domingo, 16 de junho de 2013

Marina faz apelo para atingir 800 mil assinaturas e criar a Rede



A marca de 500 mil assinaturas coletadas para a criação do partido Rede Sustentabilidade foi celebrada ontem pela ex-senadora Marina Silva (sem partido), que participou de um evento simbólico, em São Paulo, com militantes e fundadores da legenda. Ela ignorou a iminente derrota no Supremo Tribunal Federal (STF) — que deve liberar nesta semana a retomada da tramitação do projeto de lei que dificulta a viabilidade da Rede — e fez um discurso otimista, para motivar os simpatizantes a conseguirem alcançar a marca de 800 mil assinaturas.

O objetivo de Marina é obter o registro da sigla no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em agosto, a tempo de registrar seu nome para disputar as eleições presidenciais do ano que vem. Para estar apta a concorrer no pleito de 2014, a legenda precisa ser oficialmente criada até o começo de outubro. Em 2010, a ex-senadora, filiada ao Partido Verde (PV), obteve uma expressiva votação no primeiro turno. Ela ficou em terceiro lugar, atrás de Dilma Rousseff e de José Serra, com expressivos 19,6 milhões de votos (19,33% do total apurado). (Com informações de Diego Abreu - Correio Braziliense) Continue lendo a matéria completa.

Dilma é vaiada na abertura da Copa das Confederações




Presidente não conseguiu esconder o constrangimento pelas vaias (Foto: Internet)

A presidente Dilma Rousseff (PT) não conseguiu esconder o constrangimento durante a abertura da Copa das Confederações, na tarde deste sábado (15), na Arena Mané Garrincha, em Brasília.

Ao declarar aberta a Copa das Confederações 2013, o público presente ao estádio vaiou a presidente que visivelmente ‘engoliu seco’. Sem esperar essa reação, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, pediu respeito à presidente e também não foi poupado pela torcida brasileira.

Opinião do blog :

 Pessoas que vaiaram Dilma são pessoas que num depende dela são pessoas que podem pagar por um ingresso de 350,00 400,00 600´00 700´00  por isso tem esse tipo de reação ate por que quem tava ali assistindo não era moradores de minha casa minha vida num era pessoas que vivem do bolsa família por isso.  

    Se Eduardo se candidatar em 2014, Lula volta em 2018




    Ex-presidente teria mandado recado para governador de PE(Foto: Roberto Stuckert/Instituto Cidadania)

    O ex-presidente Lula (PT) mandou um duro recado para Eduardo Campos (PSB). De acordo com uma nota publicada na coluna de Tiago Patury, de Época, o ex-presidente teria dito que “se Campos disputar o Planalto com a presidente Dilma Rousseff, ele poderá dar o troco e se candidatar ao mesmo cargo em 2018”.

    Mesmo com poucas chances nas eleições de 2014, Campos pretende concorrer porque ganhará mais músculos para tentar novamente em 2018. Com Lula na disputa, a chance do socialista estaria praticamente reduzida a zero, acreditam os petistas.

    Informações de bastidores dão conta que Lula ainda acredita que Campos pode apoiar a reeleição de Dilma.