quinta-feira, 4 de julho de 2013

Armas são apreendidas em jataúba desta feita no sitio praquió.



Material apreendido

A polícia militar foi informada através deligação anônima que em uma determinada residência no sítio praquió, mais propriamente no acentamento dos sem terra, existia um cidadão que tinha armas em casa. Ao chegar ao local, os policiais Arquilino e C. Galdino se depararam com uma senhora, esposa do imputado que autorizou a entrada dos policiais na referida residência onde foi efetuada uma busca e foi localizado o seguinte material: Um revólver taurus calibre 38 com capacidade para 6 munições com numeração raspada, três espingardas soca-soca, 07 munições calibre 22, 01 munição calibre 32 pinada, 04 munições calibre 38 pinadas, 02 munições pinadas calibre 762 (Uso exclusivo das Forças Armadas), 04 munições calibre 38 intáctas, 07 cartuchos calibre 32, 01 cartucho calibre 28, 10 cartuchos calibre 36 e 15 cápsulas deflagradas calibre 38.





Soldados Arquilino e C. Galdino

A esposa do imputado foi levada até a DP de Jataúba e depois de ouvida foi liberada, pois nada tem haver com as armas apreendidas. O acusado não foi encontrado em casa e segundo informações da esposa dele, o mesmo estaria trabalhando na serra. Uma outra espingarda de fabricação caseira foi apreendida em outra casa visinha onde funciona um bar e o priprietário não se encontrava no local e logo compareceu na Delegacia para prestar esclarecimentos.



A dupla de policiais ratica o trabalho sério e competente que vem sendo desenvolvido pelo sargento Ismael que comanda o destacamento local e que conta com uma equipe de policiais comprometida com a manutenção da ordem pública para a população jataubense. A operação teve início por volta das 11:00 e somente por volta das 14:00 foi encerrado com a entrega das armas e das munições apreendidas na DP de Jataúba para que as providências sejam tomadas.


Ajude a polícia denunciando qualquer atitude suspeita e repassando informações sofre delitos cometidos contra qualquer pessoa pelos telefone (81) 3746-1913 ; 3746-1916 e 8102-6145 quefica na viatura. 


Viatura usada na operação


Fonte geraldo silva

Ministério Público pede fim da Telexfree; sócios tentam desviar R$ 101 milhões

Assim que os pagamentos aos divulgadores da Telexfree foram bloqueados pela Justiça do Acre, os responsáveis pela empresa tentaram desviar R$101 milhões.



Caso isso tivesse acontecido, esse dinheiro provavelmente não estaria disponível para ressarcir quem entrou no negócio até hoje – entre 450 mil e 600 mil pessoas, estima-se.
A devolução é um dos objetivos da ação civil pública apresentada pelo MP-AC na última sexta-feira (28) ao Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC). O bloqueio temporário, obtido por liminar, também havia sido pedido pelo órgão como forma de evitar os vazamentos.


“Quando a juíza determinou o bloqueio dos recursos, 24 horas depois eles [ responsáveis pela empresa ] conseguiram entrar numa conta e desviar R$ 40 milhões para uma outra conta que não era da Telexfree. Outros R$ 48 milhões foram para outra conta”, diz ao iG a promotora Alessandra Marques, uma das responsáveis pelo inquérito em que a empresa é acusada de ser uma das maiores pirâmides financeiras do País. As verbas foram recuperadas.


De acordo com um pedido feito à Justiça do Acre pelo próprio MP, entretanto, o valor é ainda maior: as transferências tentadas somavam R$ 51,7 milhões e R$ R 50 milhões, segundo uma decisão publicada no dia 26 de junho no Diário de Justiça do Acre. Ao todo, os promotores pediram o bloqueio de R$ 6 bilhões.


A ação civil pública foi proposta na sexta-feira pelos promotores Nicole Arnoldi, Marco Aurélio Ribeiro e Danilo Lovisaro.


A Telexfree sempre negou qualquer irregularidade . Procurada por meio de seu advogado Horst Fuchs, a Telexfree não comentou a ação civil pública até o momento. Questionado em 25 de junho sobre eventual descumprimento do bloqueio de bens, Fuchs refutou a informação.


Novo julgamento


Na próxima segunda-feira (8), a 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) analisa o segundo recurso da empresa contra a decisão. O primeiro foi negado no dia 24 de junho pelo desembargador Samoel Evangelista .


“A segurança para os consumidores investidores é que o dinheiro permaneça tutelado pelo Judiciário


“Se cair a nossa liminar, aí só [ haverá novo bloqueio ] depois do julgamento do mérito da ação, quando não vai ter mais nenhum centavo. Em 24 horas, eles desviaram quase R$ 100 milhões” afirma Alessandra. “ A segurança para os consumidores investidores é que o dinheiro permaneça tutelado pelo Judiciário.”


O Tribunal tem sido pressionado a derrubar a liminar: a juíza Thaís Khalil, que a concedeu, foi ameaçada de morte , e divulgadores – que ficaram sem os pagamentos – têm feito protestos em várias capitais . O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que não tem o poder de alterar decisões sem que haja provas de irregularidade na conduta do magistrado, recebeu mais de 18 mil mensagens em favor da Telexfree .


Na última terça-feira (2), a sessão da Assembleia Legislativa do Acre foi interrompida para a recebimento de um grupo de divulgadores da Telexfree. O deputado Helder Paiva (PR) propôs que uma comissão de parlamentares seja recebida pelo Tribunal de Justiça com “urgência”.


