terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Governador está entre os 25 mais citados do Financial Times



O jornal inglês Financial Times publicou, na semana passada, uma lista dos 25 brasileiros que devem ser observados. Segundo o Blog da Folha, no seleto grupo indicado pela publicação, o governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, marca presença. Pré-candidato à Presidência da República, o líder socialista divide a atenção, entre os políticos citados, com o potencial adversário Aécio Neves (PSDB-MG).

Em seu breve comentário, o Financial Times ressalta que Eduardo Campos “tem um registro impressionante como governador de Pernambuco, em um estado em expansão no Nordeste” e ressalta que o líder socialista, embora aliado do PT desde 2002 – no primeiro governo do ex-presidente Lula – e da presidente Dilma Rousseff (PT), é potencial candidato ao Palácio do Planalto, em 2014.

Esta é a segunda vez que o governador Eduardo Campos é citado em uma publicação estrangeira. A primeira ocorreu em uma entrevista perfil publicada na revista The Economist, em outubro do ano passado. A reportagem descreve o socialista como um gestor moderno e um chefe político antiquado.

Além de Eduardo Campos, outros dois nomes pernambucanos também são citados pelo jornal inglês: o artista plástico Romero Britto e o jornalista e cineasta Kléber Mendonça Filho. A publicação destaca a produção artística feita por Britto e que sua obra está exposta em mais de 100 países, enquanto que joga luz sobre o filme “O Som ao Redor”, escrito e dirigido pelo pernambucano.

A lista com os 25 nomes é dividida em seis temas: política, esportes, artes, entretenimento, social e negócios. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Joaquim Barbosa, a ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, além do ministro dos Esportes, Aldo Rebelo (PCdoB), também integram o grupo.


magno martins

Em Caruaru, professores vão às ruas contra Queiroz

 
Professores da rede municipal de ensino de Caruaru realizaram, nesta terça-feira (26), um protesto contra a decisão da prefeitura de sancionar o Projeto de Lei que estabelece um Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) à contragosto da categoria. Em passeata, os docentes promoveram apitaço até a sede do Executivo municipal, indo, em seguida, ao Marco zero da cidade.
Além de faixas de protesto contra a decisão do prefeito José Queiroz (PDT), os docentes mostraram cartazes com as fotos dos 19 vereadores que votaram a favor do projeto. Nos cartazes, além das imagens dos parlamentares, estavam frases indicando que os vereadores são “inimigos da educação”. Durante passeata, os professores fizeram uma parada em frente ao Complexo Administrativo, onde o gestor pedetista estava, no momento, despachando.
Esta foi a primeira paralisação semanal, aprovada durante a assembleia extraordinária da categoria, na semana passada. Na próxima quinta-feira (28), à tarde, os professores realizarão mais um ato.

Brasil terá 3º maior aumento na produção de petróleo

O estudo “Outlook 2030”, elaborado pela petroleira BP sobre o mercado mundial de energia, mostra que o Brasil será um dos três países que mais contribuirão para o crescimento da produção de petróleo e biocombustíveis no mundo até o ano de 2030. O País ficaria atrás apenas dos Estados Unidos e do Canadá. Segundo estudo, o aumento na produção será de 2,7 milhões de barris por dia, dos quais 2 milhões virão do pré-sal. Isso significa que a produção atual será dobrada e, no total, o Brasil vai produzir 5,3 milhões de barris em 2030.

De acordo com o estudo, mais da metade do aumento da oferta de petróleo virão de países que não são membros da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo). Isso mudaria o mapa geopolítico do petróleo. Dessa forma, os integrantes da Opep vão aumentar a produção em 7,6 milhões de barris por dia, e os demais, em 8,5 milhões.

O estudo mostra que o Brasil vai se tornar um importante exportador de líquidos, totalizando 1,2 milhão de barris diários. O País produzirá 5,3 milhões de barris por dia em 2030 (4,1 milhões de petróleo e 1,2 milhão de biocombustíveis). A estimativa da Petrobras, no entanto, é de uma produção de 4,2 milhões de barris de petróleo em 2020.

Na questão da demanda por energia no mundo, o Outlook mostra que o consumo mundial de energia vai crescer 36% até o ano de 2030. E por volta de 93% desse crescimento virão de países em desenvolvimento, que não são membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), tendo China e Índia como principais responsáveis.

De acordo com o estudo, o petróleo vai apresentar crescimento mais lento da demanda entre os principais combustíveis – a média ficará em 0,8% ao ano. Ainda assim, vai ter participação relevante na matriz energética (28% em 2030, contra 33% em 2011).

Prepare-se para a declaração do Imposto de Renda



No próximo dia 1º de março, começa o prazo para a entrega de declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPE) 2013. Para evitar estresse, corre-corre e multa para quem perdem o prazo, os contadores indicam que o contribuinte se antecipe e prepare a documentação necessária para a Receita Federal.

