domingo, 31 de março de 2013

Festa nos aflitos santa vence quebra tabu e vira líder do pernambucano.



Festa nos Aflitos! Santa Cruz vence Náutico, quebra tabu e assume a liderança

O Santa Cruz decretou o fim do tabu no Clássico das Emoções em jogos nos Aflitos. Neste domingo, a equipe tricolor venceu o Náutico por 2x0, gols de Natan e Dênis Marques. Além de pôr fim a uma marca negativa, o resultado deu ao Mais Querido a liderança doCampeonato Pernambucano. Uma vitória maiúscula, construída pelas alterações promovidas pelo técnico Marcelo Martelotte
 
O TIME-  Conforme anunciou durante a semana, o técnico Marcelo Martelotte promoveu mudanças no time. A equipe tricolor atuou no Clássico das Emoções escalada com: Tiago Cardoso, Éverton Sena, Cesar, William e Tiago Costa; Tozo, Luciano Sorriso, Natan, Raul e Renatinho; Dênis Marques.
 
JOGO – Dentro dos Aflitos, diante do líder do Campeonato Pernambucano, a equipe tricolor utilizou um novo esquema tático, o 4-2-3-1.  A mudança de postura surtiu efeito com a bola rolando. 
Durante os primeiros 45 minutos, o que se viu foi o Santa Cruz com uma defesa sólida, interceptando as investidas alvirrubras. Na principal arma do Náutico, as investidas do atacante Rogério pelo lado esquerdo, William não permitiu que o adversário criasse perigo ao goleiro Tiago Cardoso.
No ataque, a equipe tricolor explorou bem os contra-ataques, mas pecou nas finalizações. O trio de meias formado por Natan, Raul e Renatinho deu muito certo, com os jogadores confundindo bastante o setor defensivo do Náutico.
Sobretudo com Renatinho, que perdeu um gol claro nos primeiros minutos da partida e com Dênis Marques, o Santa Cruz criou boas situações de gol. O Mais Querido foi quem lamentou o término da primeira etapa com o placar marcando 0x0.
 
SEGUNDO TEMPO - Na segunda etapa, o Santa Cruz sentiu um pouco a questão física. No primeiro momento, o Náutico apertou bastante o tricolor, ficando muito próximo de abrir o placar. O sistema defensivo Coral fez o pôde para evitar a desvantagem no placar.
Em meio à pressão do Náutico e a queda no ritmo de jogo, a equipe tricolor seguiu imprimindo os contra-ataques. Sabiamente, o técnico Marcelo Martelotte promoveu as entradas de Nininho e Jefferson Maranhão. Os dois resgataram o fôlego do time.
Após as alterações, a equipe tricolor chegou ao primeiro gol com Natan e ao segundo com Dênis Marques. Depois de tanto desperdiçar no primeiro tempo, o Santa Cruz surpreendeu o Náutico no segundo tempo e venceu. 2x0, para pôr fim ao tabu nos Aflitos e colocar o Tricolor na liderança do Pernambucano.

Hoje os parabéns do blog vai para Mickelayne Lygiane que ta de idade nova.

Presentinho para o tio sam

COREIA DO NORTE PREPARA MÍSSEIS APÓS EXERCÍCIO AÉREO DOS EUA

A Coreia do Norte colocou seus mísseis em prontidão nesta sexta-feira, preparando um eventual ataque contra bases militares dos Estados Unidos na Coreia do Sul e Pacífico, depois que os EUA realizaram exercícios com aviões B-2 Spirit invisíveis aos radares sobre a península coreana

POR DAVID CHANCE E PHIL STEWART

SEUL/WASHINGTON, 29 Mar (Reuters) - A Coreia do Norte colocou seus mísseis em prontidão nesta sexta-feira, preparando um eventual ataque contra bases militares dos Estados Unidos na Coreia do Sul e Pacífico, depois que os EUA realizaram exercícios com aviões "invisíveis" aos radares sobre a península coreana, numa rara demonstração de força.
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, assinou a ordem de preparação militar numa reunião à meia-noite com generais de alto escalão, segundo a agência estatal de notícias do seu país, a KCNA. De acordo com o relato, Kim "julgou que chegou a hora de acertar contas com os imperialistas dos EUA, com vistas à situação prevalecente."
A KCNA disse que Pyongyang e Washington só poderão resolver suas diferenças por "meios físicos". O Norte tem um arsenal de mísseis de curto alcance Scud, da era soviética, que são capazes de atingir a Coreia do Sul. Já os seus mísseis Nodong e Musudan, de maior alcance --teoricamente suficientes para atingirem bases dos EUA no Pacífico-- nunca foram testados.
A China, única aliada relevante da Coreia do Norte, repetiu seu pedido por moderação na região, sem fazer críticas aos sobrevoos norte-americanos.
A tensão está elevada desde que a Coreia do Norte realizou seu terceiro teste de armas nucleares, em fevereiro, violando sanções da ONU, e apesar dos alertas chineses em contrário.
O ministro de relações exteriores da Rússia criticou implicitamente os exercícios dos EUA com aviões do tipo Stealth ("furtivos"), que não são detectados por radares.
"Estamos preocupados de que, além da reação adequada e coletiva do Conselho de Segurança da ONU, esteja sendo tomada em torno da Coreia do Norte uma ação unilateral que é cada vez mais uma atividade militar", disse o chanceler Sergei Lavrov.
"A situação pode simplesmente sair do controle, ela está escorregando para a espiral de um círculo vicioso", acrescentou Lavrov a jornalistas em Moscou.
Ele defendeu esforços pela retomada do diálogo multilateral com a Coreia do Norte. Esse processo envolvia Rússia, EUA, China, Japão e as duas Coreias.

Brasil: prefeito ganha mais que o governador




O cargo é de prefeito, mas o salário é de governador. Dos mais ricos aos mais pobres, essa é a realidade em diversos municípios brasileiros. No interior paulista, o prefeito de Guaíra, Sergio de Mello (PT), recebe R$ 25 mil por mês, R$ 900 a mais do que o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) – R$ 24.117. A 162 quilômetros de Florianópolis (SC), Pomerode, uma típica cidade de interior e de tradição alemã, paga ao chefe do executivo, Rolf Nicolodelli (PMDB), R$ 18 mil. É o mesmo valor que Lagoa Grande, no sertão de Pernambuco, aprovou como salário para o prefeito Dhoni Robson (PSB). Todos eles, apesar de administrarem cidades de pequeno porte, têm remuneração maior do que a de muitos governadores.Os representantes de Pomerode e Lagoa Grande, por exemplo, ganham mais do que os governadores do Rio de Janeiro (R$ 20.300), Ceará (R$ 14.895) e Piauí (R$ 13 mil). O prefeito de Guaíra tem remuneração superior à do governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) – R$ 20.662.

As distorções são resultado da falta de parâmetros para a fixação dos subsídios de acordo com o tamanho dos municípios e da população. A única regra existente hoje é que o salário do prefeito não pode superar o teto constitucional federal, de R$ 28.059,29, pago aos ministros do Supremo Tribunal Federal. Portanto, um salário de prefeito maior que o do governador do estado, embora seja no mínimo inusitado, não é ilegal. (Do jornal O Globo)

IPI mais baixo para carros prorrogado até fim do ano


 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou neste sábado que o governo desistiu de elevar novamente a alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis que aconteceria a partir de abril.


Com isso, as alíquotas do IPI para os carros permanecem no atual patamar até o fim deste ano. Mesmo com esta decisão, o IPI de veículos ainda seguirá em um patamar acima do estava sendo cobrado no fim de 2012. Entre 2008 e 2010, o governo já tinha baixado o IPI para incentivar a venda de veículos e estimular a atividade durante a primeira etapa da crise financeira internacional. No ano passado, a estratégia se repetiu e agora o imposto estava retornando aos poucos ao normal.

POPULARES

Para carros populares (até 1.0), por exemplo, a alíquota que valeu entre janeiro e o fim do mês de março deste ano foi de 2% - e assim permanecerá até o final de 2013. No fim do ano passado, entretanto, o IPI de carros populares estava em zero. Ainda assim, o IPI está menor do que a alíquota considerada 'normal' pelo governo para esta categoria de veículos, que é de 7%. Sem a decisão do governo, o IPI de carros populares subiria para 3,5% de abril a junho e a alíquota de 7% seria retomada a partir de julho.

1.0 E 2.0

Para carros com motores de 1.0 a 2.0 (flex), a aliquota permanecerá, portanto, em 7% até o fim deste ano - patamar que vigora atualmente. No fim do ano passado, o IPI destes carros estava em 5,5%. Se a decisão de prorrogar a atual alíquota não fosse tomada pelo governo, o IPI, nestes casos, subiria para 9% entre abril e junho e avançaria para a alíquota considerada 'normal' de 11% a partir de julho deste ano.

