quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Governador Paulo Câmara corta subsídio que barateava conta de luz para famílias de baixa renda


Foto: Thonny Hill – Imagem meramente ilustrativa

Desde o dia 01 de janeiro, está em vigor a suspensão do subsidio de 25% no ICMS das faturas de energia elétrica para uma grande parte das famílias que se enquadram como baixa renda.

O corte no subsídio atinge aquelas que tem um consumo superior a 140 KWH por mês. Quem consumir abaixo desse valor, continuará a receber a isenção.

O subsídio vinha sendo aplicado desde a primeira gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB) e foi continuado também pelo ex-governador João Lyra Neto (PSB).

A medida impopular faz parte de um conjunto de ações aplicadas pelo governo para aumentar a arrecadação em tempos de crise, que inclui o aumento do ICMS em contas de telefone, gasolina, TV por assinatura e outros produtos como roupas, sapatos, acessórios e no IPVA de veículos.

Com a suspensão, estima-se que mais de R$ 40 milhões possam entrar nos cofres públicos, valor que se soma aos já previstos R$ 487,8 milhões vindos de outros setores.

Do Blog Ney Lima 


A nossa Farmácia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário