quarta-feira, 31 de julho de 2013

Santa Cruz apaga impressão negativa goleia e volta ao G4

Santa Cruz goleia lanterna e volta ao G4

Uma goleada para restaurar a paz no Arruda. Na noite desta quarta-feira (31), contra o Rio Branco/AC, pela sétima rodada do Grupo A da Série C, a equipe Tricolor não tomou conhecimento do adversário e venceu por 4x0, gol de Renan Fonseca, Renatinho, Dênis Marques e Natan. Após um desastre diante do torcedor, no último domingo (28), os jogadores coral fizeram a sua parte e recolocaram o Tricolor no G4.

Com o resultado, o Mais Querido está na terceira colocação, com 13 pontos ganhos.

O TIME: Depois de relutar, o técnico Sandro Baborsa, após a derrota por 2x0 para o Baraúnas, o técnico Sando Barbosa promoveu quatro alterações no time. Renatinho, Ramirez, Dedé e Natan foram as novidades.

Com outra formação tática, no esquema 4-5-1, a equipe foi escalada com: Tiago Cardoso, Nininho, Renan Fonseca, Leandro Souza e Renatinho; Ramirez, Dedé, Júnior Xuxa, Natan e Raul; Dênis Marques.

O JOGO: Para apagar a má impressão deixada no último, a equipe Tricolor entrou em campo mãos do que na obrigação de vencer o último colocado da chave. Remodelado, o time tinha a obrigação de apresentar um bom futebol e, pelo que demonstrou nos primeiros minutos de jogo, não fugiu da responsabilidade.

A quatro novidades escalada pelo técnico Sandro Barbosa mostraram a que veio e o Tricolor parecia outro em relação à atuação desastrosa do último domingo. Dentre os novatos, o volante Dedé se destacou, organizando o meio de campo na marcação e aprimorando a construção de jogada.

Atuando com três meias, o time elevou a produtividade, sendo muito incisivo para o adversário, que dificilmente dava mais do que três toques na bola. Com vontade de vencer, não demorou para a equipe Tricolor abrir o placar. Aos 20 minutos, após cobrança de escanteio de Júnior Xuxa, Renan Fonseca, da marca do pênalti, meteu a cabeça na bola e ela morreu no fundo do gol.

Sem ameaça do adversário, o Santa Cruz seguiu determinado para construir um bom resultado. Valorizando a posse, trabalhando bem a bola e dominando o Rio Branco, a Cobrar Coral não encontrou dificuldades para dar outro bote.

Aos 35 minutos, depois de um bate-rebate na área da equipe do Rio Branco, o Santa Cruz teve um escanteio a seu favor. Júnior Xuxa cobrou, a bola sobrou para Renatinho, do bico esquerdo da área, e o Xodó da Torcida Tricolor acertou um belo chute na meta do goleiro Gustavo.

Tirando um enorme peso das costas, os jogadores Corais foram para o intervalo aliviados, cientes de que estavam fazendo aquilo que deles se espera, dominando o adversário dentro do Arruda.

SEGUNDO TEMPO – Para a segunda etapa, diante das deficiências do adversário, o time Coral tinha como meta manter a volúpia para conquistar um resultado expressivo e voltar ao G4, de preferência na terceira posição, com uma vitória sobre o Rio Branco por seis gols de diferença.

Com isso em mente, o Santa colocou logo uma bola na trave no primeiro minuto da etapa final, com Júnior Xuxa, em cobrança de escanteio. Por pouco não foi gol olímpico. Pouco tempo depois, aos 3 minutos, Natan foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. A cobrança ficou por conta de Dênis Marques, e o artilheiro pôs fim ao jejum pessoal de gols. 3x0 para balançar o torcedor presente no Arruda.

Relaxado, o Santa Cruz ficou absolutamente à vontade em campo. Como jogo era para fazer saldo, não demorou muito para a equipe tricolor chegar ao quarto gol. Após boa jogada individual, o meia Natan não encontrou problemas para conferir. E a torcida vibrou.

Goleando, o Tricolor precisava de mais três gols para retornar ao G4 na terceira posição. Indo em busca do placar, o Santa Cruz apresentou um volume de jogo incomum, rendendo o adversário. Mas, talvez por excesso de confiança, a equipe tricolor não conseguiu ampliar a vantagem.

Na cabeça dos atletas e do torcedor, o que importava é que nem de longe a impressão negativa do último jogo voltou a se repetir. Perante a Torcida, o Tricolor reagiu e segue firme na Série C.




