quarta-feira, 1 de abril de 2015

Dilma tem apenas 12% de aprovação no Ibope


Do G1

Pesquisa Ibope divulgada, hoje, mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de apenas 12% dos entrevistados, no percentual que reúne os que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”. Em dezembro, no último levantamento do Ibope, 40% aprovavam a gestão da petista.

A pesquisa, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi realizada entre os dias 21 e 25 de março e ouviu 2.002 pessoas em 142 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo”, segundo o Ibope, são 64%. Para 23%, o governo é “regular”.

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:

- Ótimo/bom: 12%

- Regular: 23%

- Ruim/péssimo: 64%

- Não sabe/não respondeu: 1%

Na pesquisa de dezembro, 27% consideravam dos entrevistados avaliaram a administração Dilma "ruim" ou "péssima". Já 32% consideraram a gestão "regular".

O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Confiança

Segundo a pesquisa divulgada nesta quarta pela CNI, 24% dos entrevistados disseram ter confiança na presidente Dilma Rousseff; 74% afirmaram não confiar na petista; e 3% não souberam ou não opinaram.

Maneira de governar

O percentual dos eleitores que aprovam a maneira de governar de Dilma também caiu no levantamento do Ibope: passou de 52% para 19%.

Outros 78% dos entrevistados desaprovam a maneira de governar, e 4% não quiseram ou não souberam responder. Conforme a pesquisa, para 76% dos entrevistados, o segundo governo Dilma está sendo pior que o primeiro, enquanto para 18% está sendo igual. Outros 4% consideram a administração no segundo mandato melhor.

O levantamento mostra ainda que 14% da população acredita que o restante do segundo governo será ótimo ou bom. Outros 55% consideram que será ruim ou péssimo, 25% acham que será regular e 5% não quiseram ou não souberam responder.

A CNI também divulgou dados referentes à aprovação do governo por área. Em todos os nove setores avaliados na pesquisa, o percentual de desaprovação é superior a 60% dos entrevistados:



Impostos

Aprova: 7%

Desaprova: 90%

Não sabe/não respondeu: 3%

Taxa de juros

Aprova: 7%

Desaprova: 89%

Não sabe/não respondeu: 4%

Combate ao desemprego

Aprova: 19%

Desaprova: 79%

Não sabe/não respondeu: 3%

Segurança pública

Aprova: 16%

Desaprova: 81%

Não sabe/não respondeu: 3%

Combate à inflação

Aprova: 13%

Desaprova: 84%

Não sabe/não respondeu: 3%

Combate à fome e à pobreza

Aprova: 33%

Desaprova: 64%

Não sabe/Não respondeu: 3%

Meio ambiente

Aprova: 25%

Desaprova: 66%

Não sabe/não respondeu: 9%

Saúde

Aprova: 13%

Desaprova: 85%

Não sabe/não respondeu: 2%

Educação

Aprova: 25%

Desaprova: 73%

Não sabe/não respondeu: 3%

Percepção do noticiário sobre o governo

Mais favoráveis: 9%

Nem favoráveis nem desfavoráveis: 13%

Mais desfavoráveis: 72%

Não sabe/não respondeu: 6%




O melhor pra sua Moto é aqui!!!

Moda Center Santa Cruz acerta parceria para atrair compradores de Cabo Verde


A partir de cinco de junho a companhia aérea TACV inicia a operação do voo semanal que ligará Recife ao continente africano, através da Cidade da Praia (Cabo Verde) .

O Moda Center Santa Cruz receberá, nesta quarta-feira (1°), o cônsul da República de Cabo Verde (na cidade da Praia, África) no Recife, Ricardo Galdino. A visita ao maior centro atacadista de confecções do Brasil, que contará também com a presença de um representante da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), tem como objetivo acertar os detalhes da parceria de logística de transporte entre Recife e Santa Cruz do Capibaribe, para levar os cidadãos cabo-verdianos a fechar negócios no agreste pernambucano.

A criação do voo Recife – Cidade da Praia (Cabo Verde) anunciada, oficialmente, em fevereiro pela companhia aérea TACV (Transportes Aéreos de Cabo Verde) e que tem como data prevista para o início da operação cinco de junho, será a porta de entrada para as relações comerciais entre o centro de confecções de Santa Cruz e o continente africano. “Este já é um pleito antigo nosso. A expectativa é de criar um fluxo de exportação de mercadorias produzidas e comercializadas aqui para a África”, avaliou o síndico do condomínio Moda Center, Allan Carneiro.

