sábado, 13 de abril de 2013

Nenhuma definição, pelo lado rubro-negro



Foi com ma­­­is um tre­ino secre­to que o técnico Sérgio Guedes encer­rou os preparativos para o Clássico das Multidões de domingo, no Arruda.

Desta forma, a escalação da equipe rubro-negra continua misteriosa. Ainda mais depois que o meia Lucas Lima, que participou normalmente da primeira parte da movimentação, colocou-se como dúvida para a partida (informações de bastidores dão conta de que ele vai para o jogo).

Até o volante Rithely, poupado durante toda a semana, não teve a sua ausência confirmada. Diante de tantos segredos, o comandante leonino preferiu elogiar a boa fase de grande parte do elenco, como a do lateral-esquerdo Reinaldo, antes contestado pela torcida.

O treinamento de sexta-feira era considerado como importante para acabar com algumas indefinições do time rubro-negro para o clássico.

O meia Lucas Lima e o volante Rithely eram esperados. Algum tipo de trabalho feito também poderia servir de pista. Porém, de última hora, o treinador resolver fechar o treino.

Dúvidas, também, pelo lado tricolor



Apesar de o técnico Marcelo Martelotte ter trabalhado de portões abertos na tarde de sexta-feira, pouco pôde ser visto.

Os jogadores do time considerado titular foram poupados, tendo realizado apenas um trabalho físico leve. Mesmo com a intenção do treinador de despistar a Imprensa, não fica difícil prever qual será a base da escalação da equipe para o Clássico das Multidões de amanhã, no Arruda.

Os únicos pontos de interrogação se referem aos aproveitamentos dos meias Natan e Renatinho, que fizeram um trabalho à parte, na piscina do clube. Eles se recuperam de problemas musculares e ainda são apontados como dúvidas para enfrentar o Sport.

A definição deverá acontecer apenas momentos antes do confronto. Caso ambos reúnam condições, Martelotte escalará o time no esquema 4-5-1, o mesmo que deu bom resultado no duelo contra o Náutico, há cerca de duas semanas.

Se Natan e Renatinho não puderem atuar, serão substituídos por Jefferson Maranhão e Flávio Caça-rato.

Desta forma, o time teria a formação 4-4-2, com Tiago Cardoso; Everton Sena, William Alves, Renan Fonseca e Tiago Costa; Anderson Pedra, Luciano Sorriso, Raul e Jefferson Maranhão; Dênis Marques e Flávio Caça-rato.

''Estamos exercendo nossos direitos'', diz Eduardo


 

Um dia após a veiculação das primeiras inserções do PSB, o governador e presidente nacional da legenda, Eduardo Campos, afirmou que o partido está no direito de divulgar suas ideias. As propagandas, divulgadas desde a última quinta-feira, procuraram abordar as fragilidades do Governo Dilma Rousseff (PT), focando sempre no discurso de que é possível fazer mais. “Estamos exercendo um direito que nos faculta a Lei brasileira, mostrando o que o PSB tem feito de diferente, daquilo que chama atenção pela qualidade da gestão em diversas áreas, mostrando o pensamento do PSB”, declarou.

Questionado sobre quem poderia fazer mais pelo Brasil, o governador se esquivou, dizendo que não cabe a ele julgar o mérito da própria legenda. “Não queremos julgar a nós mesmos, o que nós estamos fazendo é difundindo as ideias do PSB em áreas estratégicas, como tratamos da questão da Educação, da Segurança Pública, como fazemos e aonde fazemos. Este é o objetivo das inserções do PSB no Brasil inteiro nesse momento”, colocou.

Maioridade penal: governo e tucanos em lados opostos




O assassinato de um jovem de 19 anos por outro de 17 em São Paulo, na última terça-feira, e a declaração do governador Geraldo Alckmin (PSDB) de que enviará ao Congresso projeto para aumentar o rigor da punição a adolescentes que cometem crimes colocaram os tucanos e o governo federal em lados opostos na discussão da maioridade penal. Ontem, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou que o governo é contra a redução da idade-limite e disse esperar que esse tipo de proposta não prospere. O vice-presidente Michel Temer e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, também se manifestaram contrários à iniciativa.Na opinião de Carvalho, a raiz do problema está na exclusão e na falta de oportunidades da juventude. Por isso, para ele, o ideal é ampliar os investimentos em políticas sociais. “É uma lógica que não tem sentido. Eu acho que a ilusão de que você, reduzindo a idade penal, resolverá alguma coisa no país, nos levará, daqui a pouco, a reduzir a idade penal para 10 anos, porque os traficantes e os bandidos continuarão usando o menor”, disse. Para ele, “levar mais jovens para o tipo de prisão que o Brasil tem hoje significa ajudá-los a se aprofundarem no crime”. O secretário-geral da Presidência, no entanto, admitiu que o governo pode discutir alternativas, como um período de transição para aqueles que, tendo completado 18 anos, possam terminar a pena em outros espaços que não em abrigo para menores. (Do Correio Braziliense – Juliana Braga, Bárbara Nascimento e Juliana Colares)

