, cujas novas versões saíram há três anos. Segundo o diretor do BC, 71,3% das cédulas de R$ 100 e 63,8% das de R$ 50 foram trocadas. Quanto às notas de R$ 20 e de R$ 10, já foram substituídas 31,3% e 36,9%, respectivamente.

          As novas cédulas trazem elementos adicionais de segurança, como número escondido, marca-d’água e alto-relevo, já presentes nas de R$ 50 e R$ 100 e de R$ 10 e R$ 20, lançadas respectivamente em 2010 e 2012.

          O número escondido – numeral com o valor da nota – fica visível quando a cédula é colocada na posição horizontal, na altura dos olhos, em local com bastante luz. A marca-d’água revela o valor da nota e a imagem do respectivo animal: a tartaruga marinha, na nota de R$ 2, e a garça, na de R$ 5. O alto-relevo pode ser sentido pelo tato em diversas áreas da parte da frente das cédulas.

          As novas notas encerram o ciclo de substituições iniciado pela autoridade monetária em 2010. Naquele ano, foram divulgadas imagens dos seis novos modelos. As cédulas da segunda família do real trazem o valor da nota no canto superior direito.

          O Banco Central esclarece ainda que as notas antigas não perderão valor. Elas serão substituídas gradualmente no dia a dia, conforme forem tiradas de circulação por causa do desgaste natural.

          Ala do DEM prefere candidatura de Campos a de Aécio



          Governador e o senador mineiro vão brigar por apoio do DEM em 2014 (Foto: Reprodução)

          A eleição presidencial só vai acontecer em 2014. Mas, nos bastidores a situação a cada dia esquenta mais. De acordo com a coluna de Felipe Patury, da Revista Época, o governador Eduardo Campos (PSB) e provável candidato à Presidência da República pode ganhar o apoio do DEM.

          De acordo com a nota, a bancada ruralista da Câmara do DEM começa a abandonar o tucano Aécio Neves, para aderir à candidatura do socialista Eduardo Campos. Na semana passada, o líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado, já teria fechado um acordo com o empresário goiano Vanderlan Cardoso, do PSB. Um disputará o governo de Goiás e o outro concorrerá ao Senado. As pesquisas locais definirão quem concorre a quê .

          Em Pernambuco, um democrata confirmou, em reserva, que realmente existe uma corrente no partido favorável ao apoio a Eduardo Campos, além do grupo que defende adesão a Aécio Neves. “Não há uma diferença significativa entre as correntes. Existe um certo equilíbrio”, comentou o parlamentar.

          O apoio ao PSB no plano nacional não significaria, necessariamente, a união entre os dois partidos no âmbito estadual. “Vai depender da conjuntura local. O cenário em Pernambuco ainda está muito aberto, por isso, é preciso aguardar”, avisou.

          Antes de o DEM definir de que lado estará – o que só deve acontecer no início de 2014 -, Eduardo Campos e o PSB deverão bater o martelo e oficializarem a candidatura própria. “O DEM não vai colocar a carroça na frente dos bois. Primeiro Eduardo precisa definir a candidatura”, finalizou o democrata.

            Morre frei Fernando Rossi que trabalhou com frei Damião



            O Frei Fernando Rossi, fiel escudeiro de Frei Damião por mais de 50 anos, faleceu na tarde deste domingo (28), na cidade de Palmeira dos Índios, em Alagoas, aos 94 anos. Frei Fernando sofria de problemas cardíacos, já tendo passado por cirurgia, e estava internado desde quarta-feira no Hospital Regional Santa Rita.
            No sábado, seu quadro piorou e ele foi transferido para a UTI. O sepultamento será realizado na comunidade de Vila São Francisco, no município Alagoano de Quebrangulo. A data e a hora ainda não haviam sido definidos, até a noite de ontem.

            Nascido na Itália no ano de 1918, Frei Fernando veio para o Brasil em 1946 e, na década de 50, começou a trabalhar com Frei Damião. Logo tornou-se seu secretário, organizando sua agenda e seus compromissos durante as peregrinações pelo Nordeste. Só foi morar em Alagoas após a morte de Frei Damião, em 1997.

            “Ele sempre foi muito dedicado a Frei Damião, muito do sucesso das missões de Frei Damião se deve ao trabalho e ao companheirismo de Frei Fernando. Muitos frades não estavam dispostos a seguir o ritmo de acordar cedo e dormir tarde”, disse o vice-postulador da causa de Frei Damião, Frei Jociel Gomes.

            Para o Frei Francisco Barreto, provincial dos capuchinhos do Nordeste, sua grande mensagem foi do companheirismo de dedicação. “Ele nunca teve tempo de ser vigário ou assumir outra missão devido ao trabalho com Frei Damião”, declarou.

            Deputados pernambucanos viajam ao exterior (por interesse próprio) mas recebem seus salários normalmente.