Os voos acontecerão semanalmente, com chegada ao Recife aos sábados e retorno para o continente africano na sexta, podendo ainda ser ampliados os números de voos dependendo da demanda. A aeronave que fará essa operação será o Boeing 737-800, com capacidade para 174 passageiros.

Para reforçar o interesse dos comerciantes de investirem na vinda ao Recife, a diretoria do Moda Center também está discutindo com os órgãos do Governo do Estado ações promocionais do Polo de Confecções de Pernambuco em Cabo Verde. A divulgação deve ser iniciada semanas antes do voo inaugural.

Carneiro aposta que a nova rota traçada pela TACV terá grande sucesso comercial para a área de confecções. Há 14 anos a companhia realiza voos de Cabo Verde para Fortaleza, onde a maior procura é mesmo pela produção têxtil. “Estamos querendo atrair uma fatia deste público para cá e temos certeza que iremos ter grande êxito. Além de preço e qualidade, oferecemos uma estrutura diferenciada”, ressalta.

No último sábado (28), o diretor da TACV no Brasil, José Luís Sá Nogueira, o síndico do Moda Center Santa Cruz, Allan Carneiro, e o presidente da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap), José Gomes Filho, tiveram uma reunião no Recife para pontuar vários aspectos que favorecem a implantação do voo semanal da companhia Cabo Verde Airlines.

Durante o encontro foram tratados pontos como: a logística de transporte entre Recife e Santa Cruz do Capibaribe; especificidades do perfil do público cabo-verdiano; e a oferta de apoio local do Moda Center e da Ascap no recebimento dos visitantes.

Informações da Assessoria.



O melhor preço é na...

Jovem comete suicídio em Surubim nesta terça-feira


Com imagem e informações enviadas via WhatsApp - Grupo Toritama em Foco.

Na manhã desta terça-feira (31), mais um fato chocou o município de Surubim, onde mais um jovem cometeu suicídio.

As informações colhidas até o momento dão conta que José Assis Bezerra Neto (mais conhecido como “Bagagem”, de idade não informada) cometeu suicídio no banheiro de uma residência na Rua José Vilarim Pires, Bairro São Sebastião.

O corpo foi achado na manhã de hoje. Em depoimento prestado por um dos amigos a imprensa local, foi afirmado que ele teria brigado com familiares, mas detalhes maiores até o momento como a motivação do suicídio, ou se o mesmo sofria de algum problema emocional, ainda permanecem um mistério a ser investigado.
.

Jovem usou um fio de extensão enrolado ao pescoço para poder cometer o suicídio..

A polícia militar foi acionada e peritos da polícia civil estiveram no local para iniciar os procedimentos de coleta de evidências e dar os primeiros passos das investigações.



O corpo foi conduzido para o IML em Caruaru.




Contatos 081 3746-1186 Jataúba PE - Congo PB - São João do Tigre PB

Afrânio Marques expulsa Carlinhos da Cohab de plenário e recebe comparação polêmica


Afrânio e Carlinhos protagonizaram o terceiro embate mais sério na Câmara. Fotos: Thonny Hill.

A reunião na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, realizada na tarde desta terça-feira (31), foi de grande polêmica, com muitos embates, duas denúncias graves e também muito bate-boca.

Em uma dessas situações, os vereadores Afrânio Marques (PDT) e Carlinhos da Cohab (PSL) protagonizaram um desses bate-bocas, que acabou com a expulsão do oposicionista do plenário.

Entenda:

.

Em um pedido de aparte, o vereador Carlinhos da Cohab tentou rebater as afirmações feitas pelo vereador Klemerson Pipoca (PMN).

Quando Carlinhos foi falar sobre a associação dos mototaxistas, foi dito por Afrânio que o assunto a ser tratado no aparte deveria ser o da merenda as escolas.

De acordo com o regimento, o aparte só pode ser pedido se for tratar do assunto exposto. Como Carlinhos questionou Afrânio, assim como toda a bancada de Oposição, Carlinhos recebeu a ordem para sair do plenário.

Carlinhos se levantou de sua cadeira e, antes de sair, chamou o presidente da Câmara de “Hitler”, em alusão a postura, segundo ele, ditatorial tomada por Afrânio em expulsá-lo do plenário.

Blog Ney Lima 



A nossa Farmácia.