quarta-feira, 19 de março de 2014


AME de Santa Cruz do Capibaribe comemora primeiro ano de existência com mais de 47 mil atendimentos


Um ano depois de inaugurado, o Ambulatório Médico Especializado (AME) de Santa Cruz do Capibaribe já fez mais de 47 mil atendimentos. O balanço total mostra que a população passou a ter mais acesso aos especialistas e a exames em Santa Cruz do Capibaribe, sem precisar se deslocar para outros municípios. 


O AME foi inaugurado oficialmente no dia 8 de março do ano passado pelo prefeito Edson Vieira (PSDB). Os atendimentos foram: 18.411 consultas com médicos especialistas em diferentes áreas. Foram realizados 611 exames de endoscopia. O número de atendimentos com nutricionista e psicólogo chegou a 7.814. No AME também foram feitos 14.855 atendimentos de fisioterapia, 3.758 exames de ultra-sonografia e 2.208 eletrocardiograma.


As especialidades atendidas são ginecologia, obstetrícia, pediatria, pneumologia, psiquiatria, cardiologia, dermatologia, mastologia, perícia médica, neurologia, USG, endoscopia, cirurgia geral, psicologia, nutrição, fonoaudiologia, fisioterapia, clínico geral, endocrinologia, pequenas cirurgias.


Já entre os exames disponíveis, estão endoscopia, eletrocardiograma e ultrassonografia. Entre os principais atendimentos estão a fisioterapia, com 14.855 atendimentos. Para o prefeito Edson Veira (PSDB) o AME foi um avanço resultado de investimentos na saúde pública. “Em menos de três meses de nossa gestão, conseguimos inaugurar o primeiro AME, agora, estamos construindo mais uma, o AME infantil, que vai melhor atender as nossas crianças, tudo que puder fazer para melhorar a saúde da população vou fazer. Estou feliz porque sei do dever cumprido, e vamos aqui celebrar o primeiro ano dessa conquista para o povo de Santa Cruz do Capibaribe”, concluiu o prefeito.




Informações da Assessoria 

Olha ai!! Evaldo Souza dando uma espiadinha nas paginas do Jataúba News

Confirmado: Alessandra Vieira vai disputar vaga na Câmara dos Deputados



A primeira dama de Santa Cruz do Capibaribe, Alessandra Vieira (PSB), vai mesmo disputar uma vaga na Câmara dos Deputados na eleição deste ano. A confirmação aconteceu nesta quarta-feira (19), durante uma reunião de lideranças políticas de Santa Cruz do Capibaribe com o governador Eduardo Campos (PSB).

Candidatura será firme e com possibilidade real de vitória

O Blog do Ney Lima teve acesso, com exclusividade, aos detalhes da reunião que confirmou a candidatura de Alessandra Vieira para deputada federal.

Uma fonte revelou ao blog que a candidatura atende a um desejo do governador Eduardo Campos, mas terá a estrutura necessária para viabilizar uma possível confirmação do mandato nas urnas.

Poucos detalhes ficaram para ser acertados nos próximos dias.

De acordo com Diogo Moraes, projeção de votos para Alessandra em Santa Cruz é entre 18 e 22 mil

Durante a reunião, o deputado estadual Diogo Moraes fez uma projeção do potencial de votos de Alessandra Viera em Santa Cruz do Capibaribe. O deputado expôs ao governador que a candidata poderá ter entre 18 e 22 mil votos no município.

A alta partida de votos no município é importante para que a eleição seja consagrada com articulações que deverão ser feitas em outras partes do estado.

Candidatura de Alessandra deve tirar votos de José Augusto Maia

A estratégia do PSB é tirar votos de candidato a deputado federal pelo PTB em Santa Cruz do Capibaribe, José Augusto Maia.

Na tese defendida pelo grupo político aliado de Eduardo Campos na cidade, o petebista não ultrapassará os 15 mil votos no município, devido ao confronto com Alessandra Vieira que também levantará a bandeira de ser “filha da terra”.

