domingo, 28 de fevereiro de 2016




Calçamento afunda e quase causa acidente mais grave em Santa Cruz do Capibaribe


No final da manhã deste domingo (28) o internauta Marcelo Moura registrou o flagrante de um carro de passeio, que ficou preso após o calçamento afundar na Rua José Morais da Silva (Centro), em frente a Coordenadoria da Mulher.

Ao passar pelo local, o calçamento cedeu e por muito pouco um acidente de maior gravidade não aconteceu.


Blog do Ney Lima

"Corra que os bandidos vêm aí"

FAMÍLIAS santa-cruzenses, CONHECEM na PELE o que é “PRISÃO DOMICILIAR” 

“Corra que os bandidos vêm aí”.Esse pode ser o nome do filme de terror, que a sociedade de Santa Cruz do Capibaribe vem assistindo, e o mais grave, vivendo na pele os efeitos de uma cidade dominada pela bandidagem.

As famílias vivem em uma espécie de “Prisão domiciliar”, mesmo correndo o perigo de uma invasão, como ocorreu em um aniversário que se transformou em arrastão, promovido por quatro bandidos, sendo dois deles, menores e que vivem sob a proteção da Lei.

São arrastões, criança de dez anos levando tiro, adolescente de 15 anos assassinado por assaltantes, arrombamento em residências, motos e carros levados por bandidos, assassinatos, assaltos à luz do dia, entre outros crimes praticados.

Tudo isto diante de uma Policias Civil sem condições de trabalho e uma Policia Militar atuante, mas com numero insuficiente de homens.

Mas de quem é a responsabilidade? Dizem que “Segurança é um dever do Estado, mas responsabilidade de todos”. O que a população pode fazer?

Resta uma ação do governo do Estado, que não tem olhado para Santa Cruz com bons olhos neste quesito, deixando a Polícia Civil cada vez mais desabastecida e o 24ª Batalhão, sem o numero suficiente de policiais militares para garantir um pouco de paz as famílias de bem do município

Do Sulanca News

Corpo localizado em avançado estado de decomposição é identificado pela polícia



Foto: Blog Agreste Notícias

Foi reconhecido na noite de sábado (28) o corpo de um homem que foi localizado no Sítio Tanquinho, zona rural de Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com as informações da polícia, o corpo é do mototaxista José Everaldo da Silva (43 anos), que estava desaparecido desde a última segunda-feira (22).

Um fato a mais sobre esse caso é que na última terça-feira (23) uma moto foi localizada queimada por trás do cemitério Pedro e Paulo da Rocha (no bairro São Miguel) e que, de acordo com a polícia, foi confirmada que esta seria do mototaxista desaparecido.

.

O corpo foi localizado em avançado estado de decomposição sendo encontrado de bruços, com as calças retiradas, cueca abaixada e a calça cobrindo a cabeça. Após a perícia da Polícia Civil, foi localizada uma perfuração na altura da nuca, o que pode caracterizar que ele foi executado com um disparo de arma de fogo.

Algumas características facilitaram o reconhecimento. O corpo estava trajando um abadá de mangas compridas (de cor azul e verde, comum em eventos de trilhas para motos), calça jeans e também um chinelo, semelhante ao modelo que a vítima usava com frequência segundo familiares.

De acordo com as informações de um dos agentes de trânsito do município, o mototaxista tem familiares na cidade de Monteiro (PB), local onde, possivelmente, o corpo deve ser sepultado após liberação do IML.


Blog do Ney Lima

Morte na madrugada

Mais um crime de morte ocorreu em Santa Cruz do Capibaribe.

Na madrugada deste domingo (28), Lenivaldo Braz dos Santos, conhecido por Leninho, foi morto com um tiro no rosto.

O crime ocorreu na Rua Pedro e Paulo Alves da Rocha, bairro São Miguel.

A vítima residia no na Avenida Antônio Gonçalves, Bairro Rio Verde.

Ainda durante a madrugada, policiais civis estiveram no local da ocorrência realizando o levantamento cadavérico, mas não divulgaram suspeitas.

Ainda não se sabe as circunstâncias de como aconteceu o crime.

Leninho era homossexual e estava com alguns preservativos no momento da execução. É importante lembrar que em outubro de 2015 um outro homicídio aconteceu com as mesmas características.