            NO EXTERIOR, MAS SEM REPRESENTAR A ALEPE.

            FOTO: DIVULGAÇÃO
            Ayrton Maciel, do Jornal do Commercio


            Expressão que deveria ser utilizada como uma honraria para o Legislativo e para aquele autorizado a representar a Casa, os deputados estaduais de Pernambuco têm utilizado o argumento da “missão cultural” para viagens ao exterior, a grande maioria dos favorecidos sem sequer justificar as agendas a cumprir. Somente no primeiro semestre deste ano, foram 17 licenças neste caráter para viagens ao exterior. Em cinco meses, a mesa diretora autorizou 986 missões autorizadas. Dos 49 deputados, 14 saíram em “missão cultural” a países na Europa, Américas e Oriente Médio. Três dos 14 saíram em “missão cultural” duas vezes e apenas três revelaram o que iam fazer, como curso de formação e integrante de comitiva. Só um declarou que iria na condição de coordenador-geral da Frente Parlamentar do Comércio Varejista, licença que durou 26 dias na Itália.

            As licenças para missões culturais são normalmente aprovadas pelo plenário com a expressão “sem ônus para este Poder”, numa referência ao não dispêndio de diárias pelo Legislativo para as despesas de hospedagens e alimentação dos parlamentares, uma vez que não estão representando o Poder. A definição de licença em caráter cultural esconde, porém, na prática, que as viagens são de interesse pessoal. Na relação dos contemplados com a licença para “missão cultural”, que significa abonar as ausências nas sessões plenárias, evitando o corte do ponto e o desconto no salário, há deputados de quase todos os partidos. As viagens acontecem, todavia, em plena atividade das comissões e das sessões plenárias, quando ocorrem a tramitação e votação dos projetos e emendas constitucionais que regulam e afetam a vida dos pernambucanos.

            Ao longo de 2012 foram concedidas 25 licenças em caráter cultural para viagens ao exterior. Nos primeiros seis meses deste ano, foram 17. Caso se repita a quantidade neste segundo semestre, no final do ano vai se configurar um aumento de quase 50%, em comparação com o ano passado. Os campeões de 2013, até agora, são os deputados Tony Gel (DEM), Leonardo Dias (PSB) e José Humberto Cavalcanti (PTB), cada um com duas “missões”. Em 2012, o campeão foi o petebista, com três viagens para fora do País. Foi seguido por Vinícius Labanca (PSB), André Campos (PT), Izaías Régis (PTB), Carlos Santana (PSDB) e Leonardo Dias (PSB), cada qual com duas “missões”.

            Nas 17 viagens do primeiro semestre deste ano, apenas o líder da oposição, Daniel Coelho (PSDB), mais os parlamentares Tony Gel (DEM) e Betinho Gomes (PSDB) revelaram o que iam fazer. As resoluções da Assembleia não informam se foram sem ônus para a Casa, nem dizem em quais instituições ocorreram. Daniel passou 19 dias nos Estados Unidos, participando do curso “Líderes em Políticas Municipal e Estadual”, o também tucano Betinho passou sete dias em “Missão Técnica de Estudos ao Reino Unido”, em Londres e Edimburgo, e o democrata Tony Gel cumpriu duas “missões”, uma de 15 dias a Alemanha e outra de 26 dias à Itália, como coordenador da Frente Parlamentar do Comércio Varejista de Pernambuco

            Mensagem do Papa Francisco para a presidenta Dilma Rousseff

            Presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o Papa Francisco, durante Santa Missa pela 28ª Jornada Mundial da Juventude. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

            Ao deixar o Brasil na noite deste domingo (28), o Papa Francisco enviou mensagem para a presidenta Dilma Rousseff em que expressa gratidão pelo “acolhimento generoso” que recebeu durante a realização da Jornada Mundial da Juventude. A mensagem foi lida pelo comandante do avião papal para o Cindacta 2, em Curitiba, ao deixar o espaço aéreo brasileiro. Leia abaixo a íntegra da mensagem:

            “Excelentíssima Senhora Dilma Rousseff, Presidenta da República Federativa do Brasil, ao deixar o espaço brasileiro, renovo a minha sincera gratidão pelo acolhimento generoso que me reservou e pela solicitude do Governo em assegurar uma tranquila realização dessa minha primeira visita ao Brasil. Faço votos de que a Jornada Mundial da Juventude possa reavivar os valores cristãos no coração dos jovens, contribuindo na construção de uma nação mais justa e fraterna e invocando a materna proteção de Nossa Senhora Aparecida, em cujo os pés depositei a vida de cada brasileiro. Envio uma propiciadora benção apostólica.

            Francisco, o Papa.”