Em audiência da Comissão de Minas e Energia, secretário não responde sobre aumento na conta de luz em 2015



O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmerann, não respondeu ao questionamento direto sobre quanto irá aumentar a conta de luz do brasileiro em 2015 por conta das medidas do governo para conter a atual crise geral do setor.

Em audiência pública realizada na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, na manhã desta quarta-feira (19), Zimmermann era pressionado pelos democratas Mendonça Filho (PE) e Rodrigo Maia (RJ), que insistiam no questionamento direto, quando o presidente do colegiado Geraldo Thadeu (PSD-MG) resolveu abruptamente encerrar a audiência.

“Infelizmente acontece e é natural o deputado querer puxar o saco do governo e não entender que são poderes harmônicos, mas independente. Mas o mais grave é o secretário não ter respondido uma pergunta básica: qual é o impacto nas nossas contas dessa transferência de recursos que vai chegar a R$ 20 bilhões no final do ano e que o governo está tendo que transferir para os distribuidores de energia? Quando apresentaram a medida provisória para reduzir artificialmente as tarifas no ano passado, eles divulgaram em cadeia nacional. O que nós querermos saber agora, que estamos em ano eleitoral, é se o governo vai dar a informação correta novamente”, criticou Rodrigo Maia.

Em sua tergiversação, o secretário tentou argumentar que o fim do contrato de concessão de duas usinas geradoras que serão revertidas para a União atenuarão o aumento na conta. Mas, ao ser questionado pelo líder democrata Mendonça Filho se ele asseguraria isso, o secretário não respondeu.

“Infelizmente vossa excelência comanda a área de maior fracasso no governo da presidente Dilma. É lamentável que ela, que tem a sua história vinculada com uma suposta competência na área de estrutura e energia tenha um fracasso tão retumbante durante seu governo. A tentativa da presidenta em executar uma política populista no sistema energético resultou nas consequências que estamos vivendo hoje”, definiu Mendonça.

Mais cedo, o deputado Mandetta (Democratas-MS) também indagou o secretário sobre o fato de o governo tentar controlar o preço final da energia com aportes de recursos do Tesouro e do endividamento das companhias distribuidoras. “Os consumidores estão se endividando, é isso?”, questionou o democrata que também ressaltou a falta de transparência do governo em relação aos custos do socorro oferecido ao setor.

Informações da Assessoria.

Agora vai!!! Droga no Congresso!!!


Jean Wyllys apresenta projeto de lei para legalizar a maconha

Ele defende ainda uma fiscalização para dar qualidade à droga

O deputado e ativista gay Jean Wyllys informou nesta quarta-feira (19) que vai protocolar na Câmara um projeto de lei para regulamentar a produção e a comercialização de maconha. Segundo ele, a ideia é torná-la uma droga lícita, como o álcool e o tabaco. “[O projeto] descriminaliza a posse de qualquer tipo de droga para consumo pessoal e o auto cultivo, dispõe sobre as políticas de redução de danos e faz outras importantes mudanças na política de drogas do Brasil”, disse.

Segundo o parlamentar, a apresentação do projeto é um ato de “coragem” que vai mudar o país. Para ele, é preciso “reconhecer que a política de ‘guerra às drogas’ é um fracasso e só produz violência, morte e criminalização da pobreza”. “Existe, por um lado, uma legislação que proíbe a maconha e as outras drogas, cuja ineficácia prática é incontestável, e por outro lado, todo um sistema de produção e comercialização que funciona, sem qualquer impedimento, no mundo real”, justifica. “Cada pessoa que é presa ou executada sem direito de defesa pela polícia ou por uma facção rival — quase sempre pobres, favelados e na maioria dos casos jovens e negros; quase sempre aqueles que têm a menor responsabilidade e os menores lucros, na ponta — é substituída por outra e o tráfico ilegal continua”, completou.