Eduardo diz que está construindo 440 barragens



"Estamos construindo 440 barragens, investindo agora para democratizar o acesso à água nesta e em futuras estiagens". Foi o que revelou o governador Eduardo Campos ao visitar, na tarde desta sexta-feira (12), a Barragem de Pedra d'Água, em Carnaíba, no Sertão do Pajeú, que vai atender as necessidades da pequena agricultura no município. Acompanhado por secretários de estado e pelo ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, Eduardo destacou a parceria com o Governo Federal para a concretização dos projetos e anunciou a proximidade de assinatura de convênio para mais 660 barragens, elevando para 1.100 o total de novos reservatórios construídos na região do semiárido.

"Alcançaremos a média de praticamente dez barragens para cada município, consolidando capacidade de acumulação equivalente a quase uma barragem como a de Jucazinho, que armazena 250 milhões de metros cúbicos, só que de uma maneira descentralizada e mais próxima das comunidades", afirmou o governador. Eduardo Campos enalteceu a parceria com o Ministério da Integração no esforço de enfrentamento aos efeitos da seca. "Essas barragens são pulmões nas áreas mais remotas de acúmulo de água, onde não chegam as adutoras e outras alternativas", pontuou.


Eduardo estreia na TV com discurso de candidato


CAMPOS ESTREIA NA TV COM DISCURSO DE CANDIDATO


Governador de Pernambuco é o único político do PSB a aparecer no programa partidário da legenda, que começou nesta quinta-feira; em seu discurso, o presidenciável diz que "é possível fazer mais" e critica a infraestrutura, a educação e a violência ao dizer que há como "usar melhor o dinheiro público"; durante reunião do BID, em Washington, nesta quinta-feira, ele fez mais duros ataques ao governo Dilma

247 – COM CRÍTICAS AOS ÍNDICES DE CRIMINALIDADE, À EDUCAÇÃO, À INFRAESTRUTURA E AOS GASTOS COM O ATUAL MODELO DE ENERGIA ELÉTRICA, O PSB ESTREOU SEU PROGRAMA PARTIDÁRIO NESTA QUINTA-FEIRA 11 DIZENDO QUE "É POSSÍVEL FAZER MAIS". A ÚNICA ESTRELA DAS INSERÇÕES É O GOVERNADOR DE PERNAMBUCO E PRESIDENTE NACIONAL DA LEGENDA, EDUARDO CAMPOS, QUE PRETENDE SE CANDIDATAR CONTRA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF EM 2014.

Apesar de ser hoje um aliado do governo, Campos afirma em seu discurso que "quem governa precisa saber decidir, mas não pode ser o dono da verdade". Segundo ele, no papel de aliado, "temos dever de propor, participar, apoiar, criticar até, quando necessário, mas sempre com um objetivo: o de fazer o país avançar". Ao todo, serão dez inserções de 30 segundos cada, que entrarão ainda nos dias 13, 16 e 18 de abril.
Em outro vídeo, Campos diz: "Temos um país que nos estimula, pelas conquistas e vitórias que ajudamos a construir, mas dentro dele, tem um país que nos pede para fazer muito mais". E acrescenta: "O PSB está mostrando que dá pra usar melhor o dinheiro público, que é possível fazer mais, planejando com a participação do povo, usando modernas ferramentas de gestão, dando um passo adiante".
Mais críticas em Washington
Durante reunião do Banco de Interamericano de Desenvolvimento (BID) nesta quinta-feira 11, em Washington, o governador voltou a bater no governo Dilma. Ele fez duras críticas à forma como o governo vem tratando a inflação – segundo ele, está perdendo o controle – criticou as intervenções na Petrobras e a não regulamentação de alguns setores da economia, especialmente gás e petróleo.
"Precisamos ganhar 2013. O Brasil teve 2011 pior 2010, 2012 pior que 2011", disse a jornalistas brasileiros presentes ao evento "Fortalecendo a Capacidade do Estado para o Resultado", promovido pelo BID. Segundo Campos, "já foi utilizado quase todo o ferramental macroeconômico, sobretudo de política monetária, para animar a economia. A depender das ações que serão tomadas, podemos comprometer 2013 e 2014. Cada um vai assumir as consequências do que vai ser adotado", afirmou.