Fonte: Agência CoralNET de Notícias

Manifestantes ocupam Prefeitura de Petrolina




Após reunião com MPPE, grupo fará assembleia para decidir permanência (Foto: Janko Moura/Divulgação)

Integrantes do movimento “O Vale Acordou” ocupou, nesta terça-feira (30), mais uma vez, a sede da Prefeitura Municipal de Petrolina. De acordo com o Blog de Jairo Britto, a decisão de retornar à Prefeitura se deu após uma ação dos guardas municipais que teriam levado vários objetos pessoais e documentos de pessoas ligadas ao grupo durante a madrugada.

Em uma nova reunião, realizada na tarde desta terça-feira, com o representante do Ministério Público de Pernambuco, da prefeitura e da Polícia Militar, os integrantes do movimento tomaram conhecimento de que os objetos confiscados durante a ação dos guardas municipais estão no MPPE. O grupo deve deixar a sede da Prefeitura em instantes, após ter recebido os documentos recolhidos pelos guardas municipais.

    Bolsa Família terá boa gestão premiada

    Agência Brasil (Brasília) – O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) vai premiar as boas práticas de gestão do programa Bolsa Família. O Prêmio Rosani Cunha: Edição Especial – Bolsa Família 10 Anos abre as inscrições nesta quinta-feira (1º) pela internet. As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de agosto. Podem participar gestores municipais, estaduais e do Distrito Federal. O projeto inscrito deve ter pelo menos quatro meses de implementação.

    Serão selecionados 12 projetos. Os relatos serão disponibilizados em versão digital e impressa. “O objetivo é dar visibilidade e compartilhar as boas práticas, para que elas sejam difundidas no país”, explica a secretária adjunta nacional de Renda de Cidadania do MDS, Letícia Bartholo.

    Esta é a segunda edição do prêmio, a primeira ocorreu em 2009. O primeiro lugar foi ocupado pela prefeitura de Pão de Açúcar (AL), com um programa de construção de cisternas e placas de armazenamento de água. Com uma tecnologia chamada cisterna de placas, que armazenavam 16 mil litros cada, o programa atendia, na ocasião, a cerca de 4,5 mil pessoas.

    Neste ano, o prêmio será dividido em três categorias: busca ativa para cadastramento e atualização cadastral, incluindo identificação de grupos populacionais tradicionais e específicos; ações articuladas do Plano Brasil Sem Miséria voltadas à inclusão produtiva das famílias beneficiárias do Bolsa Família; e gestão de condicionalidades e acompanhamento familiar intersetorial (assistência social, saúde e educação).

    Os vencedores receberão um certificado de reconhecimento pela contribuição aos objetivos do Bolsa Família. Dentre os premiados, os responsáveis por três projetos municipais e uma estadual vão viajar para conhecer um programa de transferência de renda na América Latina.

    O Bolsa Família é o carro-chefe dos programas de transferência de renda no Brasil. Uma das principais características é a gestão descentralizada e compartilhada entre a União, estados, Distrito Federal e municípios.

    Em dez anos, “o programa amadureceu muito rápido”, avalia Letícia. A secretária adjunta acrescenta, no entanto, que não é porque o programa está consolidado que deve deixar de ser aprimorado. Um dos pontos, segundo ela, que requer atenção é a comunicação com os beneficiados. “É importante escutar quem está recebendo o benefício, isso faz parte do princípio democrático da participação na construção da política pública”, diz.

    O MDS têm buscado melhorar a comunicação direta com os beneficiários principalmente depois do boato sobre o fim do Bolsa Família, que levou a uma corrida aos caixas bancários este ano.

    Entre os pontos positivos, Letícia destaca o impacto do programa na educação. Segundo dados do MDS, os estudantes beneficiados pelo Bolsa Família em algumas regiões do país têm rendimento melhor do que a média brasileira. Além disso, por exigir uma frequência mínima nas aulas, os estudantes estão faltando menos.

    “O programa atende a milhões de famílias brasileiras. Isso requer evoluções e passa por desafios importantes”, constata a secretária. “Divulgar as boas práticas é a principal contribuição do prêmio”, disse.

      Primeiro casamento homoafetivo é realizado em Santa Cruz do Capibaribe

        



      Na tarde desta terça-feira (30) o blog do Ney Lima registrou, com exclusividade, o primeiro casamento civil homoafetivo realizado em Santa Cruz do Capibaribe, que uniu duas mulheres.

      Os rostos das cônjuges não serão mostrados, já que elas se mostraram cautelosas a como outros meios de comunicação irão tratar sobre o acontecimento, mas não tiveram nenhum receio em revelar suas identidades como forma de estimular pessoas do mesmo sexo a terem a mesma iniciativa pioneira.

