sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Brejo registra novo protesto cobrando melhorias na PE-145



Protesto interditou a via nos dois sentidos – Foto: Blog Estação Notícias

Na quinta-feira (18) um grande protesto foi realizado na PE-145, mais precisamente no trecho que passa pelo distrito de Barra de Farias, em Brejo da Madre de Deus.

De acordo com as informações divulgadas pela imprensa local, o protesto foi motivado não só por conta da má conservação da via, mas também pelo número frequente de acidentes, entre eles a comoção causada em relação ao último registrado na última terça-feira (16).

O acidente envolveu um Toyota com seis ocupantes que, ao tentar fazer uma ultrapassagem, perdeu o controle, desceu uma ribanceira e acabou capotando. O protesto teve dois momentos: o primeiro deles as 08h com encerramento as 09h e o segundo, mais longo, de 10h às 15h30. Foram queimados pneus, paus, objetos velhos entre outros, interditando a via nos dois sentidos.

O protesto só foi encerrado após manifestantes conseguirem falar com o promotor de Justiça local e com o comprometimento do DER em fazer uma ação de recuperação da via que, segundo o órgão, será iniciada nesta segunda-feira (22).


Blog do Ney  Lima 

Linda Bela Cosméticos

Candidato a prefeito Chico de Irineu (PTN) perdeu um candidato a vereador que irá aderir ao grupo do candidato a prefeito Fabio Mamão (PTB)



Na noite desta quinta-feira 18 o candidato a vereador Junior Oliveira PTN declarou que está desistindo de sua candidatura e irá apoiar o candidato a prefeito Fabio Mamão PTB, segundo as informações do próprio Junior, ele está se abstendo de sua candidatura por falta de apoio. Para Junior os pequenos só são vistos quando não sem tem um grande por perto, mais com a chegada dos grandes as coisas não são mais as mesmas. 


Ainda diante de nossa conversa, o garoto Junior, falou que também teve outro fator para sua desistência, seu pai, pois o mesmo tinha lhe pedido para que ele desistisse e passasse a apoiar Fabio Mamão. E com relação a ter alguém para firmar seu apoio referente a vereador, junior está bem Próximo do candidato Devaldo. 


Vale ressaltar o momento que Junior foi recebido pelo candidato a prefeito Fabio Mamão e sua vice Nalva de Biu Lagoa, onde estavam esperando mais esta aderência. 


Collar Blog Jataúba News

Chama o bombeiro: Filha do prefeito rebate discurso de vereadora em redes sociais


Depois das declarações feitas na tribuna da Câmara de Vereadores na noite desta quinta-feira 18, pela vereadora Vanessa sobre o prefeito não honra com as palavras e nem com as próprias calças que veste, a filha do prefeito Marta Cordeiro saiu em defesa de seu pai em rede sociais. 


Veja a resposta da mesma em uma das matérias postadas pelo Blog Jataúba News. 



Collar Blog Jataúba News 

Reunião da Câmara de Vereadores é interrompida com bate boca intenso entre parlamentares.


Reunião da câmara de vereadores de Jataúba desta quinta-feira 18 foi interrompida por um forte bate boca entre os vereadores Zuza do Jacu PTB e Jackson Bruno PSB, tudo estava se encaminhando para terminar na mais absoluta calmaria, mais logo após o discurso acalorado da vereadora Vanessa em sua volta a base oposicionista, o vereador Zuza fez seus discursos e em seguida foi a vez do vereador Jackson, em uma das frases do vereador ele frisou o seguinte: 


“Eu sempre disse nesta câmara, quando eu entro nesta porta da frente vou sair pela porta da frente” Esta foi a deixa que o vereador Zuza precisou para questionar o mesmo, segundo o vereador Zuza, Jackson deveria respeitar os acontecimentos que houve tanto com a vereadora Vanessa quanto com a vereadora Luana, que saíram pelas portas dos fundos no dia em que foram votadas as contas rejeitadas do prefeito.



Confira o vídeo da reunião desta quinta-feira 18



Collar Blog Jataúba News 

“Para tristeza de uns, alegria de outros” O TCE excluiu da lista de inelegíveis mais o TCU manteve!


“FOI UM RETROCESSO HISTÓRICO”, aponta o presidente do TCE-PE, Carlos Porto, em relação ao posicionamento do STF (Supremo Tribunal Federal), que em decisão proferida no último dia 10 do corrente, o plenário decidiu que o órgão competente para julgar as contas de prefeitos que também são ordenadores de despesas, é da Câmara de Municipal. Ao TCE (TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO) compete, simplesmente, emitir parecer prévio. 

Ou seja, “limpou” a ficha dos políticos sujos. “Vai de encontro à expectativa da sociedade por um Brasil mais ético e transparente, além de representar uma anistia aos que se apropriaram indevidamente do dinheiro público”, disse Carlos Porto. Pois bem, nessa decisão, favorece, entre tantos, o atual prefeito de Jataúba, senhor Antônio de Roque, cuja relação inicial do TCE-PE constava como inelegível por improbidade administrativa. 

Alguns leitores entraram em contanto com esse blogueiro e perguntaram: Se a decisão do STF é direcionada aos TCEs, como ficam então as decisões do TCU – Tribunal de Contas da União? Pois, naquele Tribunal consta o processo nº 011.128/2004-8, TOMADA DE CONTAS ESPECIAL. OMISSÃO NO DEVER DE PRESTAR CONTAS. IRREGULARIDADES DETECTADAS. CITAÇÃO DO GESTOR E DO MUNICÍPIO. ALEGAÇÕES DE DEFESA. CONTAS IRREGULARES (EX-PREFEITO). 

DÉBITO. MULTA. FIXAÇÃO DE NOVO E IMPRORROGÁVEL PRAZO PARA RECOLHIMENTO DA DÍVIDA (MUNICÍPIO), em desfavor de Antônio Cordeiro do Nascimento, que traz no Acórdão (Acórdão 2866/2013 Ata 41 – Plenário - em 23.10.2013): a) rejeitar parcialmente as alegações de defesa do Sr. Antônio Cordeiro do Nascimento para, com fundamento nos arts. 1º, inciso I, 16, inciso III, alíneas "a", "b" e "c", 19, caput, e 23, inciso III, da Lei nº 8.443/92, julgar irregulares as contas e condená-lo ao pagamento da quantia de R$ 8.000,00 (oito mil reais), correspondente a pagamento efetuado à empresa Caminho do Bem, fixando-lhe o prazo de quinze dias, a contar da notificação, para que comprove perante este Tribunal (art. 214, inciso III, alínea "a", do Regimento Interno/TCU) o recolhimento aos cofres do Fundo Nacional de Assistência Social da referida quantia, atualizada monetariamente e acrescida de juros de mora, calculados a partir 14/08/2001 até a data do efetivo recolhimento, na forma da legislação em vigor; b) aplicar ao ex-dirigente municipal, Sr. Antônio Cordeiro do Nascimento, com base nos arts. 19, caput, e 57 da Lei 8.443/92, multa no valor de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais), fixando-lhe o prazo de 15 (quinze) dias, a contar da ciência desta deliberação, para que comprove, perante este Tribunal (art. 214, inciso III, alínea a, do Regimento Interno/TCU), o recolhimento da referida quantia aos cofres do Tesouro Nacional, atualizada monetariamente desde a data do presente acórdão até a data da efetiva quitação, se paga após o vencimento, na forma da legislação em vigor. 

