terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Denúncia do MPPE aponta suposta promoção pessoal irregular envolvendo Edson Vieira e Dida de Nan


O prefeito eleito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), pode ter utilizado a máquina pública para se promover em períodos proibidos pela lei eleitoral. Foi o que investigou o Ministério Público de Pernambuco.

Informações obtidas pelo Blog do Ney Lima revelam que o segundo processo apresentado no último dia 14 deste mês e aceito nesta segunda-feira (19) pelo juiz eleitoral Diego Lima, apura elementos que indicam que a promoção pessoal irregular pode ter ocorrido a partir do período junino.

Entre os episódios investigados estão atos públicos relacionados ao loteamento popular Malhada do Meio, no memento em que eletrificação do canteiro central foi inaugurada. Edson Vieira teria sido aclamado como candidato a prefeito de forma irregular, inclusive com pedido de votos.

Com o início do processo, o juiz eleitoral deverá intimar e ouvir acusados e testemunhas. As audiências vão acontecer em janeiro, após o recesso do Poder Judiciário.

Blog do Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário