sexta-feira, 19 de abril de 2013

Defesa Civil de Caruaru diz que está em alerta



Diante da previsão de mais chuvas até o próximo sábado (20) a Defesa Civil do município permanecerá em alerta, juntamente com as Secretarias de Ação Social, Infraestrutura, Gestão de Serviços Públicos, Saúde e a Destra. A Defesa Civil de Caruaru atendeu quatro ocorrências durante a noite de ontem (18) e nesta madrugada (19). Devido à falta de energia no centro da cidade, ontem de noite, alguns semáforos foram afetados e um acidente foi registrado pela Destra, não houve feridos.

Dominguinhos melhora, sai do CTI e já fica de pé



"Dominguinhos já fica de pé em um aparelho e consegue produzir alguns sons durante o tratamento com a fonoaudióloga", contou a mulher do sanfoneiro, Guadalupe Mendonça, ontem (18), a um portal de notícias especializado em famosos. Segundo ela, o músico já saiu do Centro de Tratamento Intensivo e está em um quarto do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

"Ele já está há quatro meses nesta situação e o tempo total do tratamento deve levar sete anos. É tudo muito cansativo, exaustivo, não é fácil estar no nosso lugar. A sobrecarga para mim é muito grande, estou exaurida, não tenho mais idade para ter energia focada em outras coisas, é tudo para ele. [...] Tem dias que subo na cama com ele e choro, mas Domingos me tranquiliza do jeito dele. Pelo olhar eu já entendo tudo", disse Guadalupe.

Em apenas um mês fazendo inúmeros tratamentos diferentes, Dominguinhos já consegue engolir sozinho e está consciente do que está acontecendo. "O quadro da consciência só melhora. Ele estava em estado de torpor, e quando foi se dando conta das coisas teve uma arritmia, o que já foi normalizado. Por questões emocionais, a glicose também sobe um pouco, o que preocupa por ele ser diabético. Mas os fãs podem ficar tranquilos, ele só melhora a cada dia e é muito forte. Está correndo atrás do prejuízo", garantiu a esposa do sanfoneiro.


magno martins

Mais de 9 mil homens caçam suspeito de atentados em Boston

X

Um exército de mais de 9.000 policiais e soldados, apoiados por tanques e helicópteros, vasculhava a cidade de Boston e seus arredores, em busca do suspeito dos atentados na maratona da cidade, em uma caçada acompanhada ao vivo pelas redes de televisão. Outro suspeito foi morto nesta madrugada durante a operação policial.

Os dois foram identificados como sendo irmãos. O mais novo, Dzhokhar Tsarnaev, continuava a sendo procurado nesta sexta-feira (19) e a ação policial mobilizou um contingente sem precedentes, em uma das maiores cidades do país.

Em Watertown, perto do campus do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Jonathan Crespo assistia em sua televisão ao filme "A hora mais escura", que relata a caçada a Osama Bin Laden pelo serviço secreto americano, quando percebeu a movimentação dos serviços de segurança próximo a sua casa. "Minha noiva pensou ter ouvido carros de polícia, eu achei que ela estivesse sob a influência do filme. Mas, logo em seguida, vi muitos veículos, e ouvi algum tipo de explosão, provavelmente uma granada sonora", contou Jonathan.

Pouco tempo depois, Tamerlane Tsarnaev, o irmão mais velho, de 26 anos, que o FBI havia identificado antes como o "suspeito número um", morreu após um tiroteio com a polícia. Seu irmão Dzhokhar, de 19 anos, ainda está foragido. "Eu fiquei com muito medo. Eu realmente não esperava por isso", declarou Jonathan Crespo.

Fonte: Exame.

Eduardo da Fonte mostra propostas de combate às drogas




Nesta sexta-feira (19), o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) anunciou que vai entregar ao Governo do Estado o “Pauta Pernambuco de Combate às Drogas”, ações emergenciais de enfrentamento à epidemia no Estado. O plano, adaptado à realidade da epidemia em Pernambuco, ganhou em 2011 uma versão nacional: “Pauta Brasil de Combate às Drogas”, entregue à presidenta Dilma Rousseff, ao vice-presidente, Michel Temer, e aos ministros da Saúde e da Justiça.

