sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Cafetina deixa vasa lista com preço das famosas.


A notícia vem dando muito o que falar em várias páginas da web, tudo porque, segundo o site BomDia, uma cafetina bastante conhecida deixou vazar uma suposta lista contando com o valor do programa de algumas celebridades.

Na lista figuraram nomes de algumas famosas como: Juju Salimeni (ex Panicat), Carol Dias, Andressa Urach, coelhinhas da Playboy e algumas outras mulheres bastante conhecidas do público.
Veja:

De acordo com o relato de Léo Dias, colunista do jornal carioca O Dia, a lista teria sido obtida através de uma mulher conhecida por “Mirley”, segundo ela, os programas ocorrem em uma fazenda em Colombo, região da grande Curitiba (PR). Léo ainda relata que a “baronesa do sexo” já havia sido presa em uma ocasião devido à questões de prostituição.

Juntando todas estas informações, o colunista decidiu entrar em contato com alguns dos empresários destas famosas mulheres, no caso da Juju Salimeni, o empresário pediu a lista para entrar em vias jurídicas, alegando não ter cabimento tais informações.

"Já tinha uma pessoa usando as minhas fotos no Rio e em São Paulo. O que eu posso dizer de tudo isso? Liga, marca e espera para ver o que vai chegar na sua casa”, ironizou Nathalia.

E você? O que pensa a respeito?

Conheça o único animal imortal do planeta.



Essa água viva, chamada Turritopsis nutricula (vamos chamá-la de Tut) simplesmente não consegue morrer de causas naturais. Sua capacidade de regeneração é tão alta que ela só pode morrer se for completamente destroçada.
Como a maioria das águas-vivas, a Tut passa por dois estágios: a fase de pólipo, ou fase imatura, e a fase medusa, na qual pode se reproduzir de forma assexuada. A expectativa de vida de uma água viva comum é de algumas horas (para as menores espécies) ou de alguns meses e, muito raramente, anos (para as maiores). Como a Tut, com seus 5 milímetros de comprimento, consegue trapacear esse sistema?
Na verdade a Tut consegue se transformar de medusa de volta para pólipo, revertendo ao seu estado imaturo, como uma verdadeira fênix aquática.
Originária do Caribe, ela está se espalhando pelos mares tropicais, através da água de lastro que os navios soltam depois de longas viagens. Mas não precisa se preocupar com uma invasão de águas vivas imortais que se reproduzirão loucamente e povoarão os sete mares – elas estão longe de serem invencíveis.
Na fase de pólipo elas são bem vulneráveis e tem muitos predadores. Apesar disso elas ainda são o único animal no planeta que consegue voltar para seu estágio imaturo e “começar sua jornada” novamente.
FONTE: Environmental Graffiti

Pai é indiciado por espanca e tortura filho por ser Gay



Um pecuarista foi indiciado por tortura e injúria por agredir o filho e ameaçar arrastá-lo na rua em Três Lagoas (MS), a 310 quilômetros de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Segundo a denúncia feita à Polícia Civil na última segunda-feira (30) pela mãe do adolescente de 16 anos, o garoto foi espancado por ser homossexual. “Ninguém pode ser discriminado por sua orientação sexual, a qual deve ser respeitada por todos”, conclui o delegado Paulo Henrique Rosseto de Souza, titular da 1ª Delegacia de Polícia do município.De acordo com a mãe, o pecuarista agrediu e tentou trancar o filho em um quarto, sem energia elétrica, durante a madrugada. “Ele bateu na cara do menino, derrubou ele no chão, montou em cima e continuou dando socos e tapas em seu rosto e humilhando, dizendo que gay tem que apanhar mesmo, que é lixo, vagabundo”, relatou a mãe.
Para evitar mais agressões, os irmãos e mãe levaram a vítima para a casa da avó. O pai foi ao local, jogou novamente o filho no chão e começou a agredi-lo com socos e pontapés. “Bateu a cabeça do menino no chão e dizia que estava ‘endemoniado’ e que iria tirar o capeta dele na unha”, contou a mãe à polícia.
O garoto foi levado para o hospital pelo próprio pai. No caminho, ameaçou matar o filho caso não deixasse de ser homossexual. Segundo testemunhas, o pecuarista amarrou uma corda na perna do adolescente e ameaçou jogá-lo para fora do carro e arrastá-lo na rua.
O Conselho Tutelar foi acionado e encaminhou a vítima e a mãe até a 1ª Delegacia de Polícia, onde registraram boletim de ocorrência, foram ouvidos e encaminhados para exames de lesão corporal. Com medo, a mãe do adolescente, que alega ter também sido agredida verbalmente pelo pecuarista, pediu medidas protetivas, para que ele não se aproxime dela ou do garoto.

Não se posta nada de mudo.

