quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Reinterando umas considerações passadas

Boa tarde a todas!!!


Na postagem passada sobre o corte das Algarobas eu disse que era crime cortar uma arvore. dei uma pesquisada melhor e descobri que não precisa de autorização para corte de arvores exóticas, como é o caso da Algaroba. A supressão dessas espécies não pode ser efetuada em áreas de APP e Reserva Legal.


Sendo assim peço desculpa a quem interessar pela palavra crime que usei, ou seja não temos um criminoso, apenas alguém sem noção se tratando de questões ambientais, pois qualquer corte de arvores no meio de uma seca dessas é uma total falta de sensibilidade ele pode plantar 100 arvores para cada uma que derrubou. mas até elas começarem a exercer a mesma função da arvore derrubada lavará anos, o ideal seria plantar primeiro e derrubar depois.


Já que entrei no assunto Meio Ambiente ano que vem se encerra o prazo dado pela Politica Nacional de Resíduos Sólidos para a implantação de Coleta Seletiva em todas as Cidades e a extinção dos lixões acho meio difícil de isso acontecer aqui, parece que ninguém liga.


O importante é que sábado tem festa cidade meio arrumadinha, externamente é claro.


Abraços a todos. 

Marcelo De Oliveira Neto colunista deste blog.


No próximo dia 2 de março.

Prefeitura de jataúba PE aviso de licitação.


TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2013
OBJETO CONTRATUAL : Contratação da prestação serviços profissionais técnicos especializados de consultoria e assessoria administrativa e gerencial nas áreas contábil e financeira, incluindo sistema informatizado de contabilidade e orçamento público com software em interface gráfica, com o plano de contas estabelecido pela União e adotado nos órgãos da administração direta e indireta do Município de Jataúba, incluindo a Prefeitura através da Secretaria de Finanças, o FMS, através da Secretaria de Saúde e o FMAS, conforme projetos básicos em ANEXO I (A, B, C e D) deste edital. Tipo: Menor Preço Global. Data de abertura dia 05 de março de 2013 às 10:00 horas no prédio sede da Prefeitura. Informações ou pelo fone/fax (81) 3746-1132 . Antônio Cordeiro do Nascimento. Prefeito.


Fonte estacão jataúba 


O ‘Fantástico’ deve passar por um reformulação radical neste ano. Segundo a ‘Folha de São Paulo’, o dominical pode virar uma espécie de reality show para comemorar os 40 anos no ar.
Com o intuito de aproximar o público de casa com o jornalismo da emissora, uma das principais atrações da TV Globo pode ter seus bastidores gravados. A redação, a produção e até a reunião de pauta devem ser filmadas e a atração também deverá mostrar os bastidores das reportagens e entrevistas.

Tiririca lança hit do Congresso: “Estou no Poder”


(AG) – Entre 13 as músicas que o humorista Tiririca canta no sexto CD que está lançando, uma delas faz referência à experiência que ele está vivendo nesta etapa de sua vida, como deputado eleito por São Paulo. O CD que tem como título “Tiririca Direto de Brasília”, tem na primeira faixa a música ” Estou no Poder”, onde ele relata os questionamentos sobre ser ou não alfabetizado, que Tiririca enfrentou para poder tomar posse.
Com humor, o deputado começa a música dizendo que está no poder “e agora está podendo” e conta que depois de eleito, foi muito criticado, fizeram muita fofoca e até exigiram que ele fizesse um teste para provar que era alfabetizado e que ele passou no teste. Tiririca afirmou nesta quarta-feira, em entrevista a jornalistas no Comitê de Imprensa, que a música é um desabafo e um recado para os que o criticaram, mas que ele não pretende usar o que presenciou como deputado ou falar mal dos colegas. Em ritmo de forró, a música termina com Tiririca cantando: “Os que me criticaram vão para….”.
“É um desabafo, um recado para a galera que me criticou. Quem é? Vocês fazem parte também, a imprensa. Eu quero vender bastante, as músicas são muito engraçadas. (Na Câmara) a experiência foi nova, boa e eu jamais vou falar mal dos meus colegas. Aqui tem muito material para humor, mas não vou falar nada disso”, garantiu Tiririca.
Ele reafirma que não pretende voltar a concorrer a deputado federal:
“Foi uma boa experiência, aprendi para caramba, mas não vou voltar. Acho que faço muito mais pelo povo fazendo comédia, palhaçada, fazendo o pessoal.” O humorista lançou o último CD dele em 2008.

    Dilma: “O Brasil tem que abrir os portos”


    Agência Brasil (Brasília) – A presidenta Dilma Rousseff defendeu, nesta quarta-feira (27), a abertura dos portos para investimentos privados e destacou que a Medida Provisória 595 – que estabelecerá as novas regras para o setor portuário – não retirará nenhum direito dos portuários. “O Brasil tem que abrir os portos. Nós temos um imenso e desnecessário custo em portos. Abrir os portos não significa tirar 1 milímetro de direito do trabalhador portuário. Pelo contrário, nós mantivemos intacta a forma pela qual esses direitos foram garantidos. Mas implica, necessariamente, em abrir à concorrência, porque um dos nossos custos, chamado custo Brasil, lá fora, é portos”, argumentou a presidenta, ao participar de reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), no Palácio do Planalto.
    O ministro da Secretaria Especial de Portos, Leônidas Cristino, reiterou ontem (26) que o objetivo da MP 595 foi definido a partir de um diagnóstico de baixa eficiência logística no escoamento da produção e do breve esgotamento da capacidade instalada. Segundo ele, até 2015, a capacidade dos portos brasileiros não dará mais conta da demanda, que vem evoluindo a cada ano. No último dia 22, o governo e os portuários fecharam um acordo para suspender as greves nos portos até o próximo dia 15 de março. Os trabalhadores protestam por mudanças na medida provisória.
    No discurso de hoje, a presidenta disse ainda que as ferrovias também deverão ser beneficiadas com as parcerias público-privadas. “Fizemos um imenso esforço na área de infraestrutura e queremos que esse esforço tenha resultado. Estamos fazendo uma apresentação internacional em alguns grandes centros. Nós acreditamos que o Brasil precisa de um modelo de rodovias simples já testado. O país precisa [também] de ferrovias e hidrovias. É impossível continuar transportando minério, grãos só por estrada. O modelo de ferrovias vai ser objeto agora de avaliação dos investimentos privados nacionais e internacionais. Queremos que essa seja uma solução enormemente bem-sucedida”, disse.
    Dilma Rousseff reiterou que o Brasil não corre risco de enfrentar racionamento de energia. A presidenta disse que quem colocou “expectativa negativa gratuita no país” está agora calado, lembrando que, em 2013, serão agregados mais 10 mil megawatts (MW) de energia ao sistema elétrico brasileiro, e que o país conta ainda com os 14 mil MW das termelétricas.
    “Eu repito: não vai haver racionamento de energia. Quem disse isso em dezembro e janeiro, hoje se cala. Eles colocam expectativa negativa gratuita ao país, mas este país tem segurança energética”, disse a presidenta. “Não é admissível que se diga que vai ter racionamento, quando não vai haver racionamento. Eu acho que essa irresponsabilidade afeta a vida das pessoas, das empresas”, acrescentou.
    Dilma voltou a defender o aproveitamento do potencial hidrelétrico, e que as térmicas são fundamentais para garantir a segurança energética em tempos de reservatórios baixos. “Todos nós defendemos que não se pode construir reservatórios imensos, mas para não construirmos reservatórios imensos temos de construir térmicas”, disse.