A proposta influenciou a decisão do Governo Federal de liberar cerca de 130 milhões ao SENAD, Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas para enfrentamento do crack. O Pauta Pernambuco visa, sobretudo, à implantação de políticas efetivas de prevenção e recuperação ao usuário de drogas, como, por exemplo, a inclusão de uma disciplina em escolas públicas e privadas de ensino médio alertando os jovens e as crianças sobre o perigo das drogas assim como a criação de campanhas institucionais permanentes.

“Estamos em guerra contra as drogas e não há mais espaço para retórica. Dados oficiais revelam que o uso de drogas aumenta e o resultado de ações de prevenção é pequeno. É preciso estabelecer políticas públicas sérias”, ressaltou Eduardo da Fonte. De acordo com um levantamento da Confederação Nacional de Municípios, o consumo de crack cresce não só na Região Metropolitana, mas em cidades como São José do Egito, Águas Belas, Serra Talhada, Santa Maria da Boa Vista, Afogados da Ingazeira e Lagoa Grande.


Blog do magno martins 

Escolas públicas brasileiras deverão ter biblioteca até 2020


No Prado, na Zona Oeste do Recife, biblioteca da escola é uma caixa de madeira de 70 cm.

No Jornal do Commercio desta sexta-feira

A Lei Federal n° 12.244, de 2010, diz que as instituições de ensino públicas e privadas de todos os sistemas de ensino do País contarão com bibliotecas até 2020. Será obrigatório um acervo de livros de, no mínimo, um título para cada aluno matriculado.

"O desafio é grande, mas extremamente importante", diz a diretora de Educação e Cultura do Instituto Ecofuturo, Christine Fontelles. A entidade é uma ONG que trabalha em prol da construção coletiva de uma cultura de sustentabilidade.

Trabalhando a favor da lei, o Ecofuturo e outras organizações de incentivo à leitura promovem, desde setembro do ano passado, uma campanha para orientar gestores sobre como acessar recursos públicos para implementar e manter bibliotecas. O Eu Quero Minha Biblioteca já tem parceria com 141 municípios, 152 instituições e 303 parlamentares e mais de um milhão de visualizações em sua página na internet (www.euquerominhabiblioteca.org.br).

"O mundo, hoje, é da informação e não compreender um texto escrito muda completamente a percepção de um indivíduo a respeito do mundo ao seu redor", afirmou Christine. De acordo com ela, a biblioteca escolar é o único espaço de educação e cultura em muitos municípios brasileiros. Por isso, a necessidade de criar esses espaços.

"A partir de experiências positivas, a leitura pode tornar-se objeto de desejo e hábito das pessoas. O exemplo de professores e pais e o acesso a ambientes propícios são fundamentais para isso", concluiu Fontelles.

Centro de Combate à Homofobia preocupado com 11 mortes de homossexuais em Pernambuco, só em 2013

Só nestes primeiros meses de 2013 Pernambuco registrou 11 assassinatos de homossexuais. O Centro Estadual de Combate à Homofobia (CECH) avalia que muitos destes - senão todos - podem ter sido movidos pelo preconceito contra homossexuais, a homofobia. Preocupados, tentarão estreitar diálogos com a Secretaria de Defesa Social (SDS) para formação de policiais.

O destaque negativo dos homicídios é o município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, com maior número de ocorrências. A última vítima foi o ator Marcelo José da Silva, de 39 anos, morto a facadas na praia de Enseada dos Corais.

Ator é encontrado morto na Praia de Enseada dos Corais

Por conta dos números, uma audiência pública será realizada pelo CECH em parceria com a Prefeitura do Cabo e o Fórum LGBT de Pernambuco, para discutir formas de atuação e prevenção a este tipo de violência.