Jean Wyllys defende ainda a fiscalização da qualidade da droga que é vendida, que – de acordo com ele – hoje não se adequa a nenhuma norma e, além disso, não traz informações relevantes para a saúde do “consumidor”. “Não há restrições à venda que impeçam o acesso dos menores de idade a esse comércio ilegal — seja como compradores, seja como vendedores ou ‘soldados’ do tráfico. Está tudo errado!”, afirma o deputado. “ Outros países têm mudado e o Brasil também precisa mudar”, conclui.

Cláudio Humberto

Ypiranga enfrenta o Vitória querendo assegurar vaga na elite


O time do Ypiranga faz o jogo mais importante da temporada nesta quarta-feira (19). A Máquina enfrenta o Vitória, já rebaixado, no Otávio Limeira Alves, podendo se garantir a permanência na elite do futebol estadual em 2015.

A Máquina de Costura está na quarta posição do Hexagonal da Permanência, com 11 pontos. A pontuação é a mesma do América, que está em terceiro por ter uma vitória a mais (3x2). O Tricolor das Tabocas é o sexto, com quatro, e já não tem mais chance de permanecer na elite.

Para garantir uma vaga no Estadual da próxima temporada, o Ypiranga precisa vencer o Vitória e torcer por uma derrota do Chã Grande diante do Pesqueira. Ou até empatar e o Chã Grande perder.

Os dois times já se enfrentaram três vezes nesta temporada. O Ypiranga venceu duas vezes, por 2x0 e 1x0, enquanto o Vitória triunfou em uma oportunidade, por 2x1.

Arbitragem definida:

Para o último confronto do Ypiranga dentro de casa em 2014 o dono do apito será Tiago Nascimento, auxiliado por Bruno Cesar Alcântara e Arquimedes Alves Pereira, o quarto árbitro será Ronaldo Deyvson Gomes de Lima.
Blog do Anderson Melo

Coluna do dia


Diogo [NO AR] - o deputado estadual Diogo Moraes falou na manhã de hoje no programa Opinião, na Comunidade FM. Ele falou sobre a situação da PE 160. “Não será mais feita a operação tapa-buracos, como havia sido dito e sim um trabalho para recuperar todo o trecho que liga Pão de Açúcar a Santa Cruz do Capibaribe”. 

O prazo - segundo Diogo, a previsão é de que os serviços de requalificação da PE sejam iniciados dentro de 20 dias, no máximo.

A duplicação - o deputado falou também da duplicação da PE, outra demanda da região. “Apenas uma empresa foi pré-selecionada no processo licitatório para a obra de duplicação da PE-160. Trata-se da empresa baiana SVC, a mesma que fez a duplicação da BR 408. Dentro de alguns dias será assinada a ordem de serviço para que, enfim, comece a obra”.

Previsão - “O transtorno de hoje será a melhoria do futuro”, disse Diogo, ao se referir ao período em que a obra será executada.

Projeto estadual - o socialista falou ainda sobre as especulações em torno de uma possível candidatura sua a Câmara Federal. “Eu tenho uma candidatura a deputado estadual consolidada como uma das mais importantes para o partido, por isso trabalho para renovar meu mandato e assim ajudar Paulo Câmara na ALEPE”.


E Alessandra? - sobre a possibilidade de Alessandra Vieira ser candidata a deputada, Diogo afirmou que tudo depende de uma estratégia que viabilize o nome dela. “O que poderá acontecer é a candidatura de Alessandra Vieira, desde que haja a viabilização desse projeto diante da conjuntura política do estado e diante o governo do estado”.

Elogios - para finalizar, Diogo elogiou Dimas Dantas e seu perfil político. “Dimas é um grande companheiro, que tem suas convicções e sua forma de fazer política”.

Respaldada - quem também falou da possível candidatura de Alessandra Vieira foi o secretário de planejamento e gestão, Luciano Bezerra. Em entrevista ao programa “Nordeste em Foco” ele ressaltou pontos que reforçam o projeto político da socialista. “Alessandra Vieira tem o respaldo da cidade, das cidades circunvizinhas e do grupo para disputar a sua candidatura a deputada, por isso acredito no projeto e acho que ele seja viável”.

