quinta-feira, 17 de abril de 2014

Os peixes da discórdia.


Nesta quinta-feira recebi varias ligações sobre os peixes que foram entregue pela prefeitura, como é feito todos os anos. Pela entrega eu parabenizo, mais pela conduta que foi tomada eu critico, ouvir relatos de pessoas que tinha a senha e não receberam os peixes, tudo porque as pessoas que estavam em frente do Clube Municipal para receber com suas senhas adquiridas, não conseguiram seu objetivo, por conta que outras pessoas estavam por traz do referido estabelecimento recebendo sem senhas, e sem falar que tinha casa com duas ou três senha que receberam os peixes.  

Opinião do Blog

Já que era para as pessoas que tinha senhas, acho que devia ter coerência entregar as referidas pessoas, não por cara ou por votarem no candidato e sim pelos direitos adquiridos, por exemplo, as referidas senhas. 

Collar Blog Jataúba News..

Ai dança viu!!!

Aécio lidera corrida entre eleitores de nível superior



Valor.

A presidente Dilma Rousseff (PT) é a candidata favorita em praticamente todas as regiões e segmentos da sociedade analisados pela mais recente pesquisa Vox Populi/CartaCapital, menos entre os eleitores com ensino superior. Conforme dados divulgados nesta quinta-feira (17), nesse universo, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) surge como o candidato favorito, com 25% dos votos, contra 22% de Dilma.

Como a margem de erro é de 2,1%, para mais ou para menos, os pré-candidatos estão tecnicamente empatados nessa faixa.
Para a pesquisa, o Vox Populi ouviu 2,2 mil eleitores entre os dias 6 e 8 de abril, em 161 municípios.

Entre os eleitores que estudaram até o ensino fundamental, Dilma soma 49% das intenções de voto, contra 13% de Aécio e 5% do ex-governador Eduardo Campos (PSB).

Aécio cresce à medida que aumenta o nível de escolaridade e a renda dos eleitores. Entre quem ganha até dois salários mínimos, o tucano é o preferido de 11%, contra 50% da petista. Entre quem ganha entre dois e cinco salários, o tucano salta para 18% (contra 36% de Dilma) e, entre quem ganha mais de cinco salários, para 24% (contra 26% da petista).

Terceiro colocado, com 8% das intenções de voto, Eduardo também apresentou melhor desempenho entre os eleitores mais ricos ou escolarizados. Ele chega a 12% entre quem tem ensino superior e ganha mais de cinco salários.

Nordeste – De acordo com a pesquisa, Dilma Rousseff, líder na corrida pela reeleição com 40% das intenções de voto, cresce 15% entre eleitores do Nordeste, mas somaria menos pontos do que os adversários no Sudeste, o maior colégio eleitoral do país.

Enquanto em todo o país a presidente tem uma vantagem de 14% em relação à soma dos opositores – Aécio Neves (PSDB) tem 16%, Eduardo Campos (PSB) 8% e Everaldo Pereira (PSC) 2% –, no Nordeste a distancia chega a 37%. Na região, o ex-governador Eduardo Campos soma 11% das intenções de voto – dentro da margem de erro, é praticamente o mesmo desempenho registrado na média nacional.

Segundo colocado nas pesquisas, Aécio Neves registra o seu melhor desempenho no Sudeste: 23% (contra 31% de Dilma, 7% de Eduardo e 2% de Everaldo). Em compensação, no Nordeste o tucano soma apenas 6%. Somados, Eduardo e Aécio teriam 17% dos votos, contra 55% de Dilma - mais que o triplo dos votos dos rivais somados.

O Sudeste é também onde se concentra o maior número de eleitores dispostos a votar em branco ou nulo: 18%.
Escrito por Magno Martins

Imagens capitadas pelas lentes do Jataúba News de evento Jataúba para Cristo.
















Governo minimiza hipótese de racionamento de energia



Reuters.

O Governo Federal não vê necessidade de racionamento de energia e não vai iniciar uma campanha para economia de energia porque considera que a situação de atendimento da demanda neste ano é administrável, informaram analistas do Credit Suisse em relatório, após reunião com autoridades na quarta-feira (16).