            Papa puxa a orelha de cardeais da América Latina



            No discurso para bispos do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), no Centro de Estudos do Sumaré, o Papa Francisco criticou o que chamou de 'ideologização' da mensagem evangélica. Isto é, interpretações do Evangelho que podem ir de um extremo ideológico a outro. Isso, que ele chamou de 'Igreja tentada' (Igreja da tentação), foi visto por alguns como uma referência velada aos movimentos controversos da Igreja, como o Opus Dei, de extrema-direita, ou a Teologia da Libertação, de extrema-esquerda.

            O Papa também falou que a posição do missionário não deve ser de centro, mas sim de periferias e que os bispos, portanto, deve ser pastores, 'próximos das pessoas, pais e irmãos, com grande mansidão: pacientes e misecordiosos'.

            O Papa listou propostas ideológicas que 'aparecem' na América Latina e no Caribe. A primeira da lista foi:

            - O reducionismo socializante, que é a ideologização mais fácil de descobrir. Em alguns momentos, foi muito forte. Trata-se de uma pretensão interpretativa com base em uma hermenêutica de acordo com as ciências sociais. Engloba os campos mais variados, desde o liberalismo de mercado até a categorização marxista - disse o Papa.

            Outra tentação, disse, é a 'ideologização psicológica', que, segundo ele, é frequente em cursos de espiritualidade, retiros espirituais e outros do gênero. Ou seja, uma interpretação 'elitista, que, em última análise, reduz o encontro com Jesus Cristo e seu sucessivo desenvolvimento a uma dinâmica de autoconhecimento'. Tem ainda, continua o Papa, a 'proposta gnóstica'. Isto é:

            - Grupos de elites com uma proposta de espiritualidade superior, bastante descarnada. (Informações de O GLOBO - Deborah Berlinck)

            Leia aí: Papa critica 'ideologização' da mensagem do Evangelho em discurso para bispos e leia a matéria na íntegra

            A caminho de 2014: Eduardo percorre o Sertão



             

            O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), começou ontem, na Missa do Vaqueiro, em Serrita, uma intensa agenda no Sertão do Estado. Hoje, segue para Petrolina, onde tem vários compromissos. Ele visita as obras de ampliação do sistema de abastecimento de água do município, a estação de tratamento e o centro de preservação. Também inaugura a rede de distribuição do sistema adutor e duas UPAs. À noite, o governador segue para Araripina, onde participa das inaugurações da Escola Técnica e da via perimetral.

            Amanhã, ainda em Araripina, inaugura a pavimentação do acesso ao distrito de Rancharia. Também visita Trindade, Ouricuri e Granito. Na quarta-feira, estará em Bodocó, onde cumpre agenda no Parque de Exposições e no Complexo Agroindustrial do Queijo.

            (Informações doDiario de Pernambuco)
            escrito por magno martins 

            PDT aposta em Cristovam para vice de Eduardo Campos


             

            Apesar de o governador Eduardo Campos (PSB-PE) ter sondado Osmar Dias (PDT-PR) para ser seu vice em 2014, o PDT aposta mais no nome do senador Cristovam Buarque (DF), caso o partido realmente decida apoiar o socialista na disputa para presidente da República. O desembarque da aliança com a presidente Dilma (PT) será discutido durante congresso do PDT marcado para os dias 23 e 24 de agosto.

            O PDT avalia que, além de ser nacionalmente conhecido, Cristovam goza de posição mais confortável por ter mandato no Senado até 2018. A cúpula da sigla levanta outros quadros como Miro Teixeira (RJ), Alceu Collares (RS), Reguffe (DF) e o ministro Manoel Dias (Trabalho). Dono de três minutos de tempo de TV, o PDT sugere nomes do Sul, Sudeste e Centro Oeste, onde Eduardo Campos tem menor inserção. (Do blog Diário do Poder)

            domingo, 28 de julho de 2013

            Telexfree diz que devolução de dinheiro aos divulgadores é inviável

            A Ympactus Comercial Ltda-Telexfree não está disposta a ressarcir seus divulgadores 


            O Ministério Público Estadual (MPE/AC) ingressou com uma ação civil pública para que a empresa devolva o dinheiro investido por pessoas que pagaram para entrar no sistema. Em um ano, a Telexfree atraiu mais de 40 mil pessoas no Estado.

            Em um dos recursos interpostos, a defesa da Telexfree alega que seria inviável “a devolução de qualquer valor, posto que todos os Divulgadores, sem exceção, receberam os VOIPs adquiridos nas condições contratuais e poderiam revendê-los a terceiros, ou ainda utilizá-los”.

            A Telexfree argumenta ainda que, como os VOIPs pertencem ao patrimônio da empresa e foram entregues aos divulgadores, a devolução do dinheiro, sem a entrega da mercadoria, configuraria ‘enriquecimento ilícito’ das pessoas cadastradas.

            O setor jurídico da empresa também não admite o ressarcimento dos valores das comissões recebidas- o que a pessoa ganha por conseguir novas adesões.

            A Telexfree está com as atividades suspensas desde o mês passado por decisão da justiça que acatou a denúncia do MPE/AC de que a empresa pratica o golpe da pirâmide financeira.
            Na Foto: Carlos Costa, diretor de Marketing e sócio da TelexFree

            Fluxo turístico da JMJ é recorde histórico para Brasil




            Segundo relatório do Ministério do Turismo, dois milhões de turistas vieram ao Rio, gerando uma receita para a cidade de R$ 1,2 bilhão(Foto: Fernando Frazão/ABr)

            BRASÍLIA – O fluxo de turistas que vieram ao país por causa da realização no Rio de Janeiro da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que termina neste domingo (28) e tem a presença do Papa Francisco em sua primeira viagem internacional, é um recorde para o Brasil, revelou neste sábado (27) o Ministério do Turismo.

            Segundo relatório do ministério, dois milhões de turistas vieram ao Rio, gerando uma receita para a cidade de R$ 1,2 bilhão. O número de turistas é o maior para uma só cidade brasileira em um evento específico, de acordo com o resultado preliminar do estudo elaborado a pedido do Ministério pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

            Pouco menos um quarto dos turistas são estrangeiros e 72,7% deles está visitando o Brasil pela primeira vez, mas 93% tem intenção de retornar, e destes 53,6% querem voltar em menos de um ano. O tempo média de permanência do turista no Rio é de doze dias.

            O número oficial de participantes da JMJ ficou em 865.000 pessoas, embora muitos dos jovens que chegaram de outras cidades e de 61 países não se inscreveram mas participaram do evento.

            Outro número considerável de pessoas, inclusive de outras religiões e muitos de férias, mas em ambos casos curiosos pela visita do pontífice católico ao Brasil, também viajaram para o Rio.

            Entre os participantes da JMJ, 85,6% são solteiros, a maioria (52,5%) são mulheres, e a idade média em ambos sexos é de 25 anos.

            Mais da metade dos peregrinos (55%) se hospedou em casas de voluntários e residências paroquiais cariocas, 7% se alojou em hotéis e o restante em pousadas ou albergues coletivos.

            A pesquisa consolidada será divulgada em agosto na cidade de Aparecida do Norte, a 167 quilômetros de São Paulo e que também foi visitada por Francisco, informou o Ministério.

            Deu no FolhaPE

            Dilma: não haverá “volta, Lula” porque ele “não saiu”




            De acordo com ela, as comparações com o seu antecessor não a incomodam (Foto: Divulgação)

            A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que o ex-presidente Lula (PT) “não vai voltar porque ele não saiu”. De acordo com ela, as comparações com o seu antecessor não a incomodam “nem um pouquinho”. As declarações foram dadas em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que será publicada na edição deste domingo (28).

            Entre os pontos abordados, Dilma falou da reforma política. Ela ressaltou que a proposta é um pedido de “todo mundo”. Para a petista, o plebiscito – que foi sugerido por ela – daria mais legitimidade às mudanças no sistema político.

            A presidente também negou que esteja pensando em cortar o número de ministérios, já que a diminuição de pastas não traria economia para o Governo Federal. A petista também garantiu a permanência do ministro da Fazenda, Guido Mantega, no posto. Há quem critique a permanência do auxliar no cargo.

              Discurso encontra eco nos protestos das ruas




              Papa defende melhoria de serviços públicos, uma das bandeiras dos protestos (Foto: Tomaz Silva/ABr)

              Ao longo de uma semana de estadia no Brasil para participação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o politizado discurso que o papa Francisco entoa desde o início do seu pontificado pareceu encontrar ainda mais ressonância, sobretudo por conta do efeito da série de manifestações que tomaram, há mais de um mês, conta do País. A defesa de uma participação maior da Igreja Católica nos debates que dominam a sociedade, como a melhoria de serviços públicos essenciais, dialoga com o difuso movimento das ruas e ressalta a lembrança de que o sumo pontífice, além da liderança religiosa, exerce o papel de chefe de Estado.

              O Vaticano é uma cidade-Estado soberana, que conta com suas próprias leis, embora, devido à religião, a sua influência ultrapassa os limites territoriais e a representatividade e o poder canalizados em seu líder maior extrapolam o próprio sentido do sacerdócio. A recepção proporcionada pelos católicos brasileiros ao papa Francisco, no início da semana, certamente não se repetiria com nenhum líder de outra religião ou chefe de Estado.

              A euforia demonstrada com a chegada de Jorge Mario Bergoglio ao Brasil, que remeteu, em alguns momentos, a adoração a um tipo de expressão de santidade ou personificação da mesma, ignora a política envolta à figura do líder maior da Igreja Católica. Contudo, parece ser justamente esse tratamento sacro que garante a legitimidade das relações internas e externas distante do caráter religioso do Estado da Cidade do Vaticano.