A data - segundo informações de bastidores, nesta quarta-feira poderá ser anunciado se Alessandra será ou não candidata a federal. Façam suas apostas...


O apoio - o vereador santa-cruzense Ernesto Maia postou em suas redes sociais na tarde de hoje uma foto ao lado da vereadora jataubense Vanessa. Ela e seu esposo Maviael apoiarão Ernesto e de quebra o nome de Armando Monteiro para o governo do estado.

Já era previsto - há algumas semanas várias especulações davam conta do rompimento de Vanessa com o grupo político de Mamão, líder da oposição de Jataúba, fato que se concretiza a partir de agora com o anúncio de adesão as candidaturas de Ernesto e Armando.

Os números - em 2012, na última eleição municipal, Vanessa obteve 546 votos, ficando em sétimo lugar no ranking dos mais votados.


Olha ele aí... - e quem reapareceu na mídia nesta terça-feira foi o ex-prefeito Toinho do Pará. Em entrevista a Polo FM ele falou sobre assuntos relacionados a eleição de outubro e por incrível que possa parecer, se mostrou indeciso em relação a vários temas.

Ô máquina! - Toinho ainda não sabe em quem vai votar ara governador do estado. “Ainda não sei para quem será o meu apoio para governador, estou esperando todas as definições para que assim, possa tomar minha decisão”.

Tem base? - se achando a última bolacha do pacote, ele disse que pretende se reunir nos próximos dias com Eduardo Campos e Armando Monteiro, para só aí, decidir que será “agraciado” com o seu apoio político. Durma, com uma bronca dessas...

César Mello do Blog Direto ao Ponto 

Clássico das Multidões vale vaga na final


O Santa Cruz fez seu último treino antes do clássico com o apoio da torcida. O Sport também. O técnico da Cobra Coral não confirmou o time que começa jogando. Mesma postura adotada pelo Leão. Vica quer mudar o mínimo possível na equipe. Eduardo Baptista idem. Tudo igual nos preparativos para o Clássico das Multidões. Mas só nos preparativos. Tricolores e rubro-negros vivem momentos distintos dentro e fora de campo. O Santa precisa fazer tudo que não fez nos primeiro dois embates contra os leoninos: gols. Assim, no plural. Ao Sport, basta repetir a regularidade passada para chegar à final do Nordestão. O confronto desta quarta (19) será às 22h, no Arruda.

No primeiro jogo da semifinal, o Leão venceu por 2×0, gols de Neto Baiano e Felipe Azevedo. Um empate ou derrota por um gol de diferença dá a vaga ao Rubro-negro. O mesmo placar da primeira partida, com o Santa vencedor, leva o duelo para as penalidades. Vitória por mais de dois gols de diferença coloca o Tricolor na decisão do regional.

O pedido do técnico Vica foi simples: calma. “Precisamos de 90 minutos equilibrados. Não adianta entrar desorganizado, querendo atacar de qualquer maneira. Aprendemos o que deu certo e errado nos dois primeiros jogos e sabemos os cuidados que precisamos tomar. Falei para os jogadores que devemos ter calma e não desespero”, revelou Vica.

Pelo lado leonino, a ordem é esquecer a vantagem. Sim: esquecer. Para o comandante Eduardo Baptista, o 2×0 aplicado dentro de casa pode fazer o time entrar na indesejável zona de conforto. O histórico recente mostra o quanto isso é perigoso. O atacante Felipe Azevedo lembra da derrota para o Náutico na primeira fase da Copa Sul-Americana, no ano passado. “O jogo serve de alerta, sim. A gente tinha feito o placar dentro de casa e acabou sendo surpreendido fora. Ainda bem que contamos com Magrão, que pegou os pênaltis e nos classificamos. Tomara que não precise chegar a esse ponto”, disse.

