sábado, 12 de julho de 2014

“Laranja Mecânica” termina de espremer o bagaço armado por Felipão!




Que sorte que a Holanda entrou bem desanimada no jogo, hein, amigos?

Caso contrário, conseguiria tranquilamente marcar na seleção brasileira a mesma quantidade de gols que a Alemanha na semifinal.

O time de Felipão foi a campo ainda grogue após o duro golpe dado pelos alemães na terça-feira.

E, aos 15 minutos, já perdia por 2 a 0.

Aí, a seleção holandesa, que para falar a verdade nem queria disputar o terceiro lugar, tirou o pé e deixou a bola com o Brasil, que não soube o que fazer com a mesma.

Assim, aos 45 minutos da etapa final, veio o golpe de misericórdia da Laranja Mecânica: 3 a 0.

E merecidas vaias vindas das arquibancadas do belíssimo estádio Mané Garrincha.

Como bem disseram por aí, este foi o duelo Laranja Mecânica x Bagaço.

Agora, que Felipão tenha o mínimo de bom senso e peça o boné.

Afinal, simplesmente NÃO DÁ!

Milton Neves 


Venha você também para..

Documentos de um Jataubense foram encontrado em Santa Cruz do Capibaribe.


Foram encontrado os documentos do Sr. Jose Alexandre da Silva, em Santa Cruz do Capibaribe o mesmo é Daqui da Jataúba.

Um popular daquela cidade entrou em contado com a nossa equipe e nos passou toda a documentação pertencente a este popular, onde o mesmo estaria em uma festa naquela localidade. Foram entregue uma Carteira contendo um cartão SUS, Um titulo de eleitor e uma identidade.

Entre em contato com nossa equipe no numero 081 82176123 que estamos com os mesmos em mãos.


Luanny Silva Blog Jataúba News

Facebook cria aplicativo para saber se o sujeito é ou já foi corno(11/Jul/2014)



Com o intuito de contornar a máxima “O corno é sempre o último a saber”, uma agência carioca lançou recentemente o aplicativo “Faceboi”. O polêmico recurso é, como o nome já diz, restrito para homens, que também podem usá-lo para avisar aos amigos, de forma anônima, sobre supostas traições. Com o lema “amigo mesmo, avisa”, o aplicativo – somente disponível para celulares Android – procura pistas sobre possíveis casos das namoradas no Facebook e cria uma rede anônima para que amigos informem casos de traição sem estremecer a amizade.

Desde a descrição, o “Faceboi” põe a “pulga atrás da orelha”: “Longe da gente fazer inferno na vida dos outros, mas será que aquele ‘chopinho com as amigas’ terminou numa noite de queijos e vinhos entre a sua gata e aquele carinha novo do trabalho?”, diz. Para que o aplicativo funcione, é preciso que o usuário associe sua conta do Facebook. A dinâmica de funcionamento para identificar a traição não é revelada, mas acredita-se que há um cruzamento de informações relativos ao número de likes dados a uma pessoa específica, quantidade de comentários ou o próprio conteúdo das mensagens.

Na tela inicial, há a opção de buscar por indícios de traição (“Você está em dúvida se foi traído?”) ou avisar amigos sobre traições alheias (“Vai avisar um amigo do chifre?”). As mensagens só podem ser enviadas para contatos no Facebook.

Para avisar os amigos, o app fornece uma série de hashtags bastante explicativas e bem humoradas, como #amigogay (“que não conhece uma música da Madonna, toma cerveja no gargalo e sabe a escalação do Megão de 81”), ou #cartãovermelho, (“enquanto você pensa que é o Messi, tem atacante, zagueiro e gandula balançando o capim no fundo dela”).



Referencia

Hoje o Brasil disputa o 3° lugar contra a Holanda.

Ainda abalada pela pior goleada sofrida em sua história, a Seleção Brasileira se despede da Copa do Mundo que o país organiza neste sábado enfrentando a Holanda, a partir das 17h, no Estádio Nacional, em Brasília. O confronto vale pela disputa do terceiro lugar do Mundial, um resultado pouco animador tanto para uma equipe que sonhava ser hexacampeã quanto para outra que já foi três vezes vice.
Para o Brasil, a partida vale como "despedida honrosa", para não deixar como última impressão a derrota por 7 a 1 sofrida para a Alemanha. Serve ainda de revanche contra os holandeses, que eliminaram o Brasil na Copa de 2010. Para a Holanda, nas palavras do seu treinador Louis Van Gaal, este jogo "nem deveria acontecer".


O jogo é recheado de tensão e rivalidade. Brasil e Holanda são adversários históricos em Copas do Mundo. O Brasil já derrotou os holandeses em 1994 e 1998. A Holanda eliminou a Seleção Brasileira em duas Copas, 1974 e 2010. A partida deste sábado marca o reencontro de Arjen Robben e Wesley Sneijder com o goleiro Júlio César. Além disso, os técnicos Luiz Felipe Scolari e Van Gaal trocaram farpas ao longo do Mundial.

O holandês insinuou que o Brasil foi favorecido pela tabela da Copa, primeiro por jogar depois que a Holanda na última rodada da fase de grupos, que lhe permitiria "escolher" o adversário das oitavas de final. Agora, por ter um dia a mais para se recuperar para a partida deste sábado (o Brasil jogou na terça, e a Holanda na quarta).

Esta será a quarta vez que a Seleção Brasileira participa de uma disputa pelo terceiro lugar de um Mundial. A primeira foi em 1938, com vitória do Brasil sobre a Suécia por 4 a 2. A segunda foi em 1974, com derrota para a Polônia por 1 a 0. A terceira foi na Copa de 1978, vitória por 2 a 1 sobre a Itália. A Holanda disputou o terceiro lugar uma vez, em 1998, e perdeu para a Croácia por 2 a 1.

O Brasil deverá ter mudanças no time em relação à equipe que perdeu para a Alemanha. O capitão Thiago Silva estará de volta após cumprir suspensão. O técnico Luiz Felipe Scolari promoveu no último treino três mudanças na equipe, com as entradas de Paulinho, Jô e William nos lugares de Hulk, Fred e Bernard. A ideia é fechar mais o meio-de-campo e evitar dar espaços ao adversário, como aconteceu diante dos alemães.

O atacante Neymar, único brasileiro indicado para concorrer ao prêmio de melhor jogador, segue machucado mas estará no estádio para dar apoio ao time. Na Holanda, a equipe deverá ser a mesma que perdeu nos pênaltis para a Argentina na semifinal da Copa. O argelino Djamel Haimoudi foi o escolhido pela Fifa para apitar a partida entre Brasil e Holanda. Se o jogo terminar empatado, haverá prorrogação e, se necessário, disputa por pênaltis.

Estádio Nacional, em Brasília (Foto: G1)

O estádio: Demolido em 2010, o Estádio Nacional Mané Garrincha foi reinaugurado em maio de 2013 e custou aproximadamente R$ 1,56 bilhão. Cerca de 15 mil homens trabalharam na obra da arena, que tem capacidade para 72,8 mil pessoas. O Brasil já jogou em Brasília nesta Copa do Mundo. Foi no Estádio Nacional que o time derrotou Camarões por 4 a 1. Os outros jogos realizados em Brasília foram Suíça 2 x 1 Equador, Colômbia 2 x 1 Costa do Marfim, Portugal 2 x 1 Gana, França 2 x 0 Nigéria, e Argentina 1 x 0 Bélgica.


Informa o G1



O melhor lugar para sua casa.

Passando para desejar a todos leitores deste Blog um belo final de semana!!!