O Credit mencionou em relatório que, segundo o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, é possível operar as fontes de fornecimento de energia com menos restrições com as quais normalmente se opera, se o cenário hidrológico exigir.

"Como exemplos, ele observou que o ONS é capaz de reduzir os fluxos de água em algumas bacias utilizadas para o transporte (Tietê-Paraná), juntamente com menores restrições de reservatórios em algumas regiões que são usados como fontes para a irrigação, sem impactar as condições econômicas e de vida nessas áreas", escreveram os analistas.

Chipp também teria mencionado entre eventos dos próximos meses que colaborarão para o nível das represas das hidrelétricas do país a possibilidade de ocorrência de um fenômeno El Niño com menos intensidade em breve e as expectativas de temperaturas no Sul e Sudeste do Brasil menores que as médias nas próximas semanas.

Os analistas do Credit acrescentaram que acreditam que o governo não deverá tomar novas medidas para apoiar o setor pelos próximos meses além do leilão A-0 e da captação de recursos pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). "Como resultado, investidores devem esperar continuar vendo volatilidade na performance no setor", escreveram.

Analistas ainda esperam que os preços de energia de curto prazo se mantenham em níveis máximos nos próximos meses.

Escrito por Magno Martins

Imagens capitadas pelas lentes do Jataúba News de evento Jataúba para Cristo.











Ibope: Dilma cai de 40% para 37%



Reuters.

As intenções de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) caíram de 40%, em março, para 37%, em abril, mas a presidente ainda seria reeleita no primeiro turno, de acordo com pesquisa Ibope publicada nesta quinta-feira (17). A pesquisa aponta a vitória de Dilma no primeiro turno das eleições de outubro em dois cenários, seja com o ex-governador Eduardo Campos (PSB) ou com a ex-senadora Marina Silva (PSB).

Com Eduardo como candidato, Dilma teria 37%, contra 14% do senador mineiro Aécio Neves (PSDB) e 6% para o ex-governador. Brancos e nulos somaram 24%.

A sondagem aponta que Dilma manteria os 37% e Aécio os 14% em um cenário em que Marina encabeça a chapa no lugar de Eduardo. Nesse caso, Marina, que foi terceira colocada na eleição presidencial de 2010, aparece com 10% das intenções. Brancos e nulos somaram 23%.

A pesquisa Ibope entrevistou 2002 pessoas em 140 municípios entre os dias 10 e 14 deste mês. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais.
Escrito por Magno Martins

Jataúba para Cristo.



Nesta quarta-feira à noite em Jataúba, foi uma noite de louvor com a presença do cantor Welington Camargo, segundo o pastor Joanes Silva, tivemos aproximadamente Três Mil pessoas em praça pública. 

Deu para ver no semblante das pessoas a alegria e a emoção , onde estiveram presente Católicos e Evangélicos, todos unidos em um só termo, em busca de louvar a nosso senhor Deus.   

























Collar Blog Jataúba News

Em Santa Cruz: Dimas Dantas fala de suposto esquema de boicote por pessoas ligadas ao governo, críticas a Edson Vieira, pré-candidatura e conflito de interesses na nomeação do novo Secretário de Educação

Foto: Alberes Xavier.

Em entrevista concedida na Rádio Filadélfia FM, o vice-prefeito Dimas Dantas (PP), ao longo de mais de duas horas, fez diversas revelações de bastidores na primeira participação em uma emissora de rádio após o anúncio de sua saída da Secretaria de Educação.

Entre as revelações polêmicas ao radialista Alberes Xavier e sua equipe, na Rádio Filadélfia FM, estão um suposto esquema de boicote por parte de pessoas do governo as ações da Secretaria de Educação, a imposição quanto ao nome de Alessandra Vieira pelo prefeito, o cartão vermelho a José Augusto Maia e o conflito de interesses em relação a nomeação de Joselito Pedro.

Confira os principais pontos da entrevista:

Críticas aos prefeitos da região

Nesse ponto, Dimas citou que há uma falta de contato entre os prefeitos, cujas cidades têm na confecção a sua base econômica e se mostrou preocupado com o anúncio do novo parque de feiras em Caruaru.

