quarta-feira, 19 de junho de 2013

Torcida burla FIFA e faz protesto no Castelão



Dezenas de torcedores burlaram a regra da Fifa e fizeram manifestação dentro do Castelão antes de começar o confronto Brasil x México pela segunda rodada da Copa das Confederações, segundo a Folhaonline.

O universitário Murilo Melo, 23, foi um dos que protestou dentro do estádio. Com o rosto pintado de verde e amarelo, o cearense entrou na arquibancada com um cartaz em inglês dizendo que não reclamava por R$ 0,20, mas protestava pelo 'dinheiro público roubado dos cofres'. Na hora do hino, ele e um grupo de amigos ficaram de costas para o campo.

'Dentro do estádio há um código de conduta, está escrito nos ingressos e nos guias que publicamos. É aplicado em grandes eventos esportivos no mundo inteiro, temos o mesmo padrão que já foi usado nas partidas anteriores e nas demais competições da Fifa', disse o porta-voz da Fifa, Pekka Odriozola.

A própria TV Globo, que é detentora das imagens do torneio, mostrou os cartazes.

Na primeira partida no Maracanã, uma faixa com a inscrição 'Fair play governo' foi retirada da arquibancada.

Além da dificuldade para chegar ao Castelão por causa dos protestos, os torcedores que estão dentro do estádio para acompanhar o jogo entre Brasil e México sofrem com filas nos banheiros e nos bares. Para piorar, não há comida nem bebida em vários deles.

Hoje o dia é dele do meu irmão Gervásio da bicicletas que ta completando mais um dia de vida.




Um irmão pode ser a continuação de nós mesmos, como a nossa mão é a extensão de nosso braço.

Você é isso para mim, uma continuação do meu jeito de ser, de viver e de olhar o mundo.
Acho que conseguimos aprender o que nossos pais nos ensinaram com tanto amor.
Por isso mesmo, hoje comemoro com você o seu aniversário, como se fosse um pouco do meu.
Não quero com isso, roubar a sua vida, apenas dividir com você os
momentos importantes, e por isso quis que você ouvisse essa mensagem no
despertar do seu aniversário.
Você tem sido um irmão especial, maravilhoso, sempre presente e todas
as preces que eu faço a Deus para protegê-lo ainda serão poucas.
Seu caminho haverá de ser sempre cheio de luz e a felicidade sua
companheira do dia-a-dia. Quero que você seja sempre esse homem
íntegro, forte e bondoso para ser sempre bem amado por todos.
Feliz Aniversário, te adoro muito.

Desejos de seu irmão Collar e do blog Jataúba News.

Sete coisas ocorridas no Brasil nos últimos dez dias




ELIO GASPARI - FOLHA DE S.PAULO
Aqui vão sete coisas que aconteceram nos últimos dez dias no Brasil

1) O prefeito Fernando Haddad e o governador Geraldo Alckmin subiram as tarifas e foram para Paris, avisando que não conversariam nem com os manifestantes. Mudaram de ideia.

2) Geraldo Alckmin defendeu a ação da polícia na manifestação de quinta-feira passada. Mudou de ideia e pacificou sua PM.

3) O comandante da PM disse que sua tropa de choque só atirou quando foi apedrejada. Quem estava na esquina da rua da Consolação com a Maria Antônia não viu isso.

4) Dilma Rousseff foi vaiada num estádio onde a meia-entrada custou R$ 28,50 (nove passagens de ônibus a R$ 3,20).

5) O cartola Joseph Blatter, presidente da Fifa, mandarim de uma instituição metida em ladroeiras, achou que podia dar lição de moral aos nativos. (A Viúva gastará mais de R$ 7 bilhões nessa prioridade. Só no Maracanã torraram R$ 1,2 bilhão.)

6) A repórter Fernanda Odilla revelou que o Itamaraty achou pequena a suíte de 81 m² do hotel Beverly Hills de Durban, na África do Sul, e hospedou a doutora Dilma no Hilton. (Por determinação do Planalto, essas informações tornaram-se reservadas e, a partir de agora, só serão divulgadas em 2015.)

7) A cabala para diluir as penas dadas aos mensaleiros que correm o risco de serem mandados para o presídio do Tremembé vai bem, obrigado. O ministro Dias Toffoli, do STF, disse que os recursos dos réus poderão demorar dois anos para ir a julgamento.

Para completar uma lista de dez, cada um pode acrescentar mais três, ao seu gosto.

Escrito por Magno Martins,

Chamem o Lula



 

As principais centrais sindicais do país devem se reunir nas próximas horas com Lula. Segundo Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo desta quarta-feira, reunião será no instituto que leva o nome do ex-presidente, em SP. Revela a colunista que dirigentes das centrais e integrantes do próprio Instituto Lula preferiam que a reunião se realizasse em sigilo. Temem a interpretação de que estão querendo falar mal da presidente Dilma Rousseff ou conversar sobre os protestos que varrem o país.

São aguardados Vagner Freitas, presidente da CUT, Wagner Gomes, da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), José Calixto Ramos, da Nova Central, e também representantes da Força Sindical.

Os dois lados deste protesto.

Aqui esta um lado como deveria ser feito o protesto na paz e pra mostra quais nossos direitos e igualdade social pelo qual lutamos assim mostramos os nossos políticos que desejamos e o que seria melhor para nosso pais.





Aqui a outra face do protesto feito pelo uma minoria que usa o memento oportuno pra banaliza isso não são protestadores e sim bandidos que saqueiam agride quebra. Como esse povo pede respeito pelo nosso povo se eles mesmo não se respeita isso é a opinião do blog.