Os vídeos foram disponibilizados nesta sexta-feira no canal do PSB no Youtube.

No Sertão, evento do PMDB vira ato pró-Eduardo e contra Dilma




Foto: reprodução

Após dois encontros no Sertão pernambucnao, nesta quinta (11) e sexta-feira (12), respectivamente em Salgueiro e Ouricuri, as lideranças do PMDB passam a militar por um melhor planejamento do poder público para melhorar a convivência com o fenômeno cíclico da seca. A importância de uma maior quantidade de investimento público também entrou na pauta da sigla, sem deixar passar as oportunidades de criticar Dilma e exaltar Eduardo Campos.

O deputado federal pernambucano e secretário-geral do PMDB no Estado, Raul Henry, afirmou que a realidade do semiárido nordestino só terá mudanças com o aumento de verba para obras estruturantes na região. Foi uma alfinetada no governo federal encabeçado por Dilma Rousseff (PT). Henry aproveitou o evento para, mais uma vez, lançar o nome do governador pernambucano Eduardo Campos (PSB) à Presidência da República. "O Brasil tem uma grande agenda pela frente e precisa ter alguém que assuma isso e leve o país adiante", afirmou, destacando a aliança firmada entre o PMDB Pernambuco com o PSB.

O senador e ex-governador Jarbas Vasconcelos falou da Adutora do Oeste, realizada quando durante sua gestão no governo. Ponderando que a seca é um fenômeno natural, Jarbas disse que "com vontade política, seus efeitos podem ser atenuados". E seguiu, emendando críticas ao governo Dilma. "Se tem dinheiro pra investir em estádios, para incentivar empresários a construir hotéis, tem que ter para combater a seca. Isso é decisão governamental", disse o aliado do governador Eduardo Campos.

Dorany sampaio, presidente estadual do partido, conclamou os presentes a se filiarem ao partido e convidarem novos filiados, de olho nas eleições de 2014. "Precisamos ter novos quadros para melhor representá-los no Legislativo", pediu.

Os encontros do PMDB no Sertão foram prestigiados por lideranças dos municípios de Salgueiro, Ouricuri, Petrolina, Verdejante, Cedro, Serrita e Bodocó.

Medico não atende porque não tem água pra ele tomar banho no hospital de jataúba.



Leitor atento liga pra nossa redação que hoje de manha varias pessoas no hospital de jataúba. esperavam pra ser atendida quando foi umas 9 da manha foi que o medico veio se levanta ate ai tudo bem. mais o que chamou mais atenção foi quando veio uma recepcionista falar que o atendimento ia demorá mais um pouco porque o medico ia se retirá porque na unidade não tinha água pra ele tomar banho da pra acreditar numa coisa dessa Falou indignado o paciente que ligou pra nossa redação.  

Jataúba News

Deputado contorna multidão e da parecer de feiras tranquilas esta semana no moda center .



De acordo com o deputado federal José Augusto Maia esta semana não haverá mais fiscalização mais durante a semana ira entra em contato com as autoridades para ver como vai ser resolvido esta questão que esta deixando muitos condôminos chateado por não esta podendo trabalha de maneira como vinha sendo Jose Augusto ainda falou que ira sentar tambem com as autoridades locais em intuito de resolver este impasse "temos que lutar por santa cruz e o polo não se dividir como 2 grupos políticos já basta de ter santa cruz em segundo plano"  falou O Deputado.


O presidente do moda center Valmir tentou varias vezes pedir a palavras mais não foi concedido pelas 
as pessoas que ali estava mais só se houvia um grito só fara e fora e fora e do outro lado outro coro se formava volta Zé com isso o presidente não pode  dar suas explicações.

Imagens do protesto em frente ao moda center contra fiscalização.











Passando pra desejar a todos leitores deste blog um belo final de semana.