Em relação ao time, há duas dúvidas. A maior delas é na cabeça da área. Sem Ewerton Páscoa, suspenso, o favorito para ocupar o lugar seria Wendel. Mas, com uma virose, o jogador só subiu ao gramado no fim da movimentação de ontem. A tendência, no entanto, é que ele seja confirmado. Caso contrário, Rithely deve ser o escolhido. A outra interrogação reside no setor ofensivo. Ananias está machucado. Em seu lugar, provavelmente entra Érico Júnior, embora Baptista não tenha confirmado. As outras opções são os velozes Bruninho e Sandrinho.

FICHA DE JOGO:

Santa Cruz

Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Nininho; Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Raul (Jefferson Maranhão) e Carlos Alberto; Flávio Caça-rato e Léo Gamalho. Técnico: Vica

Sport

Magrão; Patric, Durval, Ferron e Renê; Rodrigo Mancha, Wendel (Rithely), Aílton, Érico Júnior (Sandrinho) e Felipe Azevedo; Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista



Local: Arruda (Recife/PE).

Horário: 22h. Árbitro: Sandro Meira Ricci. Assistentes: Albino Andrade Albert Junior e Ricardo Bezerra Chianca. Ingressos: R$ 40 (arquibancada inferior), R$ 15 (arquibancada superior) e R$ 20 (sócio e estudante). Transmissão TV: Globo e Esporte Interativo.

João Lyra quer agenda com Dilma



João Lyra já conversou com a Caixa Econômica sobre as obras do PAC no Estado (Foto: Hesíodo Góes/ArquivoFolha)

Faltando duas semanas para assumir o comando do Governo do Estado, o vice-governador João Lyra Neto (PSB) mergulha nos números estaduais para preparar a transição do governo. Após assumir a administração estadual, no dia 4 de abril, o socialista estaria esperando uma conversa com a presidente Dilma Rousseff (PT) para avaliar o andamento das parcerias do Estado com a União. A expectativa é que, com a saída de cerca de oito chefes do Executivo estadual para disputar as eleições, os administradores que forem assumir o governo sejam convocados para um diálogo.

Um dos principais objetivos seria debater a situação dos convênios firmados. Atualmente, o gestor está verificando o andamento das parcerias e levantando se há alguma atrasada. João Lyra já teve uma reunião com representantes da Caixa Econômica para verificar o andamento de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Pernambuco. O vice-governador teria marcado outro encontro para tratar do assunto.

O socialista ainda estaria na expectativa se haverá uma revisão do Programa de Reestruturação e Ajuste Fiscal (PAF). Em 2012, o Ministério da Fazenda revisou o programa de 21 estados, permitindo que eles aumentassem seus gastos em R$ 58,3 bilhões.

O gestor está na reta final de reuniões com setores do secretariado estadual. A expectativa é que o processo seja finalizado na última semana do mês. O socialista já se reuniu comas secretarias das Cidades, Educação, Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico, Planejamento, Fazenda e Administração e com a Controladoria. Na última sexta-feira, João Lyra conversou, por duas horas e meia, com o governador Eduardo Campos (PSB).

Além do balanço das ações da administração estadual, João Lyra terá que definir as alterações no secretariado. Até o momento, a avaliação é que serão feitas em torno de dez mudanças de auxiliares que vão se dedicar a outras atividades nas eleições de outubro. As modificações atingem as pastas de Comunicação (Evaldo Costa), Casa Civil (Tadeu Alencar), Casa Militar (Mário Cavalcanti), Fazenda (Paulo Câmara), Cidades (Danilo Cabral), Ciência e Tecnologia (Marcelino Granja), Meio Ambiente (Sérgio Xavier), Agricultura (Aldo Santos), Governo (Milton Coelho) e Gabinete do governador (Renato Thièbaut).