Ai me pergunto esse carro ou o dono dele é culpado pelo os problemas sociais do brasil.


Essa foto diz tudo

fotos site UOL.com

Coluna da quarta-feira


São Paulo: Manifestantes colocam fogo em pneus na altura do km 23 da Rodovia Anchieta, no ABC. Fumaça preta tomava boa parte da região. Segundo a Ecovias, cerca de 100 pessoas participam do protesto. (Foto: Glauco Araújo/G1)
Antes tarde do que nunca
Gigante esplendido adormecido desde o “Fora Collor”, o Brasil acordou com as megas manifestações de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Porto Alegre? Eis a pergunta que ninguém - sociólogo, cientista político ou pensador - é capaz de responder, na ponta da língua, com muita convicção.

A grande incógnita é saber se esses atos se encerram com o recuo dos governos estaduais no aumento das passagens ou seguem à frente empunhando outras bandeiras. Mobilizada pelas redes sociais, a juventude sem partido e sem bandeiras gritou por justiça, empunhando cartazes.

Pediu, também, liberdade aos manifestantes presos. Estendeu em São Paulo ao “Fora Feliciano”, “Fora Alckmin”, “Fora Dilma” e “Fora Haddad”. Vi nas imagens pela internet e televisão protestos envolvendo outras temáticas, como o “Não a Belo Monte”, “Educação para todos”, “Fim da corrupção” e “Abaixo a repressão”.

Os manifestantes, de caras pintadas, sugeriam, enfim, que o “gigante acordou”, no caso o Brasil. Tomara! Há muito que se assiste no País a uma roubalheira escancarada e vergonhosa, mas foi preciso que as passagens subissem 20 centavos para a sociedade despertar. Despertou tarde. Mas antes tarde do que nunca!

A Copa do Brasil, antecedida pela Copa das Confederações, é outro escândalo. Ergueram arenas caríssimas, superfaturadas para um evento que o pobre não terá acesso, porque os ingressos são caros.

A rua está sendo a grande arquibancada do povo para protestar contra imposições da FIFA, enrolações de políticos e um show de incompetência na organização do evento.

O que intriga em todos esses atos, como bem destacou, ontem, a professora paulista Denise Paiero, em entrevista ao Frente a Frente, é que uma força enorme, sem lideranças, sem bandeiras claras, é também uma força suscetível a virar massa de manobra ou a ser convencida por líderes de todo tipo.

Pode apagar-se, exatamente por falta de foco ou porque acabou a graça da novidade. Ou pode significar mudança. Ficaremos de olho na rua para tentar entender um caminho que parece cheio de riscos, mas também de possibilidades para levar a um País mais ético e sem corrupção.

EFEITO CASCATA– Não foi apenas o governador Eduardo Campos que, sensibilizado com a voz rouca das ruas, se antecipou e reduziu em 10 centavos o preço das passagens de ônibus. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), também baixou em cima do mesmo percentual. Tudo porque a União reduziu impostos federais para minimizar os impactos do congelamento das passagens no segmento das empresas de transportes coletivos.

Dia de protesto -
  
Recife tende a viver um dia de caos amanhã, quando

haverá novo protesto, desta vez contra a corrupção. Tudo porque os rodoviários já anteciparam que farão nova paralisação. A mobilização está sendo feita pelas redes sociais e até ontem já haviam sido confirmadas 70 mil pessoas nas ruas.

Expondo o ministro - O ex-deputado Pedro Correia (PP) tentava, ontem, em Brasília, dar uma demonstração de que ainda é poderoso. Aos aliados de Brejo da Madre de Deus, acionava o celular para informar que o ministro Castro Meira, do TSE, iria cancelar a decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que cassou o prefeito José Edson e a vice Clarice Correia, filha de Pedro, convocando novas eleições para prefeito em 7 de julho.

O impopular - Está na coluna de Ilimar Franco: “A propósito da vaia na presidente Dilma, sábado no Mané Garrincha, em Brasília, o senador Francisco Dornelles (PP-RJ) lembra que em 1954, após ser vaiado no Jockey Clube de São Paulo, o então presidente Getúlio Vargas olhou para o governador Lucas Garcez e lascou: Lucas, eu não sabia que você era tão impopular”.

Antecipação -

Aliados do governador Eduardo Campos admitem que ele possa antecipar para janeiro o congresso nacional do PSB marcado para março do ano que vem. Na verdade, para atender uma expectativa que caminha no sentido de que as bases apoiem a tese de candidatura própria. Com isso, dificilmente os demais líderes do partido se posicionem contra.

CURTAS

MUDANDO O BRASIL– Uma frase estampada por um manifestante em São Paulo que simboliza o engajamento dos jovens caras pintadas nos atos em favor de um País mais decente: “Mamãe, não me espere para o jantar. Estarei ocupado para mudar o Brasil”.

REVOLUÇÃO DIGITAL– Segundo pesquisa do Datafolha, 81% dos jovens que estiveram nas ruas de São Paulo, segunda-feira passada, tomaram conhecimento e foram mobilizados pelas redes sociais. Na prática, o Brasil já vive de fato a sua revolução digital.

Perguntar não ofende: Como a PM pernambucana vai reagir amanhã se o ato contra a corrupção não for pacífico?

'Provérbios de Salomão: O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe.(Provérbios 10:1)

Curiosidade da semana


passando curiosamente pelas ruas de nossa cidade curioso como sou desta vez vi o vereador Jackson (galego como é mais conhecido ) pendurado em um poste cuidando da ornamentação junina da jataúba.