quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Vereador Ernesto Maia é o novo nome do PSL



Na tarde de terça-feira (17) no Fest Hall, representantes do Partido Social Liberal (PSL) do estado e da região registraram a filiação do vereador Ernesto Maia.

O presidente nacional do partido, Luciano Bivar, não compareceu ao evento e foi representado pelo presidente do partido no estado Antônio Oliveira.

Também marcaram presença o vereador Arlindo Siqueira (do município de Olinda), Adriana Gomes (que representou o PSL Mulher), Cecílio Galvão (ex-prefeito de Belo Jardim), além de representantes da classe política de Toritama, Jataúba, Vereador Roberto Asfora Filho de Brejo da Madre de Deus e vereadores e suplentes da Oposição em Santa Cruz do Capibaribe.
O deputado federal José Augusto Maia (PTB) e o ex-prefeito Toinho do Pará não compareceram, mas justificaram suas ausências.


Do Blog do Ney Lima

Em São Domingos, jovem envolvido com tráfico de drogas é encontrado morto com faca no pescoço



Neto foi encontrado com a faca no pescoço

Na tarde desta quinta-feira (19), a policia recebeu a informação que havia uma pessoa morta dentro de uma residência, localizada na Rua Brasil Nº118, no distrito de São Domingos (Brejo da Madre de Deus).

Chegando ao local, a guarnição confirmou a veracidade da informação, a vítima foi encontrada com uma faca cravada no pescoço.

De acordo com as informações da polícia, a vítima foi identificada por Edmilson Vieira de Araújo Neto, de 17 anos de idade, conhecido por Neto. O mesmo já tinha passagens pela policia por porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Segundo João Marcelo do Malhas da Lei, o mesmo informou que o crime deve ter ocorrido no início da noite desta quarta-feira (18) e que os principais suspeitos são os proprietários da residência.


Residência em que a vítima foi encontrada
Do Blog Do Ney Lima

PT vai se reunir para decidir se entrega cargos em Pernambuco




O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, deputado federal Pedro Eugênio, disse, nesta quinta-feira (19), que a sigla fará reuniões, tanto a nível local quanto nacional, para decidir se entregará ou não os cargos que hoje ocupa no Governo do Estado. O diálogo se abre por conta da decisão do PSB de entregar as pastas que comandava no Governo Federal, classificada pelo deputado como “unilateral”.

Pedro Eugênio não quis externar sua posição pessoal, mas disse que cabe ao PT ser cauteloso, pois o PSB alegou continuar na base do governo da presidente Dilma Rousseff. “Eu, como presidente, estou dialogando com todo partido. O PSB tomou uma decisão unilateral, mas declarou que iria apoiar Dilma. Logo, esse assunto merece uma reflexão”, declarou.

Ao ser questionado sobre a especulação de que o atual secretário de Transportes de Pernambuco, Isaltino Nascimento (PT), deixaria a sigla para se filiar ao PSB, Pedro Eugênio demonstrou ceticismo. “Conversei com Isaltino, mas não se falou nada disso. Creio que seja apenas um boato. Quando o deputado estadual André Campos quis se filiar ao PSB, ele procurou o partido e conversou sobre o assunto”, comentou.

O PSB anunciou a entrega dos cargos ontem (18). Ao falar sobre o assunto, o presidente nacional da sigla, o governador Eduardo Campos, disse que isso deixaria o PT e o PSB mais “a vontade” para discutir suas posturas. A maior parte dos socialistas desejam lançar o gestor pernambucano candidato à Presidência da República.

Escrito por Magno Martins,

Humberto diz que Dilma "mantém compromisso com Pernambuco"



O senador Humberto Costa (PT) garantiu, hoje (19), em Brasília, que Pernambuco continuará sendo prioridade para o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). O senador disse que, apesar da saída do PSB da base aliada do Governo Federal, os dois partidos continuarão tendo uma boa relação.

