segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Tarado de crianças é preso pela quarta vez em Santa Cruz do Capibaribe


Foto: Gilson Fernandes

Na noite de domingo (28) um homem foi levado à delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, depois de ter sido preso sob a acusação de tentar estuprar uma criança de cinco anos.

De acordo com as informações, Silas Belo de Souza Filho (50 anos) estaria se masturbando em frente a criança nas proximidades da Igreja São Cristóvão, que fica localizada na Avenida 29 de Dezembro.

Populares que estavam no local capturaram o homem e fizeram a denúncia, sendo a Guarda Municipal acionada e efetuando a prisão. Não é a primeira vez que o mesmo teria sido preso por tentativa de estupro de vulnerável.

Em 1992, ele praticou atos parecidos e foi detido. Em 2012, foi acusado de assediar uma adolescente de 14 anos e em fevereiro de 2015 havia sido detido, também sob a acusação de estar se masturbando em frente a três crianças, com idades entre 05 e 06 anos. O crime aconteceu no bairro Dona Lica (clique na imagem abaixo e reveja a matéria completa).


O Guarda Municipal Jonathan falou sobre o episódio, citando que o mesmo, por pouco, não foi linchado.

“Tivemos que conversar com algumas pessoas que já estavam com os ânimos exaltados para tentar agredi-lo porque, infelizmente, o Estado deixa a gente, como autoridade, ter que proteger a vida desse cabra safado, desse bandido. Tivemos que tirar ele rapidamente do local” – disse.

O mesmo foi conduzido ao presídio do município.

Blog do Ney Lima 

Jovem tenta recuperar revólver jogado antes de abordagem e acaba preso


Fotos: Fernando Lagosta

Nesta segunda-feira (29) foi divulgada a prisão do jovem Lucas Alan da Silva Alves de Melo (21 anos).

De acordo com as informações da polícia, ao realizar uma operação de abordagem em um bar no distrito de São Domingos, de Brejo, foi visto que um jovem teria se desfeito de um objeto inicialmente não identificado, jogando-o para fora do estabelecimento.

Após a operação de abordagem, foi localizada uma revista no local onde ele teria jogado o objeto, sendo que fora encontrado um revólver calibre 38, com quatro munições.

Uma outra operação foi montada, dessa vez para tentar pegar quem estaria com a arma. Policiais então se esconderam e esperaram, até que Alan voltou para pegar a arma, sendo dada voz de prisão em flagrante.


O mesmo tentou fugir, mas foi alcançado. O caso parou na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe.


Blog do Ney Lima 

Assaltantes atacam feirantes e comerciantes na zona brejeira



Mais de 10 veículos foram parados e o prejuízo pode passar dos R$ 15 mil

Cidadãos que estavam se deslocando de diversos sítios da zona rural do Brejo da Madre de Deus, para fazerem a feira livre na sede do município, foram alvos de bandidos na manhã do sábado (27).

De acordo com informações colhidas por nossa reportagem, era por volta das 7h quando três elementos que estavam com camisas amarradas na cabeça para esconder os rostos, armados com espingarda calibre 12 e revolveres, começaram abordar os Toyotas que estavam descendo com os feirantes. O assalto aconteceu na estrada vicinal próximo ao sítio São Gonçalo.

Segundo uma das vítimas, mais de 10 veículos foram parados, além de motoqueiros que estavam passando no momento da ação criminosa e também foram alvos dos elementos. Tudo o que as vítimas tinham de valor, principalmente o dinheiro da feira, foram tomados pelos assaltantes.

Um cidadão que estava com o dinheiro para efetuar o pagamento a um fornecedor no centro da cidade, contou que os assaltantes levaram uma grande quantia em dinheiro.

“O dinheiro que eu estava para fazer o pagamento ao fornecedor para poder pegar mais mercadoria, eles levaram tudo. Só de uma pessoa eles tomaram R$ 3 mil reais. Acredito que no geral os assaltantes conseguiram levar uns R$ 15 mil reais”, contou o cidadão que é dono de um bar na zona brejeira.

As vítimas chegaram à cidade bastante abaladas e sem nem um real para fazerem a feira para passar a semana. 

Os moradores da zona brejeira estão com medo e afirmam que os assaltos acontecem frenquentemente naquela região. Eles cobram mais segurança e ação preventiva das autoridades.

Do Estação Notícias