 
 Nos últimos dias venho sendo perguntado sobre as reuniões da câmara municipal de jataúba. Onde ta sendo só veiculada as matérias dos vereadores da oposição que são Vanessa, Firoca, Chico de Irineu, e Zuza Do Jacu. E o seguinte ate o momento que participei das reuniões são os quatros que falam. Não posso sair por ai falado por ninguém deixo bem claro que o blog ta aberto pra todos mais só posso posta o que vejo não o que não vejo. Ate eu tenho curiosidade de ver o pronunciamento dos outros vereadores. Pra sabermos que realmente eles pensam sobre nossa cidade e o que realmente pretende fazer.       

Escrito por collar

Senadora diz que governo Dilma dá sinais de exaustão


A senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO) criticou, nesta sexta-feira (9), em plenário, a dificuldade do Governo Federal para resolver problemas econômicos e sociais do país. Para a senadora, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) tem se mostrado indeciso ao enfrentar os desafios e já evidencia sinais de exaustão. 'A sociedade brasileira tem a impressão de que está diante de um governo que acabou antes do final', afirmou a senadora.

Lúcia Vânia afirmou, com base em dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que a confiança dos empresários industriais é a mais baixa desde a crise de 2009. Além disso, a senadora disse que, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), em julho houve queda de 2,2% na confiança do empresariado no país, incertezas reforçadas pelo Palácio do Planalto. 'O governo apresenta suas soluções num dia e no outro volta atrás. Não tem certeza de nada e atua sempre ao sabor do vento', afirmou.

A senadora trouxe o exemplo da “MP dos Médicos”, em que foram estabelecidos mais dois anos de trabalho no Sistema Único de Saúde na formação dos médicos, decisão posteriormente retirada da medida. Outro exemplo dado por Lúcia Vânia foi o compromisso do governo com o superávit. 'Primeiro o governo anuncia compromisso com o superávit de 2,3% do PIB. Depois circula a notícia de que o governo recebia dividendos do BNDES para poder cumprir essa meta. Isso compromete a credibilidade de qualquer governo', disse.

Lúcia Vânia também criticou a paralisação das obras de infraestrutura. Ela citou o exemplo da ferrovia de integração Oeste-Leste na Bahia, que deveria ter sido entregue no final de julho e, agora, tem previsão só para 2014.

“Precisamos de um governo decidido, que saiba a que veio, que contribua com o país. Senão voltaremos a ver o povo na rua, num espetáculo democrático, sem dúvida, mas, exatamente num momento em que poderíamos estar num clima de grande otimismo por causa da visibilidade que nos trarão os próximos grandes eventos em 2014 e em 2016', concluiu.

magno martins

Divulgada imagens do comerciantes baleado na tentativa de latrocínio em loja de conveniência.


Na tarde deste domingo (04), três assaltantes sendo um casal e um homem, foram a um posto de combustíveis, entre o Cedro e o bairro Rendeiras em Caruaru, e se passando por clientes, inicialmente o casal ficou do lado de fora dando cobertura, enquanto o comparsa entrou na loja de conveniências, onde abordou a dona do estabelecimento e a funcionária e anunciou o assalto, o esposo da proprietária, identificado por Juarez, de 42 anos, estava dormindo embaixo do balcão e se acordou assustado com o assalto. Nisso o bandido provavelmente com um revólver descarregado apontou a arma para a vítima mas não atirou, já o que dava cobertura entrou no estabelecimento e o segundo marginal que já entrou com a arma em punho efetuou vários disparos contra o comerciante. Ele só não matou a vítima porque a esposa do cidadão arriscou a própria vida e ficou na frente e evitou que o assaltante entrasse no balcão, mesmo assim o comerciante foi atingido com dois tiros na perna esquerda e foi socorrido pelo Samu e em seguida foi encaminhado ao Hospital Regional do Agreste (HRA).

Coluna do dia. Como esperá por mudança.

Collar
Analisando as coisas dos últimos dias e veja como são. O governado Eduardo campos mau simportava com nossa região a não ser com caruaru. Semana passada como de interesse pessoal foi a Santa Cruz do Capibaribe inaugura umas casas que são do projeto do governo federal e não estadual. Ai você me pergunta que tem isso haver? Ora se nos últimos dias vem pelas ruas de todo pais e não menos pela nossas ruas pessoas com mascaras gritando que a mudança chegou. Duvido que isso tenha acontecido. Em nossa redondeza umas das pessoas mais criticadas era o governador Eduardo Campos por ter esquecidos nossa região e principalmente Santa Cruz. Mais tudo isso foi revertido no dia que souberam que ele estaria na Cidade foi uma estéria só já esqueceram que antes não prestava agora já era o cara. Ai te falo será que podemos espera por mudança......
Quando as pessoas vão criar senso crítico e deixarem de serem tão ingênuas e manipuláveis?