“Eu nunca vi os prefeitos dessa região conversarem. Parece que eles são inimigos, que disputam “não sei o que” quando, na verdade, os municípios têm interesses próprios, mas existem os interesses de coletivo da região. É preciso um trabalho com toda a região, independente de grupos e facções. Vamos proteger essa região porque se observa que o crescimento de Caruaru é irreversível, mas corremos o risco de ter as nossas cidades esvaziadas”.

Imposição do nome de Alessandra Vieira por parte do prefeito

Já sobre a decisão de Edson Vieira (PSDB) em pedir seu cargo de secretário de Educação, Dimas afirmou:

“Hoje, estou no grupo e o prefeito acaba de me tirar também. Eu saí, mas era “ou sai ou eu lhe tiro”… Então, me deixa sair antes do que (você) me tirar, porque (Edson) impõe a esposa para ser candidata (a federal) e eu digo que não voto. Não tem homem no mundo que me faça votar uma coisa que eu entenda que não interessa a sociedade”, frisou, citando que a sociedade não deveria ser manipulada pelas lideranças vermelhas e azuis.

Ainda na entrevista, Dimas citou que um dos motivos para manter seu apoio a Da Fonte (PP) é a força que ele tem em Brasília, frente a outros deputados que tem apoio no município.

Esquema de boicote as suas ações como secretário por pessoas ligadas ao governo

O vice-prefeito afirmou que, quando a Secretaria de Educação realizava ações ou eventos, praticamente ninguém ligado ao governo comparecia, incluindo-se a maioria dos vereadores da base aliada.

Como exemplo, Dimas citou os diversos encontros realizados com alunos e pais (projeto Secretaria Itinerante) nas escolas ao longo dos oito meses em que ficou a frente da pasta.

Indagado se haveria uma estratégia no governo para bloquear suas ações, Dimas ficou cauteloso nas palavras, mas não descartou a existência de tal possibilidade.

“Tudo isso era uma maneira de mostrar que eu estava isolado, mas eu repito: não sei se era uma orientação, mas a verdade é que não comparecia… Parece que de fato, assim, havia…” uma operação contra Dimas, indagou Alberes Xavier; Dimas concordou.

Em outro momento mais adiante, Dimas citou que não só os fatores “Alessandra Vieira” e “Eduardo da Fonte” foram culminantes a sua saída, mas que o destaque ganho pela Secretaria teria incomodado “lideranças forjadas” dentro do próprio governo.

“Ele não pensou na sociedade de Santa Cruz, ele pensou na questão política”

.

Dimas falou o que pensa do Sindicato dos Professores, afirmando que a entidade defende apenas o interesse da classe e não da educação como um todo no município e, quando o assunto foi o prefeito, veio o desabafo:

“Saio com a sensação do dever cumprido, frustrado porque não queria sair (da secretaria). Pedi para sair para não ser botado para fora e lamento a atitude do prefeito porque, sinceramente, eu tenho certeza que ele não pensou na sociedade de Santa Cruz, ele pensou na questão política. Lamentável, porque eu sempre disse nas escolas: ‘Enquanto eu for secretário, não tem mais política partidária, tem política educacional’, mas fui uma voz quase pregando no deserto”, concluiu.

Um recado às pré-candidaturas de Alessandra Vieira e José Augusto Maia

Sobre este ponto, Dimas citou que o projeto de José Augusto Maia (PROS) merecia um “cartão vermelho”, já que seu mandato não teria se refletido em benefícios para o município e para a região.

Já em relação à Alessandra, Dimas foi mais além: colocou a vereadora Narah Leandro (PSB) como a escolha de um nome feminino para o grupo e completou:

“O prefeito não conversou com ninguém sobre isso (da candidatura de Alessandra). Disse que foi a Recife, que o governador (na época Eduardo Campos (PSB) queria que ela fosse candidata e, de uma certa forma, disse que quem não apoiá-la, tem que sair do governo. Eu me assustei porque não consigo entender um “poder com dono”. Eu entendo o poder na democracia quando ele representa o interesse da população. Alessandra, para mim, nem candidata deveria ser, com todo respeito. Se era para lançar uma mulher como o governador queria, porque não lançou Narah?!”, frisou.

