sexta-feira, 21 de junho de 2019

Até onde vai a criminalidade?: Mulher é morta por levar doce em vez de salgado a festa junina

Foto: Reprodução/Facebook

Uma dona de casa de 25 anos foi assassinada com três tiros no rosto pelo fato de ter levado um bolo em uma festa junina. O crime ocorreu na noite do último dia 15 em Sete Barras (203 km de SP).

Segundo a polícia, Vanderléia Inácio dos Santos teria combinado de levar salgados ao evento. Porém, acabou levando um bolo, o que provocou uma discussão com o acusado pelo crime, um homem de 47 anos.

Ambos discutiram em um bar, segundo uma testemunha disse à polícia. Após o entrevero, o acusado foi até seu carro, pegou uma arma de fogo e atirou em Vanderléia. O homicídio ocorreu na frente dos quatro filhos da vítima. As crianças contam com 8, 6 e 4 anos, além de um bebê de 10 meses. O atirador fugiu em seguida.

O acusado se apresentou à polícia na quarta-feira (19). Ele não foi preso, pois o limite de tempo para sua prisão em flagrante já havia sido ultrapassado.

O caso foi registrado como homicídio qualificado na delegacia da cidade.

Informações Diário de Pernambuco

O vereador Zuza do Jacu falou sobre sua aderência ao grupo da terceira via.


Nesta sexta-feira 21, o vereador Zuza do Jacu falou sobre sua aderência ao grupo da terceira via liderado por Val Boy, para o vereador foi um momento de difícil decisão, pois havia muita coisa em jogo, mais depois de sentar e conversar com a sua família, ele se sentiu seguro para enfrentar esta nova luta.

"Após a poeira ter baixado, eu tenho plena certeza que tomei a decisão correta, era esperado a resistência de alguns eleitores, mas que no tempo certo eles vão ver que esta atitude que tomei foi para o bem de cada um, se fiz isso foi pensando no povo". Frisou

O vereador destacou que ainda continua o mesmo Zuza, o oposicionista que sempre foi e que sempre lutou pelo o direito dos Jataubenses.

"Quero dizer a meus eleitores que, eu sou o mesmo Zuza do Jacu, não sai da oposição de forma alguma, eu apenas aderi há um grupo que hoje pode medir força frente a frente com este que está no poder, por isso peço aquele que sempre me acompanhou entenda, pois volto a frisar, o que fiz foi para o bem de Jataúba, o bem do nosso povo". Relatou

Durante a entrevista, o vereador Zuza falou como foi seu encontro com o líder Val Boy.

"Durante estes anos na política, ouvi falar muito da pessoa de Val Boy, mas não o conhecia pessoalmente, após ser apresentado ao mesmo, pude ver que se trata de um homem integro, um cara impar, com uma atenção para com o próximo de forma espetacular, sem falar que a sua esposa também é uma senhora muito atenciosa. Como diz o ditado popular, a impressão foi a primeira que ficou, fiquei muito feliz de ter sido tão abraçado pelo líder Val Boy e seu grupo". Afirmou 

Para finalizar Zuza falou sobre o deputado Diogo Moraes e Fábio Mamão, o qual foi liderado por muitos anos.

"Com relação ao deputado Diogo Moraes eu já tinha sinalizado a Fábio Mamão, pois o deputado foi uma das peças chave para que o grupo boca de porco fosse fragilizado nas últimas eleições, sei que Diogo Moraes também teve boas ações para o grupo, só que chegou um momento que ficou insustentável para o próprio eleitor, que deram a resposta nas urnas. E sobre Fábio Mamão, eu tenho um carinho muito grande por ele, foi para mim, um dos maiores lideres da oposição de Jataúba, mais devido o cenário em que vivemos hoje, tive que tomar esta decisão, sei que o grupo que hoje faço parte, tem plena convicção de contar com o apoio de Mamão para 2020, onde com certeza iremos trazer o desenvolvimento para nosso município, libertar Jataúba desta prisão, uma prisão que vem escravizando nosso povo há mais de vinte anos". Finalizou 


Collar Blog Jataúba News