sábado, 4 de fevereiro de 2017

Policiais militares e Bombeiros de Pernambuco deverão receber reajustes de até 40%


O Governo do Estado vai enviar à Assembleia Legislativa (Alepe), na próxima segunda-feira (06), o projeto de lei complementar que prevê o reajuste salarial de policiais e bombeiros militares. A proposta é de um aumento entre 20% a 40%, parcelado em três vezes até dezembro de 2018, a depender do posto dos servidores.

Segundo o governo, o reajuste representará um acréscimo de R$ 303 milhões na folha de pagamento de 2017. Os soldados, que são a menor instância da categoria vão passar a receber a partir de maio R$ 3.549,68, atualmente o salário deles é de R$ 3.219,88. Já a maior patente, de coronel deixará de receber R$ 16.576,08 para ganhar R$ 17.953,00.

A proposta que será encaminhada para a Alepe também irá tratar de incentivos à carreira militar com uma estruturação que levará à criação de 300 novas vagas de subtenente (200 em 2017 e 100 em 2018) e 18 vagas de coronéis (12 em 2017 e 6 em 2018). O subtenente é o topo da carreira dos graduados e o coronel é o topo da carreira dos oficiais.

Analisando os valores apresentados, o presidente da Associação Pernambucana de Cabos e Soldados Militares (ACS-PE), Albérisson Carlos, disse que o reajuste é apenas um “jogo de números”.

“Eles estão maquiando a verdade e maquiando os números. Esses valores incorporam a gratificação de vale-transporte, que nós já recebíamos, ou seja, isso é apenas um jogo de números” – completou.

Com informações do Leia Já.

Nenhum comentário:

Postar um comentário