terça-feira, 21 de maio de 2013

Intenção de consumo das famílias recua pelo 3º mês


Agência Brasil (Rio de Janeiro) – A disposição de consumo dos brasileiros caiu pelo terceiro mês consecutivo. O dado foi apurado na pesquisa Intenção de Consumo das Famílias (ICF), divulgada hoje (21), referente a maio, produzida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). De acordo com os dados, houve recuo de 2,2% em comparação com abril e retração de 6,2% em relação a maio de 2012.
O índice está em seu menor nível na série iniciada em janeiro de 2010. Segundo a CNC, o principal fator que contribui na queda da intenção de consumo é o comprometimento da renda das famílias, causado por endividamento e inadimplência ainda elevados, e inflação mais alta registrada nos primeiros meses do ano.
Para o economista Bruno Fernandes, da CNC, o governo vem adotando as medidas corretas em relação à economia, mas fatores exógenos como secas ou enchentes – que provocam a quebra nas safras de alimentos, incluindo a histórica alta do tomate – estão afetando negativamente o resultado da política de combate à inflação. 
“O governo está acertando. O aumento no preço dos alimentos é um fator exógeno. A equipe econômica vem tomando as medidas corretas, mas esse choque de oferta não está ao alcance do governo. As medidas de consumo do passado tiveram efeito e evitaram uma desaceleração mais forte da economia.”
Fernandes destacou que o repique inflacionário dos primeiros meses de 2013, aliado à manutenção do endividamento e à perda de vigor do mercado de trabalho, contribui para o enfraquecimento no comércio. “Já vem sendo mostrada uma queda nas vendas do comércio, pelos dados do IBGE. As vendas no varejo estão desacelerando”, explicou.
De acordo com o economista, esse processo tende a se alongar nos próximos meses, mas a CNI espera um cenário mais favorável para o segundo semestre, com redução da inflação e do endividamento, o que deve favorecer o comércio. “No entanto, o cenário não será tão positivo quanto o que registramos nos anos anteriores. Esperamos um crescimento de 4,5% para este ano, bem abaixo do que tivemos no passado”, ressalvou.
Na visão do economista, a menor pressão inflacionária no segundo semestre será influenciada pelo preço dos alimentos. “Esperamos um cenário inflacionário mais favorável, o que já vem sendo mostrado no preço dos alimentos, com uma desaceleração que deve se manter ao longo do segundo semestre”, explicou.
De acordo com ele, o ritmo mais fraco das famílias em termos de consumo permitirá que cumpram os seus compromissos ao longo dos próximos meses. A combinação permitirá um nível mais baixo de endividamento e de comprometimento de renda, “permitindo que elas voltem a consumir.” Os dados completos da pesquisa da CNC sobre a tendência de consumo das famílias podem ser baixados no site da instituição.

    Cantor Netinho já consegue dar primeiros passos, diz boletim médico

    20130520081646763001o
    O cantor Netinho vem apresentando melhoras constantes em seu quadro clínico, de acordo com informações do boletim médico divulgado na tarde de domingo (19/5). Ele permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, mas já começa a dar seus primeiros passos e permanece sentado a maior parte do tempo. No sábado (18/5), ele já havia voltado a se alimentar por sonda e conseguiu beber água normalmente, além de incluir gelatina na dieta. Apesar das melhoras, a equipe médica não tem previsão de alta para o cantor.

    Doenças mentais e neurológicas atingem cerca de 700 milhões de pessoas no mundo

    doença mental

    As doenças mentais e neurológicas atingem aproximadamente 700 milhões de pessoas no mundo, representando um terço do total de casos de doenças não transmissíveis, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Os especialistas advertem que pelo menos um terço dos que sofrem com problemas mentais e neurológicos não tem acompanhamento médico. A revelação está no Plano de  Ação para a Saúde Mental 2013-2020. Ao longo desta semana, especialistas estarão reunidos para discutir o assunto, em Genebra, na Suíça, durante a Assembleia Mundial da Saúde. O  Plano de Ação para a Saúde Mental 2013-2020 mostra que as doenças mentais representam 13% do total de todas as doenças do mundo e são um terço das patologias não transmissíveis.

    Pedro e Thiago anunciam fim da dupla sertaneja



     A dupla sertaneja Pedro e Thiago anunciou, no último sábado, que chegou ao fim. O cantor Thiago divulgou a mensagem no Twitter. "Galera, na vida tudo tem seu tempo e infelizmente meu ciclo com o Pedro se encerrou, mas vamos aguardar", escreveu. Thiago declarou ainda que a decisão de acabar com aluguel maresias a dupla não partiu dele, dando a entender que foi vontade de Pedro: "Quando um não quer...", escreveu o cantor. Ele aproveitou para agradecer aos fãs e declarou que espera que tenham feito as melhores escolhas. Pedro, filho do cantor Leonardo, sofreu um grave acidente de carro no último ano, que o deixou em coma induzido. Fonte:Gláucia Lima

    São José do Egito quita débitos da gestão anterior




    Em nota enviada à imprensa, há pouco, o prefeito de São José do Egito, no Sertão do Pajeú, Romério Guimarães (PT), anunciou que a administração pública quitou, em sua totalidade, os débitos de funcionários efetivos, contratados, comissionados, aposentados e pensionistas do município.

    De acordo com o gestor, ao todo, 763 funcionários que ficaram sem pagamento no último mês de mandato da gestão Evandro Valadares (PSB) receberam mais de R$ 830 mil de salários atrasados.

    'Prometi e cumpri a palavra empenhada junto à população na primeira semana de governo, quando garanti honrar todos os compromissos assumidos com o funcionalismo, mesmo que não fosse conta de nossa gestão”, afirmou Romério.

    Magno martins 

    Diogo Moraes no sitio umburanas

    Estive visitando o assentamento do MST no sítio Umburanas, em Jataúba, onde estão sendo construídas 45 casas através do INCRA. Uma importante conquista. Lá, recebi o reconhecimento pelo trabalho que estamos desenvolvendo. Obrigado pelo carinho.