sexta-feira, 27 de abril de 2018

Diogo Moraes e Ângelo Ferreira levam demandas de Santa Cruz e Sertânia na Secretaria de Educação


Nesta semana, o deputado Diogo Moraes esteve reunido com o Secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amâncio, para discutir novos pleitos para o Agreste e Sertão pernambucanos. Na ocasião, debateram demandas do município de Santa Cruz do Capibaribe e de Sertânia. O prefeito da cidade sertaneja, Ângelo Ferreira (PSB), acompanhou a agenda. Entre as principais questões tratadas, a discussão de um convênio já assinado para a construção de uma nova escola de referência no município do Agreste e a reforma e construção de quadras em escolas de Sertânia.

Durante a reunião, foram levantadas informações sobre a educação e as próximas ações a serem realizadas. “Para Santa Cruz do Capibaribe, fomos agraciados com a informação de que ganharemos uma nova escola de referência. Agora vamos procurar por um terreno que seja viável para abrigar a nova escola do município”, disse Diogo Moraes.

Diogo Moraes salientou que irá atrás desse espaço, que pode ser também de doação privada. “Nós vamos a Santa Cruz do Capibaribe com o órgão competente para ver a viabilidade do terreno. O secretário Fred Amâncio já nos confirmou a possibilidade de ir atrás. E eu, juntamente com o governador Paulo Câmara, estou empenhado nisso. Santa Cruz precisa dessa nova escola, para que a gente possa melhorar ainda mais a qualidade do ensino de Pernambuco”, destacou o deputado.


Na pauta de Sertânia, foi abordada a cobertura da quadra da Escola de Referência Olavo Bilac, da reforma da quadra da Escola Amaro Lafayette, e a cobertura da quadra da Escola Professor Jorge de Menezes. Segundo o secretário, a viabilidade de atender o pleito já está em discussão. Durante a reunião, Diogo ainda celebrou o trabalho que Fred Amâncio vem fazendo a frente da Secretaria de Educação do Estado, trazendo melhorias na qualidade da educação do estado, com destaque em todo o país.

“Não é a toa que estamos aqui, também, parabenizando o secretário Fred Amâncio por ter conquistado o primeiro lugar da educação do Brasil. Esse é o governo que faz Pernambuco crescer cada vez mais, sobretudo na educação, que é a garantia do futuro do povo pernambucano. E eu tenho certeza que esse trabalho continuará sendo feito de forma eficiente”, pontuou Moraes.

O secretário de Educação Fred Amancio destacou como proveitosa a visita do deputado Diogo Moraes e do prefeito Ângelo Ferreira, que trouxeram pleitos importantes. “Isso vai beneficiar a nossa educação, os estudantes e a comunidade como um todo dos dois municípios. Então, a gente está recebendo esses pleitos, muitos deles já foram, inclusive, conversados também com o governador Paulo Câmara. A gente está fazendo todo o esforço pra poder avançar, porque é muito importante para a educação desses dois importantes municípios do nosso estado”, disse o secretário.

O prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira, agradeceu o empenho do secretário Fred Amâncio e ao deputado Diogo Moraes pelo empenho de ambos na busca por melhorias na educação do estado. “São assuntos, claro, que não podem ser resolvidos de imediato, mas a gente espera e acredita que o governador e o secretário irão priorizar algumas dessas obras, sobretudo a da cobertura da quadra da Escola Olavo Bilac, que será de extrema importância para a nossa cidade”, destacou o prefeito.

.

Informações da assessoria

O município de Jataúba será contemplado com mais uma barragem


O líder político Fábio Mamão e seus liderados vem trazendo ações para beneficiar o nosso município, desta feita a comunidade beneficiada será a Vila do Riacho do Meio. 


Ao lado de Wilma e Inácio, Fábio Mamão recebe as máquinas que vai fazer a Barragem para aquele comunidade. 


Para Wilma será de suma importância esta Barragem, que irá suprir a necessidade dos moradores da vila.


Já o líder político Fábio Mamão disse está muito satisfeito com estas ações, onde os deputados Diogo Moraes e Wolney Queiroz vem se entendo bem, para que Jataúba seja beneficiados em varias áreas junto ao governo estadual.


Moradores também se mostraram felizes: " Está chegando em boa hora esta Barragem, pois aqui no Riacho do Meio tem uma, mas, tem um porem, não são todos que tem acesso as mesma, se não tiver conchavo político com o ex-vereador Didi, fica difícil o acesso a mesma". Dispara morador.


Collar Blog Jataúba News.

Ta no Divulga Brejo: A saúde do Brejo está na U.T.I.! Um descaso que não tem explicação





Na verdade não sabemos nem por onde começar a falar, mas vamos lá! Desde que o prefeito Hilário Paulo assumiu a prefeitura e nomeou o ex-prefeito Edson Souza como secretário de saúde, criou-se muita esperança em relação a situação de saúde mas foi só esperança mesmo viu?!

Brejo quando comparado aos municípios vizinhos, pode-se estabelecer uma relação que merece cuidados intensivos com urgência, por isso dizemos que a nossa saúde está na U.T.I. Vamos recordar e esclarecer a situação atual, fatos que foram avaliados por pacientes e profissionais do município.

1 - Encerrado o período político, no qual Hilário conseguiu vencer as eleições, a policlínica de São Domingos foi fechada no período noturno. Na verdade, São Domingos nunca foi prioridade para Edson né?!

2 - Só podemos contar os parabéns para o Raio-X de São Domingos, que há anos não funciona.

3 - O laboratório de análises clínicas, único da rede municipal não funciona por falta de material.

4 - Destruiu o hospital Dr. José Carlos de santana na promessa de construir outro hospital, mas a obra tornou-se um elefante branco, lavado há anos, mas a culpa é da empresa e da licitação, pasmem com o que dissemos: Jataúba tem sido o refúgio para idosos e pacientes que precisam ser internados. Quando comparamos os recursos destinados à Brejo em relação a Jataúba a diferença é enorme.

5 - Remédio na UPA? Nem para quem está morrendo. Nos últimos dias faltou de tudo! Faltou remédio, soro, equipamento, seringas sem falar no Raio-X que não funcionou por falta de material.

6 - Os pneus das ambulâncias estão desgastados, que já atingiram o arame, pondo em risco a vida dos pacientes e da equipe.

7 - A farmácia básica não tem remédios.

8 - A sala de vacina da policlínica foi fechada.

9 - Especialidades médicas? Nem pensar! A policlínica da sede não funciona como antes.

10 - Material para curativos não tem também.

Resumo da ópera: Brejo não tem problemas só de gestão, mas um problema político. O que parece é que o município tem duas questões: gestão de Edson x gestão de Hilário, ou seja, o secretário de saúde não se articula com os demais, e o poder concentrado na mão do Doutor. Sem falarmos nas especulações dos secundários do prefeito Hilário: você está do lado de Hilário ou do lado de Edson?

Na verdade, nós não podemos esperar mais nada dessa gestão. A gestão de saúde era pra ser exemplo de uma boa GESTÃO DE SAÚDE, essa gestão de Dr. Edson sempre será cotado para ciclos eleitorais. E ainda diz que se fizerem uma pesquisa em relação a saúde do município, o povo vai avaliar como boa. Lance a pesquisa no município secretário, para vermos o resultado!

Blog Divulga Brejo

Santa Cruz do Capibaribe é destaque em segurança pública na TV Jornal


Com a autorização do Exército brasileiro para o porte de armas de fogo da Guarda Civil Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, a TV Jornal veio ao município e realizou uma reportagem destacando a atuação dos agentes. De acordo com a matéria veiculada na noite da terça-feira (24), a população achou válida essa novidade, que tem intuito de melhorar a segurança pública do município.