"O CECH acredita na parceria com o movimento LGBT de Pernambuco e o diálogo permanente com o fórum para disseminação da temática na demais regiões do estado", diz o coordenador do centro, o advogado Rhemo Guedes, esperançoso numa conscientização da população.

Formação de Policiais

Um dos trabalhos que pode ajudar no combate à homofobia e detecção de ocorrências é a formação continuada dos policiais acerca da temática e do diálogo com o segmento LGBT. O CECH avalia que o trabalho junto à Secretaria de Defesa Social (SDS) amplia a perspectiva da formação dos policiais nas discussões acerca dos homicídios.

De acordo com o coordenador do CECH, o advogado, Rhemo Guedes, o centro entende os casos como homofobia, por conta da vulnerabilidade LGBT frente ao preconceito e discriminação da sociedade.

"Nas formações com a polícia iremos orientar como dialogar com o segmento no sentido da prevenção e solução dos crimes. A ideia do Centro é atuar na prevenção", diz Rhemo.

A homofobia pode ser apontada como resultado direto da exclusão social e da negação de direitos assegurados à população LGBT, tornando o grupo mais vulnerável a crimes que colocam em risco sua vida e integridade.

Segundo o corrdenador do CECH, o isolamento e invisibilidade da população LGBT representam outros fatores que colocam a vida em risco. "Os homossexuais sentem-se proibidos de exprimir seus sentimentos em público", queixou-se. "Enxergamos a homofobia como um problema público de justiça e cidadania entre sociedade e governos", completou.

Funcionário público de Brejo ameaçou o blogueiro Marcone Moreno



Na ida hoje pela manhã a Brejo da Madre de Deus, apenas um incidente negativo aconteceu antes da coletiva, mas sem conseqüências mais sérias.

Um funcionário público da prefeitura municipal que não foi identificado no momento, nem seu departamento de trabalho, entrou no auditório onde inicialmente ocorreria a coletiva e ameaçou este blogueiro na presença do jornalista Tony Hil que havia viajado junto no mesmo veículo.

Revoltado, o popular afirmou que este blogueiro havia dito no dia anterior no programa Rádio Debate da Polo FM, que o prefeito estava no palanque da festa, afirmando em voz alta que “Depois não se reclame quando a gente fizer alguma coisa”.

Em seguida apenas tornei publico a ameaça, mas por entender de que o clima era de emoção por parte de muitos, e que esta não é a prática do povo de Brejo, não registramos boletim na delegacia.

Fomos atender um chamado da assessoria do prefeito e iremos quantas vezes formos solicitados. Assessores do prefeito e até secretários de governo nos tranqüilizou no momento.

Brejo continuará para mim, como um lugar que admiro e que gosto de apreciar suas belezas e a forma de receber muito bem nossa equipe por parte de sua população.

Fonte: Sulanca News

Lula vem ao recife para brecar pretensão do PSB




Em meio às articulações do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), visando às eleições 
presidenciais de 2014, o ex-presidente Lula, cacique-mor do PT, virá ao Recife (PE) com o objetivo de fortalecer a base que apoiará a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição no próximo ano. Uma segunda finalidade em relação à vinda do petista é dar os primeiros passos rumo à união interna do PT recifense, que se encontra rachado desde as prévias partidárias disputadas em junho do ano passado

EM MEIO ÀS ARTICULAÇÕES DO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO, EDUARDO CAMPOS (PSB), VISANDO ÀS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014, O EX-PRESIDENTE LULA, CACIQUE-MOR DO PT, VIRÁ AO RECIFE (PE) COM O OBJETIVO DE FORTALECER A BASE QUE APOIARÁ A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF (PT), CANDIDATA À REELEIÇÃO NO PRÓXIMO ANO. UMA SEGUNDA FINALIDADE EM RELAÇÃO À VINDA DO PETISTA É DAR OS PRIMEIROS PASSOS RUMO À UNIÃO INTERNA DO PT RECIFENSE, QUE SE ENCONTRA RACHADO DESDE AS PRÉVIAS PARTIDÁRIAS DISPUTADAS EM JUNHO DO ANO PASSADO.