“Sair na frente e não deixar para a última é a principal orientação para o contribuinte. A partir de hoje, 25/2, a Secretaria da Receita Federal disponibiliza o programa do IR 2013 e aí já é

possível deixar tudo pronto para o envio da declaração”, explica o professor e contador Josimar Farias.

De acordo com a também professora e contadora Lavoisiene Rodrigues, é bastante comum que os contribuintes deixem para enviar a declaração na última semana e até mesmo no último dia. “Nossa orientação é de que evitem essa prática”.

Estão obrigadas a apresentar a declaração pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 24.556,65 em 2012 (ano-base para a declaração do IR de 2013).

Carnaval injeta R$ 1 bilhão no turismo de Pernambuco


.

O Carnaval de Pernambuco conquistou uma marca histórica. Neste ano, a receita turística em 12 polos e no Festival de Jazz de Garanhuns foi de R$ 1 bilhão, um crescimento de 30% em relação ao ano passado, quando R$ 773 milhões foram injetados na economia do Estado.
Bloco dos Estandartes promove a interiorização e leva a folia para Bezerros
O fluxo de visitantes, que engloba o número de turistas e excursionistas (visitantes que não pernoitam nem residem no entorno do local visitado), também registrou crescimento. Mais de 1.200.000 pessoas curtiram a Folia de Momo em Pernambuco, o que representa um aumento de 7% comparado a 2012, quando foram registrados 1.140.000 visitantes.
A ocupação hoteleira ficou em torno de 84% com destaque para a Região Metropolitana do Recife – RMR (91%) e para os municípios de Bezerros, Tamandaré, Surubim e Vitória de Santo Antão que tiveram 100% de ocupação. O gasto médio individual diário foi de R$ 169,96, 9% a mais do que no ano passado, quando foi de R$ 155,79. “Esses números ratificam que o Carnaval, mais do que uma festa, é um grande negócio que gera emprego e renda para os pernambucanos”, comemora o secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa.
Os dados são resultados da pesquisa da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) que revelou ainda o perfil do turista da RMR. Cerca de 90% dos turistas eram brasileiros e 10% estrangeiros. Os estados do Nordeste corresponderam a 48% dos turistas para o Pernambuco, principalmente a Bahia (9,99%) e o Ceará (9,31%). Individualmente, o maior emissor foi São Paulo (18%). No mercado internacional, os principais emissores foram Alemanha (12,79%), Argentina (9,88%), Portugal (9,88%), França (9,30%) e Inglaterra (8,72%).
O Carnaval de Pernambuco foi aprovado por 95% dos entrevistados, que avaliaram os atrativos, os equipamentos, os serviços e a infraestrutura turística. Prova disso é que 96% deles afirmaram que recomendariam o Carnaval para outras pessoas.
A pesquisa do Carnaval 2013 foi realizada pela Setur-PE, através da Unidade de Gestão da Informação da Empetur, que realizou uma pesquisa entre os dias 08 e 17 de fevereiro, entrevistando mais de 204 mil foliões no Aeroporto do Recife, Terminal Integrado de Passageiros, BR 101, BR 232, PE 60, nos polos do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca, Olinda, Bezerros, Nazaré da Mata, Triunfo, Vitória de Santo Antão, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, além de Garanhuns em virtude do Festival de Jazz. Além da pesquisa presencial, a Empetur também fez um levantamento em toda rede hoteleira pelo telefone. A metodologia utilizada é aceita pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e leva em consideração os dados coletados nas duas sondagens para projetar os números globais.

Seis pessoas são assassinadas no fim de semana em Caruaru

O fim de semana foi marcado pela violência no município de Caruaru. Seis pessoas foram assassinadas.

Na noite deste domingo (24), uma mulher foi morta a facadas na Vila São Vicente de Paula. Jaqueline Correa da Silva, 32 anos, bebia em companhia do marido Erivan Firmino de Lima, 37. O crime aconteceu em um matagal.

No bairro São João da Escócia, foi assassinado a tiros, durante emboscada, o ex-presidiário Roberto Amaro de Godói, 29 anos. Ele residia no bairro do Salgado.

Outros quatro homicídios foram registrados na sexta e no sábado. Os corpos se encontram no IML de Caruaru.

Da Redação Liberdade , Helenivaldo Pereira

Homem é morto a tiros em Barra de Guabiraba, no Agreste.
Segundo informações da polícia, ele estava em frente a um bar, nas margens da PE-85. Um carro passou com duas pessoas desconhecidas, e depois um dos suspeitos atirou nele.


Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (24) em Barra de Guabiraba, no Agreste. De acordo com a polícia, Jucélio José da Silva , 38 anos, foi candidato a vereador nas últimas eleições.