O prefeito Edson Vieira, conversou com a reportagem e falou da importância deste armamento para o trabalho dos agentes. “É uma forma do município colaborar com o Estado e com a União. Nossa Guarda tem contribuído de forma positiva para a segurança pública, e esse armamento vem para dá maior garantia na proteção da população e dos próprios agentes”, afirmou o prefeito.

“Estamos cumprindo a Lei 13.022/2014, que prevê para as guardas municipais, armamento para uso em serviço. A Guarda Civil Municipal é uma instituição de caráter civil, fardada e armada. E com o propósito de ajudar a segurança pública de nossa cidade, o prefeito solicitou esse armamento ao Exército”, disse o secretário de Defesa Social, Tenente-coronel Sena.

No estado de Pernambuco, apenas dois municípios contam com a Guarda armada, são eles: Cabo de Santo Agostinho e Petrolina. Santa Cruz do Capibaribe será a terceira cidade do Estado, e a primeira do Agreste a implantar o armamento. Serão compradas pela Prefeitura: 30 pistolas calibre 380, e 4 espingardas calibre 12. O documento decreta que o equipamento deve ser adquirido até 20 de março de 2019.

Blog Direto ao Ponto

PF vai ouvir filha de Temer: reforma da casa dela


A Polícia Federal avisou aos advogados de Maristela Temer, filha do presidente Michel Temer, que quer ouvi-la na próxima semana, em São Paulo.

Segundo o blog apurou, o depoimento está previsto para a próxima quarta-feira (2), no Aeroporto de Congonhas.

A ideia é que Maristela esclareça uma reforma realizada na casa dela que teria sido paga pelo ex-coronel da Polícia Militar João Batista Lima Filho. A reforma é investigada pela PF.

O coronel Lima é amigo de Temer e foi preso na Operação Skala. Ele também foi citado na delação da JBS - teria recebido R$ 1 milhão para Temer.

Procurado pelo blog, o advogado de Maristela, Fernando Castelo Branco, disse que a filha de Temer ainda não recebeu intimação, acrescentando que, se receber, prestará "todos os esclarecimentos".

Questionado sobre a data do depoimento, Branco disse que não tinha como confirmar. Mas informou que conversou com o escrivão da polícia sobre "possibilidades" de data.

Desde a semana passada, assessores do presidente avaliavam reservadamente que as investigações da PF mirariam a reforma da casa da filha de Temer.

O tema foi discutido entre Temer e seus advogados, na semana passada, em São Paulo.

Blog da Andreia Sadi

Ciro Gomes: Precisa ser mais homem que eu para me derrubar'

Ciro Gomes (PDT)Foto: Wikipedia

Pré-candidato do PDT à sucessão presidencial,Ciro Gomes, criticou nesta quinta-feira (26) o hábito de se pedir o impeachment de um presidente quando não se concorda com a sua política de governo.

Em discurso a uma plateia de vereadores, ele disse que, caso seja eleito, não será fácil retirá-lo do comando do Palácio do Planalto, já que não é como a ex-presidente Dilma Rousseff, que sofreu impedimento em 2016.

"Não vai ser fácil não [me derrubar], porque eu não sou a Dilma Rousseff, eu sou do ramo. Você acha que um marginal como [o ex-presidente da Câmara dos Deputados] Eduardo Cunha me derrubaria? É preciso ser muito mais homem que eu para me derrubar", disse.

Segundo ele, a tentativa de se retirar mandatários do Poder Executivo já está "escrita na história do país" e é necessário um presidente com força política, apoio popular e que retome a confiança da sociedade na democracia.

"Se não tivermos apoio aqui embaixo, eles vão derrubar o terceiro, o quarto e o quinto [presidentes]. Isso está escrito neste país enquanto não virarmos o jogo", afirmou.

Ele lembrou que, desde a queda de Fernando Collor, são protocolados pedidos de impeachment contra presidentes em exercício e que foi contra, por exemplo, quando Luiz Inácio Lula da Silva apresentou solicitação para a saída de Fernando Henrique Cardoso.