A vinda de Lula faz parte das caravanas que o ex-presidente realizará em comemoração aos dez anos do PT frente à Presidência da República. De acordo com o roteiro original, o petista iria apenas à Fortaleza (CE) e Salvador (BA), já que os petistas tinham a esperança de ver Campos desistir do seu projeto presidencial. O desembarque previsto para o Recife teve o carimbo do senador Humberto Costa (PT) e do presidente nacional do PT, Rui Falcão.
Diante das movimentações de Campos rumo ao Planalto, surgiram rumores de que Lula gostaria de ver o gestor pernambucano como vice da presidente Dilma. Mas esta possibilidade sempre foi carta fora do baralho dentro do PSB, inclusive, sob o argumento de que Lula, por exemplo, não tinha esperado ser vice para se candidatar em uma eleição subsequente. Por isso, de acordo com os socialistas, também não faz sentido o Campos ser vice no próximo ano para sair candidato apenas em 2018. Diante deste quadro, o ex-presidente virá, então, para lançar os alicerces que formarão a base de apoio político à atual chefe do Executivo federal, que tem a Região Nordeste como o seu principal reduto.
Além disso, Lula terá o papel de fazer com que o PT, ao menos, tenha algum estímulo para tentar a união interna. A legenda encontra-se rachada desde as prévias partidárias do ano passado, em junho, que foi disputada entre o então prefeito do Recife, João da Costa (PT), e o deputado federal Maurício Rands, este último apoiado por Humberto Costa, Eduardo Campos e João Paulo, também ex-prefeito e principal desafeto político de João da Costa.
Com intensas trocar de farpas e até ataques pessoais entre as alas que apoiavam Rands e João da Costa, a Executiva Nacional do PT entendeu que a crise política estava colocando em risco a reeleição do partido no Recife e resolveu cancelar a primeira e única prévia. Até porque houve denúncias de fraudes no confronto, que teriam favorecido João da Costa. Em consequência, membros da cúpula nacional petista apresentaram o senador Humberto Costa como candidato e com o objetivo de estabelecer um consenso interno, o que não ocorreu.
Durante a campanha, o racha foi novamente exposto, pois João da Costa, impedido de disputar a reeleição, não apoiou o candidato do PT, que tinha como vice o ex-prefeito e deputado federal João Paulo. Passado o pleito, o PT teve e ainda tem dificuldades até para realizar uma reunião. E as divergências entre as alas pró-João Paulo e pró-João da Costa, no começo de março, em comemoração aos 33 anos da legenda. Petistas ligados a João da Costa não foram citados no cerimonial, o que levou integrantes do partido a proferir “Hipocrisia! Cadê a democracia!” e o atual secretário da Habitação do Recife, Eduardo Granja, a chamar de “frouxo” o presidente estadual do PT, deputado federal Pedro Eugênio.
Agora, resta saber se Lula conseguirá, pelo menos, dar uma “dose” de estímulo ao PT recifense para que a legenda tente novamente buscar um consenso. Caso contrário, o partido corre o risco de ter, mais uma vez, a desunião interna exposta em 2014 , ano em que a legenda terá candidato próprio para disputar o Governo do Estado, segundo declarou o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu (PT).

fonte Magno danta

Candidatura de Eduardo Campos à presidência não é definitiva, diz Armando Monteiro Neto




Eleito o senador mais votado de Pernambuco em 2010, o ex-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Armando Monteiro, é do PTB, mas tem sido um dos mais frequentes interlocutores do governador Eduardo Campos (PSB) no Senado.

Anteontem, ele foi o anfitrião de um concorrido almoço com os membros do bloco parlamentar "União e Força", que reúne 12 senadores de siglas da base governista.