Por Carol Brito
Da Folha de Pernambuco

Aécio seduz FHC: tê-lo como vice seria "honra"



Presidenciável do PSDB, o senador Aécio Neves confirmou definitivamente sua estratégia de usar a imagem do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na sua campanha deste ano; e sem cerimônia: o líder tucano pode ser, inclusive, o candidato a vice na chapa encabeçada por Aécio; nesta terça (18), em conversa com jornalistas, o senador disse que seria uma honra dividir o palanque com o ex-presidente; "Há um engajamento cada vez maior do presidente Fernando Henrique na campanha", afirmou; embora já tenha dito que não deseja disputar mandato, FHC, cujo legado foi ocultado pelo PSDB nas últimas três eleições presidenciais, mudará de ideia e atenderá o apelo do amigo? 

 Embora o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tenha dito que não tem interesse em disputar novo cargo eletivo (leia mais aqui), o presidenciável do PSDB, o senador Aécio Neves, disse nesta terça-feira (18) que seria "uma honra" tê-lo como vice-presidente em sua chapa nas eleições deste ano. Embora negocie com o DEM a indicação do vice, ele não descarta uma chapa puro-sangue.

Apesar de não confirmar essa possibilidade, Aécio disse que o ex-presidente terá "destaque" na campanha do PSDB à Presidência. Aécio disse que o partido vai definir em maio o nome que vai disputar a vice-presidência, depois de conversas com o DEM e o Solidariedade –dois partidos aliados do PSDB na corrida presidencial. "Há um engajamento cada vez maior do presidente Fernando Henrique na campanha, mas isso não se cogita, pelo menos por enquanto", disse.

Ele afirmou também que FHC é uma figura de "influência" no cenário eleitoral, por isso sua intenção é tê-lo presente na campanha com destaque aos feitos do seu governo. O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), ligado ao ex-governador José Serra, é visto como opção para vice.

Fonte 247 -

Campos acusa governo Dilma de "surdez"



Para o governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB), gestão petista "passa a impressão de que não gosta de ouvir"; “As pessoas não querem mais aquele Estado pesado, que sabe tudo e impõe regras. É preciso ter ouvido e, muitas vezes, o governo passa a impressão de que não gosta de ouvir, e ouvir é um talento também", disse; Campos também criticou a falta de transparência do governo Dilma e os problemas do setor elétrico

 O governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB) voltou a bater no governo da presidente Dilma Rousseff (PT), que deverá ser candidata à reeleição, ao qualificar a sua gestão de “surda” em relação a escutar os anseios da população e pelo fato de não aceitar críticas. Para o governador, a gestão petista “passa a impressão de que não gosta de ouvir”.

“As pessoas não querem mais aquele Estado pesado, que sabe tudo e impõe regras. É preciso ter ouvido e muitas vezes, o governo passa a impressão de que não gosta de ouvir, E ouvir é um talento também. Tem gente que tem talento para tocar um instrumento, para escrever. E tem gente que tem e não tem talento para ouvir. É preciso ter neste instante a capacidade de fazer uma ausculta para que não fique aquele ambiente onde o país vai encurtando”, disse Campos, nesta terça-feira (18), ao participar de um evento promovido pela revista Carta Capital, em São Paulo.

Campos também criticou a falta de transparência do Governo Federal e as dificuldades do setor elétrico nacional. “Outra coisa é a transparência. Falar a verdade. As pessoas estão querendo ouvir a verdade. Não querem ouvir o chamado “embromation”. Todo mundo sabe que tem problemas no setor elétrico. E todos nós brasileiros, que é governo e que não é governo tem que ajudar a resolver o problema. Não dá pra ficar colocando o problema para debaixo do tapete. Ou vamos ter um tapete com três metros de altura.

As críticas ao setor elétrico estão ligados aos alertas sobre um possível risco de racionamento em função dos baixos índices nos reservatórios das usinas hidrelétricas e sobre os subsídios anunciados pelo Governo Federal para auxiliar o setor.