"O impeachment derrubou uma presidente honrada, embora estivesse fazendo um governo que eu achava muito ruim, mas respeito quem pensa diferente", disse.

Ciro participou de evento da 16ª Marcha dos Vereadores, em Brasília. No discurso, sem citar nomes, disse que integrantes do Poder Judiciário que dão muitas entrevistas deixaram de fazer justiça para fazer política.

Para ele, o ativismo judiciário ocorre quando os Poderes Executivo e Judiciário entram em colapso e deixam um espaço público. "O poder não aceita o vácuo. Se ele não é exercido por alguém, outro o exerce", disse.

Ele criticou o discurso de desmoralização do Poder Legislativo e disse que, na época que era deputado federal, apenas um terço do Câmara dos Deputados era formado por "batedores de carteira, estupradores, assaltantes e gente da pior categoria".

"O outro terço é de gente muito séria e muito competente. E o outro terço é de sobreviventes, pessoas que jogam o jogo do Poder Executivo", disse.

Propostas

O pré-candidato afirmou ainda que, no início de maio, irá disponibilizar na internet um esboço de seu programa de governo para que seja analisado e criticado pela sociedade. Segundo ele, após ser readaptada, a plataforma oficial será lançada em junho.

No evento, ele defendeu propostas como a manutenção do Ministério da Segurança Pública e a federalização da investigação dos crimes de narcotráfico, facção criminosa, contra a administração pública e lavagem de dinheiro.

Para isso, ele disse que o efetivo da Polícia Federal será ampliado, mas não detalhou com que recursos. Ele afirmou que ainda não tomou uma decisão sobre se acabaria com o Ministério da Justiça ou o fundiria a Segurança Pública.

"Ele [Segurança Pública} não precisa rivalizar, da forma oportunista como foi feito, com a Justiça. É preciso trazer o tema à centralidade da política pública nacional", disse. O pedetista disse ainda que pretende, nos primeiros seis meses de mandato, realizar uma reforma conjunta fiscal e previdenciária. E que, caso ela não prospere junto ao Congresso Nacional, irá propor um plebiscito ou um referendo.

No discurso, criticou a proposta previdenciária apresentada pelo presidente Michel Temer e disse que pretende implementar um modelo de capitalização, ou seja, com a aplicação dos recursos em fundos de pensão públicos para que gerem lucro.

Folha de Pernambuco

Mesmo com pesquisa em mãos, oposição ainda não definiu nomes da majoritária em Pernambuco


Ficou pronta a pesquisa encomendada pelas oposições para embasar a definição dos seus candidatos a governador, vice e senadores. Ela foi apresentada aos senadores Armando Monteiro e Fernando Bezerra, ao ex-governador João Lyra Neto e aos deputados federais Mendonça Filho e Bruno Araújo.

O líder petebista aparece melhor situado que os outros membros da oposição, mas já deixou claro numa reunião coletiva que não faz da candidatura uma obsessão. Tanto pode ser candidato como apoiar qualquer outro nome, inclusive o do deputado federal Fernando Coelho Filho, se este for o entendimento do grupo.

A única coisa que pede aos colegas é a manutenção da unidade do bloco, após a definição da chapa majoritária, que só deverá ser anunciada no próximo mês de maio. O bloco aparentemente está unido, mas precisa injetar ânimo nos ex-ministros Mendonça Filho e Bruno Araújo, cujas cabeças estão voltadas para o plano nacional.

O primeiro aguarda convite do PSDB para ser o vice de Geraldo Alckmin na eleição presidencial e o segundo estaria inclinado a concorrer à reeleição, e não a um mandato de senador como se chegou a se especular. Numa coisa todos estão de acordo: só se deve anunciar a chapa depois que o governador anunciar a dele.
Oposições só anunciarão sua chapa após a Frente Popular anunciar a dela.

Informações Blog do Inaldo Sampaio