domingo, 29 de abril de 2018


Assaltante que residia em Santa Cruz é morto após confronto com policiais


Na manhã deste domingo (29) foi morto um jovem, com várias passagens pela polícia, e que residia em Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com as informações iniciais repassadas pela Polícia Militar, Isaías Luiz da Silva Bezerra (“Pituca”, de 27 anos) teria sido morto após confronto com policiais depois de ter praticado um assalto a um mercado no bairro Agamenon Magalhães, em Caruaru.

Ele chegou a ser levado para o Hospital Regional do Agreste, porém já chegou sem vida. Uma criança de 10 anos chegou a ser baleada por ele após o assalto e foi levada para o Hospital Regional do Agreste. Seu quadro de saúde ainda não foi informado.

Blog do Ney Lima

Jovem executado em São Domingos pode ter sido assassinado por engano, diz policial civil


Na madrugada deste domingo, foram reveladas novas informações associadas ao homicídio praticado onde estava acontecendo uma festa de noivado, no distrito de São Domingos, de Brejo.

Fabiano Raimundo da Silva (25 anos, conhecido por “Camelin”) foi assassinado em frente a uma quadra poliesportiva onde acontecia uma festa de noivado. Ele era um dos convidados da festa e, quando estava do lado de fora, foi surpreendido pelo assassino, que se aproximou e efetuou vários disparos.

Ele foi atingido no rosto, nas costelas, no peito e nas costas, morrendo no local. Depois do crime, o assassino fugiu, usando um carro de passeio modelo gol, de cor prata.


Polícia divulga retrato do suspeito de cometer assassinato

O suspeito de ter cometido o homicídio, identificado por “Cristian” ou “Cri”, teve seu rosto divulgado pela pela polícia e, de acordo com o policial civil Marcelo Malhas, que esteve na ocorrência, investigações iniciais apontam que a vítima pode ter sido assassinada por engano. O alvo seria outra pessoa que também estava na festa.


O policial citou que, mais cedo, teria havido uma confusão entre participantes no começo da festa logo em seu início e, após um tempo, Fabiano teria sido confundido com a pessoa que teria provocado a primeira confusão, onde o assassino teria feito ameaças e buscado uma arma de fogo.

“Temos boas informações sobre isso, mas vamos resguardar para poder passar a delegacia de homicídios” – disse.

Fabiano era muito conhecido do casal de noivos e Marcelo citou que, todas as versões de depoimentos apurados, apontam para os fatos já citados. O policial citou ainda que pessoas que estavam na festa podem ajudar nas investigações, inclusive repassando informações de forma anônima.

O telefone para envio de denúncias é (81) 9-9488-7349.

Blog do Ney Lima