E então, essa também será atingida pela decisão do STF? Portanto, da decisão proferida pode tirar a seguinte conclusão: 1) Anistia os maus gestores; 2) Concede poderes às Câmaras municipais, principalmente nas cidades pequenas, totalmente desaparelhadas de conhecimentos técnicos; 3) Aniquila a Lei da Ficha Limpa e, sobretudo, 4) DAR UM TAPA NA CARA DA SOCIEDADE QUE CLAMA POR MORALIDADE E ZELO PELO DINHEIRO PÚBLICO. Repetindo as palavras do presidente Carlos Porto: “FOI UM RETROCESSO HISTÓRICO”





Collar Blog Jataúba News

Assédio Moral na Escola



O Assédio Moral é a exposição humilhante e constrangedora levada a cabo por um superior hierárquico, durante a jornada de trabalho e no exercício das suas funções, sucessiva e prolongadamente. Muitos não sabem, mas o assédio moral pode levar o agressor até dois anos de reclusão.

E por incrível que pareça, no setor público, onde incompetentes, que se acham donos da coisa pública também acontece com frequencia o Assédio Moral.

Geralmente isso acontece contra pessoas passivas, que por não saberem ou temerem calam-se diante desses bobalhões que se acham “donos do que é público”.

Nas escolas, onde há muitos diretores competentes e humanos, corretos e dignos há também muitos diretores, vice-diretores incompetentes e perversos, mancomunados com as equipes por eles indicadas ou subjugadas por medo ou vontade de ver o circo pegar fogo, que subjugam educadores ao ponto de levá-los a doenças como a depressão e muitos, desesperados com a situação constrangedora solicitam remanejo para outra escola ou mesmo exoneração de suas funções, pois não aguentam mais estes pústulas que se acham donos das escolas.

Outros diretores sabem menos que um secretário de escola e mandam menos que um vice e envolto em suas incompetências encontram no assédio moral uma maneira de serem vistos e respeitados.

Atas são lavradas, exposições vexatórias em frente a seus pares são invariavelmente executadas e como infelizmente neste nosso meio o que menos existe é ética, muitos são aqueles que calam ao verem colegas sendo enxovalhados por qualquer “diretorzinho” ou “diretorzinha”, muitos dos quais, INCOMPETENTES, mandonistas e sem escrúpulos, que estão ali, pois quando eleitos a comunidade não tem o conhecimento de seu perfil moral ou ético o suficiente para dizer não a esses aproveitadores e quando indicados, o são por serem cães fiéis a políticos espertalhões ou lambedores de botas de “coronéis”, pois o coronelismo ainda existe.

Não podemos calar, devemos comprovar o assédio e colocar esses párias na cadeia, pois é nesse local que muitos deveriam estar, pois delinquem ao promover tais atos agressivos contra colegas.

Esquecem esses ladinos que em grande maioria das escolas há eleições e um dia eles poderão não ser eleitos. E como a vida é uma “roda viva”, hoje eles podem estar acima, mas amanhã poderão estar abaixo do rabo do gato. Aliás, muitos nem deveriam daí ter saído.

Quando não há eleição e os mesmos venham a ser indicados, pior fica a situação, pois diretor indicado significa cabo eleitoral pagos com verbas públicas o que é pior e mais danoso à sociedade, pois nem sempre esse possui qualificações pedagógicas para ocupar tal cargo e também se seu protetor não for eleito o oportunista estará na berlinda.

Seja qual for a situação, o agressor deve ser denunciado e o profissional em educação não deve comparecer a sala de tortura mental, onde em meio a uma cachorrada é exposto aos sádicos que a seu redor rosnando feito cães ferozes e ficam felizes em vê-lo chorar e ser humilhado. E rosnam porque só sabem agir em bando devido a sua inegável incompetência e covardia.

Quando não alguns párias mancomunam-se com equipes e até alunos, mentindo, distorcendo e inventando histórias para prejudicar um colega, mas esses pústulas geralmente lhes cai a máscara, pois fazem isso para desviar a atenção de sua postura censurável e seu passado sujo, assim tendo um bode expiatório esses crápulas tentam passar por gente boa, mas seu passado um dia vem a tona e passam a ser odiados tanto ou mais que o agredido.