Pernambuco 247 -

As bem aventuranças


A palavra grega traduzida por "bem-aventurado" significa "bem-estar e prosperidade espiritual". É uma palavra que se refere à alegria profunda da alma. Aqueles que experimentam a primeira parte de uma bem-aventurança (os pobres, os que choram, os mansos, os com fome de justiça, os misericordiosos, os puros, os pacíficos e os perseguidos) também experimentarão a segunda parte da bem-aventurança (reino dos céus, conforto, herdarão a terra, saciados, misericórdia, verão a Deus, chamados filhos de Deus, herdarão o reino dos céus). Os bem-aventurados têm uma parte na salvação e têm entrado no reino de Deus, experimentando um pouco do céu. Uma outra possível versão de cada bem-aventurança é uma exclamação de "Oh, quão felizes os..." registrada no evangelho de Mateus capitulo 5 e Lucas capitulo 6 em seu sermão Jesus frisa alguns aspectos importantes daqueles que pra Ele seria ou são bem-aventurados.


> Os humildes de espírito – A humildade de espírito consiste em um reconhecimento da nossa condição pecadora diante de Deus procando um arrependimento em nossos corações.
> Os que choram – Jesus aqui descreve que aqueles que choram serão consolados, o choro transfigura-se como um dos estágios do reconhecimento da impossibilidade humana.
> Os mansos – Nesse contexto mansidão se atribui ao indivíduo que se permite ser corrigido por Deus através do Espírito Santo.
> Os que tem fome e sede de justiça – Aqueles que esperam ou que tem sede na justiça de Deus jamais sofrerão qualquer tipo de decepção, pois Ele é justo e fiel.
> Os misericórdiosos – Vivemos em mundo cheio de injustiças mas aquele que usa de misericórdia para com o seu próximo sempre alcança a misericórdia de Deus.
> Os limpos de Coração – São aqueles nos quais Deus na sua oniciência não encontra em seu coração a maldade, a mentira, a falsidade, etc.
> Os pacificadores – São aqueles que não semeiam a ira, aqueles que promovem a paz no meio em que vivem.
> Os perseguidos – Quantos não sofrem perseguição por ser cristãos, muitas das vezes por fazer aquilo que Jesus mais ensinou, o bem, mas Jesus por sua justiça está sempre ao lado daqueles que sofrem por amor a Ele.

As bem-aventuranças descrevem o discípulo ideal e sua recompensa tanto no presente quanto no futuro. A pessoa que Jesus descreve nesta passagem tem uma qualidade diferente em seu caráter e estilo de vida daqueles que ainda estão "fora do reino". Como uma forma literária, a bem-aventurança também é encontrada no Antigo Testamento, especialmente nos Salmos (1:1; 34:8; 65:4; 128:1) e em outros lugares no Novo Testamento (João 20:29; 14:22; Tiago 1:12, Apocalipse 14:13). Seja também um bem-aventurado, pratique os ensinamentos de Cristo e com certeza sua vida será diferente, leia a Bíblia diariamente e você verá que seus dias serão melhores, e a justiça, a misericórdia, o perdão, e a as mãos de Deus estarão sobre a sua vida.



Colunistas Presbítero José Sebastião

Obrigado, Jataúba e Região.

Hoje o dia de festa é deles!!! Parabéns!!!


Jose dos Santos 


Carlinhos da Cohab 


Gabriela Souza 


Jandira Barreto 

Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados. 

Desejos do Blog Jataúba News.

FHC é cotado como vice de Aécio

Foto: Iano Andrade/CB/D.A Press/Arquivo

A escolha sobre o melhor nome para ocupar a chapa do senador Aécio Neves (PSDB), pré-candidato ao Palácio do Planalto, pode estar se encaminhando para escalar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O nome do tucano começa a ganhar força depois que FHC teria dito a amigos que, se fosse convidado, aceitaria o convite. Os tucanos se animaram com pesquisas qualitativas do instituto Sensus que mostrariam recuperação da imagem de FHC, principalmente em São Paulo, estado-chave na eleição.