Dimas disse que não concordaria que nomes técnicos (como o de Paulo Câmara) fossem candidatos e sim, um político.

Sua pré-candidatura a estadual

Dimas voltou a afirmar que seu pedido de exoneração da Secretaria de Educação foi de maneira forçada e que, para não perder o último trunfo que restava, a possibilidade de ser pré-candidato, teve que fazê-lo para não ser exonerado pelo próprio prefeito na semana seguinte.

O vice-prefeito citou que sua candidatura será levada adiante se ele perceber que terá alguma utilidade e que, em até 15 dias, deve anunciar sua decisão.

Dimas reafirmou que Santa Cruz do Capibaribe não teve nenhum deputado com força para ter sua presença sentida no estado, incluindo-se Augustinho Rufino, Oseas Moraes, Toinho do Pará (PHS) e o próprio Edson Vieira (PSDB).

“Nenhum conseguiu fazer com que o governo sentisse como o pessoal de Petrolina faz, de Caruaru, fazer com que o governo entenda”, concluiu.

Força de Luciano Bezerra e Priscilla Ferreira na prefeitura

Dimas citou que tanto Luciano (secretário de Planejamento e Gestão) como Priscilla (Chefa de Gabinete do prefeito) possuem um espaço muito grande no governo

O vice-prefeito afirmou que várias secretarias no atual governo são de pessoas ligadas a ambos, dando a entender que esse tipo de posicionamento não faria bem a atual gestão.

Indicação de Joselito Pedro a frente da Secretaria de Educação seria um conflito de interesses

“Vou falar com a visão pública. Eu vejo um conflito de interesses. Agora eu vou devolver a pergunta: “Você é dono de uma escola privada e vai ser Secretário de Educação… Você teria interesse de fortalecer a Educação Pública que você sabe que, se essa educação se fortalecer, tende as pessoas da sua escola migrarem para se matricular no setor público… Você vai fechar sua escola?”. Eu acho que há um conflito de interesses nisso. Se eu fosse prefeito, eu nomearia ele como secretario por ele ser proprietário de uma escola privada, não por falta de capacidade, mas porque são dois interesses conflitantes: se eu fortalecer a escola pública, qual o pai que vai pagar por uma escola privada se ele tem uma escola pública de qualidade?! Ele não vai fazer isso”, frisou.

Iniciado "tapa-buracos" na PE-160




O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) concedeu entrevista ao programa “Nordeste em Foco” desta quarta-feira (16) e falou do início da operação “tapa-buracos” no trecho da PE-160 que liga o distrito norte-taquaritinguense de Pão de Açúcar a Santa Cruz do Capibaribe.

“Há alguns dias vínhamos trabalhando nos bastidores para que esse serviço tivesse inicio o quanto antes. O piso estava em péssima condição e o serviço era necessário”, afirmou.

O deputado falou também sobre a obra da duplicação da PE-160, prevista para começar nas próximas semanas. “A previsão é de que a empresa vencedora da licitação monte o alojamento dos trabalhadores já no próximo mês e depois disso terão início as obras, que nós tanto esperamos e que o nosso povo merece”, falou o deputado.

Assessoria 

Hoje o dia de festa é deles!!! Parabéns!!!


Hevelany Sousa 



Renata Kedna 


Inácia Joseane 


Henrique Fúria   

Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.

Que seu coração, esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para mim.

Felicidades pelo seu aniversário. Desejos do Blog Jataúba News

Hoje quem estar de idade novo é o colunista do Blog Marcelo de Oliveira Neto.


Hoje você inicia uma nova jornada, e nesse momento de alegria por você estar completando mais um ano de vida, quero te dizer que tenho muito orgulho em compartilhar da sua amizade.

Parabéns meu amigo, feliz aniversário.

Hoje e sempre, você merece muitos abraços e homenagens.
Que Deus, nosso Pai, ilumine ainda mais seu caminho, para que possa conquistar todos os seus sonhos. Quero também te agradecer, por tudo o que tem feito para que a nossa amizade fique cada vez melhor.

Parabéns Desejos do Blog Jataúba News.