Para carros a gasolina, 1.0 a 2.0, a alíquota permanecerá no atual patamar de 8% até o fim deste ano. Sem a decisão de prorrogar a atual alíquota, ela subiria para 10% entre abril e junho e para 13%, nível considerado 'normal', a partir de julho deste ano. No fim de 2012, o IPI destes veículos estava em 6,5%.

UTILITÁRIOS

Para utilitários, a alíquota do IPI permanecerá no atual patamar de 2% até o fim deste ano. Sem a prorrogação, o IPI subiria para 3% de abril a junho e para o patamar considerado 'normal' de 8% a partir de julho deste ano. Para veículos acima de 2.000 cilindradas, a alíquota permanece inalterada em 25% para os veículos a gasolina e em 18% para os carros flex, informou o Ministério da Fazenda. (Portal G1)

Papa: ‘Não nos resignemos, nem percamos a confiança’



O Papa Francisco pediu neste sábado, na homilia da vigília pascal, que lembra a ressureição de Cristo, que os católicos não se resignem, nem percam a confiança diante das dificuldades. "Não nos encerremos em nós mesmos, não percamos a confiança, nunca nos resignemos", pediu o Papa na homilia da liturgia da luz, uma mensagem que pode ser aplicada não apenas à religião, mas também a qualquer dificuldade da vida, principalmente em épocas de crise.

Os problemas, as preocupações do cotidiano, tendem a fazer com que nos encerremos em nós mesmos, na tristeza, na amargura", porque, segundo o Papa, "é aí que está a morte". Para Francisco, não podemos "nos fechar para a novidade, porque esta transforma". A cerimônia, celebrada na Basílica de São Pedro e chamada liturgia da luz, começou às escuras, e com o Papa e os sacerdotes vestidos de branco.

Uma vez aceso, no átrio da basílica, o círio pascal - grande vela que simboliza Cristo ressuscitado e serve para acender as velas dos fiéis -, inicia-se a procissão do Papa e de seus ministros até o altar maior, momento em que as luzes do templo são acesas. "É a celebração mais rica e, quem sabe, mais bela da Semana Santa, comentou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi. (Do Correio Braziliense)

sábado, 30 de março de 2013

Leitora do blog esta de idade nova Elaine Karin.



Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário. Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados. Desejos do blog Jataúba News.


Passando pra desejar um belo final de semana pra todos leitores deste blog e uma feliz pascoa a todos.

Família busca informações de jovem desaparecida no Recife

Ana Cláudia de Fátima dos Passos Barros Lima, 26 anos, disse que ia sair para ir ao banco e não mais voltou pra casa.


Ana Cláudia está desaparecida desde a última terça (26).

Uma família do Recife está em desespero por conta do desaparecimento de uma parente desde a última terça-feira (26).
Ana Cláudia de Fátima dos Passos Barros Lima, 26 anos, disse que ia sair para ir ao banco e não mais voltou pra casa. Ela foi vista pela última vez na casa de uma amiga, onde dormiu da terça para a quarta-feira.
Todas as tentativas de contato da família por telefone celular foram sem sucesso.Ana Cláudia saiu de casa pela última vez vestindo uma calça jeans escura, blusa estampadas, sapatilhas e bolsa beges.
Para dar informações sobre o paradeiro da jovem, basta ligar para os telefones (81) 8781-1708 e (81) 95007215.

Fonte: JC Online
Foto: Divulgação/Facebook

Diogo afirma que Santa Cruz está sim na primeira etapa da Adutora do Agreste



O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) participou na noite desta quinta-feira (28) do programa “Direto ao Ponto”, que vai ao ar nas Rádios Santa Cruz FM e Vale do Capibaribe AM.

Na oportunidade, Diogo falou sobre notícia publicada em alguns meios de comunicação, que afirmavam que a cidade de Santa Cruz do Capibaribe havia ficado de fora da primeira etapa da obra de construção da Adutora do Agreste, que levará água extraída do rio São Francisco para 68 municípios pernambucanos.

O deputado afirmou que, Santa Cruz do Capibaribe é um das cidades que serão contempladas, ainda na primeira etapa da adutora. Ele explicou que a primeira fase da obra será dividida em quatro lotes e Santa Cruz faz parte do quarto lote. “Além de Santa Cruz do Capibaribe, o município de Brejo da Madre de Deus também está incluído no cronograma da obra”, disse ele.

O Governo do Estado tem desenvolvido ações emergenciais e grande porte, que têm por objetivo garantir o abastecimento d’água em toda a região. “Existem várias ações sendo desenvolvidas pelo Governo que garantirão melhorias no abastecimento d’água em nossa região. Serviços emergenciais como, perfuração de poços e envio de ração animal, além de três grandes projetos, que são, a triplicação da adutora de Tabocas, a construção da Adutora do Agreste e a construção do açude das Porteiras”.

Para finalizar, Diogo garantiu mais uma vez que Santa Cruz do Capibaribe não ficará de fora da Adutora do Agreste. “Santa Cruz faz parte sim do projeto, mas infelizmente existem pessoas que querem confundir o nosso povo”.

Mais 2 vitimas na PE 160 nesta madrugada.


De acordo com uma mensagem via celular enviada  por uma leitora deste blog um acidente com 2 vitimas fatais na PE 160 próximo ao sitio mineiro, de acordo com as informações as vitimas eram do sitio empoeiras de jataúba e moravam em poço fundo e santa cruz . Álcool  e direção foi o ingrediente perfeito para esta tragedia que pode ser maior. porque outros 3 ocupante do veiculo se encontra em estado gravíssimo. O motorista deve ter perdido o controle do veiculo e capotou. 

Em instante mais informações. 

Jataúba News

Presos acusados de assaltos e estupros



 Image

Policiais Militares e Civis em operação conjunta, prenderam esta manhã três acusados de praticar vários assaltos a estabelecimentos comerciais de São José do Egito, Tabira e outras cidades do Pajeú pernambucano. Segundo informações preliminares, a quadrilha era de Santa Cruz do Capibaribe e vinha agindo na região. Foram presos nos arredores da cidade de Tabira. Alguns deles são naturais do município da Prata, no Cariri paraibano.

Os acusados foram reconhecidos pelas vítimas e com eles foram encontradas as armas usadas nos crimes e alguns produtos dos roubos. Mário Venício Ferreira da Silva, 32 anos natural de PRATA-PB e Edmar Guimarães de Oliveira, 29 anos, de STª Cruz do Capibaribe, e Clécio Braz de Lima Silva, 22 anos, natural de PRATA-PB, foram reconhecidos pelas vítimas. Com eles foram encontradas as armas usadas nos crimes e alguns produtos dos roubos.

Clécio Braz também é acusado de tentativa de estupro a  comerciárias egipcienses. As prisões acontecem desde a madrugada de hoje. Os criminosos estão sendo autuados em Afogados da Ingazeira. A polícia Civil está reparando o pedido de prisão preventiva de todos. Os crimes vinham assustando a população e motivaram um protesto de comerciantes.

Contas vencidas nesta 6ª poderão ser pagas na 2ª


Agência Brasil (Brasília) – As contas com vencimento marcado para hoje (29) poderão ser quitadas na próxima segunda-feira (1º) sem incidência de multa ou juros, informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Tanto contas de consumo (água, luz, telefone e televisão por assinatura) como carnês podem ser pagos no dia útil seguinte aos feriados sem encargos adicionais aos consumidores.

Por estarem com a data ajustada ao calendário de feriados, os tributos – federais, estaduais e municipais – que vencem no fim do mês também poderão ser pagos em abril sem prejuízo.

De acordo com a Febraban, quem quiser fazer pagamentos no feriado poderá recorrer aos canais eletrônicos de atendimento. A população poderá usar caixas eletrônicos, páginas das instituições financeiras na internet, celulares e atendimento por telefone para realizar as operações.

Os clientes podem ainda agendar o pagamento nas próprias agências bancárias, nos correspondentes bancários (estabelecimentos comerciais autorizados a fazer operações bancárias) ou nos caixas eletrônicos. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

Alunos com Bolsa Família repetem menos de ano


Entre os estudantes de famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), os que recebem Bolsa Família têm chances de repetir de ano cerca de 11% menores que as de alunos cadastrados mas não beneficiados pelo programa. Os pesquisadores Luis de Oliveira e Sergei Soares, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), chegaram a esse resultado ao cruzar pela primeira vez os dados de três bases administrativas – CadÚnico, Projeto Frequência e Censo Escolar – e concluíram haver “evidências de que o Programa Bolsa Família reduz a repetência de quem o recebe”.

