sábado, 24 de maio de 2014

Prefeito Antonio de Roque aparece na lista de gestores com contas rejeitadas.


Nesta ultima sexta-feira (23-05-14), o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) divulgou uma relação provisória, que contem nomes de gestores com contas rejeitadas, nestes últimos oito anos. Esta lista foi enviada pelo Tribunal de Contas do Estado, podendo haver complicações aos que pretendem ser candidato nas eleições deste decorrente ano. Foi antecipado pelo TCE este prazo, para que o Ministério Público Eleitoral possa ter um tempo necessário para verificar as devidas documentações, e poder colocar em prática a lei Ficha Limpa. 

Entre os nomes divulgados nesta lista, o prefeito Antônio de Roque (PMDB) figura entre eles.     


Collar Blog Jataúba News.

Complicou?


José Augusto Maia aparece entre os nomes com contas rejeitadas em lista publicada pelo TCE

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco divulgou, nesta sexta-feira (23), a lista provisória com os nomes de gestores que tiveram contas rejeitadas nos últimos oito anos. A lista foi enviada pelo Tribunal de Contas do Estado e pode gerar complicações aos que pretendem lançar candidatura nas eleições deste ano.

O documento do Tribunal de Contas vai subsidiar o TRE em sua avaliação sobre quais dos gestores ficarão inelegíveis.

A disponibilização da lista está prevista no Art. 11 da Lei Eleitoral e deve ser feita até o dia 5 de julho. O TCE antecipou o prazo para que o Ministério Público Eleitoral tenha mais tempo para análise, a fim de imprimir maior efetividade ao comando da Lei da Ficha Limpa.

E na cidade de Santa Cruz do Capibaribe quem figura na lista é o deputado federal José Augusto Maia (PROS). Contra ele constam três condenações.

Bem recebido: Diogo Moraes visita Parque das Feiras de Toritama


O deputado Estadual Diogo Moraes (PSB) esteve na manhã deste sábado (24) na cidade de Toritama participando do encerramento do 13° Festival do Jeans. Diogo esteve com vereadores, prefeito Odon Ferreira (PSB), vice-prefeita Lucinha (PSDB) e com o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) realizando visitas aos confeccionistas do Parque das Feiras.



“Diogo é um deputado presente em nossa cidade, por isso todos aqui recebem ele muito bem”, pontuou o prefeito Odon.


A comitiva acompanhou apresentações culturais e visitou os boxes e lojas do Parque. “Toritama tem um lugar especial em minha vida. Fui comerciante aqui e sempre vejo antigos clientes que hoje são amigos. Agora como parlamentar tenho atuação na redução de impostos para todo o Polo de Confecções”, disse Diogo.

Assessoria

Legislativo em Ação: Câmara aprova Previdência Própria Municipal


Após diversas reuniões, discussões e uma audiência pública, a Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe aprovou na noite desta quinta-feira (22), em primeira votação, o projeto de lei nº 005/2014 enviado pelo poder executivo, que cria o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) no município. 
O projeto, que teve a elaboração do Dr. Ozório, esteve em discussão desde janeiro deste ano e foi adaptado e alterado de acordo com os debates entre a Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara e os próprios servidores públicos. 

“Isso já vem sendo discutido há quatro meses. O projeto era bom e conseguimos melhorar. Avançamos em diversos pontos, hoje os servidores pagam 8% à previdência e, com o regime próprio passaram a pagar 11% e conseguimos, com a sensibilidade do prefeito corrigir essa diferença de 3% com piso salarial”, frisou o presidente da comissão, vereador Afrânio Marques (PDT). 


O piso salarial foi conseguido através do projeto de lei nº011/2014. Que serviu para quebrar um dos impasses existentes, do projeto inicial. “Esse foi um dos avanços, além da questão da fiscalização, onde terá um conselho deliberativo do regime, bem como conselho fiscal, formado por servidores, e também por representantes do poder executivo e legislativo”, explica o vereador. 

Para a próxima reunião ordinária, programada para quinta-feira (29), está previsto a segunda votação, onde o projeto precisa apenas vencer por maioria absoluta dos votos. A Comissão de Finanças e Orçamento é composta também pelos vereadores Helinho Aragão (PTB) e Fernando Aragão (PROS).

Armando Monteiro e João Paulo recebem propostas de 3 mil pessoas do Agreste.


GARANHUNS: Cerca de três mil pessoas de todo o Agreste Meridional reuniram-se no Tavares Correia, em Garanhuns, na noite desta sexta-feira (23), para discutir temas como a integração entre as redes estadual e municipais de ensino, a oferta de exames clínicos e a assistência técnica à agricultura familiar. Durante mais de quatro horas, participaram dos debates do Pernambuco 14, projeto que objetiva colher propostas, ideias e sugestões das comunidades de todas as regiões pernambucanas para formar o programa de governo da chapa liderada por Armando Monteiro (PTB) e João Paulo (PT), pré-candidatos a governador e a senador nas eleições deste ano.
A economista e socióloga Maria Vicência Tenório foi uma das participantes das reuniões temáticas do Pernambuco 14. Ela apresentou contribuições voltadas à agricultura familiar e à pecuária, que, em sua opinião, estão abandonadas por falta de assistência técnica e extensão rural. “O IPA não chega nem com extensão, nem com assistência que eles merecem. Não adianta recursos e tecnologia, se faltam técnicos e análise de solo. Não adianta contratar técnicos para prestar serviços direcionados, se o pequeno produtor rural fica esquecido”, lamentou.

Outra participante, André Mota Valença, que é professor de história, alertou para a necessidade de haver maior integração entre as escolas estaduais e as redes municipais de ensino. “Não podemos ter uma educação separada do Estado, precisamos ter um sistema educacional integrado com o município. Não podemos modificar a educação para o hoje, ela se modifica para o futuro”, defendeu o professor.
A saúde também foi outro destaque da plenária. Dentre as propostas apresentadas, estão a valorização efetiva do profissional da saúde, a contratação e regularização de serviços como ressonância magnética e cateterismo para a região e a construção de um hospital para o Agreste Meridional.

Entusiasmado com o grande número de participantes em todas as oito plenárias do Pernambuco 14, realizadas até agora, Armando Monteiro ressaltou a importância de o governo do Estado trabalhar para reduzir as desigualdades regionais: “Em todas essas plenárias, contamos com uma participação muito entusiasmada das sociedades locais, tivemos um grande público, uma qualidade nos debates e um conteúdo que iremos incorporar ao programa de governo que nós vamos oferecer a Pernambuco e que terá propostas sustentáveis e realistas, que levem em conta que Pernambuco precisa de um desenvolvimento mais equilibrado, que chegue a todas as regiões e que interrompa esse processo perverso de desequilíbrio”.

Alguns temas debatidos no Pernambuco 14, em Garanhuns:
AGRICULTURA FAMILIAR - Maior presença dos técnicos do IPA no campo e maior assistência técnica
EDUCAÇÃO - Valorização do professor, fortalecimento do regime de colaboração entre Estado e municípios, construção de escolas com laboratórios e equipamentos para os alunos e formação e capacitação dos professores para a utilização das tecnologias disponíveis.
MOBILIDADE - Incentivo para a mobilidade urbana e acesso para pessoas com deficiência, criação de uma secretaria específica para deficientes visuais, com auxílio e inclusão.

SAÚDE - Valorização dos profissionais, necessidade de repensar a UPA para que atenda as peculiaridades de cada região, melhoria no atendimento.((Crédito da foto: Leo Caldas/Divulgação)

Passando para desejar a todos leitores deste Blog!!! Um belo final de semana!!!

Bruno admite disputar Governo do Estado se Aécio pedir



Em entrevista gravada há pouco para o Frente A Frente, o presidente estadual do PSDB, deputado federal Bruno Araújo, admitiu pela primeira vez que seu nome esta à disposição do partido para uma eventual candidatura a governador, caso o deputado estadual Daniel Coelho não entre na disputa e este seja o desejo do candidato tucano ao Palácio do Planalto, senador Aécio Neves.

“Estamos sintonizados com o projeto nacional de Aécio Neves. O vereador André Régis já se dispõe a disputar o Senado, e se o partido decidir pelo projeto de abrir um palanque nacional no estado, o meu nome também está à disposição”, disse Bruno, adiantando, entretanto, que seu projeto é tentar renovar o mandato na Câmara dos Deputados.

A entrevista vai ao ar no horário do programa, que começa às 18 horas e é transmitido pela Rede Nordeste de Rádio, formada por 40 emissoras na região, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no Recife.
Opinião do Blog!!! 

Com esta opção de Bruno Araújo (PSDB), ser candidato a Governo do Estado muda todo senário político de Jataúba. Tenho absoluta certeza que o prefeito Antônio de Roque e seus aliados irá apoiar o deputado federal Bruno Araújo, até por que sempre que concede entrevistas a Radio Jataúba FM, o deputado é cotado em todas, como um dos melhores aliados e que vem contribuindo com o crescimento da Cidade. Ai vem uma pergunta sobre Eduardo Campos (PSB). Será que além deste possível tiro no pé dado em Jataúba, Eduardo Campos, fez este feito em outras regiões do estado? Bom resta esperar o desenrolar desta maluca corrida política que Estamos vendo este ano de 2014.  

Escrito por Magno Martins e Collar Blog Jataúba News. 

Dilma enfrenta protestos durante solenidade em Brasília


O Globo.

Muito aplaudida e mandando beijos ao entrar no evento de lançamento da Política Nacional de Participação Popular, a presidente Dilma Rousseff (PT) teve dificuldades de iniciar seu discurso devido à manifestação de um pequeno grupo do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), que, de dentro do plenário do Centro de Convenções Internacional de Brasília, exigia negociação.

O sindicato está em greve há um mês em busca de aumento salarial. “Negocia já!”, pediam os manifestantes, abafando uma tímida tentativa de parte da plateia de levantar o canto “Um, dois, três. Dilma outra vez”.

A presidente tentou prosseguir com as palavras iniciais de seu discurso, ainda na fase de cumprimentos aos presentes, mas foi interrompida mais de uma vez pelos insistentes gritos dos sindicalistas, até que ela desistiu e respondeu aos apelos. “Aqui nós todos somos democráticos. Vocês têm todo o direito de se manifestar. Vamos negociar da melhor forma”, disse a petista.

Em seguida, o grupo foi retirado pela segurança do evento e a presidente pode finalmente dar prosseguimento à fala que tinha programado. Além da política de participação popular, o ato também premiou iniciativas que contribuíram para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

“Eu vou cumprimentar a todos que ganharam o prêmio porque a gente sabe muito bem que o Brasil não é feito por aquilo que aparece na mídia. O Brasil é feito por milhares e milhões de movimentos, de organizações, de pessoas anônimas que lutam por um processo de participação de defesa de seus interesses - persistiu, ainda sob um ambiente tumultuado”.

No evento, a presidente discorreu sobre os objetivos do milênio que conseguiu cumprir, entre eles o combate à fome e à pobreza; universalização do ensino fundamental; a redução da mortalidade infantil e materna; a redução das mortes por tuberculose e a redução do desmatamento.

Escrito por Magno Martins

Nordeste tem 388 cidades em emergência com estiagem



Estadão Conteúdo.

O Ministério da Integração Nacional reconheceu, nesta sexta-feira (23), que 388 municípios da Região Nordeste estão em situação de emergência por causa da estiagem prolongada. Portarias da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, publicadas no Diário Oficial da União, listam 183 cidades da Paraíba, 152 cidades do Ceará e 53 cidades de Pernambuco nessa situação.

A decisão pelo reconhecimento considerou, entre outros aspectos, "informações técnicas geradas pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), que leva em conta dados hidrometeorológicos de órgão federais e estaduais".

Com a situação de emergência reconhecida, é estabelecido um estado jurídico específico nessas cidades para que tenham facilidades e também a ajuda federal na busca de soluções para o problema.

Agricultores familiares poderão, por exemplo, ser atendidos com programas como o Bolsa Estiagem e as licitações públicas podem até ser dispensadas em alguns casos.

Escrito por Magno Martins

Charge do dia!!!

É muito querido: muitos querem Serra vice de Aécio

 

O próprio ex-governador José Serra foi às redes sociais nesta semana para declarar a intenção de disputar o Senado ou uma vaga de deputado. Mas quem circula bem no PSDB jura que não há nada definido, segundo informa Clarissa Oliveira, no blog Poder Online.

Mais de um tucano envolvido nos preparativos da campanha presidencial do mineiro Aécio Neves reconhece que a proposta de uma chapa que reúna os dois tucanos esfriou. Mas definitivamente não morreu.