Nessa entrevista ao Brasil Econômico, ele fala sobre seus planos de disputar o governo estadual no ano que vem com o apoio de Campos e rebate chamando de "estapafúrdia" a iniciativa de criar uma CPI do sistema "S"

Como foi o almoço com o governador Eduardo Campos em Brasília? A eleição presidencial entrou na pauta?

Não falamos sobre 2014. O objeto da convocação foi outro: a agenda federativa, que está sob exame do senado, a reforma do ICMS e a mudança de indexador da dívida do estados.

Como fica a situação diante da crise entre o PT e o PSB no Pernambuco?

Nós temos uma aliança em Pernambuco. Eu me elegi (senador) com apoio do PSB e PT e subi no palanque junto com o (senador) Humberto Costa (do PT) e do governador (Eduardo Campos).

Na eleição municipal de 2012 fiquei ao lado do candidato do PSB porque deu toda aquela confusão no PT (na época, o partido dos trabalhadores rachou no estado e o PSB acabou lançando candidato próprio).

Acredita que o governador Eduardo Campos pode apoiar sua candidatura ao governo em 2014?

O processo de escolha dos candidatos a sucessão de Eduardo não foi deflagrado. Ele, que é o coordenador natural do processo, disse que só em 2014 vai discutir isso. De qualquer forma, meu nome é um dos que estão colocados. O PTB tem muita expressão em Pernambuco.

Se o rompimento entre Campos e Dilma se concretizar na eleição, como isso refletirá nas articulações do estado?

Se tivermos dois palanques nacionais em 2014, a tendência é que tenhamos dois palanques regionais. Mas a candidatura do Eduardo não é definitiva.

Como senador pernambucano, não acha ruim o governador passar tanto tempo fazendo política fora do estado?

Estamos vivendo em outro século. O governador tem uma pauta permanente em Brasília. Essa visão é estreita, pequena, míope e mesquinha. O governante tem uma equipe e monitora os resultados. Não há déficit de presença.

Como avalia o acirramento dos ânimos do PT com o PSB? O ex-ministro José Dirceu disse em Recife que Pernambuco pode fazer mais...

As declarações do José Dirceu em Pernambuco não foram ofensivas ou hostis. Pelo contrário. Ele considera legítimo o projeto do Eduardo. Disse que o nome dele é lembrado para 2018. Não houve tensionamento.

O senhor está no páreo para assumir a presidência do PTB?

Não sou candidato à presidência do PTB. E nunca fui. Meu projeto é regional. Enquanto Roberto (Jefferson) estiver afastado da direção para tratar da saúde, é deselegante falar sobre sucessão. O Benito Gama está como presidente interino, já que é o primeiro vice. O Roberto deve reassumir a presidência logo.

Qual a chance do PTB estar no palanque de Eduardo Campos em 2014?

Essa discussão não foi colocada no partido. Eu mesmo nunca participei de nenhuma discussão sobre esse tema.

O senador Ataídes Oliveira está tentando criar a CPI do sistema "S". Acha que a iniciativa tem futuro?

Tem faltado apoio para essa iniciativa estapafúrdia e despropositada. Os companheiros do Senado também acham isso.

No jornal Brasil Econômico

A mocinha mata os pais, vira PASTORA e de quebra é CONTRATADA por FELICIANO... mas que beleza!



Só Pra saber...

Para Eduardo resolver: ex-gay é da tropa de Feliciano

Ouça os melhores momentos da entrevista do deputado pastor Sargento Isidório


O deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PSB-BA) se apresenta como “ex-homossexual, ex-viciado em drogas e ex-bandido”. Diz ter sido “curado pela fé” e, agora, enfrenta sérios problemas em seu partido por ter assumido a linha de frente de defesa do presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Marco Feliciano (PSC-SP), acusado de homofobia e racismo. O mais curioso é que Pastor Sargento, que foi militar, disse a jornais baianos que teme voltar a ter relações homossexuais. “Não posso ficar junto de um homem muito tempo porque a carne é fraca”, disse ao Bahia Notícias.
O diretório estadual do PSB divulgou uma carta criticando as posições de Pastor Sargento Isidoro. O deputado respondeu a seu partido atribuindo o atentado perpetrado contra atletas e a plateia que participava da Maratona de Boston ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Pastor Sargento Isidoro é conhecido por declarações desse tipo. Já afirmou, por exemplo, que “Deus criou o macho e a fêmea, não o gay a ‘gaya’”. (ÉPOCA - Tereza Perosa)
blog do magno

