sexta-feira, 22 de março de 2013

Datafolha: Dilma 58%, Marina 16%, Aécio 10%, Eduardo 6%


A presidente Dilma Rousseff lidera a mais nova pesquisa Datafolha de intenções de voto para a Presidência da República. Se a eleição fosse hoje, a petista teria 58%, seguida pela ex-senadora Marina Silva, que tenta viabilizar sua própria sigla, a Rede, com 16%.

Logo atrás estão o senador Aécio Neves (PSDB-MG), com 10%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), que aparece com 6% das intenções de voto. Neste cenário, 6% declararam voto nulo ou em branco,

Na pesquisa anterior, realizada em dezembro do ano passado, Dilma tinha 54%, Marina aparecia com 18%, Aécio, 12%, e Campos, 4%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 21 de março e ouviu 2.653 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

(Folha de S.Paulo - Leandro Colon)

Furibinha na luta por nossa terrinha, a nossa jataúba.




Dessa vez na última sexta feira fui à Recife na Presidência da Compesa cobrar mais carros pipas para abastecer nossa Cidade, que conta apenas com 1 caminhão para toda a população, na oportunidade falei com Djalma Souto Maior, Secretário Geral da Presidência  o mesmo me garantiu que vai tomar as devidas providencias para aliviar o sofrimento de nossa gente. de lá me dirigi à secretaria de transporte para cobrar respostas dos inúmeros requerimentos que encaminhei solicitando sinalização e lombadas na PE 145 e 160 principalmente no perímetro urbano de Jataúba. Um abraço a todos do Companheiro de Sempre  A LUTA CONTINUA!
  

Jataúba News

Paratletas representarão Santa Cruz em competição no Amazonas




Foto: Ney Lima (arquivo).

Uma equipe formada por nove paratletas participará da etapa regional do norte-nordeste para o Circuito Brasileiro Paraolímpico. A eliminatória será disputada na cidade de Manaus (AM) e os integrantes participarão nas modalidades de natação, halterofilismo e atletismo.

As disputas serão em caráter eliminatório e os competidores já viajaram nesta quinta-feira (21).

Entre os competidores está o paratleta Renê Romualdo, tricampeão brasileiro de atletismo nos anos de 2009 a 2011, onde participará das provas de 100 e 200 metros rasos.

A equipe é treinada pelo fisiculturista e professor Aroldo José, que dá total suporte na preparação física e profissional dos jovens.

Para custear as despesas, os paratletas contam com o apoio da prefeitura municipal, do Ypiranga, da Academia Snake Gym, da Rota do Mar e do Moda Center.

O evento esportivo, que é promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), acontecerá entre os dias 22 a 24 de março.

Ney lima

Qual será o dia da próxima?

Leitor atendo manda Email para o blog reclamando da posição do presidente da câmara de vereadores de jataúba. onde desta fez ele  mudou o horário de reunião desta quinta 21\03\2013 para manha ele relata que ao chegar na câmara a noite ele teve uma surpresa achando as portas fechadas foi que auguem lhe informou que a reunião tinha sido pela manhã.
 Frase do leitor "Qual motivo será esta constante mudança pra população não assistir e verem que nada ta sendo feito pela nossa cidade".

Cuidado: Facebook deixa você depressivo.




Pura inveja. Você vai fuçar na vida alheia e descobre que seu ex-chefe, aquele mala, está deférias em Cancún. E o cara mais chato da faculdade conseguiu o emprego dos seus sonhos. Pior: postaram fotos, com a felicidade estampada na cara. E você ali, estagnado no trabalho, sem um centavo para viajar. O cotovelo coça. Todo mundo parece mais feliz do que você. Pobrecito…


Não se preocupe. Isso parece acontecer com a maioria das pessoas que acessa o Facebook com frequência. Os sociólogos Hui-Tzu Grace Chou e Nicholas Edge, da Universidade Utah Valley, conversaram com 425 estudantes sobre a vida: se estavam felizes ou não com o rumo das coisas, e se os amigos pareciam felizes. Também disseram quanto concordavam com expressões como “a vida é justa” ou “muitos dos meus amigos têm uma vida melhor que a minha”. Aí então contaram quantos amigos cada um tinha no Facebook e quanto tempo passava online – a média foi de 5 horas por semana.


E concluíram: quanto mais horas uma pessoa passa no Facebook, maior a chance de achar que avida dos outros anda melhor. Isso acontecia ainda mais quando as pessoas não conheciam muito bem os contatos do Facebook.


A explicação é fácil. Ninguém (ou quase ninguém) posta fotos tristes no Facebook. É só alegria – mesmo se a viagem for um fracasso e o trabalho uma furada. Só que daí, do outro lado da tela, tudo parece perfeito. Menos a sua vida, real e completa, com dias bons e ruins.