“Talvez alguém não esteja compreendendo quando eu disse peça [ para a comissão ser recebida ] porque nós não podemos mandar [ na Justiça, mas ] os que são juristas compreendem”, disse o deputado Paiva, em vídeo disponibilizado pela TV da Assembleia. “E eu tenho certeza que esse pleito será atendido e que, daqui a alguns dias eu e tantos outros estaremos fazendo parte desse projeto [ Telexfree ].”


Extinção da empresa


Na ação civil pública, a promotora Alessandra também pede uma multa de R$ 7 milhões à Ympactus Comercial LTDA, razão social da Telexfree, por “prejuízo causado ao sentimento de confiança” da população nas empresas. O dinheiro deverá ser revertido para o Fundo Estadual de Diretos Difusos.


Além disso, Alessandra pretende propor a extinção da empresa, medida, segundo ela, que busca permitir a utilização dos bens dos sócios para ressarcir os divulgadores, caso as verbas em nome da própria Telexfre não sejam suficientes. A promotora acredita que não serão.


“O interessante é buscar o patrimônio deles porque sabemos da dificuldade de ressarcir todos que investiram”, afirma.


Caso o pedido de devolução seja aceito, diz a promotora, os consumidores que tiverem como provar o investimento de dinheiro no esquema poderão exigir o ressarcimento em suas próprias cidades. Para isso, deverão ingressar na Justiça com ações de execução baseadas na decisão dada no processo do Acre.

Eleições de Brejo esta mantidas para o próximo domingo.


Resumindo, a Ministra disse que concedia à liminar, MAS NÃO PARA SUSPENDER AS ELEIÇÕES, MAS SIM PARA DIZER QUEM ESTÁ APTO A VOTAR, SÓ PODENDO VOTAR OS ELEITORES INSCRITOS NA JUSTIÇA ELEITORAL ATÉ 151 DIAS ANTES DO DIA DA ELEIÇÃO EM 07/07/2013.

Demais disso, importante lembrar que este Recurso interposto pelo Candidato Hilário não pretende que o antigo prefeito, prefeito cassado Edson volte à Prefeitura, apenas foi pedido que fosse suspensa a eleição para outro dia, mas nem isso foi deferido pela Presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Assim, povo do Brejo da Madre de Deus, a ELEIÇÃO ESTÁ MANTIDA PARA O PRÓXIMO DOMINGO, DIA 07 DE JULHO DE 2013, DAS 08:00 ÀS 17:00 HORAS, e, digo mais, como eu havia dito anteriormente nas rádios locais, caso não ocorra a eleição esse advogado que lhes fala rasgará o diploma e jogará fora sua OAB/PE (n.º 23.332).

Sem mais, todos estejam preparados para no próximo domingo votar, fazendo o 45, e, elegendo Roberto Asfora mudar para melhor a vida de todos os brejenses.

Forte Abraço
Atenciosamente,
Manoel Veloso

Fonte Estação Noticias 

Presidente Câmara dos Deputados pede desculpas por "carona" em avião da FAB



Foto: Globo.com
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse nesta quarta-feira (3) que errou ao permitir que sete parentes pegassem carona em um avião da Força Aérea Brasileira para assistir ao jogo da seleção no Maracanã, no fim de semana.
Eduardo Alves disse que determinou que sua assessoria avalie o mais rápido possível o valor das passagens do Rio Grande do Norte ao Rio de Janeiro para reembolsar à União.
Jornal Folha de São Paulo revelou que pegaram carona com o deputado sete pessoas: sua noiva, Laurita Arruda, dois filhos e um irmão dela, o publicitário Arturo Arruda, com a mulher Larissa, além de um filho do presidente da Câmara. Um amigo de Arturo entrou no voo de volta.
"Meu erro, e aqui eu reconheço, foi ter permitido que pessoas me acompanhassem pegando carona nesse voo para o Rio de Janeiro. Por esse erro, estou aqui reconhecendo e já mandei ressarcir o valor de cada passagem correspondente",disse ao chegar na Câmara.
Alves negou que estivesse em uma agenda de turismo no Rio. Segundo o deputado, ele foi recebido pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes, na residência oficial, na Gávea Pequena, para discutir o cenário político do país. A reunião, no entanto, não foi divulgada na agenda oficial dos dois políticos.
"Houve uma agenda previamente divulgada com o prefeito Eduardo Paes, que me recebeu para um almoço na Gávea Pequena, onde conversamos sábado pela manha", disse.
Alves não respondeu a pergunta da Folha se a medida não provoca mais desgastes à Casa diante das manifestações que sacudiram o país nas últimas semanas.


OMISSÃO – A presidente Dilma também é culpada pela mordomia do presidente da Câmara, porque não há controle do uso dos aviões da FAB. Quais os critérios que o Governo adota para deixar à disposição um jato oficial com um presidente da Câmara ou ministro? Pelo que sei, só é permitido usar aviões da frota do Governo em missão oficial ou em caráter de emergência. No caso de Henrique Eduardo, o uso extrapolou qualquer condição, um escândalo.

Homem agride mulher e acaba preso em Jataúba.

Gilson Alvis da silva 

Maria Dasdores Moura Silva

  De acordo com o efetivo da policia militar de jataúba que estavam realizando ronda na cidade onde foi contactados que no bairro branco uma mulher tava sendo agredida  por seu companheiro onde os mesmos se dirigirão ao local e constataram a veracidade do fato Onde Gilson alvis da silva  estava agredindo a Sr Maria Dasdores moura silva sua esposa o  mesmo  tentou se esconder dos policiais dentro de um partido de palmas mais  foi capturado e lavrado um boletim em seu nome e foi encaminhado para o presidio da cidade. quem esteve a frente dessa ocorrência foram o Sag Ismael  Sd C Galdino e Sd Aquilino. 

Escrito por collar do Jataúba News.