sábado, 6 de abril de 2019

Ultrassonografia natural, mais uma forma de humanização para o período pré parto na Unidade Mista Ana Argemira Correia UMAAC


Nesta sexta-feira a enfermeira obstetra Pollyana Chaves acolheu mais uma gestantes em início do trabalho de parto na UMAAC, além de dá as orientações básicas sobre trabalho de parto e parto humanizado e seguindo o protocolo padrão de parto foi oferecido como técnica de acolhimento, relaxamento e humanização o trabalho/arte de USG NATURAL. 

Você há de concordar: nove meses é um período longo para quem espera um filho. Durante esse tempo, os pais não veem a hora de conhecê-lo e é normal a curiosidade de saber o que se passa dentro da barriga da futura mãe. Talvez por isso a ansiedade antes de fazer um exame de ultrassom seja grande. Ali, é possível dar uma espiadinha no que acontece com o bebê e até ter pistas de sua fisionomia. 


No entanto, muito antes de toda essa tecnologia ser desenvolvida, as parteiras já analisavam as condições da vida intrauterina, só que por meio de exames físicos na mulher, como é o caso da parteira mexicana Naolí Vinaver. Só que ela resolveu levar essa técnica além e mostrar, por meio de desenhos na barriga, o que se passa no útero.

A técnica, que mistura ciência e arte, foi criada no início dos anos 1990, quando a parteira vivia no México com os filhos Thai, hoje com 24 anos, Isamu, 21, e Tamaya, 18, mas vem ganhando a atenção dos pais ano após ano, em especial daqueles que buscam um pré-natal ainda mais humanizado. Com as redes sociais, está cada vez mais popular.


Da assessoria.