              “O papa simboliza tudo aquilo que a gente, enquanto cristão, espera ser. Representa uma figura santa, uma espécie de ídolo, de líder que nos guia”, exalta o católico fervoroso Maurício Lopes, que ressalta a inexistência da relação entre a fé depositada no líder da Igreja Católica e os entraves políticos que a cercam. “Independente do que ocorra de errado, dos problemas da Igreja, não há mudança na fé. É essa fé que supera os erros da Igreja”, destacou. Ele acompanha, do Recife, toda a movimentação realizada pelo sumo pontífice durante a JMJ, no Rio de Janeiro.

              O historiador Tomé Costa Monte analisa que é justamente nesse perfil de fé que se distancia da política que o Vaticano aposta para a manutenção de sua estrutura e influência. “Quando eles estão diante de um problema, de um escândalo, abafam com a fé”, atestou, destacando que o instrumento é um mecanismo eficaz que garante a sobrevida da instituição ao longo dos séculos.

              O estudioso lembra que, no século V, na fase de transição da História que possibilitou o nascimento da Idade Média, o papa Zacarias firmou o primeiro grande acordo político da Igreja Católica. O então sumo pontífice concordou em garantir o surgimento do Império comandado por Pepino, o Breve, em troca de terras e de apoio bélico contra o povo lombardo, no antigo território franco – hoje, a Itália. “Pepino precisava que a Igreja concordasse com o seu título de rei e ela aceitou num acordo político que garantiu a sua continuidade”, ponderou.

              Por Gilberto Prazeres
              Do Blog da Folha

                sábado, 27 de julho de 2013

                Passando pra desejar a todos leitores deste blog um belo final de semana.


                Novas cédulas de R$ 2 e 5 reais começam a circula segunda faira.



                Começam a circular, na segunda-feira (29), as novas cédulas de R$ 2 e R$ 5, da segunda família do real, informou o Banco Central (BC). Com isso, o BC antecipa o cronograma, que previa o lançamento dessas notas no segundo semestre.

                De acordo com comunicado do Departamento do Meio Circulante, as notas de R$ 2 mantém o padrão de cor predominante azul, mas terá novas dimensões. A nota de cinco segue com o tom predominante lilás e passa a apresentar um tamanho diferente do atual.
                As novas cédulas do real têm tamanhos diferenciados, marcas táteis em relevo e novos itens de segurança.

                Os principais itens de segurança nas duas cédulas são a marca d’água, o “quebra cabeças”, no qual o valor da cédula aparece quando examinada contra a luz, marcas em alto relevo e elementos fluorescentes, visíveis sob a luz ultravioleta.

                Em julho de 2012, o BC colocou em circulação as novas cédulas de R$ 10 e R$ 20 – que deverão substituir as notas antigas, destes valores, até meados de 2014 – antes da Copa do Mundo. As cédulas de R$ 50 e R$ 100 da nova família do real já estão em circulação, e espera-se que as notas antigas, destes valores, sejam trocadas até o fim de 2013.

                A previsão, anunciada em 2012, é que as novas notas de R$ 5 e R$ 2 sejam substituídas até meados de 2015, completando a troca para a segunda “família” do real. Desde 2010, a substituição das notas da primeira família do real ocorre gradualmente, à medida que elas são retiradas em decorrência de seu desgaste natural. As notas da primeira “família”, no entanto, seguem válidas.


                Muçulmano desiste de cometer suicído e se converte ao cristianismo após ouvir sobre Jesus.



                O ministério Portas Abertas divulgou recentemente o testemunho de vida de Keder, um muçulmano que estava prestes a suicidar, mas que desistiu de tirar a própria vida após ouvir sobre o amor de Cristo e se converter ao evangelho.
                Keder já havia amarrado uma corda em uma árvore para se enforcar quando foi encontrado por um grupo de cinco estudantes cristãos que voltavam de um seminário realizado pelo Portas Abertas.
                O então muçulmano relata que foi questionado pelos cristãos sobre o que estava fazendo, quando contou que queria se matar, por não ter paz em sua vida apesar de ser um religioso devoto.

                - Bem, eu faço minhas cinco orações diárias e leio o Alcorão. Eu tenho dinheiro, esposa e filhos, mas não tenho paz. Eu quero ter paz. Isto é o que eu mais desejo – afirmou Keder, que então ouviu dos jovens sobre o amor de Jesus.

                O estudante cristão o explicou que, apesar de o Alcorão ensinar que Jesus é apenas um profeta, a Bíblia diz que ele é realmente o Salvador de todos os que o aceitam, e também o Príncipe da paz.

                - Eu encontrei a paz que procurava – afirmou o muçulmano, após ouvir sobre Cristo e entregar sua vida a Ele.

                Depois de orarem por ele, os alunos o levaram para a igreja. Keder agora estuda a Bíblia e, ainda secretamente, serve a Deus em uma igreja local.

