sexta-feira, 24 de novembro de 2017

O cantor Delmiro Barros foi preso na Operação Força no Foco

O cantor foi preso na manhã desta quinta-feira (23) em São José do Egito.

A coordenação da Operação Força no Foco, realizada hoje em São José do Egito com participação das Polícias Civil e Militar, confirmou ao blog que o cantor e compositor Delmiro Barros é um dos presos da Operação.

Segundo informações passadas a pouco, Delmiro Barros foi alvo de mandado de prisão em decorrência de uma decisão transitada e julgada no STJ em Brasília, ele foi condenado a oito anos e seis meses de prisão, em virtude de tentativa de homicídio no ano de 2004, havia sido condenado a pena maior, mas recorreu e conseguiu a redução da pena, de qualquer forma a decisão não abre margem para recurso e o judiciário egipicience recebeu a incumbência de determinar a sua prisão que foi cumprida pela Polícia Civil e Militar.

Neste momento Delmiro está no hospital Maria Rafael de Siqueira. Segundo a coordenação da Operação, ele sofreu uma crise hipertensiva ao ser notificado da decisão e acabou sendo encaminhado ao hospital onde está sob escolta de policiais militares.

Delmiro Barros, também foi vereador em São José do Egito e presidiu a Câmara de Vereadores do município, atualmente era assessor parlamentar na Câmara.

Preliminarmente o cantor será recolhido a cadeia publica de São José do Egito, cabendo ao judiciário definição sobre a sua manutenção na cidade ou transferência para outra unidade, Delmiro tem sido acompanhado por advogado no episódio


Blog Manhã Nordestina.

Bandidos explodem agência da Caixa em Sertânia


Bandidos explodiram a agência da Caixa Econômica Federal na cidade de Sertânia (PE), Sertão do Moxotó, na madrugada de hoje (23). Segundo informações, o impacto da explosão foi tão forte que atingiu um mercadinho que fica ao lado. A informação é de que cerca de 15 homens invadiram a cidade e colocaram dinamites nos caixas eletrônicos.

Não há informações sobre feridos, nem sobre a quantia levada pelo bando, que deixou a cidade em vários carros. Na fuga, colocaram miguelitos (grampos metálicos) na estrada, para evitar a ação da polícia. Até o momento ninguém foi preso. Esta é a terceira agência bancária explodida no período de um ano em Sertânia. 

Sertânia News (foto/ Tribuna do Moxotó