Enquanto o Bolsa Família é focalizado nas famílias do CadÚnico com renda de até R$ 140 por pessoa, o cadastro inclui um conjunto bem maior de famílias, com renda de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 339 atualmente) ou de até 3 salários mínimos no total (R$ 2.034). Assim, com mais de 1,2 milhão de casos analisados, a pesquisa aponta indícios de que o benefício do Bolsa Família eleva a taxa de aprovação entre crianças que, em geral, estavam nas famílias mais pobres do cadastro.

Crianças cadastradas cujos responsáveis completaram pelo menos o ensino fundamental têm chance 32% menor de repetir, enquanto os domicílios menos favorecidos tendem a abrigar os estudantes com piores resultados. Na contramão dessa tendência, o benefício de renda, condicionado à frequência escolar, “tem ajudado essas famílias a garantir melhores condições para seus filhos”.

Pescador captura Tambaqui com 20 quilos em açude de Ouro Branco


  Semana santa gorda 


Apesar de estarem enfrentando escassez de chuvas no sertão Potiguar, alguns açudes do Seridó ainda são procurados por pescadores em busca de peixes para a Semana Santa.
O pescador ourobranquense conhecido por Mazinho, pegou na manhã desta segunda-feira (25) um tambaqui de 20 quilos.
O peixe foi pescado no açude de Zezinho Medeiros, localizado entre os municípios de Ouro Branco/RN e Várzea/PB.

É preciso mais respeito com Jesus


É preciso respeitar a data em que se lembra a morte de Jesus Cristo, uma das maiores figuras da Humanidade. Tanto faz se católicos, evangélicos, muçulmanos, judeus, budistas, ateus e agnósticos. Todos concordarão em que depois dos seus ensinamentos, o mundo não foi mais o mesmo. Agora, quantas barbaridades se praticaram e ainda se praticam em nome dele. Ainda hoje, mesmo abolidas as fogueiras, as guerras ditas santas e as fantasias.

Com todo o cuidado para não agredir a fé de bilhões de seres humanos, é preciso verificar que nenhum dos quatro evangelistas, além de muitos outros censurados através dos séculos, escreveu ter Jesus dito que era Deus. Sequer que era o único filho de Deus. Pregou que todos éramos filhos do Criador, que iríamos ao encontro Dele, depois da morte, caso tivéssemos praticado o amor ao semelhante e evitado uma série de barbaridades sem que nos tivéssemos arrependido. Foi depois, com a difusão da dita doutrina cristã, que se criou a versão de sua divindade. Uns por ingenuidade, outros por malandragem, estabeleceram versões a respeito da ressurreição, quando a explicação mais racional seria, no máximo, de que Jesus teria escapado do flagelo da crucificação. As lendas, porém, suplantaram a natureza das coisas.

Devemos enfrentar a realidade: se existe o Pai, como Jesus e toda a tradição judaica sustentavam, como imaginar que Ele tivesse tido um filho? Houve uma esposa? Mais fantasiosas ficaram as ilusões quando se inventou a existência do Espírito Santo, uma pombinha que até hoje freqüenta os concílios do Vaticano, mas que de fato representa apenas o bom-senso, a racionalidade e a sempre presente natureza das coisas.

Não dá para entender como se apregoa o chamado “mistério de um Deus em três Pessoas”, que ouvimos placidamente durante toda a vida. Ou existe ou não existe o Criador, mas dividi-Lo só mesmo por força de muita imaginação.

Foi graças a Saulo de Tarso que o cristianismo estendeu-se para toda a Humanidade, quando a pregação de Jesus limitava-se à nação judaica, que ele pretendia purificar. Pior para os anazes e caifazes da época, que condenaram Jesus à morte por medo de perder o poder sobre a comunidade, tamanho o obscurantismo que impunham para exercer seu domínio. Enganaram até Roma, sugerindo que Jesus pretendia-se o rei dos judeus, libertador da opressão romana.

Ao prometer que os dois ladrões crucificados com ele estariam em breve no paraíso, jamais Jesus imaginou-se superior aos homens, muito menos seu julgador, apesar de as versões posteriores exaltarem essa condição.

Numa palavra, Jesus talvez tenha sido o maior dos mestres nascidos até hoje entre nós, mas se pudesse prever o que fariam em seu nome e o que construiriam em torno de sua pessoa, talvez tivesse pedido ao Pai para livrá-lo de carga tão pesada. Assim, devemos reverenciá-lo, nunca utiliza-lo para tanta ignomínia verificada há dois mil anos. Em vez de desfilarem com chapéus dignos de faraós e vestimentas apropriadas para as escolas de samba, cheios de empáfia e arrogância, os que se dizem seus representantes no planeta deveriam ater-se apenas aos seus ensinamentos, não às fantasias erigidas através dos tempos.

Eduardo leva PSB a tentar fechar aliança com Kassab



 

Depois que o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) disse à presidenta Dilma Rousseff (PT) que não participaria, nesse ano, da reforma ministerial, o PSD passou a ser alvo dos assédios dos socialistas. O PSB está interessado em viabilizar a coligação para a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência daRepública em 2014. Segundo um integrante do PSB, a conversa de Campos com Kassab já ocorreu.

O paulista é visto no PSB como um vice interessante para a candidatura socialista, já que é de São Paulo, área onde Campos tem dificuldade de penetração. Além disso, na avaliação do PSB, Kassab tem a qualidade de representar o “novo”, um dos conceitos a ser trabalhado na possível candidatura de Eduardo Campos. Lideranças importantes do PSD, no entanto, são resistentes à mudança.

Um dos líderes do partido avaliou que, no atual cenário, é mais fácil um acidente aéreo que o partido deixar de caminhar com Dilma. No PSD, o sentimento não é de ter dito um “não” para Dilma e sim de ter dito um “ainda não”. (Blog Poder Online - Luciana Lima)

sexta-feira, 29 de março de 2013

Copa do Mundo só dá notícia ruim

                                    


Cem por cento do noticiário sobre a Copa do Mundo de 2014 é negativo. Até a Seleção, com o empate ridículo de 1×1 com a Rússia, só produz desgaste. E cresce o uso da frase “imagine como vai ser na Copa”. Apesar disso, tenho certeza que daremos um show. O mundo vai ficar encantado com a abertura do evento no estilo Joãosinho Trinta. Nossas torcidas vão emocionar até os esquimós. Os estádios farão o papel desejado, abrigando gente bonita, alegre, com pouco roupa e sem violência. E a TV Globo é a TV Globo, ora!

Vai ser uma felicidade, com pontos facultativos, carnaval, todas as cidades decoradas, muita música, estrangeiros sisudos soltando a franga e tomando caipirinha como se fosse refresco, etc.

Mas o noticiário atual é trágico. Imaginem a repercussão desse escândalo do estádio chamado Engenhão, no Rio de Janeiro. Estive no Pan como convidado da CEF e vi a inauguração dessa instalação fantástica, mas agora fico sabendo que a cobertura podia ter caído na minha cabeça se houvesse um vento acima de 60km/h. Vergonha!

Teremos 12 novos estádios em uso nos jogos da Copa do Mundo. As torcidas estão preocupadas, depois desse fiasco do Engenhão. Na verdade, não temos hábito de conviver com estádios cobertos e dá um frio na barriga saber que poderemos passar duas horas debaixo de cada uma dessas estruturas de engenharia.

Campanhas dos candidatos: nós bancaremos


 

O Supremo Tribunal Federal convocou audiências públicas para discutir o financiamento público de campanhas. Em outras palavras, se ele for aprovado é o pagador de imposto que vai bancar as campanhas. Aliás, hoje ele já paga. Os partidos recebem um fundo para se manter que vem dos impostos. Tudo o que se vê na televisão e no rádio, em épocas eleitorais ou fora delas, é pago a essas empresas através da troca com imposto devido. O que pode acontecer é que o cidadão que já banca uma parte dos custos dos partidos, vai pagar a conta toda.

Hoje os políticos buscam o financiamento de grupos econômicos e com isso ficam o rabo preso com seus interesses e dão às costas solenemente aos seus eleitores.Com dinheiro na mão qualquer um tem condições de pegar um mandato parlamentar. Muitos continuam suas atividades profissionais e tratam o mandato apenas como um bico. Enfim é preciso uma decisão.

Vão partir para a ignorância?

ELIANE CANTANHÊDE *

 

O deputado e pastor Feliciano não é mole. Além da cara de pau de assumir a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, ele resiste a todas as pressões e ponderações para sair de onde nunca deveria ter entrado e, agora, parte para o ataque.