                Americano perde 1 milhão na TV e agora nunca mais esquecerá onde fica o brasil !




                Em um jogo de perguntas e respostas, na TV, o americano Richard perdeu 1 milhão de dólares.
                Em um jogo de perguntas e respostas, semelhante ao “Show do Milhão”, nos Estados Unidos, um americano perdeu 1 milhão, de dólares, porque não soube responder onde fica o Brasil.
                A pergunta: "Onde fica localizado o Brasil?" tinha as seguintes alternativas: A) Na China; B) Na África, C) Na América do Sul; D) Na Argentina. Inicialmente o participante ficou em duvida se era na África ou Argentina e resolveu arriscar na opção D. Acabou perdendo tudo.
                "Na China eu sabia que não era porque as brasileiras não tem olhos puxados, fiquei na dúvida se era na África ou Argentina, pois na América do Sul só tem o Amazonas e Rio de Janeiro, então arrisquei na Argentina, região da qual desconheço, fui na sorte", disse o participante Richard.

                Coluna do sabadão

                      Guerra contraria bancada
                No momento em que a oposição encomendou uma pesquisa para mostrar que a popularidade do governador caiu, o presidente estadual do PSDB, Sérgio Guerra, adotou, ontem, um discurso que não bate com o pensamento dos deputados tucanos na Assembleia.
                Em entrevista ao Frente a Frente, se derramou em elogios ao governador Eduardo Campos, estimulando sua entrada na disputa presidencial. “É evidente que temos ainda problemas estruturais, mas o Estado mudou para melhor com Eduardo”, disse Guerra.
                Para o dirigente tucano, no momento em que os políticos em geral estão em declínio, o fato de Eduardo ser apontado o governador com melhor avaliação no País fortalece seu projeto nacional. Guerra, apesar de já ter candidato a presidente, o senador mineiro Aécio Neves, diz que torce para Eduardo entrar na disputa.
                “Fortalece a democracia e abre mais uma alternativa para o eleitorado nacional”, disse. Guerra disse que se Pernambuco não chegou ainda ao estágio desejado pela população, na gestão de Eduardo houve avanços significativos. “O governador se mobilizou muito, teve apoio do Governo federal e estamos bem melhor em comparação com oito anos atrás”, disse.
                Não é o que pensa, por exemplo, o deputado Daniel Coelho, liderança tucana em ascensão no Estado. Há 15 dias, Daniel liderou uma caravana a Petrolina para mostrar projetos e obras desmontadas na gestão atual, como uma escola adotando rodízio de turmas por falta de estrutura.
                A postura dele, portanto, é bem diferenciada da de Guerra, que continua mantendo permanente diálogo com o governador, o que parece não agradar a Daniel nem ao restante da bancada na Alepe.
                ARMANDO LIDERA– Pesquisa do Instituto Opinião em Arcoverde aponta o senador Armando Monteiro Neto (PTB) na dianteira para governador com 24,3% das intenções seguido pelo deputado João Paulo (PT), que aparece com 8,5%. Em terceiro está o vice-governador João Lyra Neto (PDT), com 7,5% e em quarto o tucano Daniel Coelho, com 4%. O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), que pode disputar pelo PMDB, tem 1,8% e o ministro Fernando Bezerra 0,8%.
                Empate técnico– Já na disputa presidencial, o governador Eduardo Campos aparece empatado, tecnicamente, com a presidente Dilma em Arcoverde. O socialista tem 33,1% das intenções de voto contra 29,5% da petista. José Serra (PSDB) e Marina Silva (sem partido) aparecem empatados com 8,8% e 8,5%, respectivamente, enquanto o tucano tem apenas 0,5%.

                O favorito– O Tribunal Superior Eleitoral deve anunciar, na próxima semana, a data da eleição suplementar para prefeito de Água Preta, na Mata Sul pernambucana. Ali, só uma catástrofe evita a vitória do pedetista Armando Souto, que já obteve mais votos na eleição passada, mas não assumiu por uma decisão da justiça até hoje não assimilada pela população.
                Longo prazo– Aliados da presidente Dilma não ficaram apreensivos com o resultado da pesquisa CNI/Ibope. Consideram um ponto positivo: a petista parou de cair. Sobre uma eventual recuperação da sua imagem, preveem que nada se dará em curto prazo por causa da magnitude do fenômeno sociopolítico das manifestações de junho.
                Ao mestre– O mestre Dominguinhos, que faleceu quarta-feira passada em São Paulo, ganha homenagem especial em Caruaru na próxima segunda-feira. A iniciativa é da Fundação de Cultura, a partir das nove horas, no Museu de Barro. Contará com a participação do Padre Bosco e dos jovens do projeto Fole Novo, além de sanfoneiros da região.