Escrito por collar 
pergunta feita por Ieda lima


postheadericon Chacina: Vizinha viu PM pular muro de família morta em SP


Uma vizinha disse ter visto duas pessoas — entre elas, um policial militar fardado — pularem o muro da casa do casal de PMs Andreia Bovo Pesseghini e Luís Marcelo Pesseghini, por volta das 12h de segunda-feira (5), e comentarem que a família estava morta.
— Ele falava que ele entrou na casa e viu todo mundo morto. E saiu. Só que daí, eles saíam e não veio ninguém. Só às sete horas da noite que veio aparecer alguém. [sic]
Segundo a polícia, a corporação só foi notificada após as 18h de segunda-feira.
Andréia, o marido, o filho deles — Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, de 13 anos — a mãe e uma tia-avó foram encontrados mortos,em casa, por volta das 18h de segunda-feira (5).
Para as polícias Civil e Militar, o autor do crime foi o filho do casal.


A mulher diz não acreditar que o menino tenha sido o assassino da família e afirma que o alvo era a mãe.— Eu sabia que ela estava investigando alguma coisa errada aqui na Freguesia do Ó.


Ainda segundo o relato, ela foi encontrada “de joelhos” porque teria implorado para não atirarem.


Além disso, a vizinha diz que um Meriva de cor prata estava rondando a casa com frequência, há meses, e passando informações sobre a cor da casa, do carro e quem entrava e saía.

PF aponta desvio de R$ 6,6 milhões destinados à educação



A Polícia Federal cumpre desde o início da manhã desta quinta-feira (8), 18 mandados de prisão contra membros de uma suposta quadrilha que teria desviado cerca de R$ 6,6 milhões de recursos federais voltados à educação técnica à distância. A Operação Sinapse, deflagrada em parceria com a Controladoria Geral da União, apurou que o grupo usava o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Paraná (IFPR) para realizar as fraudes.

Cerca de 200 policiais cumpriram os mandados, três deles contra funcionários públicos do IFPR em Curitiba e Cascavel, no Paraná, e em São Carlos e Sorocaba, no interior de São Paulo. Foram determinadas ainda dez ordens de condução coercitiva de testemunhas e 43 mandados de busca e apreensão.

As investigações, iniciadas em março do ano passado, apontam que a quadrilha desviava dinheiro do Ministério da Educação desde 2009. Por meio de termos de parceria entre o IFPR e duas Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips), projetos de cursos à distância eram superfaturados e serviços não eram executados.

As apurações apontaram também que o grupo conseguiu que alguns de seus integrantes fossem aprovados em concursos públicos para o IFPR de forma fraudulenta. "Para mascarar os crimes, o grupo falsificava contratos e prestações de contas, além de pagar propina a funcionários da autarquia federal e integrantes das Oscips", informa nota da Polícia Federal.

Os investigados serão indiciados por formação de quadrilha, peculato, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, estelionato e crimes da lei de licitações.

Com informações da Exame.

Próximo destino: ladeira abaixo



O ruído na comunicação entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e os “donos” do Congresso Nacional – senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) – anda tirando o sono dos marqueteiros listados para trabalhar na campanha de reeleição da petista. Competentes, em sua grande maioria, os publicitários e cientistas políticos estão com os dias contados caso a assessoria da presidente continue a insistir na criação de polêmicas entre o Executivo e o Legislativo.

A bola da vez – ou o problema da vez - ganhou o nome de “PEC do Orçamento Impositivo”. Henrique Alves bradou em alto e bom tom que não quer conversa e que, no que depender dos seus esforços, irá aprovar a proposta que obriga o Governo Federal a pagar todas as emendas parlamentares previstas no ano. A obstinação do peemedebista é bem fundamentada: hoje, apenas os congressistas mais subservientes têm suas emendas liberadas.

O Palácio do Planalto, de olho na rebeldia dos aliados, move mundos e fundos para ganhar tempo e, assim, negociar a não aprovação da proposta. Claro, uma vez aprovado, o orçamento impositivo cercearia o “é dando que se recebe” que serve de combustível para a manutenção da corrupção, uma vez que apenas interesses pessoais mantêm-se preservados.

O desfecho desse episódio – que de tanto que foi adiado poderia ser facilmente promovido à categoria de novela – já tem data marcada: terça-feira (13). Após ser pressionado por uma banda e obrigado a ouvir as lamentações de outra, Henrique Alves declarou que sonha com a construção de um consenso para assim obter uma votação unânime.

Pois é, foi-se o tempo que a presidente Dilma Rousseff precisava se preocupar com os golpes da oposição. Hoje, o ataque, vem do seu próprio quintal, dos “aliados” que ela própria escolheu para chamar de seus.

fonte magno martins