sábado, 14 de maio de 2016

Colisão entre carro e moto deixa homem ferido em Santa Cruz


No fim da tarde dessa sexta-feira (13) mais um acidente de trânsito foi registrado nas ruas de Santa Cruz do Capibaribe. Desta vez, o fato aconteceu no cruzamento entre a Avenida Bela Vista e o término da Cabo Otávio Aragão. Mais precisamente no semáforo do popular ‘bar do arrumadinho’.

De acordo com as informações apuradas no local, houve um choque entre um carro de passeio, modelo Fiant Punto cinza, e placa KHB 5451 e uma moto Honda CG vermelha, de placa PFZ 0862.

Com o impacto, o motociclista Carlos Antônio da Silva, 31 anos, sofreu ferimentos nas pernas. Uma equipe do SAMU realizou os primeiros atendimentos e encaminhou o mesmo para o Hospital Raymundo Francelino Aragão.


Já o motorista do carro, identificado por Alessandro Moises Gonçalves Feitosa, 26 anos, não sofreu fraturas.

De acordo com a Guarda Municipal, que fez o isolamento da área do acidente e apurou informações de testemunhas, não foi possível precisar qual dos condutores teria avançado o sinal vermelho e provocado o caso.


Blog do Ney Lima Fotos: Thonny Hill.



"Pernambuqueiro" ameaça a Frente Popular em Pernambuco


247 - A formação ministerial do governo do presidente em exercício Michel Temer deverá alterar o cenário político em Pernambuco. A ida de quatro pernambucanos para a Esplanada – apelidado de "pernambuquério" – acendeu a luz de alerta no PSB, hoje praticamente hegemônico no Estado e mais especialmente na Região Metropolitana do Recife (RMR) e ameça a Frente Popular, formada por diversos partidos.

A ida dos pernambucanos Mendonça Filho (DEM), Raul Jungmann (PPS), Bruno Araújo (PSDB) e Fernando Filho (PSB), para as pastas de Educação e Cultura, Defesa, Cidades e Minas e Energia, fortalece o desejo dos partidos – que até o momento integram a base aliada do PSB em Pernambuco e na RMR de lançarem projetos próprios para as próximas eleições.

Nesta linha, o primeiro sinal de debandada começou há poucos dias, quando o PSDB e o DEM entregaram os cargos que ocupavam na administração estadual, quando as especulações sobre quem ocuparia os ministérios ainda estavam sendo travadas. No Recife, a situação também preocupa o prefeito Geraldo Júlio (PSB), que tenta a reeleição.

Dentro do PSDB o deputado federal Daniel Coelho vem tentando viabilizar sua candidatura em oposição ao socialista. No DEM, a deputada estadual Priscila Krause é quem vem se movimentando para pavimentar a sua candidatura.

Dentro do PSB a situação também é considerada desconfortável. Fernando Filho foi alçado à condição de ministro sem a anuência do governador Paulo Câmara (PSB) e de Geraldo Julio. Câmara, que é vice-presidente nacional da legenda chegou a divulgar uma nota na manhã desta quinta-feira afirmando que o PSB não iria chancelar ou indicar nomes para o ministério de Michel Temer. À tarde, porém Fernando Filho foi confirmado na pasta de Minas e Energia. Pouco depois a bancada do PSB na Câmara Federal emitiu uma nota dando "apoio incondicional" ao novo ministro.

"Desconforto cria. Punição cabe à Executiva Nacional se pronunciar. Evidentemente que, como filiado ao partido, eu tenho que respeitar as decisões do partido. É importante que todos os filiados respeitem", disse o governador. Um outro entrave está junto ao senador Fernando Bezerra Coelho, pai do novo ministro. FBC, que possui uma forte presença e influência no Sertão do Estado, já havia demonstrado fortes sinais de irritação quando a legenda anunciou que não iria participar diretamente do novo governo.