                CURTAS
                ROTEIRO ADIADO– O governador cancelou sua ida, na próxima segunda-feira, ao município de Dormentes, no Sertão do São Francisco. Ali, em nova data a ser marcada, inaugura o hospital Nossa Senhora da Paz e o trecho da estrada que liga Dormentes ao distrito de Lagoas.
                PRÊMIO– Presidente da Associação Pernambucana de Atacadistas e dono da Rede Bonanza de Supermercados, o empresário Douglas Cintra, suplente de senador pelo PTB, recebe, na próxima terça-feira, o prêmio “Personalidade do ano” da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil.
                Perguntar não ofende: Se Eduardo for candidato a presidente, o ministro Fernando Bezerra apoia?
                'Pela misericórdia e verdade a iniqüidade é perdoada, e pelo temor do Senhor os homens se desviam do pecado'. (Provérbios 16-6)
                blog do Magno martins 

                Ex-prefeito de Caruaru condenado a quatro anos de prisão



                Do blog de Wagner Gil

                O ex-prefeito de Caruaru, Manoel Teixeira de Lima (sem partido), o Neguinho Teixeira, foi condenado a quatro anos e três meses de prisão por prática de crime previsto na Lei de Licitações (Nº 8.666/93). A pena será cumprida em regime semiaberto. A decisão do juiz Pierre Souto Maior, da 2ª Vara Criminal, foi publicada ontem.

                Segundo a decisão, Teixeira dispensou licitação para realizar uma reforma na Câmara de Vereadores de Caruaru entre janeiro e agosto de 2007, época em que presidia o Legislativo. Em sua sentença, além de determinar a condenação, o juiz aplicou uma multa de R$ 36 mil.

                De acordo com o processo, o ex-vereador e ex-prefeito fez a compra de materiais de construção sem licitação. A decisão também se baseou em um laudo técnico do TCE (Tribunal de Contas do Estado).

                Ao determinar a condenação do ex-prefeito, o juiz Pierre Souto Maior destacou ainda que ele responde a outros três processos na 3ª Vara Criminal, inclusive com duas condenações que, juntas, somam sete anos e nove meses, todas elas pelo mesmo motivo: não cumprir a Lei de Licitações.

                A semana foi de Eduardo




                No momento em que praticamente todos os políticos estão colhendo os frutos – ou melhor, as pedras – da insatisfação popular, um deles escapou ileso. O pernambucano Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, que já havido sido reeleito com 82,8% dos votos em 2010 (a maior margem naquela disputa), foi apontado pela pesquisa CNI/Ibope como o melhor governador do Brasil, aos olhos do povo a quem governa.

                Hoje, 58% dos pernambucanos apontam sua administração como ótima ou boa, o que não é pouco, quando se percebe que outros nomes também reeleitos com facilidade caíram abruptamente – o destaque maior é de Sergio Cabral, do PMDB, que foi a apenas 12%, no Rio de Janeiro. No plano presidencial, Dilma Rousseff caiu de 55% a 31%.

                Objetivamente, a pesquisa CNI/Ibope deu a Eduardo Campos uma marca importante: a de "melhor governador do Brasil", que o empurra definitivamente para o jogo presidencial de 2014. Se até recentemente havia dúvidas sobre se ele conseguiria ou não sustentar sua candidatura até lá, na semana que passou elas foram completamente dissipadas.

                Campos tem uma marca que poderá ser bem trabalhada e uma ambição política que não permitirá a ele se contentar com candidaturas menores ou mesmo com uma vaga de vice numa nova composição com o PT, seja com Dilma, seja com Lula – hipótese esta que também parece cada vez mais remota.

                Antes mesmo que a pesquisa fosse divulgada, o pernambucano agiu concretamente como presidenciável. Afastou do comando do PSB em Minas Gerais o político Walfrido dos Mares Guia, que consegue ser ao mesmo tempo aecista e dilmista, e impôs ao diretório regional o nome do deputado Júlio Delgado (PSB/MG), um de seus fiéis escudeiros.

                Além disso, praticamente determinou a candidatura de Marcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte, ao governo de Minas, para que tenha um palanque forte no segundo maior colégio eleitoral do País. Detalhe: Lacerda foi reeleito prefeito com apoio decisivo de Aécio, e não de Campos, que, em 2012, poderia sacrificá-lo numa composição com o PT.

                No plano das coligações, ele também se aproximou fortemente do PDT. Ao que consta, ofereceu a vice, na sua chapa, ao ex-senador paranaense Osmar Dias e também prometeu apoio do PSB a candidatos do PDT em diversas disputas regionais, como no Mato Grosso, com o senador Pedro Taques (PDT/MT), no Distrito Federal, com o deputado federal José Antônio Reguffe (PDT/DF), em Alagoas, com Ronaldo Lessa, e no Amazonas, com Amazonino Mendes.