“Absolutamente, em nenhum momento, houve uma ruptura entre o PSB e o governo Dilma, entre o PSB e o PT. Na verdade, o PSB apenas optou por sair do governo. No entanto, todas as ações, todos os programas do Governo Federal, especialmente todos aqueles feitos em parceria com o Governo do Estado, com as prefeituras vão continuar integralmente”, disse Humberto.

O parlamentar lembrou, ainda, os grandes investimentos do Governo Federal em Pernambuco, como o Estaleiro Atlântico Sul, as obras do PAC, os investimentos em mobilidade e as ações de ampliação da oferta de água no estado, como no caso da transposição do Rio São Francisco e a Adutora do Agreste.

“Tudo que Lula e Dilma já fizeram por Pernambuco não fizeram simplesmente por conta de terem uma relação com o governo estadual, fizeram pelo compromisso com Pernambuco. Há um carinho da presidente Dilma com o Nordeste, muito especialmente com Pernambuco, muitos investimentos importantes têm vindo para o nosso estado, grandes obras de infraestrutura e tudo isso vai continuar. A presidenta olha o povo e o povo é que é o centro e o foco da sua atenção”, assegurou Humberto.

Escrito por Magno Martins

Armando: "Decisão do PSB consolida candidatura de Eduardo"



 Um fato que vai condicionar os próximos movimentos a partir de agora. É dessa forma que o senador Armando Monteiro, presidente do PTB de Pernambuco, avalia a decisão da executiva nacional do PSB, comandado pelo governador Eduardo Campos, de deixar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), entregando os dois ministérios que ocupa atualmente.

Em entrevista à Rádio Jornal, o senador fez uma avaliação do impacto da decisão. “Eu acho que esse movimento que o PSB fez aponta claramente uma direção e essa direção é a da candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência da República. A partir daí, essas definições nos planos local e regional naturalmente começarão a acontecer, ou seja, a definição das alianças que vão se formar e, a partir disso, a definição dos palanques.”

Veja abaixo a entrevista completa:

O clima aí [em Brasília] está quente com este afastamento do PSB [do governo Dilma]?

Armando Monteiro – Olha, não resta dúvida nenhuma que esse foi um assunto que teve repercussão aqui no Congresso Nacional, no meio político e na imprensa. É um fato relevante do ponto de vista político.

O seu caminho como candidato a governador ficou mais estreito ou mais largo com essa decisão do governador Eduardo Campos?

Armando Monteiro – O que há é que as coisas começam agora a se definir. Eu acho que esse movimento que o PSB fez aponta claramente uma direção e essa direção é a da candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência da República. A partir daí, essas definições nos planos local e regional naturalmente começarão a acontecer, ou seja, a definição das alianças que vão se formar e, a partir disso, a definição dos palanques. Portanto, é um fato, é um evento que vai, sem dúvida nenhuma, condicionar os movimentos políticos a partir de agora.

É evidente que candidaturas ainda não estão postas, mas eu não posso deixar de dizer que o nosso nome está e sempre esteve à disposição desse conjunto e, evidentemente, nós vamos agora, na perspectiva desse processo... vão se iniciar agora, com uma dinâmica nova, esses processos de articulação.

Ele conversou com o senhor antes de tomar essa decisão?

Armando Monteiro – Não, não. Não tivemos nenhum contato sobre essa questão. Eu tenho a impressão de que essa definição, pelo que se sabe, alguns setores do partido, do próprio PSB, há algum tempo, já de alguma forma cobravam essa definição. Sabe-se, por exemplo, que a executiva do partido em São Paulo, em reuniões da executiva nacional anteriores, já apresentava essa proposta de afastamento do governo.

Era um processo que vinha sendo discutido no âmbito do partido e, nas últimas semanas, o que se assistia também era um certo desconforto do PT e do governo federal com uma posição que era cada vez mais clara, do PSB, no sentido de caminhar para uma candidatura própria.