O antigo marqueteiro de Aécio, Renato Pereira, se posicionou contra a volta do ex-presidente e se desentendeu com o pré-candidato. Ele se encontrou com o governador Eduardo Campos (PSB) na última sexta-feira (14) pela primeira vez para discutir uma possível parceria, mas a mesma não avançou. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (18) na coluna Painel na Folha de S. Paulo. 

Possibilidades
Nomes como o da ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Ellen Gracie e do presidente da Casa, Joaquim Barbosa, além de um candidato do Democratas, já foram ventilados como possíveis candidatos a vice na chapa do senador tucano. Nenhuma prosperou. O DEM inclusive, deseja que o candidato a vice seja um nordestino para assim fechar apoio ao tucano no que diz respeito a sucessão presidencial. O certo é que o PSDB não deseja o caminho de uma aliança partidária, mostrando que o principal objetivo não é ganhar mais tempo de televisão.

Diário de pernambuco 

Oposição é necessária e natural


O mundo é formado por forças opostas, que são opostas, mas que são necessárias para a existência da vida, para a existência de ambas as forças, por exemplo: o frio é oposto ao calor, mas um depende do outro para existir, sem o frio não saberíamos o que seria o calor. Este exemplo você pode estender para os diversos segmentos da sociedade. 

Só há crescimento humano quando há oposição de idéias, discussões, críticas, quem tem receio ou medo disto, na verdade é um ser com medo de si, pois um bom adversário é um adversário competente, e é em um embate que surge o forte e desaparece o fraco, e se ambos forem fortes, um vai tirar do outro o melhor que o outro possui, isto acontece quando este embate é feito por grandes homens, pois o trapaceiro é um fraco, sem capacidade, e o mundo precisa de pessoas fortes. 

Esta é uma das razões para o mundo não estar bem, pois muitos trapaceiros, corruptos, conseguem chegar ao poder, a ter status, e ao chegarem ao poder a ordem natural se inverte, ou seja, um forte não está no poder, mas um fraco, consequentemente, teremos países, estados, cidades, mal governados, ou governados de forma errada, não se resolvendo assim os verdadeiros problemas.

Certamente você já ouviu a frase: "O mal se destrói por si", a questão que eu coloco a respeito desta frase, não é nada relacionado ao bem e o mal, mas o fato de algumas pessoas que ocupam cargos importantes, seja no meio político, artístico, esportista, empresarial, tentar exterminar o opositor, tentativa esta que na minha opinião é em vão, além de ser um sinal de fraqueza, pois forças contrárias sempre irão existir, e se você extingui o seu opositor, ele surgirá do seu lado.

Os grandes homens adoram o seu opositor, pois é ele quem ajuda você a não cair, a estar sempre atento, é quem te faz crescer, pois ele diferentemente dos "babões" te apontará mesmo que de forma raivosa o teu defeito, enquanto que o "babão" esconde eles.

Oposição é necessária e natural, quem não sabe viver com isto, vive em um mundo antinatural e irreal.

Texto Bhira Mariano

Collar Blog Jataúba News

Professores de Jataúba unidos em protestos em Caruaru.



Professores de Jataúba estiveram presentes nos protestos em Caruaru onde os educadores de mais de 10 cidades do Estado percorre as principais ruas da referida cidade, neste dia 18 de março de 2014, assumindo a luta por uma política de valorização do magistério, através da greve geral da Educação Básica pública do País. 


Uma das principais bandeiras levantadas pela classe dos professores tanto de Jataúba quanto das demais cidades é o não repasse dos recursos do PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO que em 2013 foi reajustado em 7,97% não repassado aqui no município de Jataúba. 


Em 2014 o repasse do Governo Federal foi de 8,32% porém nenhum dos reajustes foi repassado pelo prefeito Antônio de Roque, gerando assim insatisfação nos profissionais do nosso município. Se os recursos são destinados aos profissionais do magistério e a Lei é bastante clara, porque os prefeitos não pagam?





















Assessoria do sinproja