quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Trio de canibais será julgado na quinta-feira (13)


Haverá sorteio dos jurados que vão compor o Conselho de Sentença. Em seguida, haverá a leitura da denúncia. Logo depois, as duas testemunhas serão ouvidas. (Da Folha PE)

O julgamento de Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Isabel Cristina Torreão Pires e Bruna Cristina Oliveira da Silva, acusados por homicídio quadruplamente qualificado, vilipêndio e ocultação de cadáver de Jéssica Camila da Silva Pereira, acontece nesta quinta-feira (13). O júri popular começa às 9h, no Salão do Júri do Fórum de Olinda. A juíza titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Olinda, Maria Segunda Gomes de Lima, presidirá a sessão.

Isabel, Jorge e Bruna separam partes do cadáver da vítima para consumo (Jedson Nobre/Arquivo Folha)

Em 2008, quando foi morta, a vítima tinha 17 anos. O crime aconteceu no Loteamento Boa Fé-I, no bairro de Rio Doce, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife. Os réus são acusados de ter guardado a carne da jovem para consumo humano. Após o crime, Bruna Cristina assumiu a identidade da jovem assassinada e o trio passou a criar a filha da vítima. As qualificadoras do homicídio são o motivo fútil, o emprego de meio cruel, o fato de não ter sido dada à vítima chance de defesa e a ocultação para assegurar a impunidade.

Primeiramente, haverá o sorteio dos jurados que vão compor o Conselho de Sentença. Em seguida, haverá a leitura da denúncia. Logo depois, as duas testemunhas serão ouvidas. O próximo passo será a ouvida dos réus. Terminada a fase de ouvidas, têm início os debates, que podem durar até nove horas.


Vista-se bem com a..

Qual e como será o capitulo final desta novela?



Jataúba a cada dia vive um capitulo diferente na política, a novela “Boca-de-Porco” sempre se encontra com novos postulantes ao senário de ator principal deste roteiro. Logo após o segundo turno das eleições para presidente Maviael já lançou sua pré-candidatura a disputa na chapa majoritária, dando a entender que a uma disputa interna no grupo. Eis que surge mais um nome o do vereador Chico de Irineu, segundo boca do povo ventila-se nos bastidores que o vereador Chico também será um dos pré-candidatos a prefeito. 

Onde está o X da questão? Será que é o fim da liderança de Mamão? Será que neste beco estreito sairá três candidatos para enfrentar o prefeito Antônio de Roque? Bom como ainda tem muito tempo para que isso seja resolvido vamos aguardar estes próximos capítulos e ver para quem vai ser este final feliz. 

Maviael antes falava que não seria mais candidato, talvez até abandonasse a carreira na política, mais que as urnas de 2014 mais uma vez foram a seu favor, obtendo o impossível para muito neste ultimo pleito, foi onde ganhou folego e pulso mostrando que para caminhar na política não se precisa muito de escoras, ou seja ficar atrelado a outros nomes. 

E Mamão que a três disputas vem colocando seu nome a disposição, onde quase ganha e nunca chega, o que será que está faltando para que ele se consagre em suas disputas. E publico e notório a força de vontade do Líder politico, além de ser uma pessoa simples tem um temperamento forte explosivo, mais isto tudo é tolerável faz parte do contesto de sempre lutar sem um respaldo desejado. 

Chico de Irineu este é o principal articulador no grupo Boca de Porco, vereador do pulso firme na tribuna, despontou do dia para noite como mais um a disputar a vaga de prefeito da cidade. Este assunto já está na boca do povo, a os que não gostam desta ideia e a os que o apoia, Chico tem a seu lado quase todo o grupo da oposição. Será que isso foi o carro chefe dessa decisão? Só sei que até o momento os bastidores esquentam a cada dia. 

Collar Blog Jataúba News. 




Venha você também para..

Pedro Corrêa é mais um dos mensaleiros que poderá cumprir pena em casa


Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Depois de o ex-ministro José Dirceu, do ex-presidente do PT José Genoino e do ex-deputado Valdemar Costa Neto deixarem a prisão para cumprir o restante da pena em regime domiciliar, chegou a vez do ex-deputado federal pernambucano Pedro Corrêa (PP) sair do Centro de Ressocialização de Canhotinho, no Agreste, onde cumpre a sentença no regime semi-aberto. A expectativa, segundo o primo do ex-parlamentar e advogado Clóvis Corrêa, é que até o fim deste ano o político esteja em casa.

Seguindo os passos dos outros envolvidos no esquema do mensalão, a família e o advogado do ex-deputado deram entrada no pedido de remissão de pena. Preso desde dezembro de 2013, Corrêa, que é médico, começou a trabalhar desde o início do ano no Centro de Saúde Armando Monteiro, em Garanhuns, cidade do Agreste. 


Com o trabalho, o pernambucano, que já cumpriu dez meses da pena de 7 anos e 2 meses de prisão, reduzirá um dia de condenação para cada três de trabalho. A mudança de regime é possível após o cumprimento de um sexto da pena. Ele foi julgado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O pedido de remissão da pena foi encaminhado pelo advogado do ex-parlamentar à 1ª Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça de Pernambuco e aguarda análise do juiz.

“Nossa expectativa é que até o fim do ano Pedrinho [Pedro] esteja em liberdade, mas isso depende do entendimento do juiz ser o mesmo que o nosso”, explica Clóvis Corrêa. Pelos cálculos da defesa, o ex-deputado poderia cumprir a pena em casa entre os dias 15 e 20 de novembro.

Caso o juiz aprecie o pedido da defesa de Corrêa, o ex-parlamentar deve passar um período em sua fazenda no município de Brejo da Madre de Deus. Em seguida, segundo o primo, volta a morar no apartamento localizado no Recife.

OUTROS RÉUS – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso acatou no início do mês o pedido da defesa do ex-presidente do PT José Genoino e determinou que ele deixasse o presídio da Papuda e cumprisse, em casa, o resto de sua pena de 4 anos e 8 meses por corrupção no processo do mensalão.

O ministro Barroso também autorizou o ex-tesoureiro do extinto PL (atual PR) Jacinto Lamas a migrar para o regime aberto. Ele descontou 90 dias da pena por ter trabalhado e estudado. O pedido feito pelo ex-ministro José Dirceu também foi concedido pelo STF. Nesta terça-feira (11), o ex-deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) foi liberado para cumprir o restante de sua pena em casa.

Blog do Jamildo 



Referencia