                O movimento mais importante de Campos, no entanto, foi uma declaração recente relacionada à eventual substituição de Dilma por Lula. Segundo o governador pernambucano, o "Volta, Lula" seria um "atestado de incompetência", fechando a torneira de boatos sobre sua eventual participação numa eventual conspiração pelo retorno do ex-presidente.

                De agora, em diante, o que deve vir do PSB são posições cada vez mais parecidas com a do governador Ricardo Coutinho, da Paraíba, que sempre se colocou favorável à candidatura Campos, e menos com as dos irmãos Gomes, no Ceará, que sabotam esse projeto, ou daqueles, como Renato Casagrande, no Espírito Santo, que ficam em cima do muro. O próximo passo do candidatíssimo Eduardo é a arrumação interna no PSB. Em seguida, a construção da campanha.

                Leonardo Attuch

                Portal 247
                Escrito por Magno Martins,

                sexta-feira, 26 de julho de 2013

                Diogo Moraes fala do adiamento da vinda de Eduardo Campos a Santa Cruz do Capibaribe




                O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) participou do programa “Nordeste em Foco” desta quinta-feira (25). O deputado falou sobre o adiamento da vinda do governador Eduardo Campos (PSB) a Santa Cruz do Capibaribe, que estava prevista para acontecer hoje.
                Segundo Diogo, o adiamento se deu por ajustes na agenda administrativa que Eduardo virá cumprir na cidade. “A data da vinda do governador a cidade será divulgada dentro de poucos dias, pois queremos aproveitar a vinda dele para entregar obras concluídas e projetos que serão anunciados para todo o Polo de Confecções. O governador tem uma extensa pauta de serviços para nossa região e em breve a população poderá recebê-lo para um dia que será repleto de muitos compromissos”, disse o deputado estadual.

                Assessoria

                Eduardo sugere a Dilma, em queda, "escutar bons conselhos"



                Apesar de figurar na última pesquisa Ibope/CNI como o governador mais bem avaliado do país, com 58% de aprovação, o governador Eduardo Campos voltou a afirmar que as eleições de 2014 devem ser debatidas apenas no próximo ano.

                “Vamos deixar a eleição para o ano que vem. As horas que se falou de eleição este ano, com a antecipação do debate eleitoral, não estão servindo de nada hoje. Então deixa isso para 2014”, disse Eduardo ao tratar de sucessão presidencial e da pesquisa no programa Frente a Frente de ontem, ancorado por este blogueiro.

                Sobre a queda da popularidade do governo da presidente Dilma Rousseff, disse que “pesquisa é um retrato do momento'.

                'Tem que saber fazer uma leitura correta das pesquisas. Tem que ter abertura para corrigir erros, para ter resultado lá na frente. Se não ouvir ninguém pode permanecer como está e até piorar. Tem que corrigir imperfeições, tem que escutar as pessoas, buscar competências, bons aconselhamentos”, observou.

                O governador defendeu que o momento atual é ode lutar para garantir as conquistas obtidas nos últimos anos.

                “A pauta é não perder conquistas e nem deixar a demagogia e o oportunismo presidirem o país. Temos que ter compromisso com a governabilidade. É necessário um novo pacto. Este sim é um debate mais profundo e que vai ser feito em 2014, mais do que escolher nomes”, afirmou.

                Durante a entrevista, Eduardo comentou os índices recebidos por sua gestão e creditou os bons resultados ao trabalho de equipe.

                'Nós temos tido uma avaliação, ao longo do primeiro e também do segundo mandato, que tem nos abastecidos de responsabilidade. É claro que eu compartilho esse resultado com toda a sociedade pernambucana, que tem confiado, estimulado, cobrado e nos apoiado.

                Também com todos os servidores públicos, que cumprem o seu dever nas mais diversas áreas; com a equipe de dirigentes do Estado; e ao ambiente de sinergia positiva que se criou em Pernambuco, em torno de um projeto e um planejamento.

                Todos unidos para colocar Pernambuco no rumo certo. Na direção de melhorar o serviço público, enfrentar os problemas, de buscar soluções para velhos e novos problemas', destacou.

                Indagado sobre os números, Eduardo afirmou que eles servem como estímulo para continuar governando Pernambuco.

                'Nós estamos com o mesmo ânimo como se fosse o primeiro dia de mandato. Com a mesma dedicação e com a mesma energia, buscando a ajuda de onde ela pode vir. Temos tido a preocupação também que o Governo não fique só nos gabinetes e monitore suas obras e ações.

                Que possamos melhorar e mais a performance do Governo. Esse é que é o foco. Quanto a eleição, deixa ela ser discutida em 2014. Imagine quanto tempo se perdeu discutindo eleições no inicio deste ano, quando se tinha um cenário completamente diferente do atual. É melhor a gente cuidar do trabalho e deixar a eleição para tempo que estiver mais próximo efetivamente', afirmou.