Segundo informações da polícia, ele estava em frente a um bar, nas margens da PE-85. Um carro passou com duas pessoas desconhecidas, e depois um dos suspeitos atirou nele. Até o momento os suspeitos estão foragidos.

A vítima morreu no local e o corpo foi levado para o IML de Caruaru, também no Agreste. A polícia ainda não sabe o motivo do crime, mas disse que a vítima costumava brigar com as pessoas e tinha dívidas.

PB: rota de tráfico humano para Itália



A coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, uma das lidas do país, revela, neste domingo, que o governo federal está investigando uma rota de tráfico de pessoas, especialmente travestis e transexuais, da Paraíba para a Itália.
Segundo a coluna, é a segunda operação deflagrada pelo governo federal para combater o tráfico de pessoas depois da nove da “Salve Jorge”. A primeira operação ocorreu na Espanha e foi bem sucedida, ou seja, ficou comprovado o tráfico de pessoas.
A nota não adianta quando nem quando será deflagrada a operação envolvendo travestis e transexuais da Paraíba.
Veja, a seguir, as notas da coluna da Folha:
Vida... O governo investiga rota de tráfico de pessoas, principalmente travestis e transexuais, da Paraíba para a Itália. É a segunda operação desde que a novela global "Salve Jorge" passou a abordar o tema. A primeira quadrilha agia na Espanha.
... real Funcionários dos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores e das secretarias de Mulheres e Direitos Humanos embarcam hoje para Roma para reuniões com autoridades italianas.


PT cada vez mais cauteloso com Eduardo Campos

Interlocutor próximo da presidente Dilma Roussef (PT) e um dos principais governadores do Partido dos Trabalhadores, o baiano Jaques Wagner esteve no Recife, ontem, e manteve um discurso conciliador em relação às movimentações do governador Eduardo Campos (PSB) na esfera nacional.

O petista defendeu a manutenção da unidade do atual grupo de apoio da presidente para a disputa eleitoral em 2014 e, para manter a integridade da base, não descartou a ampliação da participação do PSB no governo Dilma, deixando o socialista como opção para 2018.

Entretanto, o governador baiano não defende mais Eduardo para compor a chapa de reeleição da presidente Dilma, em detrimento do atual vice-presidente, Michel Temer (SP), e o seu PMDB.

"Não acredito que essa questão (a vice) é o que interessa a Eduardo Campos. Essa é a minha opinião, estou falando sem perguntar a ele. Sou defensor de que a legitimidade que a Dilma carrega, a chapa carrega como um todo. É muito mais uma conversa de caminhada, de como ele (Eduardo) estaria dentro de um (possível) segundo governo Dilma, como seria a participação do PSB a partir de 2015", argumentou.

Jaques Wagner esteve no Recife para participar de seminário promovido "Diálogos Capitais", promovido pela revista Carta Capital.

FHC chama Dilma de ingrata

Em evento ao lado do senador Aécio Neves (MG), virtual candidato do PSDB à Presidência em 2014, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso chamou de "ingrata" sua sucessora petista, Dilma Rousseff. Questionado sobre o discurso de Dilma na festa dos 10 anos do PT, em São Paulo, em que a presidente afirmou não ter herdado nada da gestão tucana, FHC afirmou: "O que é que a gente pode fazer quando a pessoa é ingrata? Nada. Cospe no prato que comeu. Meu Deus".

O ex-presidente falou com a imprensa ontem à noite, antes de iniciar o seminário Minas Pensa o Brasil promovido pela ala mineira do PSDB. Este foi o comentário mais duro já feito por Fernando Henrique à Dilma Rousseff. Os dois chegaram a trocar elogios no início do mandato da petista.

FHC também acusou a gestão petista de ter usurpado o projeto de governo dos tucanos. ‘Quem não tem projeto é quem está no governo, porque eles pegaram o nosso. Agora mesmo estão discutindo a privatização da distribuidora de energia elétrica. O que aconteceu no Brasil foi uma usurpação de projeto", afirmou.

"Eles tinham duas grandes metas, uma ligada ao socialismo e outra ligada à ética. De socialismo nunca mais ninguém falou. E de ética? Meu Deus, não sou eu quem vai falar a respeito do que tá acontecendo no Brasil", concluiu FHC. O ex-presidente voltou a defender o nome de Aécio Neves como candidato de seu partido, mas negou que estivesse lançando o mineiro à disputa. "Não é o momento. Temos uma candidatura em construção. Não queremos uma pessoa, mas uma opinião", ressaltou.

Questionado sobre as críticas feitas pelo ex-deputado Ciro Gomes (PSB-CE) ao seu nome e aos de Eduardo Campos (PSB) e Marina Silva, Aécio disse que "gostaria de conversar" com o cearense. "Assim, talvez ele se surpreenda com o conjunto de boas ideias que nós temos para o Brasil", disse.

Quase 18 mi de brasileiros usarão biometria em 2014


Agência Brasil (Brasília) – Os eleitores de mais de 300 municípios de 14 estados e do Distrito Federal, incluindo nove capitais, serão recadastrados pela Justiça Eleitoral para usar o sistema biométrico, que consiste na identificação por meio das impressões digitais. Os quase 10 milhões de eleitores destes municípios votarão por meio do sistema nas eleições do ano que vem.
Além de Brasília (DF) e Boa Vista (RR), eleitores de Rio Branco (AC), Macapá (AP), Palmas (TO), Teresina (PI), São Luís (MA), João Pessoa (PB) e do Recife (PE) vão passar pelo recadastramento com foco nas eleições de 2014.
Considerada uma tecnologia mais segura, a biometria permite os eleitores serem identificados por meio de suas impressões digitais nos pleitos oficiais organizados pela Justiça Eleitoral. A tecnologia torna praticamente impossível fraude na identificação do eleitor, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas. 
A primeira experiência do Brasil com o voto pelo sistema biométrico foi nas eleições municipais de 2008. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), à época pouco mais de 40 mil eleitores das cidades de Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC) experimentaram o sistema e, desde então, o recadastramento tem sido feito gradativamente.
Até as eleições municipais do ano passado, 7,7 milhões de eleitores de 299 municípios utilizaram a nova tecnologia. Sergipe e Alagoas são os únicos estados que tiveram todo eleitorado recadastrado. Em 2014, segundo o TSE, a medida, deve alcançar 18 milhões de eleitores de municípios de 25 estados e do Distrito Federal. Só o Amazonas não aparece na lista do TSE. A expectativa da Justiça Eleitoral é que, até 2018, o sistema esteja implantado em todos os os municípios brasileiros.

    Venda de álcool líquido comercial é proibida


    Agência Brasil (Brasília_ – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, por meio de resolução publicada hoje (25) no Diário Oficial da União, a suspensão da fabricação, distribuição e comércio em todo o território nacional de álcool líquido com graduação acima de 54º Gay Lussac. A medida de estende a todas as empresas fabricantes e as associadas à Associação Brasileira dos Produtores e Envasadores de Álcool (Abraspea). Além de proibir a comercialização, a Anvisa determina que as empresas recolham o produto remanescente no mercado.
    Pertencem a Abraspea 15 empresas. Segundo dados da União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica), o Brasil produz 15 bilhões de litros de álcool por ano, sendo um 1% desse total destinado ao mercado de álcool engarrafado, aproximadamente 150 milhões de litros por ano, que equivalem a uma movimentação de cerca de R$ 215 milhões. A Abraspea estima que o mercado em gel, que deve substituir o produto líquido, não alcance 10% desse total, o que comprovaria que o novo produto não ganhou a preferência do consumidor.
    A resolução é fruto de um impasse judicial. Em 2002, a Anvisa proibiu a fabricação e comercialização do produto por considerar que o álcool líquido oferece riscos de acidentes por queimadura e por ingestão, mas, no mesmo ano, a Justiça suspendeu a determinação. Em 2012, a Justiça Federal derrubou a suspensão e deu até 31 de janeiro de 2013 para a indústria se adequar à nova norma. Na ocasião, a Abraspea entrou com recurso, que acabou por embargar a decisão.
    Segundo a assessoria do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1º Região, onde corre o processo, trata-se de um conflito de entendimento. Por ser um recurso explicativo, ele não necessariamente impede que a resolução da Anvisa seja posta em prática.
    A decisão final caberá ao desembargador federal Moreira Alves, que está de férias até o dia 25 de março. Com o retorno do desembargador, o caso será levado à sessão. O consultor da Abraspea, Ary Alcantara, diz que a associação não reconhece a atitude da Anvisa e que além do embargo judicial no TRF da 1ª Região, há um mandado de segurança obtido pela empresa Álcool Santa Cruz Ltda, pertencente ao grupo, que determina que a Anvisa não pode suspender a circulação do produto.
    “Continuamos no mercado e vamos recorrer à Justiça e pedir o ressarcimento de danos por toda ação e eventuais apreensões feitas pela Anvisa”, disse.
    De acordo com a Anvisa, a norma está em vigor desde a primeira publicação no Diário Oficial da União. Hoje foi feita uma republicação para as empresas que ainda descumprem a decisão. A agência se baseia em acórdão de 1º de agosto do TRF da 1ª Região, que deu ganho de causa à autarquia. Os agentes de vigilância sanitária estão fiscalizando desde o início do mês e continuarão com ações de retirada dos produtos das prateleiras.
    Segundo a Anvisa, o álcool de uso exclusivo em estabelecimentos de assistência à saúde e o álcool comercializado em embalagens de até 50 mililitros (ml) podem ser comercializados na forma líquida, independentemente da graduação alcoólica.