Escrito por Magno Martins

Mais uma vida perdida pela violência: Jovem é executado em São Domingos


Na noite desta sexta-feira 23,o distrito de São Domingos,na cidade de Brejo da Madre de Deus,registrou um homicídio por volta das 20:00 horas da noite,o jovem estava trafegando em uma bicicleta de cor rosa,na rua Francisco Alves com esquina com rua Evaldo Braga,no loteamento Barrinha,pertencente ao distrito acima citado,quando foi surpreendido pelo ou pelos os assassinos,ninguém soube informar, que efetuaram os disparos de arma de fogo,que atingiu a cabeça da vitima que não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Segundo informações de populares foram ouvidos quatro tiros,a vitima foi identificada Wallison Magavy da Silva ,mais conhecido por ''Lala'' de 24 anos de idade.Segundo a policia o jovem já teve passagens por prática de roubos.

A policia militar esteve no local fazendo o isolamento da área,até a chegada da policia civil que realizou o levantamento cadavérico e deverá encaminhar o corpo do jovem para IML da cidade de Caruaru.
foto genildo silva texto junho


Deputados cobram mudanças na nova proposta de criação de municípios



O projeto já teve a urgência aprovada, mas deputados querem facilitar a criação de novas cidades no Nordeste e Norte. A proposta é parte do acordo para manter o veto da presidente ao PLP 416/08, que está na pauta desde fevereiro e tem impedido votações. O veto será votado na próxima terça.


O novo projeto que regulamenta a lei de criação dos municípios chegou à Câmara nesta semana, mas já há resistências de parlamentares do Norte e do Nordeste, interessados em mudar os requisitos para criação de novas cidades. Na quarta-feira, um grupo de parlamentares se reuniu na liderança do PDT para discutir mudanças na proposta (Projeto de Lei Complementar PLP 397/14).

Participaram do encontro os deputados Amauri Teixeira (PT-BA), Giovanni Queiroz (PDT-PA), Cláudio Puty (PT-PA), Ângelo Agnolin (PDT-TO), entre outros. Esses deputados querem mudar os pré-requisitos mínimos populacionais e territoriais estabelecidos pelo projeto, além de retirar exigências do estudo de viabilidade técnica. A intenção é facilitar a criação dos municípios nessas regiões.

De acordo com o projeto, os novos municípios deverão ter área superior a 200 quilômetros quadrados (km²) nas regiões Norte e Centro-Oeste, e 100 km² nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. Será exigido também um número mínimo de habitantes: 6 mil para as regiões Norte e Centro-Oeste; 12 mil para o Nordeste; e 20 mil nas regiões Sul e Sudeste.

Diminuição

O deputado Amauri Teixeira defende a diminuição dos limites do Nordeste para 10 mil habitantes e uma área mínima menor do que os 100 km². “Não defendemos critérios irresponsáveis de criação dos municípios, mas também não queremos um projeto que ‘faça de conta’ e, na prática, inviabilize a criação de municípios”, criticou.

Outro ponto de descontentamento é a exigência de que o novo município tenha um número de imóveis maior que a média encontrada nos menores municípios (10% de menor população) do estado. “Essa exigência é infundada”, criticou.

Amauri disse que os deputados vão se reunir no decorrer da próxima semana com o líder do governo, deputado Henrique Fontana (PT-RS), e com o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, para tentar negociar mudanças que agradem ao Planalto. “Não queremos correr risco de novos vetos”, disse.

Negociação

O relator da proposta, deputado Moreira Mendes (PSD-RO), disse que vai negociar com os descontentes. Ele espera votar o projeto antes do recesso e já tem ouvido reclamações. “O que eu ouvi de alguns deputados é que as regras ficaram difíceis”, disse Mendes, que não adiantou qual será o seu posicionamento.

Alternativa ao veto

A proposta, de autoria do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), foi negociada com o governo como uma alternativa ao veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto aprovado pelo Congresso no ano passado (PLP 416/08). O objetivo deste novo texto é dificultar a criação de novas cidades no Sul e Sudeste.

Esse veto está na pauta do Congresso desde o começo do ano e já teve a votação adiada quatro vezes por iniciativa de parlamentares defensores dos municípios, que queriam garantias de avanço na negociação da nova proposta.

Uma nova votação foi marcada para a próxima terça-feira (27), e os deputados estão confiantes de que o veto será mantido depois da aprovação do novo projeto pelo Senado. “O argumento de se derrubar o veto perdeu força depois da aprovação do Senado e da urgência na Câmara. Esse acordo já está dando resultados”, disse o relator, deputado Moreira Mendes.


www.filadelfiafm.net