Portanto, para caminhar na direção de uma candidatura própria é evidente que esse afastamento do governo era algo que se impunha, até para que se pudesse dar uma certa credibilidade a esse projeto do partido.

Senador, às 9h46 minutos desta quinta-feira, hoje, agora, o senhor está mais perto de Dilma ou de Eduardo?

Armando Monteiro – O meu partido, o PTB nacional, nesse momento, tem um alinhamento claro à presidente Dilma. Essa é também a posição do partido no Congresso. E eu disse há algum tempo em Pernambuco que o nosso partido está inserido nesse campo político.

Eu lembro sempre que nós fomos eleitos num palanque onde estavam juntos o PSB, o PT e o PTB. É claro que todos desejavam que esses partidos ainda estivessem juntos no processo, mas há projetos partidários que são legítimos. Eu nunca deixei de considerar que esse projeto do PSB é um projeto legítimo, assim como, do mesmo modo, em Pernambuco, e na perspectiva da sucessão do governador Eduardo Campos, são legítimas também as postulações que nesse contexto da nossa Frente (Popular de Pernambuco) possam se apresentar.

Ou seja, o mesmo grau de liberdade que o PSB reivindica no plano nacional o nosso PTB reivindica no plano regional. Portanto, eu acho legítimo esse projeto, mas acho que nós entramos agora realmente numa nova fase e vamos ter uma definição agora mais clara das alianças.
Escrito por Magno Martins

De fé renovada

  No último domingo participei da tradicional procissão de Nossa Senhora das Dores, em Poção. Caminhei e renovei minha fé ao lado dos fiéis e tive a companhia do prefeito, Pe. Cazuza, do vice Agenor Conrado, além do prefeito de Sanharó, Fernandinho.

Ouvindo o Povo



Foto: Ascom Diogo Moraes.

O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) cumpre agenda pelas suas bases no agreste pernambucano. Além de acompanhar de perto obras estruturadoras do Governo do Estado, aproveita para conversar com a população de diversas localidades, da zona urbana à rural.

“Um político deve sempre basear suas ações a partir das demandas populares, nestas visitas renovo cada vez mais minha vontade de continuar o trabalho que venho desenvolvendo na Alepe como legítimo representante do povo”, disse o deputado que esteve visitando a zona rual de Jataúba nesse final de semana.

Na cidade Diogo conta com o apoio de todo grupo de oposição, que é liderada por Mamão que obteve na última eleição obteve mais de 5 mil votos..

Informações da Assessoria.

O blog Jataúba News ta de olho

      Nota

  Assessoria da prefeitura nos passaram que problema da academias da cidade que esta totalmente  abandonada será resolvido o mais breve possível.

relembre a matéria aqui a baixo.
http://jataubanews.blogspot.com.br/2013/09/tribuna-do-leitor.html?spref=fb

Apos matéria problema quase resolvido.

  Ontem a noite resolvi passa pela rua vereador Pedro doca filho onde semana passada este blog abordou a falta de lampadas nos poste daquele local, Onde bem antes de ser divulgado a matéria  alunos que frequenta aquela localidade nos procuraram e falaram sobre os problemas que tava sendo encontrado ali. ta péssimo  trafegar por aqui a noite  muita escuridão e sem falar no perigo. Ai então fui verificar o problema. O que era passado para as pessoas é que os algarobas eram quem tava causando os transtornos. Mais fazendo uma busca minuciosa vi que não era só isso e sim a falta de lampadas nos poste. Dai procurei pessoas da prefeitura onde os mesmos se prontificaram em resolver o problema ate o dia de ontem 18/09/2013. não foi concluído por completo mais o que já foi feito ta bem melhor que antes. Pelo menos foram colocadas algumas luzes nos pontos mais críticos onde tava sendo reclamado pelo o alunos que ali frequentam. 

veja e confiram as fotos apos das luzes colocadas e note a diferença.  















Escrito por Collar Jataúba News