Silas com vários desafios pela frente


Sem direito a realizar contratações, o novo técnico do Náutico assumirá o comando do elenco com três decisões pela frente. Além de precisar reverter a desvantagem na Copa do Brasil, Paulo Silas do Prado Pereira, popularmente conhecido como Silas, logo em seguida, terá as duas partidas das semifinais do Campeonato Pernambucano. Nas primeiras entrevistas, o técnico adotou um discurso otimista, afirmando querer brigar pelo título do Estadual, mas também disse ser disciplinador e gostar de conversar com os jogadores.

Antes de acertar com o Alvirrubro, Silas procurou informações com os ex-treinadores do clube. Conversou com Alexandre Gallo, que está na Argentina, comandando a seleção brasileira sub-17, enquanto o seu empresário, Adriano Spadotto, foi atrás de referências com Vágner Mancini. Nos Aflitos, Silas vai encontrar um grupo de jogadores com a autoestima em baixa, que perdeu quatro das últimas cinco partidas que disputou. Nas entrevistas, os atletas, sem citar nomes, vêm cobrando uma mudança na postura da equipe dentro de campo. “Temos que ter um vestiário fechado. Roupa suja se lava lá dentro. Sem dúvidas, temos que ser psicólogos às vezes, pois trabalhamos com várias faixas etárias”, declarou.

Pelo menos no discurso, Silas mostrou estar sintonizado com a diretoria do Timbu, afirmando querer conquistar o título do Pernambucano, taça que o clube não consegue desde 2004. “Não passa pela minha cabeça não brigar por ele. É claro que os adversários que estão na disputa também querem, mas vamos tentar mobilizar o grupo nesse curto espaço de tempo para conseguir esse objetivo”, disse o treinador.

Silas chega ao Náutico com mais três integrantes para a comissão técnica alvirrubra. São os assistentes Paulo Pereira e Rui Massid, e um preparador físico, o que aumenta os rumores de que Elliot Paes pode deixar o clube. Com a ida de Gallo para as categorias de base da seleção brasileira, Paes tem se dividido entre os Aflitos e a Canarinho. Atualmente, ele está na Argentina, enquanto Ricardo Seguins trabalha com o elenco.

Reinaldo deixou de ser uma unanimidade… negativa



Reinaldo não consegue se firmar no Sport (Foto: Diego Nigro)

O lateral-esquerdo Reinaldo passa longe de ser uma unanimidade na Ilha do Retiro. Esta frase, inclusive, chega a soar até como um clichê quando o nome do jogador é pronunciado. O seu futebol, pasmem, evoluiu. Ele ainda passa longe de ser uma unanimidade. Mas, agora, pelo menos, no âmbito negativo.

Uma das maiores críticas feitas ao futebol de Reinaldo é quanto a sua passividade em campo. Na série A de 2012, o lateral virou alvo da torcida principalmente por não mostrar vontade. As falhas de seu quesito técnico se resumiam a pouca marcação e falta de objetividade ofensiva. O banco de reservas não virou seu habitat por ausência de opções.

Reinaldo virou 2012 para 2013 como titular. A posição continuou sua no início da temporada, ainda sob os cuidados de Vadão. O técnico até chegou a promover a entrada do garoto Renê. A saudade bateu. O substituto deixou mais espaços e se mostrou ainda mais inoperante no ataque. Reinaldo voltou, e não saiu mais.

Respaldo conquistado e bastante justo, por sinal. Reinaldo melhorou na marcação e até tem dialogado bem com os atletas que, vez ou outra, ocupam o setor esquerdo do campo. Na última partida do Sport, fez um golaço, naquela que é a sua especialidade: chutes a longa distância. Uma especialidade até então adormecida.

O setor esquerdo do Sport ainda não consegue disputar a liderança em jogadas ofensivas com o setor direito, onde é povoado pela dupla Cicinho e Felipe Azevedo. Mas, Reinaldo já provou que se tiver alguém para jogar ao lado dele, que poderia ser muito bem Marcos Aurélio, é bem mais produtivo em campo.

Renatinho e Natan bem cotados para clássico



Lesão muscular em Renatinho foi descartada no exame de imagem feito nesta sexta (André Nery)

Não foi o ‘sim’ que o torcedor do Santa Cruz esperava, mas um ‘talvez’ com boa probabilidade de se concretizar. Renatinho e Natan, a dupla que é dúvida para o clássico, ainda apresentam um pouco de cansaço muscular, mas serão relacionados para o jogo de domingo contra o Sport, no Arruda.

Nesta sexta-feira, os dois realizaram trabalhos específicos na piscina do clube, sendo poupados do trabalho com bola que Marcelo Martelotte comandou no gramado do Arruda.