      O casamento de Silvana Viturino da Silva e Valdene Eleine de Lima Araújo foi realizado pelo Juiz da primeira vara cível Dr. Tito Lívio, sendo acompanhado também pelas testemunhas da união, os pais das cônjuges e também por amigos e familiares.

       

      No início da cerimônia, Dr. Tito fez seu discurso enfatizando a importância da união matrimonial, da transformação necessária da sociedade brasileira no que diz respeito à estrutura familiar e também sobre os direitos e deveres casamento, do ponto de vista Jurídico e da Constituição.

      “Todos são iguais perante a Lei, que não pode negar o direito ao casamento daqueles que se amam. A orientação sexual não pode ser um pretexto para se impedir a formação de uma família. Vocês são pioneiras assim como eu, que também sou pioneiro em estar realizando esta cerimônia aqui em Santa Cruz (…). O importante é o amor, é o gostar, é o querer estar junto e isto a Lei não pode negar”, frisou o Juiz.



      Adoção de uma criança será o próximo passo do casal





      Juiz falou sobre a importância da atitude pioneira em Santa Cruz do Capibaribe.
      Antes da cerimônia, Silvana e Valdene relataram que já tem um relacionamento de quatro anos e que o casamento, além de oficializar a união perante a Lei, é uma das etapas para a construção de uma família completa, graças a adoção de uma menina, onde elas relataram que o processo já está bem encaminhado.

      Cerimônia irá incentivar casais homoafetivos a buscar o casamento civil no município, espera Dr. Tito


      Em entrevista concedida ao blog, Dr. Tito falou sobre a importância da cerimônia, que mostra que agora casais homo afetivos em Santa Cruz do Capibaribe já podem solicitar a oficialização da união não somente de maneira estável, mas sim através do casamento civil com os mesmos procedimentos adotados por casais heterossexuais, inclusive na adoção de crianças.

      Outro ponto ressaltado pelo Juiz é o preconceito que ainda existe em vários setores da sociedade quanto a este tipo de união, onde falou a importância da mesma a aceitar as mudanças, no tocante a convivência harmônica entre as pessoas.

      Fonte ney lima 

      Manifestantes seminus quebram santos católicos em Copacabana


      Enquanto o papa prossegue sua visita ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, um grupo de cerca de 500 pessoas começaram no posto 5 da Praia de Copacabana um protesto denominado “Marcha das Vadias”. A partir das 14h30, passaram a deslocar-se pelas ruas do Rio de Janeiro com faixas e cartazes, além de palavras de ordem pintadas pelo corpo e seios à mostra.

      Algumas das mensagens empunhadas por elas diziam: “Chupai-vos uns aos outros”, “Tirem seus rosários dos nossos ovários”, ”Meu útero é laico” e diversas frases antirreligiosas.

      O tema deste ano é “Quebre o silêncio”, para incentivar mulheres a denunciar os crimes de violência doméstica. Elas dizem que sua luta inclui temas como o fim da violência sexual e de gênero, a descriminalização e legalização do aborto, a regulamentação da prostituição e contra o Estatuto do Nascituro, também conhecido como “bolsa-estupro”. Outro aspecto do protesto é a indignação contra o uso de dinheiro público na recepção do papa.



      Logo no início da passeata jogaram ao chão dezenas de crucifixos e imagens de santos. Posteriormente, quebraram imagens de Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Fátima. A atitude chocou os fiéis que estavam na Praia de Copacabana. Inevitavelmente acabaram encontrando ao longo do trajeto diferentes grupos de fieis católicos que estão na cidade para os eventos da Jornada. Vaias e agressões verbais foram trocadas, mas sem registro de violência.

      Uma das organizadoras da Marcha é Rogéria Peixinho, ativista da Associação de Mulheres Brasileiras. Foi ao protesto vestida de freira. Para ela, a chegada do pontífice teve como “contraponto a livre manifestação de uma outra juventude”, na rua, “protestando contra a opressão e o controle da vida e da sexualidade das mulheres”.

      “A presença do papa e os recursos públicos alocados para a visita de um líder espiritual colocam em xeque a laicidade do Estado. (…) Esse tema está dentro dos eixos da marcha, assim como o direito ao corpo, as denúncias sobre os casos de estupro que estão aumentando principalmente no Rio, e a formulação de políticas públicas de proteção às mulheres”, explicou ela ao UOL.

      Questionada sobre a fantasia, respondeu: “A roupa de freira, como eu já me vesti outras vezes, é um símbolo de questionamento sobre a posição da igreja contra o aborto. Muitas mulheres engravidam dentro dos conventos e, muitas vezes, são obrigadas a abortar. A gente já vem colocando esse tema nas marchas há algum tempo”.