Autor de frases racistas e homofóbicas, alvo de processos no Supremo Tribunal Federal (um deles por estelionato) e flagrado dando uma bronca numa ovelha do seu rebanho que lhe passou o cartão de crédito, mas não a senha, Feliciano se coloca como vítima e joga a polícia parlamentar em cima de manifestantes.

Um foi detido por chamá-lo de 'racista' e o outro (até devidamente, cá entre nós), por tentar invadir o seu gabinete. Pior: enquanto chama a polícia, Feliciano aciona os militantes do outro lado: os irmãos de fé.

Aliás, a convocação é do seu partido, o PSC. Ao comunicar, desassombradamente, que o pastor seria mantido na presidência da comissão, o vice-presidente nacional do partido, o também pastor Everaldo Pereira, disse que o camarada é 'ficha limpa' e ameaçou: 'Não fazemos ameaças, mas, se for preciso convocar centenas de militantes que pensam como nós, também vamos convocar'. Que medo!

O risco é o Congresso virar um palco de guerra entre manifestantes anti-Feliciano e pró-Feliciano, com tudo o que isso significa em termos de direitos humanos, de minorias, de avanços, de atraso. Se ficasse só nas ideias, ótimo. Continuando no grito, já é preocupante. E se partirem para a ignorância, para as vias de fato?

No meio da desordem, pergunta-se: cadê o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, que é o parlamentar mais experiente e tem a política no sangue? Ele não só disse que a situação era 'insustentável' como se comprometeu a resolvê-la rapidamente. Daí? Daí, nada.

Políticos resolvem as coisas parlamentando, negociando, ajustando contrários. Mas é a velha história: 'Em casa de ferreiro, espeto de pau'. (* Folha de S.Paulo)

Se colar colou: PT tem mote para derrubar Eduardo


 

Pesquisas qualitativas em mãos do PT mostram que, quando questionadas sobre a eventual candidatura à Presidência do governador Eduardo Campos (PSB), muitas pessoas associam a ele variações das palavras 'traição' e 'ingratidão'. Por isso, a ordem entre os petistas é bater na tecla de que Lula e Dilma Rousseff ajudaram o aliado com investimentos generosos em oito anos. Em tom light, a própria presidente citou vasta lista de realizações em sua visita a Pernambuco.

A informação é de Vera Magalhães, na coluna política da Folha de S.Paulo, desta quinta-feira. Com mais detalhes:

''Em recente jantar com empresários, no Rio, José Dirceu disse que o PT deveria ter se empenhado para abater a candidatura de Campos antes que ela levantasse voo, e que agora seria tarde.

O ex-ministro, condenado no mensalão, também previu que nenhum partido, nem mesmo o PMDB, vá apoiar '100%' a reeleição de Dilma. Todos devem ir ao palanque rachados.

No encontro reservado que tiveram na terça-feira em Brasília, o senador Pedro Simon (RS) presenteou Campos com um livro. O pessebista ficou muito satisfeito com o teor da conversa com o dissidente do PMDB.''

quinta-feira, 28 de março de 2013

Cana ração da Operação Seca chega à Santa Cruz



As comunidades rurais do município de Santa Cruz do Capibaribe receberam a cana-de-açúcar que servirá de ração para os animais que sofrem com a seca que assola o semiárido. A cana ração para a Zona Rural é mais resultado da visita do Secretário de Agricultura do Estado Ranilson Ramos ao município, e foi solicitada pelo prefeito Edson Vieira (PSDB) e pelo deputado estadual Diogo Moraes (PSB).

O material fornecido pelo Governo do Estado através da Operação Seca é transportado pela Prefeitura Municipal, e levado até as sedes das cooperativas ou associações de produtores rurais do município de Santa Cruz. Buscar melhorias e convênios que amenizem os efeitos negativos da estiagem sobre as famílias santa-cruzenses é uma luta diária da nossa administração”, frisou Vieira.


“O meu trabalho no Legislativo Estadual é articular encontros e pedir ações que beneficiem não só Santa Cruz, mas todo o agreste setentrional que sofre com os efeitos de uma das maiores secas já vistas”, ressaltou o Diogo Moraes. A ração é específica para gado bovino e sua distribuição está sendo controlada pelo IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco) e pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável.


Serviço
Para receber a cana ração, o agricultor deverá providenciar e entregar na Secretaria de Agricultura, a cópia dos seguintes documentos:


Ø Cadastro de Produtor fornecido pela ADAGRO;
Ø RG;
Ø CPF;
Ø Comprovante de residência.
A Secretaria de Agricultura fica localizada na Rua David Monteiro dos Anjos (por trás da Avenida Padre Zuzinha).

Feliciano manda prender "me chamou de racista"




Contestado mais uma vez, em novo tumulto, presidente da Comissão de Direitos Humanos foi chamado de racista; "Aquele senhor de barba... Me chamou de racista... Vai sair preso daqui porque me chamou de racista", ofendeu-se; ordem foi cumprida pela Polícia Legislativa; acusação pesa contra ele por declarações anteriores; reuniões da comissão têm sido sempre tumultuadas; ele se nega a renunciar, mas situação permanece "insustentável", como disse o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN)

Brasília 247 - Um dia depois que o PSC bateu o pé e anunciou a permanência de Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, a confusão instalou-se novamente na Câmara Federal nesta quarta-feira 27. Manifestantes tentaram impedir a reunião da comissão, que acontecia no plenário 9.

Depois de muito bate boca e gritaria, todos os integrantes de movimentos contrários ou favoráveis ao pastor foram retirados da sala. Um deles foi preso pela polícia legislativa a pedido do próprio parlamentar.
Marco Feliciano alegou que foi chamado de racista pelo manifestante. "Aquele senhor de barba, chama a segurança, ele me chamou de racista e racismo é crime. Ele vai ser preso e terá que provar que eu sou racista", disse o deputado em meio a confusão.
O antropólogo Marcelo Régis foi levado para a coordenação da Polícia Judiciária depois de resistir a prisão. [Veja no primeiro vídeo]. Ele prestou depoimento acompanhado de um advogado do PSOL. Ele não foi o único manifestante detido. Allysson Rodrigues Prata tentou invadir o gabinete do parlamentar e também foi contido pelos policiais legislativos.
Depois da prisão, Marco Feliciano ainda tentou conduzir a audiência por mais de dez minutos, mas o barulho de gritos e vaias impediu a continuidade da sessão. O parlamentar pediu silêncio em vários momentos e chegou a invocar o nome de "Jesus" para que os manifestantes respeitassem os demais deputados.
"Peço que vocês se acalmem, tem um deputado aqui falando... Vou ter que tomar medidas mais drásticas... Se acalmem, Jesus é bom... Vocês não respeitam os direitos humanos. Estamos falando de uma pessoa a beira da morte [sobre corintianos presos na Bolívia]. Aqui é a casa do povo, não uma casa de baderna. Não aceito pressão, pode gritar, pode espernear. Estou aqui eleito pelo voto legal pelo povo, estou aqui amparado", enfatizou.
Sem poder prosseguir, Feliciano suspendeu a audiência, que só foi retomada depois que todos trocaram de sala, e foram para o plenário 11, e contou apenas com a presença dos integrantes da Comissão de Direitos Humanos e dos jornalistas. Na pauta, a discussão sobre a contaminação de chumbo no solo de Santo Amaro da Purificação, Bahia.
Polêmicas
Desde que foi eleito para a presidência da comissão, Marco Feliciano é alvo de protestos em todo o país. Manifestantes se revezam em atos dentro da Câmara Federal e também em outros estados como o Rio de Janeiro, que contou com a presença de atores globais. A insatisfação está ligada aos cometários que o parlamentar teria feito contra gays, negros e religiosos.
Mesmo com a pressão popular e até do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que classificou como "insustentável" a presença de Feliciano na comissão, o partido preferiu manter o nome do pastor. Em reunião da bancada nessa terça-feira 26, o também pastor e vice-presidente nacional do PSC, Everaldo Pereira, disse que Feliciano é um deputado "ficha-limpa" e que era preciso "respeitar" a indicação feita pela sigla.
Os internautas também se mobilizaram contra a presença do deputado na Comissão de Direitos Humanos. O abaixo-assinado, entregue pela organização Avaaz ao PSC nesta quarta-feira, reuniu mais de 450 mil nomes da internet. A petição online foi criada pelo ativista em direitos humanos Bruno Maia.

Em cinco anos quase 400 mil voltaram a viver no brasil.




Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a crise econômica internacional associada a problemas específicos em alguns países, como o terremoto seguido por tsunami no Japão (em 2011), provocou o retorno em massa de brasileiros que estavam no exterior

AGÊNCIA BRASIL

Brasília – A crise econômica internacional associada a problemas específicos em alguns países, como o terremoto seguido por tsunami no Japão (em 2011), provocou o retorno de 300 mil a 400 mil brasileiros que estavam no exterior para o Brasil. Os números são do Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, e referem-se ao período de 2007 a 2012. A estimativa é que cerca de 2,5 milhões de pessoas vivem fora do país.
Os brasileiros voltaram, principalmente, do Japão, da Espanha, de Portugal, da França e dos Estados Unidos, além do Paraguai. Porém, o Itamaraty informou que os dados são baseados em estimativas, pois vários estão em situação ilegal, o que dificulta a precisão das informações.
O único país, segundo o Itamaraty, que é exceção é o Japão, pois todos os imigrantes são cadastrados pelo governo japonês. De 2007 a 2012, o número de brasileiros no país caiu de 313 mil para 193 mil. A avaliação é que o terremoto seguido por tsunami no Nordeste do Japão agravado por explosões e vazamentos nucleares, em março de 2011, tenha provocado o retorno.
De acordo com o Itamaraty, foram eliminadas ações consideradas discriminatórias em relação a brasileiros no exterior, como era o caso da Espanha até o ano passado. Negociações entre autoridades brasileiras e espanholas, segundo o ministério, acabaram com essas barreiras.
A diretora do Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior, Luiza Lopes da Silva, disse hoje (27) que os problemas de impedimento fora do país, quando ocorrem, são pontuais. Em geral, segundo ela, são questões relativas à adequação de documentos. A diplomata acrescentou que a preocupação do governo é dar condições para que todos os que retornam do exterior tenham condições de se reinserir na sociedade e no mercado de trabalho.
“No momento que o imigrante volta não acaba o problema. O retorno do imigrante não é fácil porque os caminhos que ele pode percorrer [para se readaptar à vida no Brasil] não são divulgados. De uns anos para cá, estamos fazendo esforços para levar essas informações ao exterior. Estamos fazendo a divulgação desses dados”, disse Luiza Lopes.

Obras de mobilidade para a Copa das Confederações estão atrasadas



O tempo, agora, é o maior inimigo. Quem trabalha diretamente nas obras de mobilidade para a Copa das Confederações, que acontece no próximo mês de junho, com jogos na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife, corre para entregar tudo no prazo previsto. Em alguns desses canteiros, como o Terminal Integrado de Cosme e Damião e a Radial da Copa, o tempo estipulado já acabou. Muitos afirmam que vai ficar pronto, mas tudo em cima da hora.
A expressão hoje é usada tanto pela cúpula das Secretarias da Cidades e Extraordinária da Copa quanto pelos operários que estão com a mão na massa, literalmente. Essa massa pode ser representada pelo barro que ainda ocupa muitos locais, onde já deveriam estar o asfalto e prédios prontos para serem inaugurados, como em Cosme e Damião, na Várzea, Recife.
A estação de metrô, que leva o mesmo nome do terminal e faz parte do complexo, está 95% pronta. Os trens, inclusive, já trafegam por ele, apesar de ainda não poderem realizar o embarque e desembarque de passageiros
.
“Estamos com tudo praticamente pronto. Falta o acabamento da estação para poder entregar no prazo”, disse um dos engenheiros da obra, de responsabilidade da Companhia Brasileira de Trens Urbanos(CBTU). “Agora é torcer e correr para que a obra do TI de Cosme e Damião também fique pronta, dando suporte necessário ao público. E também torcer para não chover”, citou o profissional, que preferiu não ser identificado. A obra é de responsabilidade do governo do Estado.
O inverno é realmente uma preocupação. Em maio, começa a estação chuvosa na Região Metropolitana do Recife (RMR) e junho é considerado o mês com maior índice pluviométrico. Como a maior parte da construção de Cosme e Damião ainda é um grande canteiro, com muito barro, a água poderia atrasar a obra ainda mais.
O novo terminal é um dos principais acessos para chegar à Arena Pernambuco. É de lá que vão sair os ônibus para o estádio, usando como via principal a nova ponte, que faz parte do complexo da Radial da Copa. A ponte também está quase pronta e deve ser entregue em junho. “Já pediram para a gente correr. Mas acho que só fica pronto mesmo em junho, em cima da hora”, disse um dos encarregados pela obra, que também optou pelo anonimato.
O Ramal da Copa será uma via com 6,3 quilômetros, que ligará a Avenida Belmino Correia (PE-05), em Camaragibe, ao lado da Estação Camaragibe do metrô, à BR-408 e à Arena da Copa, passando pelo TI de Cosme e Damião. Terá duas faixas exclusivas para o transporte público, seis para veículos particulares (três em cada sentido), ciclovia e calçadas. No total, terá 32 metros de largura.
A previsão do governo era concluir a primeira etapa, cerca de quatro quilômetros entre a Arena e a TI Cosme Damião, incluindo a ponte, até fevereiro deste ano. “Apesar de pequenos atrasos, todas as obras ficarão prontas até maio ou início de junho, para a Copa das Confederações”, afirmou secretário das Cidades, Danilo Cabral

Edson não descarta hipótese de crime político em sexto arrombamento registrado contra prédios públicos


Foto: Ney Lima (arquivo)

Em entrevista veiculada no programa Direto ao Ponto, da Rádio Vale AM, o prefeito Edson Viera (PSDB) falou de seu posicionamento sobre o sexto arrombamento registrado contra mais um prédio público de Santa Cruz do Capibaribe.

“Ficamos tristes, pois a gente já pensa que pode ser uma coisa orquestrada de novo. Eu não faço política “pequinês” e fico triste porque pessoas que fazem isso não estão prejudicando Edson Vieira, mas toda a administração de Santa Cruz do Capibaribe”.


Ney lima

Eduardo diz que nada afetará relação com Lula



Ex-presidente disse que candidatura de Campos é bom para a democracia (Foto: Roberto Stuckert/Instituto Cidadania)

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou, nesta quarta-feira (27), que nenhuma circunstância política vai afetar a relação pessoal que tem com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A declaração do socialista foi uma resposta à entrevista concedida pelo cacique do PT ao jornal Valor Econômico, na qual o petista observa como “bom para a democracia” a possível candidatura de Eduardo à Presidência da República. O gestor estadual agradeceu as palavras do aliado.

Lula diz que vem fazer campanha para Dilma em PE

“Agradeço as generosas palavras do presidente Lula, que não me surpreendem pela grande relação que nós temos, de respeito, de uma caminhada de muitos anos juntos. Eu sempre disse para vocês que, em numa circunstância política, haveria de afetar a minha relação pessoal, de respeito, de admiração ao brasileiro, ao presidente em que votei e servi como ministro como um ser humano, líder político. Nesse momento, tenho que agradecer as palavras tão gentis dele”, afirmou Eduardo Campos.

Ao ser indagado se a declaração do ex-presidente da República o deixaria estimulado para pavimentar a candidatura à presidência, Eduardo Campos disse que o ex-presidente deu demonstração de que sabe distinguir o que é o processo político e como devem ser as relações pessoais. “A fala de Lula nos deixa confortado. De certa forma nos emociona a mim, a minha família e amigos pela forma larga ele coloca as questões e como ele sabe distinguir o que é processo político e o que devem ser as relações pessoais nessa dimensão”.

Ao jornal, o ex-presidente Lula cravou que não faz parte de sua índole pedir as pessoas para não se candidatarem, haja vista seu histórico político. “Eu não pedirei para não ser candidato nem para ele nem para ninguém”, cravou o cacique do PT. No entanto, o petista ressaltou que virá a Pernambuco fazer campanha em favor da presidente Dilma Rousseff (PT).


    Eduardo levará duas propostas para Dilma



    Socialista cobrará desburocratização dos repasses aos atingidos pela seca(Foto: Paullo Allmeida)

    Para o encontro dos governadores do Semiárido nordestino com a presidente Dilma Rousseff (PT), no dia 2 de abril, em Fortaleza, o pernambucano Eduardo (PSB) deverá levar duas sugestões com o objetivo de amenizar os efeitos da seca. Uma delas será a defesa da anistia às dívidas da agricultura familiar para reconstruir a base econômica no campo. A outra é discutir mecanismos para desburocratizar o repasse de verbas nas entre os entes federados. Neste caso, o socialista vai apresentar a experiência do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), criado em fevereiro passado, e que vai injetar R$ 228 milhões nos cofres das prefeituras pernambucanas.