“Todos os dois têm chances de jogar. Eles estão bem, e o fato de terem ficado alguns dias sem treinamento de campo não implica que não possam jogar. Eles estão fazendo fisioterapia, academia, e acredito que não seja empecilho. Mas a decisão final cabe ao treinador”, explicou o médico Wilton Bezerra.

De acordo com ele, o exame de imagem realizado em Renatinho nesta sexta não apontou lesão na musculatura da coxa esquerda, apenas um pequeno edema.

Com os dois à disposição, ou pelo menos um deles em campo, aumentam as chances de Martelotte manter o esquema com três meias ofensivos, com Dênis Marques no ataque. O 4-5-1 deu certo no clássico diante do Náutico, vencido por 2×0, no Aflitos.

Contatos (81) 81431453 ou 82176123

Roberto Asfora concede entrevista a Magno Martins e diz que acredita quem em Brejo terá novas eleições


Adicionar legenda
No Programa Frente a Frente desta Sexta-Feira (12), o jornalista Magno Martins entrevistou o empresário Roberto Asfora, que disputou a eleição do ano passado em Brejo da Madre de Deus.


Asfora falou sobre a seção do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PE) que aconteceu na quinta-feira (11) e que ficou empatada, e foi adiada depois que um dos desembargadores pediu vista do processo de cassação de José Edson Sousa.


“Eu tenho esperança que o TRE casse realmente o atual gestor do município o José Edson. A minha expectativa, sinceramente, pelas gravidades dos fatos é pela cassação. Creio que haverá uma nova eleição, assim como está acontecendo em outros municípios de Pernambuco e do Brasil”, disse Asfora.


Se tiver um desfecho positivo na próxima terça feira, no dia 02 de junho poderá ter nova eleição em Brejo da Madre de Deus, e Roberto Asfora afirma que será candidato mais uma vez.


“Serei candidato mais uma vez a Prefeito, e nos iremos manter a chapa se Deus quiser, meu candidato a vice-prefeito vai ser a mesma pessoa, um homem do campo, um homem humilde, mas um homem correto de bem que é o Zé Dercílio”, concluiu.


A eleição passada foi apertadíssima em Brejo da Madre de Deus, a diferença foi de apenas 360 votos.

Polícia traz para a Depol de Santa Cruz dois assaltantes que praticavam crimes em Jataúba





Material apreendido com os criminosos (ao fundo). Fotos: Fernando Lagosta.

No final da tarde de quinta-feira (11), a polícia trouxe para a delegacia de Santa Cruz duas pessoas acusadas de praticar assaltos em Jataúba.

Segundo a polícia, quatro criminosos que assaltaram um bar estavam em duas motos no sítio Empoeiras quando foram surpreendidos pela polícia e tentaram fugir.

Na perseguição, dois foram pegos, sendo um deles adolescente. Com a dupla foram apreendidas bebidas alcoólicas, vidros de perfume e um revolver calibre 38 com cinco munições intactas.




Moto que estava com os criminosos.

De acordo como delegado Vagner Volpi, o adolescente será encaminhado para a Funase após procedimentos cabíveis. Já o homem, que não teve sua identidade revelada foi conduzido para o presídio.



Ney lima

Assaltantes desastrados roubam moto e caem próximo ao delegado de polícia



Em ação desastrada assaltantes caem da moto bem próximos a delegado. Foto: Fernando Lagosta.
No início da madrugada desta sexta-feira (12), mais uma moto foi recuperada pela polícia, dessa vez pelo delegado Dr. Vagner Volpi.

Até ai nenhuma novidade, mas o detalhe que chamou a atenção foi como a moto foi recuperada.

Segundo o delegado, ao sair de mais um plantão, notou que duas pessoas estavam em atitude suspeita após cair com o veículo na Rua Maestro Alexandre, esquina com a delegacia e anunciou a abordagem.

Os criminosos foram surpreendidos e abandonaram o veículo que foi roubado 10 minutos antes, sendo perseguidos pelo delegado, mas conseguiram fugir.

“Tentei ir atrás deles, mas a barriga não deixou”, disse o delegado (risos), citando que não efetou disparos por conta da situação de risco ao público.

Dr. Vagner relatou que ainda fez busca aos dois criminosos juntamente com outros policiais na viatura, mas sem sucesso.
O proprietário prestou queixa e recuperou sua moto.

Ney lima