Vereadora faz requerimentos para melhora limpeza da cidade.

 

Na reunião de ontem da câmara de vereadores de jataúba a vereadora  Vanessa fez um requerimento pedindo para que fosse colocados em lugares específicos das ruas da cidade uma lixeira  para que tornasse a cidade mais limpa. Frase da vereadora "Não desmerecendo o trabalho dos garis e que veem sendo cumprindo com sua funções como deveria ser feito e sim pra dar mais limpeza a cidade.

“Pesquisa não assusta o PSB”


Os índices de avaliação positivos da presidente Dilma Rousseff (PT), sobretudo no Nordeste, uma área de influência do PSB, não intimidarão os socialistas. Um dos interlocutores do governador Eduardo Campos (PSB), o líder do partido na Câmara Federal, deputado Beto Albuquerque (RS), afirmou que esse não é um motivo de preocupação na legenda. Segundo ele, é natural que a petista tenha esse grau de avaliação, já que ela está à frente do Governo. “De jeito nenhum esse resultado nos assusta. Ela tem as mensagens na televisão, tem a caneta na mão e isso é natural”, alfinetou o deputado. Recentemente, a presidente fez dois anúncios em rede nacional, comunicando a diminuição do preço da conta de energia, além da desoneração da cesta básica.
Deputado gaúcho compara números obtidos pela presidente e pelo governador (Foto: José Cruz/ABr)
Segundo Beto Albuquerque, a preocupação do PSB não é exatamente se o Governo está se saindo bem ou não, mas a intenção é apresentar um projeto que ofereça algo melhor ao Brasil. Esse discurso, inclusive, foi usado pelo governador esta semana, quando afirmou que a presidente poderia ter feito mais pelo País. “Queremos um debate real. Será que está se fazendo o máximo ou dá para fazer mais?”, questionou. O socialista frisou que a possível candidatura de Eduardo Campos é um anseio oriundo de diversos segmentos da sociedade.
Socialistas próximos ao governador ainda alegam que os índices registrados na última pesquisa de avaliação de Dilma não incomodam Eduardo Campos porque essa não é uma sondagem de intenção de voto, conforme as que costumam ser feitas no período eleitoral, onde os demais postulantes aparecem como opções. Logo após o resultado desta pesquisa, Eduardo Campos mostrou-se indiferente com os números. O governador disse que os índices são os mesmo constatados nas últimas avaliações.
Beto Albuquerque ainda ironizou a passagem de Dilma Rousseff por Pernambuco, justamente no momento em que ela aparece com a sua melhor avaliação no Nordeste. “Será um prazer recebê-la no estado que elegeu o governador Eduardo Campos com 83% dos votos e que tem uma ótima aprovação”, alfinetou. O governador também tem índices positivos da sua gestão, ultrapassando, muitas vezes os 90% de aprovação. Enquanto Eduardo tenta ampliar seu projeto no sul e Sudeste, a presidente segue o caminho inverso. Dilma tem intensificado suas visitas à região nordestina para frear a inserção do PSB, que tem quatro governadores. Além de Eduardo Campos, a legenda governa o Ceará (Cid Gomes), Paraíba (Ricardo Coutinho) e Piauí (Wilson Martins).

    Em tempos de crise, deputados aumentam mordomias

    Integrantes da cúpula da Câmara definiram nesta quinta-feira (21) que o aumento da chamada cota mensal de atividades parlamentares será de 12,72%. O reajuste deve gerar um gasto a mais de R$ 22,6 milhões por ano com os parlamentares, segundo a Folhaonline
    Também ficou definido que o auxílio-moradia pago aos deputados será reajustado em 26,6%, passando dos atuais R$ 3.000 mensais para R$ 3.800. O gasto anual estimado com o aumento do benefício é de R$ 1,5 milhão.
    As medidas foram anunciadas ontem pela Mesa Diretora da Câmara, mas sem os valores dos reajustes. A Câmara chegou a divulgar, em nota enviada à imprensa nesta quinta-feira, valores menores do reajuste, mas corrigiu em seguida.
    No caso do auxílio-moradia, o benefício não era reajustado desde 1996. Atualmente, 207 dos 513 deputados recebem o recurso. Os demais moram em apartamentos funcionais em Brasília.
    Andre Borges/Folhapress
    Plenário da Câmara lotado durante votação sobre royalties no fim do ano passado; deputados terão reajuste para gastos com viagens, telefone, postagens, etc
    Plenário da Câmara lotado durante votação no fim do ano passado; deputados terão reajuste para gastos com viagens e telefone
    Já o chamado "cotão", como é conhecido, foi adotado em 2009 e é utilizado para pagar despesas como passagens aéreas, telefone, serviços postais, assinatura de publicações, combustíveis e lubrificantes, entre outros gastos. Desde então, ele não foi reajustado.
    O valor de cada deputado varia de Estado para Estado, principalmente, em razão do preço das passagens aéreas.
    Ontem após reunião dos membros da Mesa Diretora, o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), determinou que a área técnica definisse um índice de reajuste para os dois benefícios, o que foi feito hoje.
    Esses valores deverão fazer parte de um ato interno da Casa e aprovado pelos integrantes da Mesa Diretora.
    Além do aumento do valor do "cotão", a Casa prevê a criação de 44 cargos de indicação política e 15 funções, espécie de gratificação cedidas aos servidores que atuam em áreas de chefia.
    A criação dos cargos vai gerar um custo de R$ 7 milhões em 2013 e R$ 8,9 milhões em 2014.
    ECONOMIA
    Em contrapartida, a Casa prevê a redução de gastos de R$ 12,6 milhões por ano com a limitação do pagamento do 14 e15 salários e R$ 24 milhões com a implantação de novas regras para o pagamento de horas extra que deverá entrar em vigor em maio.
    De acordo com os cálculos da direção, as medidas devem produzir uma economia de R$ 19 milhões por ano.