    Para Eduardo Campos, o Governo Federal tem que ter coragem para utilizar os empréstimos subsidiados aos grandes grupos econômicos para custear a anistia da agricultura familiar. “O olhar na reconstrução passa por reabilitar a agricultura familiar do Nordeste e não tem como reabilitar nessas velhas rolagens das dívidas. Ou a gente tem a coragem de enfrentar e anistiar a agricultura familiar, porque como é que você vai, a partir de um solo seco, acumulando duas, três dívidas de safras que deram zero poder tomar novo dinheiro para pagar seu sustento e pagar a dívida de três, quatro safras?”, indagou. “Na hora que a gente está emprestando dinheiro subsidiado a grandes grupos econômicos a gente tem que ter a coragem de pagar a agricultura familiar”, acrescentou.

    Já para desburocratizar os entraves no que tange ao repasse de recursos públicos entre os entes federados, Eduardo Campos vai propor replicar o modelo que será implantado em Pernambuco, de fundo a fundo. Para tanto, o governador citou que os ministérios da Saúde e Educação usam essa experiência para aplicar verbas do SUS e Fundeb. O gestor socialista garantiu, contudo, que todas as transações entre União, Estados e municípios deverão ser fiscalizadas pelos órgãos de controle, a exemplo dos Tribunais de Contas e da União e da Controladoria Geral da União.

    Modelo arcaico
    Indagado se o atual modelo adotado pelo Governo Federal para repasse de recursos aos Estados e municípios é arcaico, o governador Eduardo Campos cravou que a gestão precisa ser aperfeiçoada. Na opinião do socialista, é preciso encurtar os prazos e fazer o trabalho integrado para liberar verbas aos entes que vivem em situação de emergência. O presidenciável procurou afastar que sua declaração tem um ponto de crítica ao padrão adotado pela União.

    “Em algumas questões é um modelo que precisa ser aperfeiçoado. É preciso encurtar os prazos e fazer as coisas a muitas mãos. Aqui não é nenhum ataque, é fazer uma racionalização dos processos porque, às vezes, o caminho que dá segurança, as leis que foram feitas no passado não foram feitas para situações de emergência. Foram feitas para situações de normalidade”, opinou Eduardo Campos.


      Em Mirassol, Palmeiras passa por humilhação histórica e leva 6 a 2


      Há dez anos, a meses de sua primeira participação na Série B do Campeonato Brasileiro, o palmeirense sofreu com uma derrota por 7 a 2 para o Vitória, no Palestra Itália. Nesta quarta-feira, um resultado similar ocorreu em Mirassol. O time da casa, que precisava dos três pontos para não entrar na zona de rebaixamento do Campeonato Paulista, marcou seis gols no primeiro tempo e venceu por 6 a 2.
      O pesadelo começou cedo. Marcos Vinícius só estreou como profissional porque Mauricio Ramos teve indisposição estomacal no vestiário, minutos antes de o time entrar no campo. E Marcos Vinicius, de 20 anos, não poderia começar pior sua carreira, marcando gol contra com 40 segundos de jogo.
      A partir daí, o que não faltaram foram falhas. Caion fez dois, aos nove e aos 11, aproveitando-se de Marcos Vinícius e Márcio Araújo. Para reagir, Gilson Kleina colocou Ronny em campo e o meia cruzou para Caio fazer, aos 22, e balançou as redes aos 30. Uma esperança nascida em vão. Aos 39, Leomir fez golaço de falta e abriu nova série de chutes certos contra Fernando Prass: Medina, aos 43, e Camilo, aos 46, fecharam o placar.
      O segundo tempo serviu só para completar a apática atuação do Verdão. Na tabela, a consequência não é tão grande, já que o time segue na sétima posição, dentro da faixa de classificação para as quartas de final e tem chance de se recuperar ao receber o Linense, no Pacaembu, às 18h30 (de Brasília) deste sábado.
      fonte G1

      quarta-feira, 27 de março de 2013

      Assalto a lanchonete em jataúba.





          A poucos por volta das 23:00 desta quarta 27/03/13 O hamburgão de jataúba foi assaltado por dois meliantes os dois estvam de capacete em uma moto de placa não anotada onde adentraram no estabelecimento de arma em punhos e anuciaram o assalto madaram todos que ali estavam deitarem e pediram para que nimguem o olhasse para eles  levando uma quantia não informada pelos os propietario alem do apurado do estabelecimento tembem foi subtraido pertences dos que ali estavam logo apois o assalto os ladrões tomaram destino ignorado.

      Jataúba news
      Escrito por collar.

      O fenômeno Eduardo Campos


       
      O governador de PE é, mas não é; está, mas não está; e até agora foi um propagador de platitudes

      EDUARDO CAMPOS é candidato a presidente  a República. É ou não é? Ele está na base de apoio do governo de Dilma Rousseff. Está ou não está? Segundo o senador Jarbas Vasconcelos, o simples fato de ele ter dito que 'dá para fazer muito mais' mostra que é um dissidente. Mostra ou não mostra?
      Nenhuma dessas perguntas foi respondida pelo governador. Seria cedo para fazê-lo, mas indo-se às ideias que Eduardo Campos defendeu desde a sua transformação em fenômeno federal, vai-se a um abissal silêncio. Ele poderia ter ido a uma universidade com um plano para fazer melhor na educação. Poderia ter ido a um seminário sobre saúde pública. Nada. Foi a São Paulo reunir-se com empresários. Se levou ideias ou buscou apoios, não ficou claro, pois nem ele expôs propostas nem os empresários mostraram suas oferendas.
      Até agora, o governador cumpriu uma agenda político-gastronômica da qual resultou uma única informação de conteúdo: o cozido que o senador Jarbas Vasconcelos lhe ofereceu leva carnes de segunda com pirão de farinha de mandioca.
      Suas propostas são um acúmulo de platitudes. Diz coisas assim:
      'Não há grande incômodo nas grandes massas. Não há na classe média esse sentimento, nem de forma generalizada no empresariado. Mas há, nesse instante, nas elites, grande preocupação com o futuro. Há o sentimento de que as coisas podem piorar.'
      Seu melhor momento deu-se quando citou o avô, Miguel Arraes:
      'Na política, você encontra 90% dos políticos atrás de ser alguma coisa. Dificilmente eles sabem para quê.'
      Não era citação, mas carapuça. Nenhum comensal de Eduardo Campos enunciou o 'para quê' e muito menos ele ofereceu uma pista.
      Campos propõe-se a 'renovar a política'. Durante a passagem da doutora Dilma por seu Estado um veículo do Instituto de Tecnologia de Pernambuco distribuía faixas louvando-o e uma jovem desempregada de 24 anos contou que prometeram-lhe R$ 20 para carregar a propaganda. Nas suas últimas campanhas presidenciais o PSDB alternou marquetagens, platitudes e cruzadas religiosas. Deu no que deu.
      Um candidato que está na base do governo mas não está é uma contradição em termos, coisa de uma época que passou. Candidatos que se fizeram de rogados foram fritos. Na última eleição municipal deu-se em São Paulo um fenômeno que merece ser estudado por quem pretenda vencer uma eleição majoritária. Depois de uma campanha na qual o PT tinha um poste e o PSDB um candidato relutante, o asteroide Celso Russomanno tinha 46% das preferências na zona leste da cidade. Em duas semanas, caiu para 24%, um desfalque estimado em 270 mil votos. Ele tinha fama como apresentador de programa de TV, sem partido forte ou tempo de propaganda gratuita. Na reta final, propôs uma tarifa de ônibus diferenciada: quem fizesse percurso maior pagaria mais. Tradução: o trabalhador que mora longe do serviço tomaria uma mordida. Russomanno não chegou ao segundo turno.
      As eleições brasileiras não se decidem mais num joguinho de doações, marquetagens e alianças de cúpula. Como nos cozidos, esses ingredientes temperam o prato, mas, sem carnes, nada feito, pois tanto um bilionário como um esfomeado sabem quando não há substância no prato.

