terça-feira, 5 de março de 2013

Projeto Cultura livre abre Semana da Mulher em Santa Cruz do Capibaribe‏






O projeto Cultura Livre nas Feiras (realizado através de parceria entre a Prefeitura Municipal, a Diretoria de Cultura e a Fundarpe), abriu os eventos em comemoração à Semana da Mulher, nesta segunda-feira (04) e movimentou a feira livre de Santa Cruz do Capibaribe.
Na ocasião a Coordenadora do Programa Santa Cruz Cidadã, Alessandra Vieira, a Coordenadora da Mulher, Clarissa Carvalho, aesposa do Vice-prefeito, Cida Dantas(de camisa listrada), e a equipe que está organizando o evento, fizeram uma panfletagem na feira convidando as mulheres e os homens à participarem das comemorações da semana da mulher. As apresentações culturais ficaram por conta das artistas Polyana Síria, Paula Voices e Ágda.

“A Semana da Mulher da Mulher e seu conjunto de ações têm o objetivo de mostrar a sociedade que não só o dia 08 de março, mas todo dia é dia de mulher respeitada e feliz”, frisou Alessandra Vieira(de amaralo na foto ao lado).


A Coordenadoria da Mulher em parceria com o Programa Santa Cruz Cidadã, promoverão palestras, ações sociais com a realização de exames médicos, emissões de cartão do SUS e Bolsa Família, apresentações musicais e exposições de artesanato e a prática de atividades físicas, que chegarão aos bairros e distritos de Santa Cruz.

“Com imensa alegria damos início a programação da mulher, que tem como principal objetivo promover esclarecimentos relativos à questão dos direitos da mulher e a discussão de políticas públicas que beneficiem o gênero feminino”, disse Clarissa Carvalho (na foto ao lado).


Termina nesta terça o prazo para pagamento da primeira parcela do Licenciamento 2013



Imagem. Detran

Termina nesta terça-feira (05) o prazo para pagamento da primeira parcela do Licenciamento 2013 para veículos com terminações de placas 1, 2, 3 e 4.



Segundo o site do Detran-PE, o pagamento pode ser feito em qualquer agência da rede bancária ou casas lotéricas, em horário comercial.



O parcelamento é uma forma de facilitar o pagamento, especialmente para matrículas com valores considerados altos para o período de pouco movimento na economia.



Outra novidade é que o DPVAT, para proprietários de motos, vans, ônibus e micro-ônibus também poderá ser parcelado em três vezes, onde a primeira parcela vence juntamente à primeira parcela do IPVA.



Segundo o órgão, caso os boletos para pagamento ainda não tenham sido entregues, eles podem ser emitidos de maneira avulsa no próprio site do Detran, bastando clicar AQUI.



Confira o restante do calendário divulgado:



Seca no Nordeste afeta 10 milhões de pessoas


Agência Brasil (Brasília) – Seis estados do Nordeste brasileiro ainda sofrem com a seca, que afeta 10 milhões de pessoas. Na Bahia, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte chove apenas em pontos isolados, o que não resolve a situação, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A baixa temperatura dos oceanos Pacífico e Atlântico é a causa da falta de chuva na região.
No Recife, mesmo com a chuva na noite de domingo (3) o racionamento nas áreas planas começou na sexta-feira (1°) e 82 bairros da região metropolitana ife são afetados. De acordo com a Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos de Pernambuco, a medida foi adotada porque uma das barragens opera com apenas 19% da capacidade.
O sistema prevê que as áreas planas do Recife terão 20 horas com água e 28 horas sem. Nas áreas de morro, o racionamento já era a medida utilizada como prevenção. O rodízio foi adotado levando em consideração a situação dos principais reservatórios de água que abastecem a região, já que no mês de fevereiro choveu apenas 30% do esperado.
O percentual de chuva abaixo da média nesses estados é de 75%. O restante corresponde a quantidade igual ou acima da média. De acordo com o Inmet, não há previsão de chuva para os próximos cinco dias em Alagoas, Sergipe e Bahia, que estão com o maior número de municípios ainda em situação de emergência.
No sul dos estados do Maranhão e do Piauí a chuva tem sido constante desde outubro. No Maranhão choveu 190 milímetros (mm) dos 230 mm esperados para todo o mês de fevereiro. Em Teresina, choveu mais que o esperado, 200mm. Para o Inmet esses dados indicam que “a situação nesses estados está se normalizando”. No litoral entre Natal e Recife também chove, mas ainda é muito pouco para abastecer a população.