    Cuidado com ele!


     

    Joaquim Barbosa não perdoa. Sua imagem cresce a cada dia, não obstante a indignação do segmento atingido. Não está em seus planos, ele até se irrita quando ouve que daria trabalho aos concorrentes, caso se candidatasse à presidência da República, em 2014. Poderia até vencer. Quando aparece em público, em restaurantes ou salas de espetáculo musical, é vivamente aplaudido.

    Ainda na terça-feira, em reunião do Conselho Nacional de Justiça, que preside, não teve meias palavras quando se discutiam medidas para punir um juiz acusado de corrupção. Dependesse dele e o Judiciário játeria recebido inesquecível vassourada, de repercussão superior às condenações no processo do mensalão. É o perfil que ampla maioria do eleitorado gostaria de escolher. Cuidado com ele... (Carlos Chagas)

    Serra: ''Candidatura de Eduardo é boa para o Brasil''


     

    Um dos principais nomes do PSDB, o ex-governador José Serra disse ontem à Folha de S.Paulo que a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência da República nas eleições de 2014 seria 'boa para o Brasil e boa para a política'.

    Serra, que tem evitado discutir em público o cenário político nacional e concorreu duas vezes ao Planalto por seu partido, deu a declaração ao confirmar que se reuniu com Campos na última sexta-feira, em sua casa, na capital paulista. A assessoria de Eduardo Campos disse que se tratou de 'uma conversa sobre o Brasil'. A versão do ex-governador de São Paulo vai na mesma linha. 'Foi uma conversa cordial sobre o Brasil, a política e a economia', disse Serra.

    O tucano negou que, durante o encontro, Campos tenha falado sobre sua candidatura presidencial ou discutido alianças eleitorais. Serra disse que, 'apesar do distanciamento político', foi muito amigo do avô de Eduardo Campos, o governador Miguel Arraes (1916-2005), e que recebeu abrigo da família em Paris na ditadura militar, quando os dois estavam exilados.

    A aproximação de Serra e Campos ocorre num momento em que a cúpula do PSDB trabalha para viabilizar a candidatura do senador mineiro Aécio Neves. Seus aliados veem como maior obstáculo ao projeto a falta de unidade na sigla em torno do senador. (Folha de S.Paulo - Daniela Lima)

    Eduardo teria oferecido a vice a Serra. Aliados negam




    De acordo com fontes próximas ao ex-governador José Serra, o tucano recebeu o convite para ser vice em uma eventual chapa presidencial encabeçada por Campos, mas ele não cogita essa hipótese. A assessoria do pessebista negou o encontro. “Ele não tem perfil para ser vice nem no PSDB, muito menos numa chapa de outra legenda”, diz um aliado de Serra. Uma das hipóteses para Serra deixar o PSDB seria aceitar o convite de setores do PPS para integrar essa legenda.

    O PPS estuda uma fusão com o PMN e correligionários dessas siglas gostariam de ter Serra ou numa disputa nacional ou até mesmo na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes, num confronto com o atual governador, Geraldo Alckmin (PSDB) e servindo de plataforma para a eventual candidatura presidencial do governador Eduardo Campos. Mesmo essa hipótese é rechaçada por pessoas próximas a Serra, que apostam que ele lutará “até as últimas consequências” para garantir um espaço de destaque no PSDB, ou seja, a presidência da legenda. (Da Agência Estado)