      Papa Francisco ganha a admiração dos evangélicos


       

      A eleição do papa Francisco chamou atenção da comunidade evangélica do país. Um dos pastores mais influentes da Assembleia de Deus, o cearense Jecer Góes, tem usado as redes sociais para fazer comparações entre a situação da Igreja Católica e das confissões evangélicas. No twitter, Jecer Góes chamou atenção para os hábitos franciscanos do novo papa. “E o evangelho? Enquanto isso, o catolicismo em alta com o novo papa”, escreveu, em 20 de março. Opositor da chamada Teologia da Prosperidade, Jecer Góes usou os problemas recentes da Igreja para fazer, no último dia 17, um alerta a seus fieis :

      “O desgaste na liderança católica é o sinal amarelo para a liderança evangélica. Tudo começa com a tal prosperidade. Vigiai”. E completou: “A crise daIgreja deveria servir de exemplo para os evangélicos”. Mais, também em 17 de março: “O porta-voz do Vaticano diz que os cristãos só pensam em sexo, poder e dinheiro. Nunca na Igreja. Reflita a situação evangélica
      hoje?”. (Felipe Patury - ÉPOCA)

      BRICs: Dilma afirma que a meta é superar a pobreza



      A presidente Dilma Rousseff (PT) disse nesta quarta-feira (27), durante a 5ª Cúpula do BRICs (bloco formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) em Durban, na África do Sul, que a meta de todos é a superação da pobreza. Ela lembrou, porém, que esse objetivo é apenas o começo de um esforço conjunto que inclui uma série de ações para o desenvolvimento dos países que integram o grupo. Dilma ressaltou que o Brasil conquistou avanços, mas que o empenho é mantido pelo governo.

      “A superação da miséria é apenas o fim do começo”, destacou a presidente na abertura da cúpula. Dilma reiterou que, em decorrência dos modelos de desenvolvimento econômico e social adotados no Brasil, o país conseguiu atingir a meta do milênio fixada pelas Nações Unidas, de superar a renda mínima de US$ 1,25 por pessoa.

      A presidente disse ainda que as políticas públicas executadas no Brasil visam a transformar cidadãos em consumidores, ampliando o mercado interno e as oportunidades. Dilma lembrou que os países do BRICs podem ter “histórias diferentes”, mas têm metas semelhantes. “É a responsabilidade com o mundo que está surgindo”, acrescentou.

      Antes da abertura da cúpula, Dilma participou de um café da manhã com os líderes do BRICs - os presidentes Jacob Zuma (África do Sul), o anfitrião, Vladimir Putin (Rússia) e Xi Jinping (China), além do primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh.

      STJ nega pedido de liberdade ao ex-juiz Nicolau



      O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes negou liminar em habeas corpus ao ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, 84, que vai continuar preso. Na última segunda-feira (25), o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) cassou a prisão domiciliar do ex-magistrado e o encaminhou para a carceragem da Polícia Federal em São Paulo.

      A defesa de Lalau, condenado por desvios de dinheiro das obras do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, queria o retorno dele à prisão domiciliar. O mérito do habeas corpus será julgado pela Sexta Turma do STJ.

      Os advogados do ex-juiz pediram no habeas corpus o reconhecimento da prescrição no caso e alegou que a prisão não tem amparo no artigo do Código de Processo Penal, que trata das hipóteses para a prisão preventiva. Para a defesa, essa é a “prisão preventiva mais longa da história” do país.

      A defesa citou até o caso do mensalão, lembrando que o princípio de inocência foi respeitado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), até o trânsito em julgado, na Ação Penal 470, processo sobre o escândalo. Em último caso, a defesa pediu o retorno do ex-juiz à prisão domiciliar.

      Brasil e China fazem acordo de troca de moedas

      Agência Brasil (Brasília) – O Brasil e a China firmaram hoje (26) acordo de troca das moedas locais (reais por yuans) no total de R$ 60 bilhões (190 bilhões de yuans), válido por três anos e com possibilidade de renovação. O acordo foi assinado pelos bancos centrais dos dois países e tem o objetivo facilitar o comércio bilateral.
      De acordo com nota do Banco Central (BC) do Brasil, as tratativas para o estabelecimento do acordo foram demandadas pelos líderes dos dois países em declaração conjunta na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que ocorreu na capital fluminense em 2012.
      O Banco Central acrescentou que adotará as medidas regulamentares e operacionais necessárias para a implementação da iniciativa, observando os limites e as condições estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).
      O BC também informou que ontem (25) houve uma reunião com o Banco Central da África do Sul (The South African Reserve Bank ), paralelamente ao encontro, em Durban, da Cúpula do Brics, grupo formado por cinco países emergentes – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.
      Nessa reunião, o presidente do BC, Alexandre Tombini, e a presidenta do Banco Central da África do Sul, Gill Marcus, discutiram as condições monetárias e financeiras pós-crise nos países avançados, e as respostas de política econômica dos países emergentes, inclusive as políticas macroprudenciais.
      De acordo com nota do BC, os presidentes dos dois bancos centrais conversaram também sobre sobre formas de fortalecer a voz dos países emergentes em organismos internacionais, como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Conselho de Estabilidade Financeira (em inglês, Financial Stability Board – FSB)
      Na reunião, também foi discutida a agenda de reforma da regulação financeira internacional, principalmente a troca de experiências sobre o progresso na implementação de Basileia 3 (conjunto de regras para a estrutura de capital das instituições financeiras).

      Dilma leva chá de cadeira na África do Sul e se irrita


       

      A presidente Dilma Rousseff levou um chá de cadeira de quase uma hora e meia do presidente sul-africano Jacob Zuma(foto), anfitrião da Cúpula dos Brics em Durban. Irritada, Dilma resolveu voltar ao seu hotel. De lá, foi para a cerimônia de abertura da cúpula -mas não foi ao jantar oficial. Segundo assessores da presidente, ela deve se reunir com Zuma hoje. Mas a sensação era de constrangimento por causa da espera a que Dilma foi submetida. (A informação é da Folha de S.Paulo)

      Dilma tinha um encontro bilateral com Zuma às 18h15 no centro de convenções. Ficou esperando durante uma hora e meia, reunida com seus ministros, enquanto Zuma prolongava sua reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. Os dois fecharam acordos para manutenção de helicópteros russos e transferência de tecnologia para energia solar e nuclear.

      Já os russos parecem ser a pedra no sapato do governo brasileiro nesta viagem. Dilma tem andado para cima e para baixo com o embaixador Roberto Azevêdo, candidato brasileiro à diretoria-geral da Organização Mundial do Comércio -a escolha começa na semana que vem. Hoje, a presidente brasileira também pode se encontrar com o presidente do Egito, Mohamed Mursi.

      Romper ou não romper




       

      O pré-candidato a presidente mais badalado pela mídia até agora é o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do PSB. Ele terá de fazer cálculos complexos antes de anunciar sua decisão de entrar (ou não) na corrida pelo Palácio do Planalto no ano que vem.

      A favor do projeto do pernambucano só há dois cenários, ambos temerários. O primeiro e mais otimista é que Campos poderia atropelar Dilma Rousseff. Surfaria na fadiga de material do PT, há mais de uma década no poder. Sairia vencedor em 2014.

      Esse desfecho não é impossível, embora seja altamente improvável, dadas as condições atuais. O governo do PT despeja milhões de reais no mercado. Dá dinheiro quase de graça para empresas tomarem emprestado. Corta impostos a granel. Fortalece programas sociais. São medidas que não consertam a economia, mas empurram a conjuntura de hoje até a campanha eleitoral de 2014. Aí fica difícil fazer oposição.

      O segundo cenário supostamente favorável a Campos é ainda mais frágil: como candidato, mesmo perdendo, ele acumularia forças para 2018. Na história política presidencial recente, essa estratégia deu certo apenas para Luiz Inácio Lula da Silva -- que era um líder sindical já conhecido nacionalmente desde sempre e tinha por trás de si o PT. Campos não é Lula, muito menos o PSB é o PT.

      Se os fatores pró-candidatura de Campos são frágeis, os riscos são muito mais robustos. Com quem o PSB poderia se coligar nos 26 Estados e no Distrito Federal para eleger deputados, senadores e governadores? Só partidos nanicos. Os principais estarão alinhados a Dilma Rousseff ou a outros candidatos -- Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (Rede).

      Também parece óbvio que o PT tentará dizimar Campos e o PSB logo após o eventual rompimento. Há risco real de ele e seu partido saírem do processo menores do que entraram. Tudo isso será bem ponderado até março ou abril de 2014. (* Folha de S.Paulo)

      Celpe: exemplo de desrespeito à população


      Os constantes episódios de interrupção de energia provocados pela Celpe têm se tornado recorrente não somente no Recife, mas em todo Estado.
      Quando há algum tipo de explicação, a Celpe resume a afirmar, em nota oficial, que “são descargas atmosféricos, queda de arvores, etc, etc, que causam as interrupções”.
      Com certeza não é por falta de caixa, de recursos financeiros, que os serviços de modernização, manutenção não estão sendo realizados. Basta ver os extraordinários lucros desta empresa nos últimos anos, através dos balancetes contábeis.
      O que se verifica é que as tarifas foram reajustadas exorbitantemente, ao longo dos anos, e mesmo assim os serviços pioraram. Segundo a Aneel, as tarifas devem garantir o fornecimento de energia com qualidade e assegurar aos prestadores receitas suficientes para cobrir custos operacionais eficientes e remunerar investimentos necessários para expandir a capacidade e garantir o atendimento.
      O que não tem ocorrido. E lamentavelmente, apesar das denuncias, reclamações, manifestações constantes, NADA tem sido feito, nem mesmo para garantir, o que está nos contratos de prestação de serviços.
      Há uma evidente quebra de contrato da empresa com o consumidor e com o Estado. O poder público age como avestruz, se eximindo de uma responsabilidade que é sua.
      Neste descaso todo, não devemos esquecer a lei de Murphy que diz: “nada está tão ruim que não possa piorar”. A íntegra deste artigo, do professor Heitor Scalambrini Costa, da Universidade Federal de Pernambuco, você confere no menu Opinião. Vale a pena!

      terça-feira, 26 de março de 2013

      Jovem está desaparecido em Brejo da Madre de Deus



      Segundo informações da família, o jovem Rafael dos Santos Monteiro (Fael), 18 anos, residente no Distrito Barra o Farias em Brejo da Madre de Deus, está desaparecido deste o ultimo domingo (24).

