quarta-feira, 9 de março de 2016

Projeto para que Feira do Jeans volte as margens da BR-104 provoca polêmica


Feira do Jeans as margens da BR-104 – Foto: Evandro Balla (arquivo)

A feira livre de confecções ao entorno do Parque das Feiras de Toritama poderá ser transferida novamente.

Em 2014, a Prefeitura Municipal transformou o espaço físico da feira em um amplo estacionamento para receber os ônibus e vans que trazem os clientes ao centro de compras. Com isso, os feirantes foram remanejados para a parte de trás e vias laterais do Parque.

Apesar da necessidade indispensável do estacionamento, a mudança provocou uma queda relevante na economia. Segundo relato dos sulanqueiros, muitos faliram devido queda nas vendas.

Ainda segundo eles, fatores como a localização ruim e a péssima infraestrutura do local também foram apontados. Já a Secretaria de Tributos do município, afirmou que a mudança também refletiu em uma baixa constante na arrecadação de impostos.

Na última semana, o presidente da Associação dos Feirantes e Sulanqueiros de Toritama (Afest) e vereador Fábio Florentino (PT), apresentou aos feirantes um plano que prevê a criação de um novo estacionamento e a volta da feira para o antigo local.

Segundo Fábio, a motivação partiu dos sulanqueiros que estão insatisfeitos com a feira e teriam pedido uma solução rápida para o futuro da feira livre do jeans.

Taxa pela nova mudança revolta os feirantes

A solução apresentada pela Associação conta com a construção de um novo estacionamento do outro lado do Parque, em frente as lojas da RC Tecidos e Rota do Mar.

Para a construção, os feirantes foram notificados que teriam de arcar com as obras; ao contrário do estacionamento feito pela Prefeitura que provocou a mudança da feira.

No projeto inicial, a estimativa é de R$ 1.000,00 por cada feirante e tem gerado revolta entre muitos deles. Ainda segundo a Afest, a mudança não é obrigatória, porém o cálculo da taxa será refeito e dividido para os feirantes que concordarem com o projeto.

Com informações de Evandro Balla, correspondente do Blog em Toritama

Blog do Ney Lima 



Vista-se bem com a..

Criminosos se passam por policiais e matam dois que residiam em Toritama


Vítimas foram mortas em local com pouquíssimo movimento na zona rural – Foto: Thonny Hill

Foram identificadas na tarde desta quarta-feira (09) as vítimas do duplo homicídio registrado na zona rural de Taquaritinga do Norte.

O crime aconteceu em uma estrada de terra no Sítio Pororoca e os corpos das vítimas, que foram mortas com vários disparos de arma de fogo, foram localizados há 50 metros de distância da divisa com Pernambuco e Paraíba.

As vítimas, que moravam em Toritama, foram identificadas: José Severino Bezerra da Silva (35 anos, que residia no Sítio Serra do Costa) e Wemerson José de Lima (22 anos, que residia no Sítio Mangas).

De acordo com as informações, os dois foram sequestrados na noite anterior quando algumas pessoas, que se identificaram como policiais civis, chegaram de carro até as residências dos mesmos alegando que eles seriam detidos e conduzidos a delegacia.

Como os dois não retornaram ou deram notícias, as mulheres foram cedo da manhã a delegacia de Santa Cruz do Capibaribe a procura dos maridos e receberam a informação que nenhuma operação policial do tipo havia sido realizada nas localidades mencionadas.

Por volta das 09h, informações que foram compartilhadas em redes sociais davam pistas de onde os corpos estariam localizados, sendo então as mesmas comprovadas.

Em seguida, as duas mulheres foram, mais uma vez, localizadas e, por volta de 12h, foram acompanhadas de policiais até a cena do crime, para realizar o reconhecimento. Foi nesse momento que ambos foram reconhecidos.

Os corpos foram periciados e conduzidos até a delegacia de Taquaritinga do Norte. Ainda de acordo com as informações, um deles, José Severino, tinha passagens pela polícia.

Blog Ney Lima 



Venha você também para..

Governo de Pernambuco anuncia concurso para 1500 vagas na PM e 650 na Polícia Civil


O governo de Pernambuco anunciou nesta quarta-feira (09), a abertura de concurso com 1.500 vagas para a Polícia Militar. Durante reunião do Comitê Gestor do Pacto Pela Vida, o governador Paulo Câmara informou que o edital do concurso será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira. O edital para o preenchimento de 650 vagas na Polícia Civil e 316 na Polícia Científica deverá ser lançado até o fim deste mês. A banca organizadora do concurso é o Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (IAUPE), que foi contratada por dispensa de licitação.

CONCURSO – O concurso da PM não trará ônus para o Estado. A IAUPE foi contratada por dispensa de licitação, após realização de consulta a diversas instituições. Foi considerada a melhor proposta e escolhida a instituição que apresentou o menor preço das inscrições, que cobrirá os gastos do certame. Os candidatos precisarão desembolsar R$ 100.

Para concorrer ao concurso, os interessados precisam atender os seguintes requisitos: devem ter entre 18 e 28 anos, a partir de 1,65m de altura (homem) e 1,60m (mulher), o Ensino Médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

POLÍCIA CIVIL – Para a Polícia Civil, serão selecionados 100 delegados, 500 agentes e 50 escrivães. E, para a Polícia Científica, serão 316 cargos diversos. Os detalhes do certame serão divulgados posteriormente.

Do JC Online.



O melhor lugar para sua casa.

Radialista afirma que teve programa de rádio retirado do ar, a pedido da Câmara do Brejo da Madre de Deus



Foto: Stúdio Avant.

Em nota enviada aos meios de comunicações, o radialista Jobson Barros afirmou que teve o seu programa retirado do ar na Rádio Colinas FM de Brejo da Madre de Deus, por uma decisão vinda da Câmara de vereadores do Brejo da Madre de Deus.



Confira a nota:

Venho, através desta, informar a população do município de Brejo da Madre de Deus, e em especial aos ouvintes da rádio COLINAS FM, que por decisão da diretoria da rádio, não terei mais espaço para apresentar o Programa Sala do Povo aos sábados no horário das 10h às 12h30.

Segundo Marcelo Vieira (diretor da rádio) esta decisão se deu após reunião da diretoria da rádio com a Câmara de Vereadores, que possui vínculo com a emissora, onde foi citada insatisfação da Presidência da Casa com os conteúdos apresentados no programa, e solicitou que o mesmo fosse retirado do ar.

Venho destacar que esse horário já era ocupado por mim, JOBSON BARROS, a quase quinze anos, e que o atual programa SALA DO POVO apresentava conteúdos imparciais voltados para o bem-estar da sociedade brejense, e que nunca existiu nenhuma ligação política partidária com os conteúdos apresentados no programa.

Esclareço que vivemos em uma sociedade democrática, onde todos têm direito de expressar suas opiniões com assuntos que tem em relevância a cidadania e a defesa da sociedade, mostro aqui minha indignação com este acontecimento, e que sempre estarei à disposição da população de Brejo da Madre de Deus.

Portanto, não será esse ato de censura por parte de alguns políticos de mentalidade atrasada de nosso município que minha voz em defesa de um povo irá calar. Minhas ideias e ações continuarão sendo sentidas pela população.

No mais desejo a todos o mais profundo abraço, desse amigo brejense, Jobson Barros.

Blog Ney Lima