      Curiosamente, o grupo “Católicas pelo Direito de Decidir, também acompanha a marcha. Uma das líderes desse grupo, Valéria Marques, afirmou que ‘sente pena de uma mulher que oprime o próprio gênero’ e que sua organização defende que as mulheres possam “decidir o que fazer com o próprio corpo, incluindo a legalização do aborto”.

      Mobilizadas pelo Facebook, mais de 6 mil confirmaram presença, o que indica que mais pessoas devem se juntar à Marcha até o final do dia. Existe a promessa de um “topless coletivo” e um “beijaço gay” para as 19 horas, mesmo horário que deve começar a Vigília, principal o evento da Jornada neste sábado, na praia de Copacabana.

      "Vou ser o primeiro prefeito da história do Brejo a dar posse ao meu adversário" disse Hilário Paulo





      O Prefeito Interino de Brejo da Madre de Deus Hilário Paulo, começou na manhã desta terça-feira visitar os prédios públicos e fotografa-los para comprovação de integridade do patrimônio público. O prefeito também está fazendo um mutirão para entregar o município limpo ao novo prefeito que tomará posse amanhã.


      Hilário afirmou ao nosso blog que ele mesmo vai dar posse de prefeito a Roberto Asfora. “Amanhã no começo da noite volto assumir a presidência da Câmara de Vereadores e como gestor daquela casa, irei passar o cargo de prefeito a Roberto Asfora. Saio de cabeça erguida, pois não me sinto um derrotado, fui um vencedor que fiquei a frente da prefeitura por pouco tempo e não tive chances de fazer tudo que queria, mas outra oportunidade virá e farei tudo aquilo que não pude fazer” Disse Hilário que vai divulgar uma lista de recursos que vai deixar para a nova gestão.


      Sobre o concurso público Hilário disse que Homologou na última sexta-feira e que possivelmente estará publicando o edital no Diário Oficial. “Estou tentando arrumar dinheiro para pagar a publicação do edital, é quase 43 mil reais que gasta para fazer esta publicação. Vamos ver se amanhã teremos como publicar” Finalizou Hilário prometendo votar nos projetos que venham a favoreçam o município.

      Fim dos tempos: Disney vai apresenta dupla homossexual em série para crianças!

       

      A antiga estrela de Hannah Montana, Miley Cyrus, elogiou publicamente a decisão do canal do rato Mickey no Twitter: "Isto é verdade?! Só posso defender a Disney ao dar este passo. Eles controlam muito o que as crianças pensam… Isto é inspirador."

      O Disney Channel vai apresentar um casal de lésbicas, com filhos, num episódio da série "Boa Sorte, Charlie". O programa deverá ir para o ar em 2014, ano em que a popular sitcom infantil chegará ao fim.

      O casal protagonista, Amy e Bob Duncan (Leigh-Allyn Baker e Eric Allan Kramer), vão orgnaizar uma tarde de jogos infantis para a filha Charlie (Mia Talerico) brincar com os seus novos amigos. E será aí que os pais da personagem titular irão descobrir que uma das crianças tem duas mães.

      "Esta storyline foi escrita sob a supervisão de uma consultora de desenvolvimento infantil", revelou fonte oficial do canal. "Tal como grande parte da programação do Disney Channel, esta narrativa foi desenvolvida no sentido de ser relevante para as famílias de todo o mundo, reflectindo temas de diversidade e inclusão social."

      "Boa sorte, Charlie" estreou no Disney Channel norte-americano a 4 de Abril de 2010, tornando-se um sucesso instantâneo de audiências. As aventuras de Charlie e da sua família disfuncional chegaram a ultrapassar a famosa "regra dos 65 episódios" do canal: a maior parte dos programas de ficção da Disney chega ao fim no 65.º episódio. "Boa sorte, Charlie" quebrou esta tradição e vai terminar com quase 100 episódios exibidos.
      Fonte: Blog Julio Severo

      Justiça tira vereador de Caruaru da cadeia




      Do Blog de Wagner Gil


      O desembargador Nivaldo Mulatinho, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, concedeu nesta terça-feira (30) habeas corpus ao vereador Jajá (PPS). Ele foi preso na semana passada acusado de comprar um veículo roubado.

      O fato ocorreu no último dia 22 de julho, quando o juiz da 2ª Vara Criminal de Caruaru, Pierre Souto Maior, determinou a prisão preventiva do parlamentar.

      Segundo investigações da Polícia Civil, Jajá teria adquirido um Citroën C4 clonado. O vereador acabou sendo encaminhado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Ele ficou em cela especial.