quinta-feira, 10 de março de 2016

Deu a louca na Queiroz Fashion



Todas as coleções disponíveis na Loja Queiroz Fashion estão com uma grande redução de preços, pois é, uma grande redução, estamos com até 50% de desconto. 

Quem ainda não conferiu esta promoção, passa lá, e faz a suas compras, e saia com as melhores marcas do Brasil, a Loja Queiroz Fashion fica por traz do Banco de Brasil. 

Tudo isso é na organização de Guiguia. 

Collar Blog Jataúba News. 


Diogo Motos está com as melhores promoções da cidade


Na oficina do amigo Diogo Motos você encontra uma infraestrutura preparada para atender motos de todas as marcas e modelos. 


Aqui, você pode deixar sua moto sem preocupação. Com um mecânico especializado no ramo, e um estoque de peças e acessórios mais completo da cidade, você nunca fica na mão na hora de dar um gás em sua máquina. 


Diogo Motos parcela tudo em até 12 vezes em todos os cartões. E sem falar que na oficina de Diogo Motos faz todos os serviços de motores, injeção eletrônica, revisões e etc..






Collar Blog Jataúba News.


Trabalho com seriedade e garantia.

Homem é levado à Delegacia por pedir carro de mão emprestado e não devolver



Monteiro – Um homem de 38 anos de idade foi encaminhado para a Delegacia Regional de Monteiro por ter pedido um carro de mão emprestado a um vizinho e não devolvê-lo ao seu dono, um senhor de 69 anos. O fato aconteceu na Rua do Bujão.

De acordo com informações, os policiais que atenderam a ocorrência entenderam que ocorreu o crime de furto, o que resultou em sua condução até a Delegacia para que o caso fosse devidamente apurado pela autoridade competente.

O acusado jura de pés juntos que não furtou o carro de mão, e que iria devolvê-lo ao seu dono, porém, não teve tempo de o fazer antes da polícia aparecer em sua residência.

Cariri Ligado 

Contatos 081 3746-1186 Jataúba PE - Congo PB - São João do Tigre PB

Ministério Público de São Paulo pede a prisão preventiva de Lula


O Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo que investiga a suspeita de crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica relacionados ao tríplex 164-A do Edifício Solaris, no Guarujá (SP).

Na denúncia divulgada nesta quinta-feira, os promotores Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Araújo escreveram ser “imprescindível o decreto da prisão preventiva, em razão da conveniência da instrução criminal” e por entenderem que o ex-presidente poderá “movimentar sua ‘rede’ violenta de apoio, para evitar que o processo crime que se inicia tenha seu curso natural”.

Além de Lula, os promotores pediram a prisão do ex-presidente da OAS, José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, do ex-presidente da Bancoop, João Vaccari Neto, e de outras quatro pessoas investigadas na ação da Bancoop.

A acusação foi protocolada na noite de quarta-feira no Fórum Criminal da Barra Funda, em São Paulo. Os promotores sustentam que Lula tentou ocultar a propriedade do imóvel, que oficialmente está registrado em nome da empreiteira OAS. O ex-presidente nega ter adquirido o apartamento.

Na peça, os autores da denúncia citam a “probabilidade evidente de ameaças a vítimas e testemunhas e prejuízo na produção das demais provas do caso”. Dizem acreditar ser “amplamente provadas manobras violentas” de Lula e de seus apoiadores, “com defesa pública e apoio até mesmo da presidente da República, medidas que somente tem por objetivo blindar o denunciado”, de acordo com o texto.

Nesta quinta-feira, os autores da denúncia contra Lula negaram em entrevista coletiva, que o oferecimento da denúncia tenha motivação política. Lula foi denunciado por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Caso haja condenação, as penas para os dois crimes somadas variam de 4 a 13 anos de prisão.

Apesar de negar motivação política, o promotor José Carlos Blat afirmou que outros integrantes do PT devem ser investigados por suspeita de terem sido “agraciados” com unidades da Bancoop.

A ex-primeira-dama Marisa Letícia e o filho do casal, Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, foram denunciados por lavagem de dinheiro. Outras 12 pessoas foram denunciadas, entre elas o ex-dono da OAS, Leo Pinheiro, e o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, ambos investigados pela Operação Lava-Jato.

- O MP não trabalha com calendário político. É pautado em prazos judiciais, pouco importando se esse procedimento tenha qualquer tipo de repercussão política ou social – afirmou o promotor Blat, um dos responsáveis pela denúncia, durante coletiva para a imprensa.

Os promotores também rebateram a acusação de que a investigação do tríplex no Guarujá é de exclusividade da Justiça Federal de Curitiba. Eles disseram que algumas provas foram compartilhadas entre os dois grupos:

- Enquanto o apartamento diz respeito (ao MP estadual), o que tem dentro do apartamento e o sítio de Atibaia pertencem ao MPF e a bem-sucedida Operação Lava-Jato – afirmou o promotor Cássio Conserino.

PUBLICIDADE
A ação do MP ocorreu quatro dias antes dos protestos marcados para domingo. O Instituto Lula emitiu nota, nesta quinta-feira, em resposta à denúncia. De acordo com a nota, a denúncia “não tem base na realidade” e “Lula não pode ocultar patrimônio que não tem”.

O ex-presidente Lula já desmentiu essa acusação mais de uma vez, frente às autoridades e em discursos. O ex-presidente Lula não é proprietário nem de triplex no Guarujá nem de sítio em Atibaia, e não cometeu nenhuma ilegalidade. Ele apresentou sua defesa em documentos que provam isso às autoridades competentes”, diz a nota do instituto.



A nossa Farmácia.

Pernambuco já registrou mais de 720 homicídios em 2016


O programa de segurança ‘Pacto pela Vida’ entrou no 10º ano com um dos piores resultados da história. Em pouco mais de dois meses, o Estado já registrou mais de 720 assassinatos. Sem novas ações concretas e sob alegação de crise financeira, a Secretaria de Defesa Social (SDS) permanece somando resultados negativos.

Neste ano, Pernambuco registrou o janeiro mais violento desde 2009. Foram 356 homicídios. Um aumento de 10,52% em relação ao mesmo período de 2015, por exemplo. O programa Pacto pela Vida prevê a redução de 12%.

Blog Ney Lima 



A namoradinha da cidade