Dos mais influentes do mundo: Barbosa se diz honrado

 
Joaquim Barbosa foi eleito uma das cem personalidades mais influentes no mundo pela revista Times
Foto: André Coelho / Arquivo O Globo
Joaquim Barbosa foi eleito uma das cem personalidades mais influentes no mundo pela revista Times
O presidente do Supremo Tribunal Federal e relator do processo do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, foi eleito uma das cem pessoas mais influentes do mundo pela revista americana “Time”. Outro brasileiro da lista é o chef de cozinha Alex Atala. A décima edição da lista feita pela revista foi divulgada nesta quinta-feira.
No final da tarde, Barbosa comentou a eleição de seu nome.
— Gostei. Me senti, claro muito honrado, acho que é uma honra muito grande para este tribunal, para a jurisdição constitucional no Brasil. Quanto a mim, extremamente feliz e honrado. Achei muito bom. Fiquei muito feliz, lisonjeado, muito honrado, alegre.
Barbosa é descrito como um pobre garoto brasileiro, um dos oito filhos de um pedreiro, que “viu na educação o trampolim para sair da pobreza”. A Time destaca que ele trabalhou como faxineiro e datilógrafo no Senado para ajudar a cursar a faculdade de Direito.
“No fim, ele obteve um doutorado da Sorbonne, aprendeu quatro línguas estrangeiras e se tornou professor visitante no Instituto de Direitos Humanos da escola de Direito de Columbia”, escreve a revista.
Segundo a “Time”, os brasileiros se orgulham de Barbosa por ele ser o primeiro presidente do STF negro e por “simbolizar a promessa de um novo Brasil comprometido com o multiculturalismo e igualdade”. (De O GLOBO - Carolina Brígido)

Na marca do pênalti



O projeto casuístico do Governo, excluindo o tempo de tevê e fundo partidário a novos partidos e fusões, é uma excrescência, algo inspirado na ditadura militar. Quantos casuísmos não foram forjados entre o regime de exceção e o processo de redemocratização?

O voto vinculado foi um deles! Para manter-se 20 anos no poder, tempo previsto pelo ex-capitão de Lula, José Dirceu, o PT faz de tudo. Não quer largar o osso! Em apenas duas sessões vapt-vupt, os deputados da base governista deram um golpe na oposição.

Espertamente, PPS e PMN, que se fundiram, escaparam. Mas a grande vítima dessa estória é a ex-ministra Marina Silva, que disputou as eleições para presidente em 2010 e obteve 19 milhões de votos pelo PV.

Mas logo em seguida deixou o partido e está numa luta que parece inglória para fundar uma nova legenda, a chamada Rede. O projeto que barra a sua pretensão ainda será apreciado pelo Senado, mas como o Governo tem maioria na Casa certamente será aprovado, como ocorreu na Câmara.

Marina pode ser detonada, esmagada pelas forças poderosas que se opõem ao seu projeto temendo que a ex-verde complique a reeleição de Dilma.

Sacramentado pelo Senado e sancionado por Dilma, o projeto ainda corre um risco: o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) promete ingressar com uma ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade – no Supremo para barrar e resguardar o direito de todo e qualquer partido novo ter acesso ao fundo partidário e tempo na televisão.

Como o Supremo adora meter a sua colher no cozido do Congresso, quem sabe Marina não seja salva no final do túnel!

Magno martins