      Fael saiu de moto no domingo com destino ao Sítio Açudinho, mas até o momento não voltou.

      Ele tem 1,70 de altura, é claro, e estava trajando camisa preta da Rota do Mar, bermuda jeans, sandália Havaiana e boné vermelho.

      Quem souber do paradeiro do Jovem Fael entrar em contato pelo Fone: 9651-5331.


      Do Estação Notícias

      Gildo Silva Leitor deste blog.

      Paratletas retornam para Santa Cruz com várias medalhas no peito




      Em carro aberto, paratletas trazem no peito a marca da força e superação dada pelo esporte. Fotos: Fernando Lagosta.

      Em grande participação na etapa norte-nordeste do Circuito Caixa Loterias 2013, nossos paratletas voltaram com grandes resultados conquistados, entre eles 11 medalhas de ouro e prata.

      A equipe, treinada pelo fisiculturista e professor Aroldo José, representou Santa Cruz do Capibaribe nas modalidades esportivas do atletismo, halterofilismo e natação.




      Fisiculturista Aroldo José (esq.) é um dos responsáveis diretos pelo ótimo desempenho da equipe.

      O evento esportivo, que é promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), aconteceu entre os dias 22 a 24 de março na cidade de Manaus, no estado do Amazonas.

      Para comemorar os excelentes resultados, os paratletas saíram em desfile aberto pelas ruas no caminhão do Corpo de Bombeiros.




      Por onde passavam, paratletas ganhavam o carinho das pessoas.

      Confira os resultados alcançados por cada um:

      Atletismo:
      Renê Romualdo: categorias 100, 200 e 400m. Conseguiu o Ouro nas três provas.
      Geanderson Douglas: 100m (Ouro) e 200m (Prata).
      Hector Damasceno: 100 e 200m, conquistou o ouro nas duas provas.
      José Augusto: categorias 400m (ouro) e 800m (prata).
      Severino Capitulino: categoria até 80 kg; ficou com a 4ª colocação.

      Halterofilismo:
      Alderi Santos: categoria até 100 kg; ficou com a Prata.
      Helenilton Santos: categoria até 49 kg; ficou com o Ouro.
      Marcelo Bezerra: categoria até 80 kg; ficou na 5º colocado, conseguindo a classificação para a próxima etapa.

      Natação:
      Marcelo Lima: 5º colocado no geral.

      Ney lima

      recado do PSB para Dilma. Não é a subserviência que garante o apoio do Governo Federal a um estado


      O líder do Governo na Assembleia Legislativa, Waldemar Borges, participou, nesta segunda-feira (25.03), no município de Serra Talhada, da inauguração da primeira etapa da Adutora do Pajeú.

      Acompanhando o governador Eduardo Campos, o parlamentar comentou que o investimento do Governo Federal é muito importante e que isso só pôde ser feito em Pernambuco porque o estado tinha os projetos de engenharia já prontos, inclusive com as suas licenças ambientais.

      “Pernambuco pode receber esse tipo de apoio financeiro porque consegue fazer bem o dever de casa”, pontuou.

      O parlamentar afirmou que os investimentos que foram anunciados durante o evento fazem parte de um pacote de ações que foram definidas em reuniões que vinham ocorrendo entre técnicos do Governo Federal e do Governo do Estado, coordenados pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

      “Parte das obras se encontram em execução, como a Adutora do Pajeú, e outras, como o Arco Metropolitano e o ramal ferroviário de Petrolina para Parnamirim, foram identificados como estratégicos nas ações de planejamento do estado e definidas nas reuniões das equipes técnicas”, revela, acrescentando que são obras muito importantes para o desenvolvimento de Pernambuco e que atendem uma demanda regional.

      Borges acredita que, durante o ato, o governador pontuou com clareza o papel de apoio do PSB em todas as horas ao Governo Federal, da mesma maneira como deixou clara a absoluta autonomia que o partido tem para discutir o Brasil sem mesquinharias, mas com liberdade para tomar os rumos que julgar pertinentes.

      “A presidenta Dilma ao fazer esses investimentos deixa claro que não é a subserviência que garante o apoio do Governo Federal a um estado, mas a sua capacidade de fazer projetos e de discutir as questões políticas de maneira franca. A força política de Pernambuco vem exatamente de sua capacidade de planejar, elaborar projetos e tirá-los do papel. Tratamos os aliados com solidariedade, mas com altivez”, concluiu

      Me chama de copa e investe em me... Assinado EDUCAÇÃO



      SERRA TALHADA (PE) - Com cartazes erguidos, algumas pessoas que acompanharam a visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, nesta segunda-feira (25), cobraram da presidente mais investimentos em educação. Uma das faixas dizia, com bom humor: "Me chama de Copa e investe em mim. Ass: educação".

      No seu discurso, no Parque de Exposições de Animais, a petista mencionou o pleito no seu discurso e lembrou que enviou uma Medida Provisória ao Congresso Nacional destinando 10% dos royalties de petróleo para educação.

      Outro cartaz reclamava da infraestrutura da unidade da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em Serra Talhada.

      Apesar do "protesto branco", a petista foi ovacionada pelo público. Na expectativa de ver a presidente de perto, o agricultor Gilberto Gomes de Sá, 50 anos, saiu de casa, na zona rural, às 4h30 e percorreu 34 quilômetros em um carro disponibilizado pela Prefeitura. "Ela dá atenção aos agricultiores. Se não fosse por ela minha família estaria passando muita necessidade", contou, mencionando programas como o Bolsa Estiagem e Família. A chegada de Dilma estava prevista para as 10h30 e atrasou cerca de 30 minutos.




      Rita de Cássia levou cartaz e carta pedindo aumento do Bolsa Família e uma casa

      A também agricultora Rita de Cássia, 27, conversou com a reportagem enquanto tentava pendurar um cartaz para a presidente da cerca do entorno do Parque de Exposições no qual ela reclama que o valor repassado por meio do Bolsa Família aumentou para algumas pessoas e para outras, não, como é o seu caso. Também pedia uma casa do programa Minha Casa, Minha Vida.

      "Tem gente que tem casa e ganhou. Eu vivo de aluguel e não ganhei", relatou. Mas a crítica não é para a presidente, segundo ela. São para as pessoas do governo federal que cuidam destas questões. "Eu gosto muito da presidente. Ela dá atenção aos pobres".

      Rita de Cássia também levou uma carta com os mesmos pleitos para Dilma. Como não pôde chegar perto da petista, conseguiu entregar o texto para uma integrante da equipe de comunicação da Presidência.




      segunda-feira, 25 de março de 2013

      Polícia Civil recebe reforços no agreste



      O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) recebeu a informação, na manhã desta segunda-feira (25), da chegada de quinze agentes e seis escrivães de Polícia Civil, para a área da Delegacia Regional que tem Santa Cruz do Capibaribe como sede.

      Segundo Diogo, os profissionais já estão em campo, e ainda esta semana serão distribuídos entre oito cidades do Agreste Setentrional.

      “Esses novos agentes darão reforço à segurança nas cidades de, Santa Cruz do Capibaribe, Frei Miguelinho, Vertentes, Taquaritinga do Norte, Toritama, Jataúba, Santa Maria do Cambucá e Brejo da Madre de Deus, que também contará com reforço para o Distrito de São Domingos”, disse o deputado.

      Moraes citou também recente reunião entre ele e o Secretário de Defesa Social, Wilson Damázio.

      “Estive com o Secretário e levei à ele as demandas de nossa região. Esta ação é reflexo desse encontro, onde ele se comprometeu em reforçar o contingente de segurança de nossa região”.

      Informações da assessoria.