domingo, 10 de março de 2013

Chegando em boa hora.

As poucas chuvas que chegara de ontem para animam um pouco os agricultores da nossa região. um dos assunto que vem sendo mais comentado nos últimos meses é que a falta de chuva que vinha agravando nosso senário, e sendo uma escada para que alguns alimento tomassem rumo e subisse de preço tais como ate a propiá água que tava sendo vendida a preço de ouro.  

Comercial João de Barro é assaltada pela segunda vez. Dono diz que vai fechar o estabelecimento.



Em pouco mais de um mês, a Loja Comercial João de Barro é assaltada duas vezes em Brejo da Madre de Deus, o primeiro assalto aconteceu no sábado dia 26 de janeiro, e neste sábado (09) no início da tarde, aconteceu o segundo assalto.

Dois elementos armados chegaram em uma moto de modelo e placa não anotado e apenas um entrou na loja, e de capacete na cabeça e revolver na mão anunciou o assalto, pegou todo o dinheiro do caixa e mandou o funcionário ai para os fundos da loja para que ele não visse para que lado o assaltante ai fugir, em seguida os meliantes foram embora sem deixar pistas.

Segundo informações de Robson,  proprietário da loja, pareceu um replay do primeiro assalto.

“Foi do mesmo jeito do outro assalto, eu estava almoçando em casa e minha mãe me ligou desesperada informando que a loja foi assaltada de novo. Desta vez não dá mais, eu vou parar por aqui e fechar as portas, não quero mais continuar com o comercio”, disse Robson ainda muito abalado.

Robson ainda contou que após o assalto ligou vária vezes para a delegacia, mas ninguém atendeu o telefone.

“Liguei várias vezes para a polícia, chamou, chamou e ninguém atendeu, uma viatura da polícia militar passou por acaso de frente ao estabelecimento e pedi para eles pararem, contei o que tinha acontecido, eles anotaram algumas coisa e apenas disseram que eu fosse para a delegacia fazer um boletim de ocorrência”, contou Robson.

Do Estação Notícias

Opinião do blog 

Ate quando sofreremos esta opressão se sairmos de casa não samos que vai acontecer  se botamos nosso propio negocio não podemos administralo de uma maneira seguraos . a questão é  que nossa segurança ta 0%  a violência  100% ate quando só Deus sabe disso.

Vaticano vive expectativa para o conclave


Agência Brasil (Vaticano) – A três dias do início do conclave, a expectativa predomina e poucos turistas circulam em frente à Basílica de São Pedro – local normalmente lotado, onde o papa saúda os fiéis. O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, disse hoje (9) que a primeira votação para a eleição do papa – no conclave, marcado para terça-feira (12) – começará às 17h. Mas os 115 cardeais estarão preparados logo cedo a partir da missa que precede o início das atividades.

A previsão é que ocorra apenas uma votação, no final da tarde. Mas o porta-voz indicou que, se não houver consenso, nos dias posteriores deverão ser feitas duas votações diariamente.

No primeiro dia, após a missa, os cardeais seguirão do alojamento para o Palácio Apostólico, depois em procissão irão da Capela Paulina para a Capela Sistina. Na Capela Sistina, eles farão o juramento – no qual se comprometem a manter sigilo sobre tudo o que ocorrer durante o período de votações. Só depois começa a votação em si.

Não há um prazo definido para duração de cada votação. Mas a expectativa é que no começo da noite seja concluída e, logo após, servido o jantar no alojamento onde ficam todos os cardeais. No dia seguinte, há o café da manhã seguido de missa e o mesmo ritual do dia anterior.
Pela manhã de hoje, 158 cardeais (dos quais 115 são eleitores) participaram da oitava reunião, denominada congregação, que precede o conclave. Os cardeais, com direito a voto, o emérito de Jacarta (Indonésia), Julius Riyadi Darmaatmadja, e o da Escóncia O’Brien, informaram que não comparecerão ao conclave.

Darmaatmadja alegou problemas de saúde, enquanto Keith O’Brien disse que sua ausência se justificava por problemas pessoais. O’Brien é denunciado por má conduta sexual em atos ocorridos há 33 anos.

Durante a reunião de hoje foi decidido que partir deste fim de semana os cardeais passarão a morar provisoriamente na Casa Santa Marta. O local é um alojamento com quartos, banheiros, refeitórios e salas para discussão, usado nos conclaves.